Como o frio afeta sistema do metrô em São Paulo

sexta-feira, 20 de maio de 2022


A madrugada da última quarta-feira (18) foi de recorde para a cidade de São Paulo. Os  termômetros marcaram 5°C na região metropolitana e chegaram afetar o funcionamento do transporte público na capital. 

Em razão da baixa temperatura, alguns trens da Linha 3 - Vermelha do metrô ficaram parados no pátio. Segundo publicação comunicado do Metrô de São Paulo, "as baixíssimas temperaturas na região leste afetaram o sistema pneumático de portas e freios". 

A situação começou a ser normalizada por volta das 9 horas. Em aviso, o metrô afirmou que a circulação aos poucos voltou a funcionar na velocidade esperada. 
READ MORE - Como o frio afeta sistema do metrô em São Paulo

Em Goiânia, Passe Livre do Trabalhador cadastra 3,3 mil funcionários em uma semana

O Passe Livre do Trabalhador, bilhete criado para os trabalhadores lançado no último dia 11 de maio, atingiu o número relevante de 3.362 funcionários cadastrados em apenas sete dias. Até o momento, 415 empresas adotaram a modalidade.


Para o presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Tarcísio Abreu, o Passe Livre do Trabalhador foi uma maneira encontrada para ajudar os cidadãos a minimizar a crise gerada pela pandemia.

“Contribuir com o setor produtivo que sofreu tanto nestes últimos dois anos, e oferecer ao empregado mais liberdade e autonomia. Esse foi nosso objetivo com a criação do Passe Livre do Trabalhador. E a alta adesão, em apenas uma semana, comprova a necessidade do bilhete”, aponta Tarcísio Abreu.


Para cadastrar os trabalhadores, as empresas precisam primeiramente acessar o site www.sitpass.com.br, atualizar/cadastrar os dados, escolher o início da vigência da assinatura, dar o aceite no Termo de Adesão, e finalizar com o cadastro de seus funcionários. Após o cadastro, o próximo passo é retirar os cartões na Loja Sitpass e distribuí-los.

A partir do dia 26 de maio, será disponibilizada no portal a funcionalidade de compra de assinatura que permitirá a empresa indicar quais funcionários cadastrados serão contemplados com a assinatura no mês, de acordo com a data de vigência definida no momento da adesão.

Ao realizar a adesão, as empresas devem se atentar à escolha da data de vigência, que será confirmada/alterada no momento do primeiro pedido de compras das assinaturas. Após a confirmação, não será mais possível a alteração dessa data.

Data de vigência das assinaturas

A data de vigência é a data que determina o dia de início e fim das assinaturas. Por exemplo, a empresa que define o dia 05 como data de vigência e faz um pedido de compras de assinaturas para o mês de junho/2022, os cartões dos trabalhadores indicados no pedido de compra estarão liberados para uso do dia 05 de junho a 04 de julho de 2022.
A data de vigência é escolhida no momento da adesão e poderá ser alterada apenas e somente no primeiro pedido de compra de assinaturas. Ou seja, após a adesão e o primeiro pedido de compra de assinaturas, não há possibilidade de alteração dessa data.
Para iniciar o período de vigência definido pelo empregador, o pagamento tem que ser realizado/confirmado antes da data de início de vigência das assinaturas. É importante se atentar para os prazos de confirmação do pagamento: boleto/transferência (dois dias úteis) e Pix (mesmo dia).
Para esclarecimentos e orientações quanto ao Passe Livre do Trabalhador, foi disponibilizado um canal específico para as empresas, via ligação ou WhatsApp, pelo número (62) 3142-1019.

Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) – Prefeitura de Goiânia
READ MORE - Em Goiânia, Passe Livre do Trabalhador cadastra 3,3 mil funcionários em uma semana

Mais uma empresa de ônibus interestadual começa a operar no Terminal Rodoviário de Indaiatuba


O Terminal Rodoviário de Indaiatuba “Vereador Maurílio Gonçalves Pinto” passa a oferecer mais uma opção de destino interestadual. A Viação Cometa começou a operar em Indaiatuba na semana passada com três destinos para Minas Gerais: Contagem, Betim e Belo Horizonte. O embarque é de quarta-feira, às 20h15.


