Feliz Ano Novo!!!

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Desejo a todos os seguidores, visitantes e colaboradores do Blog Meu Transporte um ano repleto de alegria e muita Paz, o Blog Meu Transporte foi feito para você leitor que gosta ou que quer se informar sobre as atualizações do transporte público em todo o Brasil, este ano foi realmente extraordinário, pois foram superadas todas as expectativas, saimos de um 2008 ainda em experiência e queriamos atingir este ano uma marca de pelo menos 150 visitas por dia, mas graças a Deus, esses números foram muito a mais e tivemos uma média de 420 visitas por dia nos dias úteis, esperamos que em 2010 possamos fazer mais, como aprimorar mais as notícias e é claro valorizando você que nos confiou neste ano de 2009, peço a você que divulgue este trabalho que é feito além de tudo por amor e determinação.

Feliz 2010!!!
READ MORE - Feliz Ano Novo!!!

Prefeitura de São Paulo não priorizou o Transporte Público


Enquanto a cidade agoniza no caos do trânsito de São Paulo, prefeito diz que prioridade maior é saúde e educação, porém o transporte ´público hoje não é caso de saúde e educação também, em entrevista ao Jornal Estadão, foi lembrado que o prefeito de São Paulo não construiu um sequer quilômetro de corredores para ônibus, vejam a entrevista abaixo:

Mas em relação a transporte?
...É metrô. Após 30 anos, a cidade investe em metrô. É um absurdo, é constrangedor. Estamos provando que é possível investir no metrô, tanto que vamos investir R$ 2 bilhões em oito anos.

Mas o metrô é uma obra do governo do Estado?
É uma mentalidade velha, arcaica, de quem quer por nome em placa, tem a vaidade de fazer licitação. Eu estou preocupado com a cidade. As pessoas cumprimentam na rua a gestão: "Puxa vida, é isso mesmo, é metrô." O prefeito não querer colocar dinheiro no metrô é uma coisa de 50 anos atrás.

Mas foi a conjuntura política que permitiu isso, com o sr. na Prefeitura e Serra no governo estadual?
Não, qualquer que fosse o governador. É uma questão de convicção. Era um compromisso meu e do Serra, que estamos honrando.

Não se tem deixado de lado a construção de corredores de ônibus? O sr. não fez nenhum quilômetro?
Meu compromisso é de três corredores de ônibus, está no Plano de Metas: o Expresso Tiradentes, o Celso Garcia e o da zona sul. O Celso Garcia vai ser na forma de metrô, é um upgrade. O Expresso Tiradentes e o corredor zona sul vão ser na forma de monotrilho. Isso mostra que a nossa prioridade é o transporte público.

Mas e os ônibus? Os modais não devem se complementar?
Aqui não se complementa, se substitui. Tenho compromisso de três corredores, consegui viabilizar, porque é mais caro. Aqui, em vez de 500 mil pessoas usarem ônibus, vão usar metrô. Aqui, em vez de 500 mil pessoas usarem ônibus, vão usar monotrilho. Vai diminuir o número de ônibus, o que é muito bom para a cidade.

E quem depende do ônibus? O ano começa com aumento de tarifa.
Depois de três anos.

Mas o passageiro vai pagar mais?
Eles compreendem. É inédito isso. Depois de 30 anos, é a primeira vez que ficaram três anos sem ter reajuste.





READ MORE - Prefeitura de São Paulo não priorizou o Transporte Público

Passagem de ônibus em Maceió será reajustada e será uma das mais caras do Nordeste


Andar de ônibus em Maceió pode ficar mais caro no próximo ano. É que na última reunião do Conselho Municipal de Transporte Público foi proposto um aumento de R$0,15 na passagem de ônibus. A proposta deverá passar por aprovação do prefeito Cícero Almeida.

De acordo com o superintendente municipal de Transporte e Trânsito, coronel Jorge Coutinho, a proposta de aumento passou por uma planilha de análise de custos que as empresas têm com insumos e folha de pagamento. Segundo ele, é necessário que se mantenha o equilíbrio no sistema rodoviário.
O prefeito Cícero Almeida, em entrevista à rádio Jornal, afirmou que tentará negociar com o superintendente da SMTT para que o reajuste só aconteça no segundo semestre de 2010. Ele também disse que pretende aumentar a passagem para R$ 2,10.
Atualmente, a passagem de ônibus custa R$ 2, valor que os usuários do transporte público já consideram alto. “Esse aumento não é justo, pois a passagem já é cara demais para a qualidade oferecida. Não há ônibus suficiente; de casa para o meu trabalho são 12 quilômetros e eu tenho que pegar dois ônibus. Os dois demoram um absurdo pra passar. Eu gasto uma hora, uma hora e meia para chegar lá, quando de carro o trajeto leva 20 minutos. Gasto seis passagens para ir e voltar do trabalho e da faculdade”, relata a estudante universitária Glauciane Jatobá.
O último reajuste na tarifa de transporte ocorreu no final de 2008, quando passou de R$ 1,8 para os atuais R$ 2. Aquele foi o segundo reajuste do ano passado, já que em março a tarifa já havia sido alterada.
READ MORE - Passagem de ônibus em Maceió será reajustada e será uma das mais caras do Nordeste

Transporte público de Brasília terá horário especial para a virada. Tarifa do metrô será de R$ 1


Nesta quinta-feira (31/12), último dia de 2009, haverá reforço no funcionamento dos ônibus e do Metrô, para facilitar o transporte de quem quer festejar a chegada do novo ano. Os ônibus que vão até a Rodoviária do Plano Piloto circularão em maior número, ainda não definido, o que dependerá da demanda. Os horários de circulação serão mantidos.
Uma linha especial, 103.1, fará o transporte dos que festejarão na Prainha, no Setor de Clubes Sul. O ônibus sairá da Rodoviária do Plano Piloto. No dia 1º os ônibus circulam com tabela de feriado.
Metrô
O Metrô opera desde as 6h de quinta-feira (31/12) e só vai parar às 3h de sexta-feira (1º/1). Até as 23h30, o embarque e desembarque será normal em todas as estações. De 23h30 às 3h do dia 1º, o embarque será somente nas estações Central (Rodoviária do Plano Piloto) e Galeria. No dia 1º de janeiro não haverá operação. A passagem do Metrô nos dois dias custará R$ 1.
READ MORE - Transporte público de Brasília terá horário especial para a virada. Tarifa do metrô será de R$ 1

São Paulo: Saiba quais as Linhas de ônibus que atendem os locais das provas da 2ª fase da Fuvest

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009


A São Paulo Transporte (SPTrans) informa as linhas que atendem aos locais e imediações para realização das provas da 2ª fase da Fuvest. Em cada linha haverá pelo menos um veículo adaptado para pessoas com mobilidade reduzida. As provas serão realizadas de 3, 4 e 5 de janeiro. Os portões dos locais de prova da Fuvest 2010 serão abertos às 12h30 e fechados às 13h.

Para informações sobre os trajetos de linhas de ônibus consulte itinerários no link abaixo ou ligue 156.

READ MORE - São Paulo: Saiba quais as Linhas de ônibus que atendem os locais das provas da 2ª fase da Fuvest

Grande Recife aumenta o número de viagens das linhas bacuraus para o réveillon

As pessoas que irão para o Centro do Recife e o bairro de Boa Viagem passar o réveillon poderão contar com os ônibus. O Grande Recife Consórcio de Transporte está aumentando o número de viagens de todas as 41 linhas bacuraus que operam no Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife (STPP/RMR). Os intervalos entre os coletivos deve ser de no mínimo 15 minutos e de 1h no máximo. Cerca de 327 viagens serão realizadas durante toda a madrugada da sexta-feira (1).
É uma pena que o consórcio Grande Recife continue atrás de outros administradores de transportes pelo Brasil em não informar os horários em seu Site:

Confira abaixo a lista das linhas envolvidas:
AEROPORTO; RES.BOA VIAGEM; JARDIM PIEDADE; CANDEIAS; MORENO; TOTÓ CURADO II; CURADO IV; ALTO STA. TEREZINHA; JARDIM BRASIL; AGUAS COMPRIDAS; OURO PRETO; MARANGUAPE II; RIO DOCE; PAU AMARELO; TORRÕES; MONSENHOR FABRÍCIO; CDU VÁRZEA; CAVALEIRO;JARDIM SÃO PAULO; MIRUEIRA; IGARASSU; CAETÉS; NOVA DESCOBERTA; BREJO; SÃO LOURENÇO; LOT. S. COSME E DAMIÃO; CABO; NOVA DESCOBERTA; M.DA CONCEIÇÃO; C.DO JENIPAPO; UR-11; JABOATÃO; DOIS UNIDOS; A.JOSÉ BONIFÁCIO; AMPARO; DOIS IRMÃOS/ RUI BARBOSA; UR-02(Ibura); ALTO DOIS CARNEIROS E JORDÃO C.MARCOS FREIRE.

READ MORE - Grande Recife aumenta o número de viagens das linhas bacuraus para o réveillon

Manaus:Novos cadastros e renovação para meia passagem já podem ser realizados


Todos os estudantes que se cadastraram em 2009 para a meia passagem no transporte coletivo, devem renovar seus dados por meio do site da Prefeitura. O prazo para o recadastramento termina dia 31 de janeiro e quem não renovar suas informações pode ter o Cartão suspenso para a compra dos passes estudantis.
De acordo com o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (IMTT), gerenciador do sistema da meia passagem, o recadastro é obrigatório para os alunos que usam o Cartão PassaFácil Estudantil e querem manter o benefício em 2010.
O IMTT convoca ainda, dentro do mesmo período, os estudantes que ainda não se cadastraram e vão precisar usar a meia passagem em 2010. Para ter acesso ao Cartão PassaFácil pela primeira vez, o aluno ou responsável deve se dirigir a um dos 11 postos de Atendimento do Sinetram, apresentando carteira de identidade ou certidão de nascimento e fazer o cadastro.
Quem vai se recadastrar deve declarar agora, entre várias informações, se mudou de escola, de curso, se passou de ano, se está fazendo mais um curso. Esses dados serão cruzados com as informações das instituições de ensino que o aluno declarou fazer parte.
READ MORE - Manaus:Novos cadastros e renovação para meia passagem já podem ser realizados

São Paulo: Término de obras normaliza itinerários na região do Ipiranga


Em função do término de parte das obras da futura Estação Paulista da linha 04 - Amarela do Metrô, na Rua Greenfeld, entre as Ruas Agostinho Gomes e Arroio Hondo, na região do Ipiranga, a SPTrans normalizou os itinerários das linhas de ônibus que circulam pelo local.

