Metroviários do DF decidem pela manutenção da greve

segunda-feira, 27 de maio de 2019

No último domingo (26), os metroviários do Distrito Federal decidiram, em assembleia, pela manutenção da greve por tempo indeterminado. 

A proposta do governo do DF, que incluía a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho e o aumento de 4,67% no Vale alimentação e no reembolso da parcela do plano de saúde, não foi colocada em votação pelo Sindmetrô.

Segundo a diretora de Comunicação e Mobilização, Renata Campos, a greve dos metroviários tem, como um dos objetivos, a manutenção do acordo coletivo de trabalho da categoria. No entanto, pela segunda vez consecutiva, o GDF apresentou proposta contemplando a manutenção integral do ACT, e a mesma foi rejeitada pelo Sindmetrô.

"É lamentável que a postura do Sindmetrô seja recorrente em não se interessar em negociar com a companhia, tendo conduzido a categoria para a deflagração prematura do movimento grevista, e agora, negando aos empregados do Metrô, o direito de decidir sobre seu próprio futuro, rejeitando a proposta do governo, sem que a mesma fosse colocada para deliberação da categoria", afirmou o presidente do Metrô-DF, Handerson Cabral.

"Infelizmente o que o cidadão está enfrentando neste momento tem sido muito mais um instrumento de política para atacar o governo do que necessariamente para defender os interesses dos servidores", disse Handerson Cabral. 

"O Metrô-DF lamenta os transtornos enfrentados pela população e reitera seu firme compromisso na prestação de um serviço, eficiente, pontual e seguro", afirmou em nota.

Informações: Destak Jornal


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Metroviários do DF decidem pela manutenção da greve

Salvador: Horários dos Ônibus pelo Site em tempo real

O público que utiliza os ônibus coletivos de Salvador já pode conferir, através de um aplicativo para smartphone, informações sobre itinerários dos veículos que circulam pela capital baiana, ou seja, irá monitorar em tempo real, todos os ônibus de Salvador através de um GPS. A ferramenta vai permitir aos usuários o rápido acesso às informações das ruas, sem necessidade de intermediação das empresas.

No programa, o usuário terá acesso às opções "Encontrar no Mapa", que possui a localização do passageiro e de um mapa que representa as proximidades do local onde ele está. Depois vem as opções "Minhas Paradas", onde ficam registrados os pontos de ônibus mais utilizados pelo passageiro; "Pesquisar por Linha", que torna possível a pesquisa das linhas de ônibus; "Paradas Próximas", no qual através do GPS é possível ver os pontos de ônibus mais próximos do passageiro; e "Pesquisar por Código", que permite ao passageiro inserir o código do ponto de ônibus junto ao número da linha, e assim, obter o horário em que o ônibus vai passar no local.

Usuários relatam a importância deste serviço em poder se organizar e planejar a hora que vai ao trabalho por exemplo. 

Para ter acesso ao serviço, o usuário precisa acessar o Site e clicar onde você estar no momento e até para onde quer ir.

Blog Meu Transporte


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Salvador: Horários dos Ônibus pelo Site em tempo real

Em Curitiba, Região do Boqueirão ganha novos ônibus

Em mais uma ação visando à melhoria do transporte público da Região Metropolitana, o A população da Regional Boqueirão ganhou o reforço de novos ônibus com a entrega de mais 40 novos veículos para o transporte público feito pela Prefeitura. Ao total, já foram 248 veículos incorporados pela Urbs (Urbanização de Curitiba S/A) à frota do transporte coletivo da cidade.

Os bairros Boqueirão, Xaxim, Hauer e Alto Boqueirão, passam a contar com oito novos biarticulados para a linha Boqueirão, articulados para a linha Circular Sul e Alto Boqueirão. São oito biarticulados para a linha Boqueirão e Trabalhador.

A nova frota também atenderá as linhas Inter 2, Interbairros 2, 3 e 4 e Cabral/Portal. Os 40 novos ônibus entregues substituirão veículos do mesmo modelo com mais de dez anos de uso. Em junho será feita uma mais uma entrega para a renovação da frota.

Todos os novos ônibus têm câmeras de segurança - nove nos biarticulados e seis ou sete nos articulados. A iluminação interna com tecnologia LED deixa os veículos mais claros. Outra característica comum é o motor Euro 5, menos poluente do mercado. 

Entre os itens de acessibilidade, cada veículo conta com dois espaços reservados para cadeirantes, sinal sonoro e visual de fechamento das portas, placas com o prefixo do ônibus em braile, mensagem de voz na solicitação de parada do cadeirante e 20% de bancos destinados à pessoas com deficiência, idosos ou grávidas.