As opções de destinos interestaduais com embarque na cidade ainda incluem a Viação Garcia e Expresso Nordeste, com embarque diários para várias localidades do Paraná e, também, Santa Catarina e Rio Grande do Sul; a Viação Gontijo, que tem como destinos Jequié, Jeremoabo, Feira de Santana, Poções, Paulo Afonso e Garanhuns, com embarques aos domingos. A Viação Transpen tem saídas de Indaiatuba direto para Curitiba, às segundas, quartas, sextas-feiras e aos sábados.

A Viação Andorinha também opera no Terminal Rodoviário de Indaiatuba e oferece embarque diário com destino à Presidente Prudente e Assis.

Informações: Prefeitura de Indaiatuba
READ MORE - Mais uma empresa de ônibus interestadual começa a operar no Terminal Rodoviário de Indaiatuba

Consórcio Recife renova sua frota com 35 novos ônibus

quarta-feira, 18 de maio de 2022

O Consórcio Recife começou 2022 com uma renovação da sua frota de 35 ônibus novos visando diminuir a idade média dos veículos e melhorar ainda mais a qualidade dos serviços. Empresa que opera na zona norte do Recife, opera em bairros populosos como Casa Amarela e Nova Descoberta da capital pernambucana.
Os novos ônibus foram apresentados no estacionamento da empresa e já estão em circulação desde o mês de abril.

Os ônibus urbanos do modelo Marcopolo Torino são equipados com chassi Volkbus Euro V, ano 2022 que oferecem conforto e comodidade. Todos os veículos são adaptados para pessoas com deficiência e contam com bancos antiviral, com tecnologia para evitar a transmissão da covid-19.

Atualmente o Consórcio Recife transporta diariamente 80 mil passageiros/dia.

Informações: Blog Meu Transporte




READ MORE - Consórcio Recife renova sua frota com 35 novos ônibus

Metroviários de São Paulo adiou para a próxima 4ª feira a paralisação da categoria

A Assembleia dos Metroviários de São Paulo adiou para a próxima 4ª feira a paralisação da categoria, que estava prevista para acontecer hoje. O sindicato que representa os trabalhadores já havia aprovado, no dia 12 de maio, uma greve geral e agendado, para esta 3ª feira (17.mai), uma nova assembleia para "preparar e organizar" o ato, que foi adiado após votação virtual. 
Uma nova assembleia foi marcada para o dia 24 de maio, quando deve acontecer uma audiência de conciliação entre lideranças da categoria e representantes do Metrô, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-SP). 

A mobilização dos trabalhadores teve início no mês de maio, com a realização de protestos em estações, "tuitaços" e retirada de uniformes. Em carta aberta à população, o sindicato exigiu uma reunião com o governador do estado, Rodrigo Garcia (PSDB), para negociar as exigências da categoria, destacando que "se não houver diálogo, o metrô vai parar".

Dentre as principais reinvindicações da categoria estão o reajuste salarial, a contratação de mais funcionários, por meio de concursos públicos, e chamada "isonomia salarial", que prevê equidade no piso e no teto de pagamento para trabalhadores que exercem a mesma função. Os metroviários também afirmam que, desde 2020, não têm recebido a Participação nos Resultados da empresa.

"Metroviários e metroviárias lutam em defesa do metrô público e estatal, por concurso público para contratação de funcionários em todas as áreas da empresa e salário igual para trabalho igual. São os casos de funcionários que exercem a mesma função, mas recebem salários diferenciados", informou a categoria, no documento, alegando que as contrapropostas apresentadas pelo Metrô teriam sido consideradas "insuficientes" pelo sindicato.

A paralisação afeta as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata do Metrô de São Paulo. Por ser administradas pela iniciativa privada, as linhas 4-Amarela e 5-Lilás seguem operando normalmente.