Linhas e Itinerários:
* 476A/10 Ipiranga - Terminal Santo Amaro
Ida: sem alteração.
Volta:normal até a Rua Bom Pastor, Rua Greenfeld, Rua Lino Coutinho, prosseguindo normal.
* 477A/10 Sacomã - Ceasa
* 477P/10 Ipiranga - Rio Pequeno
* 478P/31 Sacomã - Pompéia
Ida: normal até a Rua Bom Pastor, Rua Greenfeld, Rua Lino Coutinho, prosseguindo normal.
Volta: Sem alteração.
* 575C/10 Vila Matias - Metrô Conceição
Ida: normal até a Rua Silva Bueno, Rua Bom Pastor, Rua Greenfeld, Rua Agostinho Gomes, prosseguindo normal.
Volta: normal até a Rua Bom Pastor, Rua Greenfeld, Rua Lino Coutinho, prosseguindo normal.
* 574J/10 Metrô Conceição - Terminal Vila Carrão
Ida: normal até a Rua Bom Pastor, Rua Greenfeld, Rua Lino Coutinho, prosseguindo normal.
Volta: normal até a Rua Silva Bueno, Rua Bom Pastor, Rua Greenfeld, Rua Agostinho Gomes, prosseguindo normal.
* 571T/10 Terminal Sacomã - Terminal Rodoviário Tietê
* 5705/10 Terminal Sacomã - Metrô Vergueiro
Ida: sem alteração.
Volta: normal até a Rua Silva Bueno, Rua Comte Taylor, Rua Agostinho Gomes, Rua Francisco Peres, Term. Sacomã.
* 5104/10 Terminal Sacomã - Praça da República
* 5107/10 Terminal Sacomã - Terminal Correio
* 513L/10 Terminal Sacomã - Penha
Ida: Terminal Sacomã, Rua Bom Pastor, Rua Greenfeld, Rua Lino Coutinho, prosseguindo normal.
Volta: normal até a Rua Silva Bueno, Rua Comte Taylor, Rua Agostinho Gomes, Rua Francisco Peres, Term. Sacomã.
* 5703/10 Clube Atlético Ipiranga - Metrô Imigrantes
Sentido Único: normal até a Rua Clemente Pereira, Rua Agostinho Gomes, Rua Greenfeld, Rua Lino Coutinho, prosseguindo normal.
* 5102/10 Terminal Sacomã - Term. Amaral Gurgel - Noturna
Ida: sem alteração.
Volta: normal até a Rua Silva Bueno, Rua Comte Taylor, Rua Agostinho Gomes, Rua Francisco Peres, Terminal Sacomã.
* 5020/10 Hospital Heliópolis - Terminal Sacomã
Ida: normal até a Rua Comte Taylor, Rua Agostinho Gomes, Rua Francisco Peres, Terminal Sacomã.
Volta: sem alteração.
* 5032/10 Vila Arapuá - Terminal Sacomã
Ida: normal até a Rua Silva Bueno, Rua Comte Taylor, Rua Agostinho Gomes, Rua Francisco Peres, Terminal Sacomã.
Volta: sem alteração.
* C008TRO São Caetano do Sul - Terminal Sacomã
Ida: normal até a Rua Comte Taylor, Rua Agostinho Gomes, Rua Francisco Peres, Terminal Sacomã.
Volta: sem alteração.
* C018TRO Santo André - Terminal Sacomã
* C063TRO Ribeirão Pires - Terminal Sacomã
* C063EX1 Rio Grande da Serra - Terminal Sacomã
* C066TRO Santo André - Terminal Sacomã
* C158TRO Mauá - Terminal Sacomã
* C160TRO Mauá - Terminal Sacomã
Ida: normal até a Rua Comte Taylor, Rua Agostinho Gomes, Rua Francisco Peres, Terminal Sacomã.
Volta: sem alteração.
* 494TRO São Caetano do Sul - Metrô AIto Ipiranga
* 493TRO Santo André - Metrô Alto Ipiranga
Ida: sem alteração.
Volta: normal até a Rua Audísio de Alencar, acesso, Complexo Viário Escola de Engenharia Mackenzie, Rua Cipriano Siqueira, Av. Almirante Delamare, prosseguindo normal.

READ MORE - São Paulo: Término de obras normaliza itinerários na região do Ipiranga

Grande Vitoria: Horários de linhas do Transcol e Seletivo pelo celular


Os usuários do Sistema Transcol contam agora com uma novidade para facilitar a programação de suas viagens de ônibus na Grande Vitória. A Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV) disponibilizou o Ceturb Mobile, serviço que possibilita acesso aos quadros-horários e itinerários das linhas do Sistema Transcol e Serviço Seletivo pelo celular.

Por ter sido implementado na linguagem Java, o Ceturb Mobile pode ser executado na grande maioria dos aparelhos celulares e SmartPhones com os sistemas Symbian, Windows Mobile, BlackBerry. Na capa deste site está disponível um link com o passo a passo para fazer o download do programa, que posteriormente pode ser transferido para outro celular via bluethooth.

Pelo aparelho, é possível visualizar um menu com opções para acessar o quadro de horários, os itinerários e as linhas de ônibus, além de opções para atualizar, ajuda e mais informações sobre o programa. Assim, usuários das linhas de ônibus do Sistema Transcol e Serviço Seletivo podem consultar os horários de partida dos terminais e bairros e itinerários das linhas de ônibus em qualquer lugar, a qualquer hora, por meio do celular.

Confira as vantagens do Ceturb Mobile

- Permite que o usuário tenha maior controle sobre seus horários, evitando muito tempo de espera ou atrasos para o embarque;

- Diminui o número de consultas via telefone (08000 391517) e, conseqüentemente, o tempo de espera ao atendimento via telefone dos usuários que não possuem o Ceturb Mobile ou dos usuários que desejam outras informações que não sejam horários e itinerários;

- A consulta pode ser realizada de qualquer lugar, a qualquer hora, além de fornecer os dados sempre atualizados, pois, os mesmos são consultados diretamente na base de dados da Ceturb-GV;

- Por ser um aplicativo residente no aparelho, o custo da consulta é muito menor do que se a mesma fosse feita no aparelho, navegando no site da Ceturb-GV;

- Os resultados das consultas ficam salvos na memória do celular, evitando que o usuário tenha que se conectar à Internet e pagar (dependendo do plano e tecnologia do aparelho) a tarifa pela transferência de dados sempre que quiser consultar informações sobre uma linha que ele já tenha consultado anteriormente.

Aparelhos que possuem conexão Wi-Fi ou tecnologia 3G com plano de dados 3G habilitado não terão suas consultas na Internet tarifadas. O custo será zero.

Caso o aparelho não possua as tecnologias citadas acima, ao efetuar uma consulta o usuário pagará o custo dos dados trafegados à sua operadora. Cada operadora calcula o custo do trafego de dados de acordo com o plano do aparelho e com sua tabela de tarifas. Desta forma o usuário pagará pela quantidade de dados enviados e recebidos, ou seja, dados trafegados.
READ MORE - Grande Vitoria: Horários de linhas do Transcol e Seletivo pelo celular

Em Cuiabá, Período de férias reduz ônibus em algumas linhas


No período de férias escolares algumas linhas de ônibus que atuam em Cuiabá terão alteração em sua operação, com uma pequena redução na frota, a fim de se adequar à demanda desse período. A mudança começou na semana passada e se encerrará em data a ser definida pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos (SMTU), conforme calendário escolar das instituições de ensino.

As linhas que terão redução nos carros são:
101 Coophamil/Centro
204 Bordas da Chapada / Centro
206 Jd. Florianópolis / Centro
301 Jardim Vitória / Centro ver nova planilha
302 Vila da Serra / Centro (T. CPA I)
308 Terminal CPA III / Ribeirão do Lipa
309 Vila da Serra / Centro (via 1º de Março)
311 Term. CPA III / Centro (via Novo Mato Grosso)
314 Bela Vista / Centro
319 Três Barras / Porto
323 T. CPA III / C. Reab. Dom Aquino/Detran/Assembléia)
409 Praeiro / Centro
410 Term. Antártica (via Santa Rosa) / Grande Terceiro
412 Term. CPA III / Centro (via Planalto)
501 Santa Laura / Centro
503 Osmar Cabral / Rodoviária
504 Santa Laura /Senhor dos Passos
507 Tijucal / Centro
509 Osmar Cabral/Porto
512 Santa Laura/Centro (via Beira Rio)
604 Jd. Gramado / Centro de Eventos do Pantanal
605 Itapajé / Santa Amália
608 Parque Residencial / Jardim Cuiabá
609 Parque Cuiabá / Santa Isabel
705 Pedra 90 / Centro (Choppão)
707 CAIC / Prainha
708 Pedra 90 / Centro
A65 Alim. Distrito Industrial / BR 364
A69 Alim. Distrito Industrial / Rodovia dos Imigrantes
C04 Circular UNIC/Centro
330 - Terminal CPA III /
READ MORE - Em Cuiabá, Período de férias reduz ônibus em algumas linhas

No Distrito Federal, TCB lança os primeiros ônibus com ar condicionado e piso baixo


A partir desta terça-feira (29), os usuários das linhas 108 (Rodoviária – Esplanada dos Ministérios) e 108.3 (Rodoviária – Esplanada dos Ministérios - STJ – PIER 21) terão quatro novos ônibus da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília – TCB. Os ônibus seguem os padrões especificados para a frota do Programa Brasília Integrada: têm ar condicionado e piso baixo, garantindo acessibilidade universal. Em até 120 dias devem chegar mais cinco ônibus do mesmo padrão.
Além de mais conforto, os ônibus terão atendimento estendido até as 21h na Esplanada dos Ministérios. A tarifa cobrada é de R$ 1,50.
Os novos veículos fazem parte do programa de revitalização da TCB proposto pelo secretário de Transportes, Alberto Fraga, no início do governo. “Esses quatro novos ônibus e os outros cinco que vão chegar foram comprados com recursos próprios da TCB. Isso demonstra que a empresa está se recuperando bem”, diz Fraga.
A empresa investiu R$ 332,6 mil na compra de cada veículo.