Os novos ônibus estão numerados, do 01 ao 248, na parte superior traseira, para que a população localize os novos veículos circulando.

Informações: URBS


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Em Curitiba, Região do Boqueirão ganha novos ônibus

No Rio, BRT da Avenida Brasil já perdeu 4 estações antes mesmo de começar a operar

O BRT avança em marcha lenta, sujeito a atropelos. O maior problema é a falta de um terminal em Deodoro com uma área de manobra para os ônibus, o que põe em dúvida o possível início imediato da operação do serviço assim que as obras terminarem. 

Será necessário um termo aditivo para construí-lo, o que ficará para uma etapa seguinte e exigirá pelo menos seis meses de construção. Além disso, entre Deodoro e o Trevo das Margaridas, em Irajá, não haverá sequer uma estação, porque quatro foram excluídas do projeto original. Isso aconteceu para ajuste de custos — a Caixa, para conceder um financiamento, exigiu que o BRT chegasse até a Rodoviária Novo Rio, onde a estação será circular. 

O traçado do corredor, então, perdeu algumas estações e ganhou outras. Terá 15 paradas, a última em Vigário Geral. Questionada sobre a área de manobra dos ônibus articulados, a Secretaria de Infraestrutura frisou que é responsável pela obra, cabendo a operação à pasta de Transportes. 

Essa, por sua vez, explicou que a solução terá de ser encontrada pelo operador do BRT, que, no entanto, não foi escolhido: o edital ainda está sendo elaborado.

Informações: O Globo




Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - No Rio, BRT da Avenida Brasil já perdeu 4 estações antes mesmo de começar a operar

Ônibus novos da Carris devem começar a rodar no segundo semestre

Segundo previsão da Carris, 87 novos ônibus devem estar rodando pela Capital no segundo semestre. Os carros vão substituir veículos que estavam com a vida útil acima da permitida por lei municipal, que era de 12 anos. 
Mateus Bruxel / Agencia RBS

Na semana passada, a prefeitura publicou um decreto regulamentando a transição e renovação das frotas da cidade. Agora, os carros comuns – aqueles não articulados e movidos a diesel – com mais de 12 anos poderão rodar até o dia 31 de dezembro de 2020, ou até completarem 14 anos de vida útil, o que ocorrer primeiro. 

Mesmo assim, a Carris decidiu seguir com o plano de renovação, que foi divulgado depois de matérias publicadas pelo Diário Gaúcho durante o mês de março. As reportagens mostraram que mais de 80 ônibus da empresa estavam rodando com idade acima da permitida. Na época, o decreto de transição ainda não existia. Agora, estes ônibus não estão mais “vencidos”.

A aquisição dos novos carros vai de encontro aos planos da companhia pública de melhorar as contas e diminuir o déficit, que chegou aos R$ 74,2 milhões em 2016. No resultado preliminar do exercício de 2018 foi de R$ 19 milhões negativos, redução de R$ 55,2 milhões em relação aos resultados de 2016. Para 2019, a diretriz é zerar o déficit. César Griguc, diretor administrativo-financeiro da Carris, aponta como os novos ônibus vão contribuir para a saúde financeira da companhia:

– Carros novos exigem muito menos manutenção. Somente nisso já teremos um boa economia. Os carros antigos que sairão de circulação serão vendidos, também gerando receita. E, claro, com ônibus novos rodando, esperamos que os usuários utilizem mais os veículos.

Prazos

A compra dos veículos foi organizada através de dois pregões eletrônicos, um para compra das carrocerias e outro para aquisição dos chassis. Os lançamentos foram feitos separadamente para permitir uma maior concorrência entre as marcas, possibilitando à companhia a aquisição com valor final mais atrativo. 

Os chassis serão fabricados pela divisão de ônibus e caminhões da Volkswagen com valor unitário de R$ 270 mil. Já as carrocerias serão fabricadas pela Neobus, que pertence à Marcopolo, pelo valor de R$ 199,5 mil cada. As propostas das empresas foram selecionadas pelo critério de menor valor. 

– Agora estamos buscando financiamento junto a instituições financeiras, processo que deve ser concluído até maio. Depois, as empresas seguem seus prazos para fabricação dos chassis e das carrocerias. Os ônibus devem chegar e estar operando durante o segundo semestre – promete César. 

Com a compra, a empresa passará a ter aproximadamente 80% da frota com ar condicionado e 86% com acessibilidade. Atualmente, a empresa pública conta com uma frota de 347 veículos. Destes, 70% têm acessibilidade e 60% são dotados de ar-condicionado. 

Por dia, a companhia faz 2,9 mil viagens, transportando 155 mil passageiros.