Informações: SBT News
READ MORE - Metroviários de São Paulo adiou para a próxima 4ª feira a paralisação da categoria

Meia passagem e cartão único familiar serão implantados no transporte coletivo de Goiânia

terça-feira, 17 de maio de 2022

Após o lançamento do Bilhete Único e Passe Livre do Trabalhador, o transporte coletivo da Região Metropolitana de Goiânia trabalha para implantar, na primeira fase de reestruturação do sistema, outros cinco produtos. Dentre eles, se destacam o Cartão Família e o Bilhete Meia Tarifa, anunciados pelo governador Ronaldo Caiado nesta segunda-feira (16).


De acordo com a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), a previsão é para a entrega de um bilhete por mês em prol do usuário, a partir do mês de abril, em que foi lançado o Bilhete Único. Em maio, foi a vez do Passe Livre do Trabalhador. Para junho, entretanto, ainda não há definição do produto que será implantado.

A empresa, no entanto, destaca que o Bilhete Meia Tarifa será voltado a viagens de até 5km, com o valor de R$2,15, referente à metade da tarifa vigente. Já o Cartão Família, funcionará apenas aos finais semana, onde, por um único valor, um usuário titular poderá viajar com outras quatro pessoas cadastradas.

Além dos produtos citados, estão previstos, ainda, o Bilhete um Dia, Bilhete uma Semana e o Cartão Pós-Pago, que permitirá que o passageiro pague sua passagem depois de utilizar o serviço, por meio de uma fatura que será enviada ao usuário ao fim do mês.

Nova frota

Dentro do projeto de reestruturação do transporte coletivo, também está em desenvolvimento a renovação da nova frota de veículos. Dentre elas, a implantação de ônibus elétricos, que farão a substituição da linha do Eixo Anhanguera. Embora com previsão de atraso do início da entrega dos veículos, em função de análise do Ministério Público de Goiás (MP-GO), a previsão é para que toda a frota da linha seja substituída ainda em 2023. 

Informações: Diário de Goiás

READ MORE - Meia passagem e cartão único familiar serão implantados no transporte coletivo de Goiânia

No Recife, Mais de 16 mil carteiras de estudante aguardam seus donos

Um total de 16.146 carteiras de estudante esperam os representantes das escolas públicas e particulares resgatá-las na Divisão de Abatimentos e Gratuidade (DIAG), localizada no bairro do Cordeiro. O setor é responsável também pela emissão do VEM Livre Acesso e VEM Trabalhador. O prazo da carteira de 2021 expirou no dia 31 de março. Com isso, apenas o documento de 2022 está válido. Sem a carteira de estudante, os alunos não têm direito à meia-passagem nem à meia-entrada em eventos culturais e esportivos. Somente representantes das escolas podem pegar os documentos, que serão entregues aos estudantes pela própria escola. Em dezembro do ano passado, 2.854 aguardavam para serem pegas.   


Desde março, a solicitação do documento estudantil de 2022 pode ser feita, exclusivamente, no site do Grande Recife Consórcio. O aluno ou representante acessa o site www.granderecife.pe.gov.br e clica no ícone “Carteira de Estudante”. Em seguida, acessa “Solicite Agora” e cadastra login e senha para ter acesso ao sistema. As informações que aparecem em tela precisam ser confirmadas, o número do CPF incluído e, se desejar, alterar a foto disponível. Nesse momento, é preciso observar o padrão do arquivo para inclusão da foto. Com todos os dados corretos, o boleto no valor de R$ 15,60 pode ser emitido e o pagamento realizado nas casas lotéricas. 

Caso seja necessário alterar algum dado, o aluno deve procurar a secretaria da sua escola para realizar a mudança. Somente após a alteração é indicado emitir o boleto. Se for o caso de não estar cadastrado no sistema, o próprio estudante pode inserir seus dados e solicitar a confirmação da escola para gerar o boleto. Vale lembrar que a versão 2022 pode ser solicitada até o mês de dezembro.  