Fonte: Jornal de Brasília
READ MORE - No Distrito Federal, TCB lança os primeiros ônibus com ar condicionado e piso baixo

Grande Vitória: Confira programação do Transcol e Seletivo para o Ano Novo


Para garantir a ida e volta das pessoas que vão passar a virada do ano nas praias da Grande Vitória, a Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV) programou uma operação especial para o Sistema Transcol, com acréscimo de 95 viagens em nove linhas de ônibus.

Quatro linhas noturnas - serviços especiais que circulam de madrugada, conhecidas como "bacuraus" - realizarão mais 73 viagens durante a madrugada e outras cinco linhas que dão acesso às praias dos municípios de Serra e Vila Velha serão reforçadas, recebendo, ao todo, acréscimo de 22 viagens.

Reforço dos serviços noturnos (“bacuraus”).

* 622 - Praia da Costa / Hospital São Lucas – intervalos de 45 minutos, das 22h de quinta-feira (31) às 4h de sexta-feira (01)Frota regular: 1 ônibusFrota reforçada: 3 ônibus - Acréscimo de viagens: 17

* 628 – Vale Encantado / Hospital São Lucas - intervalos de 45 minutos, das 22h de quinta-feira (31) às 4h de sexta-feira (01)Frota regular: 1 ônibusFrota reforçada: 3 ônibus - Acréscimo de viagens:

* 17838 – Balneário de Carapebus / Rodoviária - intervalos de 45 minutos, das 22h de quinta-feira (31) às 4h de sexta-feira (01)Frota regular: 1 ônibusFrota reforçada: 3 ônibus - Acréscimo de viagens:

* 9837 - Nova Almeida / Rodoviária – intervalos de 25 minutos, das 22 horas de quinta-feira (31) às 05h10 de sexta-feira (01)Frota regular: 2 ônibusFrota reforçada: 7 ônibus - Acréscimo de viagens: 30

Reforço das linhas de praia para o primeiro dia do ano
Quem quiser curtir o Réveillon até o final e ver o primeiro dia de 2010 raiar na praia terá viagens a mais em linhas convencionais no sentido praia - terminais, do final da madrugada até o início da manhã.
Haverá reforço nas seguintes linhas:

* 845 - Costa Bela / Terminal Jacaraípe - reforço das 4h40 às 6h10, com intervalos de dez minutosAcréscimo de viagens: 10854 - Praia Grande / Terminal Jacaraípe - reforço das 4h30 às 6h15, com intervalos de 15 minutos Acréscimo de viagens:

* 8613 - Ponta da Fruta / Terminal ItaparicaAcréscimo de viagens: duas (às 4h40 e às 5h)609 - Barra do Jucu / Terminal ItaparicaAcréscimo de viagem: 1 (às 4h35)

* 831 - Manguinhos / Terminal CarapinaAcréscimo de viagens: 1 (às 5h)Quadros-horáriosQuinta-feira (31) – Todas as linhas do Transcol circularão com quadro-horário de dias úteis. As linhas do Serviço Seletivo circularão com quadro-horário de dias úteis, com exceção das seguintes linhas, que serão operadas de acordo com quadro-horário de sábado:

* 1801 (Jacaraípe / Rodoviária via Laranjeiras), 1802 (Serra / Rodoviária via Shopping),
* 1804 (Serra Dourada III / Rodoviária via Barcelona) e
* 1805 (Praia Grande / Rodoviária via Manguinhos).

A linha 1900 (Marcílio de Noronha / Jardim Camburi via Expedito Garcia) não terá as viagens de 21h20, partindo de Marcílio de Noronha, e de 22h10 e 22h40, partindo de Jardim Camburi.
A linha 1901 (Marcílio de Noronha / Praia da Costa via Expedito Garcia) não terá as viagens de 21 horas e 21h30, partindo de Marcílio de Noronha, e de 22h10 e 22h45, partindo da Praia da Costa.Sexta-feira (01) - Todas as linhas do Transcol circularão com quadro horário de feriado.
As linhas do Serviço Seletivo não circularão, exceto a linha 1901 (Marcílio de Noronha / Praia da Costa via Expedito Garcia – Lindenberg). Serviço Especial Mão na Roda será mantido Os usuários do Serviço Especial Mão na Roda que quiserem ir conferir a passagem de ano na praia ou em qualquer outro ponto da Região Metropolitana da Grande Vitória terão seus deslocamentos de ida e volta garantidos. Todos os dias serão realizadas viagens previamente agendadas, das 5 às 24 horas.
READ MORE - Grande Vitória: Confira programação do Transcol e Seletivo para o Ano Novo

Táxis continuarão circulando nos corredores de ônibus em SP até o fim de março


A Secretaria Municipal de Transportes (SMT) de São Paulo renovou, até 31 de março de 2010, a autorização para a circulação de táxis nos corredores exclusivos de ônibus da capital paulista. A medida, no entanto, só vale para os veículos que estejam transportando passageiros. De acordo com a SMT, os táxis também não podem possuir película de escurecimento nos vidros.
Também foi renovada, até a mesma data, segundo a SMT, a autorização para a circulação de veículos de passeio nesses corredores nos fins de semana (das 15h do sábado até 4h da segunda-feira), feriados (da zero hora até 4h do dia seguinte) e diariamente durante as madrugadas (entre 23h e 4h).
Os corredores paulistanos onde poderá ocorrer a circulação são: Pirituba/Lapa/Centro; Inajar/Rio Branco/Centro; Campo Limpo/Rebouças/Centro; Santo Amaro/Nove de Julho/Centro; Jardim Ângela/Guarapiranga/Santo Amaro; Capelinha/Ibirapuera/Centro; Parelheiros/Rio Bonito/Santo Amaro; Itapecerica/João Dias/Centro e Paes de Barros.
READ MORE - Táxis continuarão circulando nos corredores de ônibus em SP até o fim de março

Em Uberaba, Usuários reagem ao reajuste da tarifa de ônibus para R$ 2,30


Como já era de se esperar, o anúncio do aumento no valor da passagem do transporte coletivo em Uberaba não foi bem visto por muitos usuários. Para alguns deles, mesmo o sistema tendo melhorado após a mudança das empresas que prestam o serviço, o valor é injustificável.
O assunto predominou ontem nos pontos de ônibus da cidade, e além do novo valor, as queixas eram referentes ao período do ano em que o aumento foi implantado. “Para quem ganha um salário mínimo é difícil demais. Esse aumento vem justamente no início do ano, quando temos tantas despesas. Minha filha pega quatro ônibus por dia, pagando R$2,20 por cada viagem, não vai sobrar nada para comprar comida”, desabafa a aposentada Iolanda Paula da Costa.
De acordo com Sebastiana Donizete de Castro, presidente da Associação dos Usuários do Transporte Coletivo de Uberaba, a justificativa para o novo aumento também não agrada muito. “Eles alegam que há mais ônibus rodando na cidade, e por isso aumentaram o preço. Pode ser que tenha mesmo, mas os problemas referentes ao transporte coletivo em Uberaba não se resumem a isso. Por exemplo, é preciso investir em mais abrigos nos pontos de ônibus”, ressalta.
Ela destaca ainda a dificuldade para se ter acesso à planilha de despesas e lucros das empresas que prestam serviço em Uberaba. “Mês passado eu participei de uma reunião onde foram apresentados alguns números. Entretanto, eles apresentaram os números que quiseram, do jeito que quiseram. Solicitei um documento mais detalhado, mas nada me foi repassado”, afirma.
Sebastiana ressalta ainda que não é contra os reajustes nos preços das tarifas, desde que eles sejam realmente necessários, e detalhadamente explicados. Procurado pela reportagem, o superintendente de Trânsito e Transporte Coletivo de Uberaba, Robinson do Amaral Camargo, confirmou a informação de que a associação realizou solicitação da planilha. “Nessa época eu ainda não havia assumido a superintendência, mas a informação que tive era de que realmente isso havia sido solicitado. Entretanto, o ofício que ela encaminhou acabou se tornando um processo administrativo e a resposta foi dada ao Ministério Público”, diz.
O novo valor da passagem passa a valer já a partir da próxima segunda-feira (4).
READ MORE - Em Uberaba, Usuários reagem ao reajuste da tarifa de ônibus para R$ 2,30

Em Brasília, obras de ampliação da EPTG ganham ritmo acelerado, A ideia é incrementar o transporte público em vias exclusivas


A Estrada Parque Taguatinga (EPTG) ganha, aos poucos, cara nova. A pista será ampliada com duas faixas marginais em cada sentido; a grande quantidade de semáforos dará lugar a 17 passarelas de pedestres. Os ônibus, que disputam espaço com carros, ganharão uma pista de rolamento exclusiva próxima ao canteiro central. Toda a infraestrutura compõe as obras da Linha Verde, financiada em R$ 244 milhões pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e parte do programa Brasília Integrada.

A ideia é incrementar o transporte público e acabar com os engarrafamentos na via mais movimentada do DF. A inauguração está prevista para 30 de junho de 2010.Durante os meses de férias, o trânsito da EPTG flui normalmente. Mas, ao longo de todo o ano, moradores da parte sul do DF enfrentam os engarrafamentos na hora de ir ao trabalho e de voltar para casa. Segundo a Secretaria de Transportes, cerca de 140 mil veículos passam pela via diariamente. Com os 12,7km da Linha Verde, os motoristas poderão optar pelas vias marginais ou ainda usar um dos cinco viadutos para chegar a localidades entre o Plano Piloto e Taguatinga.

Com faixa exclusiva para os ônibus e com 17 paradas, os passageiros terão uma viagem mais tranquila e rápida.Para chegar às estações, os pedestres deverão utilizar uma das 16 passarelas suspensas ou uma subterrânea a serem instaladas ao longo da via. A obra segue da entrada de Taguatinga ao viaduto que dá acesso à Estrada Parque, Indústria e Abastecimento (Epia), próximo ao Plano Piloto.

O secretário de Transportes, Alberto Fraga, aposta em um prazo de 10 anos de trânsito de qualidade na via. “Não precisa ter muita inteligência para imaginar que, com o tempo, a quantidade de veículos vai aumentar e o sistema viário ficará entupido. Mas a população também deve se conscientizar em relação à quantidade de veículos nas ruas”, disse. Ele acredita que a população deixará o carro em casa para utilizar o sistema de ônibus com o fim do engarrafamento e a fluidez do tráfego. “Se a pessoa souber que vai chegar em 32 minutos ao destino sem enfrentar trânsito, pode motivar a troca do transporte particular pelo transporte público”, analisou.

Cerca de 60% da obra está concluída. Grande parte das vias marginais está pavimentada. Três dos cinco viadutos apresentam a estrutura de concreto e o canteiro central, onde ficarão as paradas de ônibus, está coberto de barro. A pavimentação da pista exclusiva para ônibus e o trabalho de terraplanagem sofreram atrasos com a chuva, mas serão recompensadas em dias de sol.Ainda assim, o secretário de Obras, Jaime Alarcão, acredita que a inauguração do primeiro trecho da pista acontecerá antes da data prevista. “Apesar de a chuva não nos ter ajudado, o cronograma está sendo cumprido.

O fim do contrato está marcado para setembro, mas devemos concluir em junho.” Ele explicou que a obra será entregue por partes. As datas serão definidas nas próximas semanas. As atuais quatro passarelas de pedestre serão substituídas por outras 17 passagens. A instalação será nos últimos meses de obra.
READ MORE - Em Brasília, obras de ampliação da EPTG ganham ritmo acelerado, A ideia é incrementar o transporte público em vias exclusivas

Viação de São Caetano planeja Bilhete Único a partir de janeiro


A Vipe (Viação Padre Eustáquio), concessionária do transporte público em São Caetano, anunciou ontem que planeja integrar três das suas sete linhas de ônibus em 16 de janeiro. O resto do sistema seria interligado em fevereiro. Isso possibilitará ao passageiro fazer quantas baldeações quiser, dentro da cidade e em um período de 60 minutos, pagando apenas uma passagem com o cartão magnético Vipe Card.
A Prefeitura de São Caetano informou, no entanto, que a data para a interligação das linhas ainda não foi definida e que o serviço não está autorizado. Antes que isso ocorra, a Secretaria de Mobilidade Urbana pretende fazer, em janeiro, pesquisa com os usuários de transporte do município.
A administração explica que a intenção da pesquisa é apontar problemas que devem ser corrigidos pela concessionária e estudar como essa integração de linhas vai funcionar. Em entrevista ao Diário, publicada no dia 14, o prefeito José Auricchio Júnior (PTB) afirmou que São Caetano tem "um transporte público interno ruim, com qualidade muito longe da que era prometida."
A direção da Vipe revelou que poderá voltar atrás caso haja determinação da Prefeitura para não iniciar a integração dia 16. O professor de Direito Administrativo da Fundação Getulio Vargas Carlos Ari Sundfeld diz que qualquer concessionária pode colocar um serviço em prática desde que a Prefeitura não peça sua modificação até o prazo estipulado em contrato.
Caso a empresa desobedeça, ela pode ser punida com multa, advertência ou até o rompimento do contrato. "É natural o poder público mudar datas, mas é importante que fiquem claras essas alterações", explica Sundfeld.
Sem aumento - O sistema de integração planejado pela Vipe é semelhante ao Bilhete Único da Capital. A empresa informou que, por enquanto, não haverá aumento da tarifa, de R$ 2,30.
"A iniciativa facilitará a vida do usuário e fará ele economizar o valor de um outro trecho que teria que pegar", disse o diretor da empresa, Fábio Eustáquio Silveira. As três primeiras linhas a serem interligadas são Circular A, Circular B e bairro Boa Vista, segundo Silveira. Após 30 dias, serão integradas no sistema as linhas circulares Gerty, Barcelona, semicircular Oswaldo Cruz e Santa Maria, Vila Gerty e Boa Vista.
READ MORE - Viação de São Caetano planeja Bilhete Único a partir de janeiro

Florianópolis terá ônibus extras no Réveillon

Quem vai passar a virada de ano em Florianópolis poderá ir de ônibus apreciar os fogos da Beira-Mar Norte. A prefeitura solicitou veículos extras no dia 31 de dezembro com destino à avenida. Antes do evento haverá partidas a mais de todos os terminais para o Centro, de acordo com a demanda de passageiros, e as saídas não terão quadro fixo de horários.
Depois das atrações, as empresas também devem disponibilizar ônibus extras do Centro com destino aos demais terminais.
READ MORE - Florianópolis terá ônibus extras no Réveillon

Ônibus do Rio terão sistema de TV aberta

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) autorizou, em portaria publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial, a transmissão de programação da TV aberta em ônibus que fazem linhas intermunicipais em todo o estado.
A projeto vai começar nos ônibus da Viação Rio Ita, com instalação do equipamento, que vai transmitir a programação de uma grande emissora de televisão, em veículos das linhas Alcântara-Castelo e Alcântara-Botafogo, escolhidas pelo trajeto longo por pontos onde se registra congestionamentos, como a Ponte Rio-Niterói.
Segundo Marcelo Gonçalves, diretor da Rio Ita e presidente do Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do Rio (Setrerj), este serviço pretende ser um diferencial que permitrirá que o passageiro faça sua viagem casa-trabalho-casa de uma forma mais relaxada.
No sistema, criado pela própria Rio Ita, os passageiros poderão escolher entre duas programações oferecidas no monitor - entretenimento, informação, utilidade pública, entre outras - cujo som só será ouvido por meio de fones, nos mesmos moldes dos usados em viagens aéreas. Já estão sendo feitos há cerca de 60 dias, com total sucesso.
Com o serviço, os usuários terão informações importantes ou mesmo poderão relaxar durante o percurso, aliviando, por exemplo, o estresse causado pelos congestionamentos típicos dos grandes centros -- comentou o presidente do Detro, Rogério Onofre.

READ MORE - Ônibus do Rio terão sistema de TV aberta

Tarifas de ônibus intermunicipais e da Grande BH são reajustadas nesta quarta-feira

As tarifas das linhas de ônibus intermunicipais de Minas Gerais, incluindo as linhas da região metropolitana de Belo Horizonte, sofrem reajuste de 4,5% a partir desta quarta-feira. O novo valor começa a ser cobrado às 0h. De acordo com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas, o motivo do reajuste é cobrir a variação dos custos do transporte no decorrer nos últimos 12 meses. A tarifa mais comum no sistema passa a ser de R$ 2,90 e os preços das passagens de ônibus integradas ao metrô variam entre R$ 2,40 e R$3,65.
Na Grande BH, a tarifa mais barata será de R$ 1,85, referente ao transporte feito pelas linhas Florestal-Juatuba e Juatuba-Azurita. Já a passagem mais cara, dos ônibus que ligam Belo Horizonte à Fazenda Vargem do Lobo, em Baldim, terá o preço definido em R$ 23,40. Um dos trechos mais extensos, entre Uberlândia e Juiz de Fora, terá passagem a R$ 168,80.

Veja o novo preço das passagens com saída de Belo Horizonte para algumas cidades mineiras:
Ouro Preto: R$ 19,70;
Juiz de Fora: R$ 51,75;
Diamantina R$ 61,10;
Governador Valadares R$ 64;
Montes Claros R$ 85,50;
Uberaba R$ 95,45;
Uberlândia R$ 109,35.
READ MORE - Tarifas de ônibus intermunicipais e da Grande BH são reajustadas nesta quarta-feira

Em Natal, Prefeitura vai desapropriar terrenos para implementação do Pró-Transporte


A Prefeitura de Natal divulgou no Diário Oficial do Município na manhã de hoje (29) a despropriação dos terrenos que serão utilizados no projeto geométrico do Programa Pró-Transporte, que visa melhorar a infra-estrutura do Sistema de Transporte Coletivo para a zona norte da Capital. São, ao todo, quatro trechos que serão desapropriados na região.

O primeiro, na avenida Conselheiro Tristão, da avenida João Medeiros Filho à Rua Amaro Ienaga. Outro na mesma avenida, mas da rua Amaro Ienaga à avenida Moema Tinôco, onde a faixa de domínio intercepta, em toda largura, as propriedades de particulares.

A avenida Moema Tinôco, da Avenida Conselheiro Tristão (trecho projetado) à estrada Profª Alice Rodrigues (Estrada de Genipabu) e, desta estrada, até a avenida Tocantínea e, de lá, até à BR-101, também será desapropriado para o projeto. Os imóveis ou partes destes, que se enquadrarem nas circunstâncias definidas no artigo anterior, deverão constituir, individualmente e desde já, objeto das diligências imprescindíveis à instrução dos procedimentos indispensáveis à obtenção de suas expropriações.

O Pró-Transporte engloba a duplicação de vias, construção de ciclovias e obras d´artes correntes e especiais, pretendendo assim melhoramentos no sistema de transporte de massa e outras realizações. Estende-se ao longo das avenidas Conselheiro Tristão e Moema Tinoco, iniciando-se na Avenida João Medeiros Filho e terminando na BR-101.
READ MORE - Em Natal, Prefeitura vai desapropriar terrenos para implementação do Pró-Transporte

Inaugurado mais um terminal integrado na Grande Recife


O Governo do Estado, através da Secretaria das Cidades, inaugurou o Terminal Integrado do Cabo - José Faustino dos Santos na manhã de ontem. O terminal, que começa a operar no próximo sábado, dia 2 de janeiro, é o 3° entregue na atual gestão do governador Eduardo Campos e faz parte do projeto de expansão e mobilidade do Sistema Estrutural Integrado (SEI). A obra teve um investimento de R$ 4,1 milhões e beneficiará, por dia, cerca de 25 mil pessoas dos municípios do Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca e Jaboatão dos Guararapes. “Uma das nossas prioridades é melhorar a qualidade de vida das pessoas. Esse terminal trará mais conforto e economia aos usuários do transporte público da região”, afirmou o governador Eduardo Campos.
Com a implantação desse sistema no município, os usuários terão, além da redução de custos com o transporte, novas opções de deslocamento. A agente de saúde Creuza Aurino Xavier, de 48 anos, nota o benefício que terá com o terminal. “Na minha casa, 11 pessoas precisam de ônibus para se deslocar. Teremos uma economia de aproximadamente R$ 300 por mês. Essa integração vai possibilitar também que mais pessoas estudem no Recife ou possam arranjar emprego em outras localidades”, contou. O técnico contábil José Soares, de 58 anos, mostrava-se também entusiasmado com o novo serviço. “É um marco na história no Cabo. Há muito tempo precisávamos de um terminal integrado aqui. Se começasse a funcionar hoje, eu já iria para o Centro do Recife economizando uma passagem”, contou.
O Terminal Integrado (TI) é de responsabilidade do Grande Recife Consórcio de Transportes e será o primeiro braço do SEI no Litoral Sul do Estado. Sua implantação terá duas fases. Na primeira, dez linhas irão operar: serão oito alimentadoras, que levarão os usuários até o TI, e duas troncais, que farão a ligação do terminal com os municípios de Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes e Recife. Já na segunda fase, que está prevista para o segundo semestre de 2010, com a inauguração do Terminal de Cajueiro Seco, no total, 40 mil pessoas serão beneficiadas por dia. “Agradecemos o empenho que o governo tem tido para atender às necessidades da população cabense. Essa obra é de grande importância para todos nós”, disse o prefeito do Cabo, Lula Cabral.
As comunidades beneficiadas com esta primeira fase do Terminal do Cabo serão o Cabo (centro), Ponte dos Carvalhos, Pontezinha, Cohab, Garapu, Charneca, Pirapama e São Francisco, no Cabo de Santo Agostinho; Ipojuca (centro), Nossa Senhora do Ó, Camela, Serrambi, Porto de Galinhas e Porto de Suape, em Ipojuca.
READ MORE - Inaugurado mais um terminal integrado na Grande Recife