O documento é confeccionado em até 30 dias corridos, após a compensação do pagamento. Com a Carteira de Estudante em mãos, o aluno poderá baixar o aplicativo CIE PE (Carteira de Identificação Estudantil de Pernambuco), na loja do seu celular, e ter também uma versão digital do documento. O app fará a leitura do QR Code existente na carteirinha física e validará os dados para serem acessados no celular.

Até o momento, 273.830 estudantes estão confirmados no sistema de emissão das carteiras. Um total de 111.510 já solicitaram o documento de 2022. Desses, 81.426 foram entregues, enquanto 16.146 aguardam o resgate pelas escolas. Outras 12.998 estão em processo de produção. 

NOME SOCIAL – Desde 2017, as pessoas transgênero podem usar seu nome social na Carteira de Estudante. O requerimento deve ser feito junto ao Grande Recife (no setor de Carteira Estudantil, localizado no Parque de Exposições do Cordeiro – Avenida Caxangá, 2200, no mesmo prédio onde já funcionou a Secretaria da Agricultura e Reforma Agrária – SARA, do Governo do Estado).

INSTITUIÇÕES DE ENSINO – Desde 10 de janeiro, as escolas têm acessado a plataforma e inserido as informações dos alunos. As escolas devem ficar atentas quanto à inserção dos dados dos estudantes, como nome, data de nascimento, série/curso, nome do pai ou representante e mãe, sem abreviações e de acordo com a certidão de nascimento ou carteira de identidade. Também deve ser anexada uma foto 3×4, igual à utilizada para emissão de RG, Carteira de Trabalho ou Passaporte.

Em caso de dúvidas, sugestões ou queixas os usuários podem entrar em contato com o Grande Recife, ligando para a Divisão de Concessão de Abatimento e Gratuidade (3182-5800), por meio da Central de Atendimento ao Cliente (0800 081 0158) ou WhatsApp (99488.3999), exclusivo para reclamações.

Informações: GRCT
READ MORE - No Recife, Mais de 16 mil carteiras de estudante aguardam seus donos

Ônibus articulado entra em fase de testes no transporte coletivo em Foz do Iguaçu

A partir de segunda-feira (16), a frota do transporte coletivo de Foz do Iguaçu terá um ônibus articulado, com capacidade para atender 160 pessoas. O novo veículo faz parte de uma série de mudanças que vêm sendo implementadas no sistema com a contratação emergencial de nova empresa para operação das linhas.


O Interbairros foi escolhido pelo Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu - Foztrans para o primeiro teste do ônibus articulado por ser uma das linhas de maior demanda e também maior solicitação de melhorias dos usuários do transporte coletivo por meio do aplicativo 156 Foz. Na terça-feira, será definida outra linha para o teste.

02 meses de operação

Na última sexta-feira, completaram-se dois meses desde que a nova empresa assumiu a operação das linhas urbanas em Foz. Inicialmente, a frota era composta por 66 veículos - hoje já são 88 ônibus em operação, sendo 38 deles com ar condicionado.

Desde então, 29 linhas tiveram reforços - ou seja, receberam carros-extras nos horários de pico ou durante todo o dia. Outras 6 linhas que estavam suspensas desde o início da pandemia foram reinseridas pelo Foztrans.

As equipes do Foztrans estão fazendo análises técnicas para alterar as tabelas de horário das linhas que ainda estão com atrasos, com base nos atendimentos feitos pelo 156 Foz. Também foi emitida na última semana uma ordem de serviço para adição de mais 4 veículos à frota, chegando a um total de 92 veículos. “Desta forma, atingiremos o quantitativo proposto pelo Foztrans logo no início do trabalho da comissão de contratação emergencial”, destacou Licério.

Informações: G1
READ MORE - Ônibus articulado entra em fase de testes no transporte coletivo em Foz do Iguaçu

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

WEG criou Ônibus Solar, que já percorreu 100 mil km sem uma gota de combustível

Ônibus híbrido da VW usa motor de Golf e roda 200 km sem recarga

Nova mobilidade urbana revela o futuro dos deslocamentos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Barcelona dá transporte gratuito para quem deixar de usar carro

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960