BH está entre as piores cidades do mundo em mobilidade


Ao imaginar a primeira capital planejada do Brasil, o engenheiro-chefe da comissão construtora de Belo Horizonte, Aarão Reis, deu atenção especial aos elementos viários da cidade, criando quarteirões padronizados e ruas largas o suficiente para comportar a circulação de veículos. Mas, a previsão era que um século depois a cidade alcançasse 100 mil habitantes. O tempo passou e com o crescimento demográfico desordenado o município ultrapassou em mais de 20 vezes a expectativa e, por consequência, o mapa desenhado centímetro por centímetro no entorno da Avenida 17 de Dezembro (nome original da Avenida do Contorno) expandiu-se sem a mesma concepção, transformando-se numa enorme "colcha de retalhos".

Cento e doze anos depois da inauguração do município, a multiplicação da frota associada a problemas estruturais tornam a mobilidade urbana o principal problema de Belo Horizonte. Mas, além do número de carros, da qualidade do transporte público e da engenharia de tráfego, a disposição de ruas e avenidas, a topografia e outros elementos influenciam tanto ou mais no trânsito. Tese da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, da Universidade de Brasília (UnB), mostra que o traçado da capital mineira é o 150º mais complicado do mundo entre 165 cidades pesquisadas.

Fonte: Uai - Minas
READ MORE - BH está entre as piores cidades do mundo em mobilidade

Rio: Prefeitura promete renovar ônibus. Até 2016


O secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, atribuiu boa parte do problema às más condições de trabalho dos motoristas e anunciou: no início de 2010, o prefeito Eduardo Paes vai baixar decreto determinando a troca de toda a frota da cidade (8.700 coletivos) por veículos modernos. Será, segundo ele, o fim dos chassis de caminhão instalados nos ônibus. O secretário disse esperar uma média de mil ônibus renovados a cada ano, até 2016.

O motor não poderá ficar na frente do ônibus. Imagine um motorista dirigindo o dia inteiro com aquele barulho do seu lado, com o motor esquentando suas pernas. Ele se estressa, e aí as coisas que não devem acontecer acontecem. Vamos implantar um novo padrão tecnológico. O câmbio, por exemplo, tem que ser automático. Não abriremos mão da troca do chassis e da suspensão. Aliado a isso, teremos os corredores expressos, que reduzirão o tempo de percurso dos coletivos, além do projeto Motorista Cidadão (convênio da RioÔnibus com a Fundação Getúlio Vargas para dar noções de civilidade no trânsito) - disse Sansão.

Aumento de tarifa não está descartado
O secretário reconheceu que a modernização da frota poderá acarretar aumento de tarifa, mas se disse otimista:
- Se você dá conforto aos usuários, com ônibus modernos, motoristas desestressados, corredores exclusivos para os coletivos, a demanda de passageiros certamente aumentará. Por isso, acredito que os novos ônibus, como existem em países desenvolvidos, atrairão muita gente que hoje vai de carro para o trabalho.
A RioÔnibus representa as 47 empresas da capital, que empregam cerca de 20 mil motoristas. O vice-presidente da entidade, Octacílio Monteiro, ponderou que as medidas da prefeitura poderão elevar o custo das passagens em até 50%.
- Em muitos países europeus o transporte é público, subsidiado. Aqui não. Quando cheguei ao Rio, em 1951, a empresa Nacional já tinha ônibus da General Motors, importados, com câmbio automático. Há dez anos tínhamos cerca de seis mil ônibus em circulação e transportávamos 110 milhões de pessoas por mês. Hoje temos 8.700 coletivos e transportamos 65 milhões de pagantes por mês e 20 milhões de usuários com passagens gratuitas - comparou.
READ MORE - Rio: Prefeitura promete renovar ônibus. Até 2016

Porto Alegre: Ônibus começam a circular com tabela horária de verão


A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informa aos usuários de transporte coletivo que, a partir de hoje, 28, até 21 de fevereiro, domingo, a frota de ônibus da Capital opera com a tabela horária de verão. As linhas de ônibus urbanas terão sua freqüência de viagens reduzida em 10%, em razão da diminuição de usuários nos meses de férias.
READ MORE - Porto Alegre: Ônibus começam a circular com tabela horária de verão

Governo Federal investe mais em incentivo na compra de carro do que em transporte público, resultado, caos nas grandes cidades


O aumento da renda da população, associado a um crescimento desordenado nas metrópoles, pode travar ainda mais a mobilidade nas cidades. Com dinheiro no bolso e incentivos à compra de automóveis, certamente a frota nas ruas aumentará. “O carro tem um atrativo forte, não é apenas um meio de locomoção. O carro representa o sucesso profissional, é uma questão de status, de individualidade”, diz o professor Carlos Alberto Guimarães, da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Unicamp. Números do Denatran revelam esse crescimento. Até outubro de 2009, circulavam no País 58,5 milhões de veículos.

Em 1999, a frota existente era de 27,1 milhões. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), em setembro, último mês de isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), as vendas de veículos tiveram recorde mensal, com 308.713 unidades. "Com esse estímulo dado à indústria automobilística, o número de carros cadastrados a mais por dia é da ordem de mil, apenas em São Paulo. Deste total, ¼ anda todo dia pelas ruas. Ou seja, são 250 carros a mais todo dia, em média. Se colocar esses carros em fila, em um ano, para os 600 mil veículos precisariam ser construídas 125 avenidas Paulistas. Isso para os carros parados. Andando precisaria ainda mais.

Não tem como atender essa demanda”, enfatiza Campos Filho.Culpar, porém, o crescimento do País ou a indústria automobilística pelo caos seria o mesmo que atribuir à natureza a responsabilidade pela enchente. Pensar em restringir a venda de carros seria abraçar o fracasso. Mas o aumento e o uso da frota dão a clareza da urgência em levar a população para o transporte coletivo. “Restringir a economia não seria inteligente, mas é preciso atuar na restrição do uso de automóveis e garantir um transporte de qualidade e confiável”, afirma Guimarães.
READ MORE - Governo Federal investe mais em incentivo na compra de carro do que em transporte público, resultado, caos nas grandes cidades

Aracajú: SMTT monta esquema de transporte para Réveillon


O transporte coletivo funcionará com a frota completa para oferecer uma mobilidade tranquila a todos que vão participar do Réveillon na Orla de Atalaia, realizado pela Prefeitura de Aracaju. Linhas especiais criadas somente para quem vai à festa e linhas expandidas, além das regulares, vão atender a alta demanda de fluxo de passageiros que todos os anos participa das comemorações da virada do ano.

A operação especial do Réveillon será iniciada às 18h do dia 31, e encerrada às 5h do primeiro dia de janeiro de 2010. Nesse período será mantida a frota normal dos sábados até às 18h, quando logo depois passa a vigorar a programação determinada pela Diretoria de Transporte Público da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).

O sistema de integração nos terminais funcionará normalmente até a zero hora do dia 31 e será reiniciado às 4h do dia seguinte. Apenas o Terminal Zona Sul deverá operar ininterruptamente, ou seja, em regime de plantão 24 horas.

A partir da meia noite do primeiro dia do ano, linhas especiais vão circular durante toda a madrugada para atender aqueles que se deslocam ao local da festa ou querem deixar a Orla de Atalaia.
READ MORE - Aracajú: SMTT monta esquema de transporte para Réveillon

Curitiba inicia licitação do transporte coletivo


A Urbs, Urbanização de Curitiba S/A publicou na última quarta-feira (23) em jornais de circulação nacional e estadual o aviso de licitação da operação do sistema de transporte coletivo de Curitiba. Edital e anexos estarão disponíveis no site da Urbs a partir do próximo dia 29.

A licitação será na modalidade Concorrência (005/2009) para seleção de empresas e ou consórcios de empresas para outorga de concessão para prestação e exploração dos serviços de transporte coletivo público urbano de passageiros, com ônibus no município de Curitiba. A concorrência vai combinar os critérios de melhor técnica e menor custo quilométrico, visando a menor tarifa para a Rede Integrada de Transporte (RIT).Esta é a primeira licitação do transporte coletivo da história da cidade tornada possível com a elaboração de uma nova lei e um novo regulamento do transporte coletivo que representam um salto de qualidade no sistema.

Transparência - Referência internacional em transporte coletivo, Curitiba voltou, a partir de 2005, a ser exemplo de inovações no setor. Em janeiro de 2005, enquanto outras grandes cidades aumentavam sua tarifa de ônibus urbano, o preço da passagem era congelado em Curitiba para permitir uma análise detalhada de todo o sistema, feita não apenas pela Urbs, empresa que gerencia o transporte na cidade, mas também pela comunidade.
READ MORE - Curitiba inicia licitação do transporte coletivo

No Rio, Jornal divulga ranking das empresas de ônibus que receberam mais reclamações de leitores

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Jornal o Globo - No ranking das dez empresas com mais reclamações, a Amigos Unidos foi a campeã, com 39 queixas contra suas linhas. Em segundo lugar ficou a Real Auto Ônibus, com 27 citações. A medalha de bronze foi para a Tijuquinha. Em seguida vieram, respectivamente, Transportes São Silvestre, Transurb, Transportes Pégaso, Braso Lisboa, Viação Verdun, Viação Saens Peña e Breda Rio.
Poucos carros na rua, problemas mecânicos constantes, excesso de velocidade, desconforto, demora no intervalo entre os ônibus, falta de higiene e superlotação foram os principais problemas apontados pelos leitores que fizeram queixas contra as linhas 107, 158, 175, 524, 546, 591, 592, 593, todas da Transportes Amigos Unidos. O diretor da empresa, Hélio Carvalho, informou que a manutenção dos carros ficou prejudicada em virtude da desapropriação das duas garagens na Estrada da Gávea (Rocinha). Carvalho ressaltou, no entanto, que a empresa está trabalhando para reverter esta situação. "Queremos prestar serviço de qualidade a nossos clientes", afirmou, em nota.
Já as 27 reclamações recebidas pela Real Auto Ônibus referem-se às linhas 121, 123, 127, 128, 132, 170, 172, 173, 178. As queixas mais recorrentes são com relação a baratas, falta de higiene nos bancos e vidros, assentos mal conservados, problemas mecânicos, excesso de velocidade, motoristas que não param nos pontos, falta de ar-condicionado e superlotação.
A Real Auto Ônibus informou que a empresa faz dedetizações periódicas em sua frota e que, em função do forte calor, tem intensificado a aplicação do produto. Segundo a viação, todos os veículos recebem diariamente lavagem especializada. "Esse é um assunto de extrema importância para a Real, tanto que hoje contamos com um equipe de 126 pessoas dedicadas exclusivamente a esse serviço", disse a nota da assessoria de imprensa da empresa. Em relação à má conservação dos veículos, a Real Auto Ônibus informou que todos os carros são revisados periodicamente.
No terceiro lugar do ranking ficou a empresa Tijuquinha, com 19 reclamações abrangendo as linhas 220, 225, 226, 229, 234. Segundo os leitores, os principais problemas são superlotação, motoristas que não param no ponto, falta de ar-condicionado e de manutenção. Três leitores da linha 226 se queixaram do fato de os ônibus não terem mais ar-condicionado. Já os passageiros das linhas 229 e 225 reclamaram de horário irregular e do grande intervalo entre um ônibus e outro. A Viação Tijuca informou que opera com a frota determinada pela Secretaria Municipal de Transportes (SMTR). Sobre a demora, a empresa afirmou que, na linha 229, os veículos circulam com intervalos de cinco minutos. Já na linha 225, o espaço entre os veículos é de 15 minutos. A respeito da linha 226, a empresa informou que, devido a reclamações de usuários, somente tem ar-condicionado a linha que faz integração com o Metrô.
Os 16 leitores que fizeram com que a Transportes São Silvestre ficasse em quarto lugar no ranking apontaram problemas nas linhas 136, 154, 180, 184, 511, 512, 569, 570, 572, 573, 583, 584. Frota velha ou mal cuidada, espaço curto entre os assentos, superlotação e demora foram questões recorrentes. Nas linhas 136 e 154, os passageiros disseram ainda que os motoristas dirigem em alta velocidade, que faltam carros com ar-condicionado e que os veículos estão sujos e em péssimo estado de conservação. Já sobre a linha 180, os leitores afirmaram que, além de sujos, os vidros não abrem e as campainhas não funcionam.
Em quinto lugar na disputa ficou a Transurb, com 12 reclamações, A Expresso Pégaso recebeu 11 queixas, Já a Braso Lisboa recebeu dez reclamações, A Viação Verdun recebeu nove reclamações, Também com nove reclamações ficou a Viação Saens Peña e a Breda Rio ficou em décimo lugar no ranking, com 11 reclamações.
READ MORE - No Rio, Jornal divulga ranking das empresas de ônibus que receberam mais reclamações de leitores

São Paulo: O transporte no ABCD com VLT em breve


A Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos (STM) assinou no dia 22, o Acordo de Cooperação para Elaboração do Projeto do Metrô Leve com as prefeituras de São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. O objetivo é ligar as duas cidades à estação Tamanduateí, que atende hoje a Linha 10-Turquesa da CPTM e, a partir do ano que vem, a Linha 2-Verde do Metrô. As duas prefeituras, em conjunto com a STM, vão elaborar os estudos técnicos de viabilidade e o projeto funcional. Na última sexta-feira, dia 18, o Ministério das Cidades liberou recursos da ordem de R$ 27,6 milhões para a elaboração do projeto básico do Metrô Leve.

O Metrô de São Paulo ficará responsável pela contratação do projeto básico e receberá os recursos através da CBTU. Caberá ao Metrô também a elaboração dos estudos ambientais e os procedimentos de licenciamento na Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

A obra será realizada pelo Estado e atenderá as cidades de São Bernardo do Campo e São Caetano, tendo como ponto de conexão a Estação Tamanduateí, que a partir do ano que vem integrará Metrô e CPTM. O projeto funcional é que definirá a tecnologia mais adequada.

O governo do Estado de São Paulo investe maciçamente na área de transportes, desde que assumiu em 2007, porque sabe da importância que o cidadão dá para os seus deslocamentos, seja para o trabalho, estudo ou lazer. Prova disso são os investimentos no Plano de Expansão que hoje já alcançam R$ 21 bilhões. Agora o Governo dá mais um passo para melhorar o transporte na região do ABC.

Atualmente, a CPTM está ampliando a estação Tamanduateí, na Linha 10-Turquesa (Luz-Rio Grande da Serra), para integrá-la à estação homônima do Metrô que está em construção, pelo plano de ampliação da Linha 2-Verde (Vila Madalena-Vila Prudente).
READ MORE - São Paulo: O transporte no ABCD com VLT em breve

Curitiba vai ampliar o seu receptivo da Linha Turismo


A exemplo de Londres e outras cidades que utilizam o veículo como um dos principais motivadores dos city-tours, Curitiba vai ampliar o seu receptivo da Linha Turismo com a utilização de ônibus panorâmicos de dois andares. A partir de março de 2010 será colocada a versão double-deck com toldo retrátil, suporte para bicicletas e carrinhos de bebê, tudo para facilitar a presença dos turistas e dos próprios curitibanos.
A frota atual de cinco ônibus terá o aumento de mais quatro unidades. Será dobrada a capacidade de transporte dos turistas nos ônibus de dois andares com 65 passageiros sentados a mais por carro.

A utilização dos veículos de dois andares completou um ano no dia 15 de novembro passado e a presença do toldo evitará que nos dias de chuva o serviço fique ocioso. De acordo com o Instituto Municipal de Turismo, da prefeitura de Curitiba, desde a entrada do ônibus foi registrado um crescimento de 54,5% no número de passageiros da Linha Turismo.
A Linha o circula a cada 30 minutos, percorrendo aproximadamente 45 quilômetros em cerca de 2 horas e meia Da extensa lista de pontos turísticos em seu percurso, os mais visitados são o Jardim Botânico, Ópera de Arame, Parque Tangua e Praça Tiradentes, o ponto de partida. O dia de maior movimento é o sábado, e neste ano, de janeiro até novembro ocorreram 117.953 embarques nesse dia.
READ MORE - Curitiba vai ampliar o seu receptivo da Linha Turismo

Em Belo Horizonte, nova avenida Antônio Carlos prestes a ser entregue


Os belo-horizontinos estão prestes a receber uma das mais importantes obras de mobilidade já feitas na capital mineira. A duplicação da avenida Antônio Carlos, com data prevista de entrega em março de 2010, vai facilitar o trânsito em uma região com grande fluxo de pessoas e veículos. Além disso, vai funcionar como uma via de acesso facilitada ao estádio Mineirão, condição fundamental para a perfeita realização da Copa do Mundo de 2014 em Belo Horizonte.

No dia 9 de dezembro, a Prefeitura de Belo Horizonte e o Governo do Estado de Minas Gerais entregaram à população da capital o viaduto na avenida Antônio Carlos, na esquina com a rua dos Operários, em um dos eventos que fez parte da programação do aniversário de 112 anos de Belo Horizonte. O elevado, em mão dupla, faz parte da segunda etapa de duplicação da avenida Antônio Carlos e vai ligar os bairros Cachoeirinha e Bom Jesus ao bairros São Cristóvão e Renascença, na região Noroeste da cidade.

Pela Antônio Carlos circulam diariamente 85 mil veículos. O alargamento vai beneficiar os usuários de transporte coletivo com a diminuição do tempo das viagens. Hoje, a avenida possui, no trecho em obras, apenas uma pista por sentido, com três faixas de rolamento cada uma. Com a ampliação, passará a ter quatro faixas por pista, além de uma terceira pista, com duas faixas exclusivas para o transporte coletivo.
READ MORE - Em Belo Horizonte, nova avenida Antônio Carlos prestes a ser entregue

Prefeitura de Vitória ainda quer o metrô de superfície


Enquanto o Estado banca a inclusão de corredores exclusivos para ônibus na Região Metropolitana, a Prefeitura de Vitória mantém o interesse de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), conhecido como metrô de superfície.

O projeto é antigo: foi proposto pelo prefeito João Coser na primeira eleição que concorreu à prefeitura (hoje o administrador está no segundo mandato). "Temos um plano de mobilidade urbana para a Capital que inclui os cinco modais (coletivo, particular, pedestre, ciclovia e cargas). Nele, está previsto o VLT, complementar ao modal ônibus", explica Clemir Meneghel, secretária em exercício de Desenvolvimento da Cidade.

Segundo ela, o VLT é necessário para Vitória. "Considerando o elevado número de carros que passam pela cidade, sim. Como passar por ela sem ter mobilidade?", questiona. Para ela, aumentar o número de ônibus apenas piora o trânsito e a poluição. "O diferencial seria conseguir viabilizar o VLT, que daria a grande diferença de mobilidade local. Fazemos parte da discussão com o Estado, mas não desistimos do VLT e consideramos a melhor opção para Vitória", explica Clemir.
READ MORE - Prefeitura de Vitória ainda quer o metrô de superfície

Perueiros de Uberaba também pedem aumento no valor das passagens


Motoristas que prestam serviço no transporte coletivo para a Prefeitura de Uberaba podem passar a virada do ano sem definição sobre o reajuste no valor da quilometragem.
Os profissionais autônomos aguardavam para a semana passada resposta do prefeito Anderson Adauto (PMDB) sobre o aumento, mas AA deixou nas mãos dos secretários Marcos Bordon, da Educação, e Wellington Fontes, da Fazenda, a responsabilidade de resolver a questão.
A cooperativa representante dos perueiros (Ubervan) negocia com a Prefeitura um reajuste de R$ 0,16 para entrar em vigor a partir de fevereiro. Proposta foi apresentada ao chefe do Executivo no início do mês de dezembro e o prefeito pediu um prazo de 20 dias para analisar o assunto. Adauto não voltou a se reunir com o presidente da Ubervan, Marcelino de Sousa Melo, como combinado no primeiro encontro, mas pediu aos secretários que fizessem um levantamento para verificar a viabilidade do reajuste. Marcos Bordon salientou que o estudo já está sendo feito e se verificada a dificuldade da administração em conceder o reajuste, será feita uma contraproposta. Os profissionais esperam que a rodada de negociação aconteça no início desta semana, do contrário correm o risco de iniciar mais um ano sem o tão esperado aumento no valor da quilometragem.
READ MORE - Perueiros de Uberaba também pedem aumento no valor das passagens

Nova linha de ônibus entre Santos e o Guarujá


A nova linha de ônibus intermunicipal ligando o bairro de Monte Cabrão, na área continental de Santos, a Vicente de Carvalho, no Guarujá, anunciado pela Secretaria de Transportes Metropolitanos em novembro deste ano, começou a operar no dia 24. O serviço é uma antiga reivindicação dos moradores locais e beneficiará cerca de 10 mil usuários por mês.

A linha 951 - Monte Cabrão-Guarujá será operada por um microônibus, com 15 partidas diárias, sendo oito saídas de Santos, com a primeira viagem às 6h15, e sete partidas de Guarujá. O trajeto percorrido será Monte Cabrão, em Santos, av. dr. Manoel Hippólito Rego (antiga rodovia Rio-Santos), av. Cônego Domenico Rangoni, segue pela rodovia Piaçaguera-Guarujá, entra na av. Áurea Gonzalez de Conde, passando pela Praça 14 Bis, av. Thiago Ferreira, terminal rodoviário de Vicente de Carvalho, novamente pela 14 bis, av. Santos Dumont e finaliza no Terminal Rodoviário de Guarujá. O tempo de percurso está estimado em 25 minutos.

A implantação dessa linha faz parte de um projeto maior, o Sistema Integrado Metropolitano (SIM) da Baixada Santista, que recebe um investimento do governo do Estado da ordem de R$ 298 milhões. Em sua primeira fase, o projeto ligará o Terminal Barreiros, em São Vicente, ao Terminal Porto, em Santos por meio de Metrô Leve (VLT).

Horários de partida – dias úteis:
Monte Cabrão - Santos
6h15; 7h40; 11h10; 13h; 17h10, 19h; 22h20, 23h50.

Vicente de Carvalho - Guarujá
7h, 10h25, 12h20, 16h30, 18h20, 21h40 e 23h10.

Sábados, domingos e feriados serão cinco partidas de Monte Cabrão e quatro partidas do Guarujá.
READ MORE - Nova linha de ônibus entre Santos e o Guarujá

Mais segurança nos terminais rodoviários


A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) intensifica, nesse final de ano, a fiscalização do transporte interestadual e internacional de passageiros em 69 terminais rodoviários do país, considerados de maior movimentação. O objetivo da ação é verificar a qualidade do serviço prestado ao usuário, por parte das empresas, no período de fim de ano, quando a demanda por esse tipo de transporte aumenta.Além de verificar a regularidade das empresas com relação à pontualidade e condições de higiene no interior dos ônibus, a inspeção também será feita junto aos guichês de venda de passagens, onde as empresas devem disponibilizar todas as informações sobre a viagem tais como: horários, duração, localidades atendidas e tarifas. Será dada atenção especial aos passageiros idosos cujos benefícios, como a gratuidade do bilhete e prioridade no embarque, devem ser cumpridos por todas as empresas.

A fiscalização nos terminais rodoviários é parte de uma operação mais ampla, iniciada em 04 de dezembro, para cumprir o objetivo permanente de fiscalizar o transporte regular e coibir o clandestino. Trata-se do 1º Comando Nacional de Fiscalização do Transporte Interestadual e Internacional de Passageiros que está atuando em três frentes:

1) nos terminais rodoviários;

2) nas garagens das prestadoras de serviços para conferir a segurança dos veículos e a jornada de trabalho dos motoristas, visto que, neste período do ano acentua-se a solicitação de viagens extras para atendimento da demanda; e

3) nas rodovias federais para inibir a atuação de empresas clandestinas que realizam o transporte de fretamento sem autorização da Agência – prática que se intensifica nessa época do ano em que a movimentação de passageiros é maior em função dos feriados e férias escolares. Essa fiscalização está sendo feita em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal, em 47 postos localizados em rodovia federais e em 4 postos de vias estaduais de São Paulo, com o apoio da Polícia Rodoviária Estadual.

Fonte:BHTrans
READ MORE - Mais segurança nos terminais rodoviários

Rio teve mais de uma multa de excesso de velocidade por ônibus em 2009


Eles não são pássaros, não são aviões, mas não é difícil avistar um ônibus "voando" pelas ruas do Rio. Num ano marcado por sérios acidentes, dados do Detran-RJ mostram como os motoristas desses veículos estão com o pé embaixo: de janeiro a novembro deste ano, foram registradas, somente na capital, 19.155 multas por causa de excesso de velocidade, o que significa, em média, mais de uma multa por coletivo (1,3). O índice é quatro vezes maior do que a média atribuída ao restante da frota nos primeiros 11 meses de 2009: 0,3 por veículo. Um teste feito pelo GLOBO em quatro pontos da cidade na semana passada mostrou que, de 40 ônibus analisados, 27 (67%) trafegavam acima do limite permitido na via.
Não bastasse o abuso de velocidade, a falta de conservação também parece ser um problema crônico dos ônibus. Um levantamento inédito da prefeitura, com base nos registros de ocorrência do Centro de Controle Operacional da CET-Rio, revela que, de janeiro a novembro deste ano, 53% dos veículos que enguiçaram nas vias da cidade, atravancando o trânsito, eram coletivos. Em seguida, vieram os carros de passeio (31%), os caminhões (15%) e as carretas (1%).
- Às vezes, dá muito medo descer a Grota Funda de ônibus. Tem uns motoristas que correm muito, já houve uma vez em que eu achei que o ônibus ia virar de tanto que balançava na descida - conta o jardineiro Fernando Chaves, que volta diariamente do trabalho, na Cidade da Música, na Barra, para a casa, em Ilha de Guaratiba.

Fonte: O Globo
READ MORE - Rio teve mais de uma multa de excesso de velocidade por ônibus em 2009

Em Uberaba, Prefeito descarta reajuste da tarifa de ônibus coletivo para R$ 2,53


Pedido de reajuste da tarifa do transporte coletivo urbano formalizado pelas empresas Líder e Piracicabana tramita há algumas semanas na Prefeitura. Documento passou pela Secretaria de Governo e, segundo o secretário Antônio Sebastião de Oliveira, o prefeito Anderson Adauto, ao ser informado, de pronto descartou o índice de aumento pretendido (33,15%), que elevaria a tarifa de R$ 1,90 para R$ 2,53.
Na discordância, o chefe do Executivo recomendou alguns procedimentos a serem observados. As planilhas apresentadas pelas prestadoras do serviço foram entregues pelo Governo à Procuradoria Geral do Município, para que se manifeste sobre o aspecto jurídico, e também deverá ser direcionada à Superintendência de Planejamento de Trânsito e Transporte, para apuração dos números apontados nas tabelas de custos.
As empresas alegam a necessidade de reajuste baseadas na criação de novas linhas, percursos estendidos, aumento da frota e de insumos, reajuste de salário dos funcionários, entre outros.
A definição da nova tarifa ocorrerá após a verificação dos números apontados nas planilhas da Piracicabana e Líder, e daqueles que forem apurados pela Superintendência de Planejamento de Trânsito e Transporte, e que passam por revisão ainda neste fim de semana.
READ MORE - Em Uberaba, Prefeito descarta reajuste da tarifa de ônibus coletivo para R$ 2,53

Bauru: Horário de coletivos muda em 19 linhas nesta segunda-feira

A partir do dia 28 de dezembro (segunda-feira), 19 linhas do sistema de transporte coletivo sofrerão alterações na tabela horária, passando a operar conforme a tabela de férias.
A alteração é realizada todos os anos em função da queda no número de passageiros, motivada, principalmente, pelo período de férias escolares. Os fiscais da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano e Rural (Emdurb) estarão de prontidão, segundo a empresa, caso algum ajuste seja necessário nas linhas modificadas.
O usuário que quiser obter mais informações sobre as alterações nos horários das linhas do sistema de transporte coletivo pode ligar para os telefones 4009-1700 ou 3201-1600.
O retorno da operação com a tabela horária para o período de aula deverá acontecer no dia 02 de fevereiro de 2010. No entanto, caso detectado aumento no número de passageiros em algumas das linhas, o retorno poderá ser antecipado, informa a Emdurb.
READ MORE - Bauru: Horário de coletivos muda em 19 linhas nesta segunda-feira

Mais um presente de ano novo, Passagens dos ônibus intermunicipais serão reajustadas em 7,05% no Rio


As passagens dos ônibus intermunicipais serão reajustadas em 7,05%. Os novos valores comçam a vigorar a partir do dia 2 de janeiro. Os donos de empresas de ônibus tinham pedido 15% de reajuste, mas o índice foi fixado pelo Departamento de Transportes Rodoviários (Detro), atendendo determinação do governador Sérgio Cabral.

Segundo o Detro, para o cálculo deste percentual, foram levadas em conta os custos com mão de obra e insumos e as exigências feitas pelo departamento, como instalação de GPS, câmeras e diminuição da idade máxima da frota.

“Com o ordenamento do transporte complementar, com a integração de modais e, agora, com o bilhete único, há a garantia da saúde financeira das empresas, e a população não deve pagar além do justo”, afirma o presidente do Detro, Rogério Onofre.

Com o reajuste, a tarifa modal das linhas intermunicipais passará de R$ 2,20 para R$ 2,35. Os usuários do vale-transporte continuarão pagando os valores antigos até receberem o benefício já com o reajuste.As empresas que praticam tarifas promocionais decidirão por manter ou reajustar as mesmas, devendo, para isso, comunicar ao Detro com, pelo menos, dez dias de antecedência.
READ MORE - Mais um presente de ano novo, Passagens dos ônibus intermunicipais serão reajustadas em 7,05% no Rio

Grande Vitória com mais de 1 milhão de veículos


A frota veicular do Espírito Santo hoje passa dos 1,2 milhão de veículos registrados no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES). Os sete municípios da Grande Vitória concentram praticamente a metade dessa frota, que, nos próximos cinco anos, terá um aumento de 65% no número de veículos cadastrados em 2013. Em 2018, esse número passará de 1,1 milhão só na Região Metropolitana, o que representa um crescimento de 132%.
Se considerados os municípios de Vitória, Serra, Cariacica e Vila Velha (excluindo Viana, Guarapari e Fundão), serão 731.108 veículos em quatro anos, e 1.014.463 em nove anos. Trata-se de um aumento superior a 120% até 2018. Os dados assustam quando comparados ao percentual acumulado entre 2001 e 2009: a frota veicular de Vila Velha subiu 87%, e a da Capital, 60%.
"O Estado tem projetos para tentar melhorar a ligação entre as cidades metropolitanas. A (Rodovia) Leste-Oeste, no caso, será um novo acesso entre Cariacica e Vila Velha", frisa o secretário estadual de Transportes e Obras Públicas, Neivaldo Bragato.

Mudança
Mas a mudança maior prevista pelo Estado é a implantação de 108km de corredores exclusivos para ônibus nas principais vias dessas cidades. "Vamos priorizar o transporte coletivo. Tirá-lo do trânsito e dar condições que convençam o morador a deixar o carro em casa", diz a subsecretária estadual de Mobilidade Urbana, Luciene Becacici.
Por enquanto, a expectativa é de melhor distribuir o trânsito pela Região Metropolitana. A Prefeitura de Vitória tem projetos com a intenção de mudar e melhorar o tráfego na cidade, e em todas as regiões: mudanças nas avenidas Serafim Derenzi, Fernando Ferrari e Adalberto Simão Nader; além do novo Portal Sul, no Centro da cidade.
Mas a Capital não será a maior responsável pelo crescimento de veículos na Grande Vitória. A cidade, hoje com o maior número de carros, será ultrapassada por Vila Velha logo em 2013: que terá quase 2 mil veículos a mais que o município vizinho.
READ MORE - Grande Vitória com mais de 1 milhão de veículos

Integração tarifária do transporte coletivo começa na cidade de Rio Grande


A Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Segurança, dos Transportes e do Trânsito (SMSTT), colocou em funcionamento o Plano de Integração Físico-tarifária do transporte coletivo, que dá início a uma nova etapa do sistema de transporte público do Município. As primeiras linhas contempladas com a novidade são as que interligam o interior e a zona rural da cidade, mas a intenção é estender a medida para o restante dos itinerários.
A informação foi confirmada na última quarta-feira, 23, pelo titular da SMSTT, Enoc Guimarães. Conforme o secretário, pela proposta, moradores da Vila da Quinta, Povo Novo, e ilhas da Torotama e Marinheiros, quando quiserem se deslocar até o balneário Cassino, poderão fazê-lo pagando somente uma passagem.
A partir de sexta-feira, o morador da Vila da Quinta, por exemplo, que quiser ir ao Cassino, inicialmente, vai tomar um ônibus da linha normal. Chegando ao Trevo, ele desce e embarca em outro coletivo, rumo ao balneário, sem despesa adicional. “Ele (o usuário) vai pagar somente o valor cobrado na linha Quinta”, observou. No entanto, o secretário destacou que a medida vale somente para os passageiros que possuem o cartão eletrônico do transporte coletivo.
O novo sistema
O novo sistema prevê a reformulação da planilha de horários de todas as linhas bem como a criação de um novo tipo de linha através de Estações de Integração espalhadas pelo Município. Nesse primeiro momento, o transbordo será feito no Trevo.
Durante os meses de junho, setembro e outubro, a empresa Marchioro Arquitetura, Urbanismo, Engenharia e Consultoria Ltda, de Caxias do Sul, realizou pesquisa junto a usuários de todas as linhas do transporte coletivo na cidade. O trabalho possibilitou à SMSTT traçar um diagnóstico do sistema de transporte, e apontar sugestões.
READ MORE - Integração tarifária do transporte coletivo começa na cidade de Rio Grande

Empresa de transporte pode exigir cadastro de idosos


As empresas de transporte público coletivo podem exigir documento de idoso para que o serviço seja usado gratuitamente. Decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) autoriza a exigência de cadastro prévio e confecção de carteirinha dos usuários do transporte público maiores de 65 anos.
A ministra do STJ Eliana Calmon negou recurso do Ministério Público do Rio Grande do Sul contra uma empresa de transporte do estado. Na ação, o MP alegou impedimento do uso do passe livre pelos idosos, e pediu indenização por dano moral e ressarcimento dos valores pagos pelas passagens. Para a ministra, o cadastramento dos idosos pela empresa de transporte público seria mais eficiente para evitar fraudes.
READ MORE - Empresa de transporte pode exigir cadastro de idosos

No Rio, Cadastro do bilhete único começa em janeiro

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009


O cadastramento dos passageiros interessados em usar o sistema de bilhete único intermunicipal, cuja criação foi aprovada na terça-feira na Assembleia Legislativa do Estado, deve começar no dia 11 de janeiro. Segundo o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, a data deverá ser confirmada na próxima segunda-feira.

As inscrições poderão ser feitas nos mais de 800 pontos de venda do RioCard disponibilizados pela Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio (Fetranspor); em agências do Banco Itaú; e em pontos do metrô, das barcas e da SuperVia.
O tíquete vai operar com o sistema de bilhetagem eletrônica do RioCard. Por esse motivo, as vans municipais, que não têm o sistema, não poderão ser incluídas num primeiro momento. A Metrô Rio e a SuperVia trabalham com um modelo diferente do que é usado nos ônibus, mas ele aceitará o novo tíquete.
O bilhete único permitirá ao usuário pegar duas conduções num prazo de duas horas. A única condição é que um dos meios de transporte usado seja de uma linha intermunicipal. Cada trajeto de duas horas custará R$ 4,40. A previsão é de que, em 2010, o governo destinará pelo menos R$ 220 milhões ao bilhete único.
READ MORE - No Rio, Cadastro do bilhete único começa em janeiro

Reportagem especial: Os Caminhos do Metrô


Conheça o dia-a-dia dos passageiros e o andamento das obras, os projetos para o futuro e, também, um pouco de história do metrô

Parte 1
Em 1979, os cariocas passaram a conhecer o Metrô, que tinha cinco estações. Mas hoje em dia, o transporte se extendeu e apresenta mais mudanças, apesar de vários problemas que surgiram.





Parte 2
Obra vai melhorar a vida de passageiros da Linha 2





Parte 3
Novos projetos podem melhorar o serviço no Rio




Fonte: Reportagem especial RJTV
READ MORE - Reportagem especial: Os Caminhos do Metrô

Já está em operação os 40 novos ônibus em Campinas


A frota, que inclui dez ônibus articulados e 30 convencionais, é acessível aos portadores de deficiência. Assim, quase um terço da frota (243 ônibus) é composta por veículos com dispositivos de acessibilidade, como elevadores e assentos preferenciais.
O investimento das concessionárias Itajaí Transportes Coletivos e Expresso Campibus foi de R$ 9,7 milhões para a aquisição dos veículos adaptados. O Consórcio Cidade Campinas (Concicamp) — composto pelas duas empresas —, é responsável pela Área 2 (vermelha), que atende os usuários do Campo Grande, Padre Anchieta e Corredor John Boyd Dunlop.
Para o prefeito, a região Sudoeste sai fortalecida com os novos ônibus. “A frota da região fica mais jovem. Além disso, os ônibus são politicamente corretos, já que usam combustível com 2% de biodiesel, que atende as determinações da lei nacional”, afirma Hélio.
O secretário de Transportes, Gerson Luis Bittencourt, comemorou a renovação da frota. “Com os novos veículos, a frota de ônibus de Campinas passa a ter idade média de quatro anos. Para se ter uma ideia, a média de idade da frota de São Paulo, por exemplo, é de seis anos”, diz. “A Área 2 é a que tem a frota mais nova agora, com idade média de 2,5 anos”, afirmou, citando os números. Com a entrada dos novos veículos em operação, já são 840 ônibus e miniônibus no sistema InterCamp, o que representa 68% de renovação da frota desde 2005 (1.242 veículos).
READ MORE - Já está em operação os 40 novos ônibus em Campinas

Blumenau: Transporte Coletivo terá horário diferenciado


Usuários do transporte coletivo urbano de Blumenau devem ficar atentos. A partir desta quinta-feira, dia 24, as linhas de ônibus terão horários diferenciados. A medida, necessária para evitar ociosidade no sistema, tem será estendida até o dia 3 de janeiro de 2010, quando a operação volta a normalidade.

O Serviço Autônomo Municipal de Trânsito e Transportes (SETERB), por meio da Diretoria de Transportes, informa que os novos horários de ônibus do Sistema Integrado de Blumenau (SIB) estão disponíveis na página da autarquia na internet: www.seterb.sc.gov.br.
READ MORE - Blumenau: Transporte Coletivo terá horário diferenciado

Passageiros não pagam tarifa de ônibus nesta quinta-feira em Várzea Grande


Os usuários do transporte coletivo municipal de Várzea Grande estarão livres do pagamento da tarifa durante toda esta quinta-feira (24/12), véspera de Natal. A medida está prevista no Decreto Municipal n.º 065/2009 assinado, nesta quarta-feira (23), pelo prefeito municipal em exercício, Sebastião Gonçalves.
O documento prevê a dispensa da tarifa, atualmente fixada em R$ 2,20, aos passageiros que utilizarem os ônibus coletivos no horário das 0h às 23h59. O superintendente de Trânsito e Transportes Urbanos (STTU) de Várzea Grande, Fernando Sé, explica que a medida, contida na Lei Municipal n.º 2194 de 2.000, prevê que a empresa concessionária do Sistema Municipal de Transporte Coletivo assegure a mesma frota para a utilização de seus usuários.
READ MORE - Passageiros não pagam tarifa de ônibus nesta quinta-feira em Várzea Grande

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960