Por Alberi Neto
Informações: Diário Gaúcho

READ MORE - Ônibus novos da Carris devem começar a rodar no segundo semestre

Em Vitória, Governo lança o aplicativo “Ônibus GV”

Em mais uma ação visando à melhoria do transporte público da Região Metropolitana, o Governo do Estado, por meio da Secretaria dos Transportes e Obras Públicas (Setop) e da Companhia de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado (Ceturb-ES), lançou o aplicativo Ônibus GV, uma plataforma de informação para quem utiliza o serviço.

O lançamento foi realizado no Salão São Tiago, no Palácio Anchieta, em Vitória, e contou com as presenças do governador do Estado, Renato Casagrande; do secretário dos Transportes e Obras Públicas, Fábio Damasceno; e do diretor-presidente da Ceturb-ES, Raphael Trés, entre outras autoridades.

O Aplicativo Ônibus GV é a ferramenta oficial do Sistema Transcol e que conecta o usuário ao transporte público. Além da previsão de horário para os veículos do Transcol e os que fazem as linhas municipais de Vitória, o aplicativo vai permitir que o usuário acesse a rede wi-fi durante a viagem, além de uma plataforma de entretenimento, a primeira do tipo em ônibus urbano no País.

Em sua fala durante o evento, o governador Renato Casagrande destacou as ações que estão sendo desenvolvidas pelo Estado para melhoria do transporte público e da mobilidade na Região Metropolitana.

“O lançamento do aplicativo é um passo a mais na nossa política de mobilidade humana, que é transportar e dar oportunidade às pessoas. São 600 mil passageiros usando o transporte coletivo na Grande Vitória por dia. O wi-fi, a rede de internet gratuita, é muito importante, pois o passageiro pode aproveitar que está no ônibus para trabalhar, se distrair usando o entretenimento que estamos disponibilizando e também pode ficar bem informado.  Quem usa ônibus quer qualidade, conforto, entretenimento, velocidade e segurança e acredito que a tecnologia pode nos ajudar. Já temos câmeras em todos os ônibus e precisamos melhorar o protocolo de alerta para inibir os crimes que acontecem nos coletivos”, afirmou o governador.

A reestruturação e modernização do Sistema Transcol são prioridades dentro das ações do Governo do Estado para a melhoria da mobilidade urbana. Em janeiro deste ano, foi assinado o reequilíbrio financeiro do contrato e feito o reajuste para que as empresas que operam o sistema pudessem retomar os investimentos previstos no contrato, como a renovação de frota, incluindo a aquisição de veículos com ar-condicionado.

“Nós assumimos este compromisso com a população de oferecer mais qualidade no serviço de transporte público. O Estado passou quatro anos sem investimentos no Transcol e isso envelheceu a frota, degradou o sistema e contribuiu para afastar o usuário. Então, desde o início deste ano estamos empenhados em recuperar e modernizar o sistema, agregando tecnologia e incorporando informação que vão facilitar o acesso e melhorar a qualidade deste serviço”, destacou o secretário Fábio Damasceno.

"O aplicativo é um incremento de tecnologia no transporte público que possibilita o rastreamento e monitoramento das rotas, além de garantir mais facilidade para o usuário na busca dos itinerários desejados", reforçou o presidente da Ceturb-ES, Raphael Trés.

No momento, também está sendo feita a migração da tecnologia utilizada pela Bilhetagem Eletrônica, que vai permitir a implantação do Bilhete Único Metropolitano e a integração com os sistemas municipais, aquaviário, entre outras possibilidades.

Novos ônibus produzidos no ES

Durante a cerimônia de lançamento do aplicativo, o governador Casagrande também anunciou que a maioria dos 100 novos ônibus com ar-condicionado, que entrarão em operação ainda este ano, está sendo produzida na fábrica da Marcopolo de São Mateus, na região norte do Estado. “Com diálogo entre as empresas que realizam o transporte, quase a totalidade negociou com a Marcopolo e os novos ônibus serão produzidos no Espírito Santo, em São Mateus, gerando emprego e renda para as famílias capixabas”, ressaltou.

Além disso, o desenvolvimento do aplicativo e a tecnologia de wi-fi e entretenimento a bordo para o Sistema Transcol também está sendo feito por uma empresa capixaba, a Geocontrol. No momento, 100 ônibus já circulam com o sinal e serão 600 - incluindo todas as linhas troncais - até o final deste ano.

Como usar o Ônibus GV

Antes de iniciar uma viagem, o usuário poderá, por meio do aplicativo, consultar (para ônibus do Sistema Transcol e linhas municipais de Vitória):

- A previsão de horário (estimativa do tempo que falta para o ônibus chegar ao ponto selecionado).

- Localização atual (ao selecionar o ônibus de sua preferência, é possível visualizar a localização do ônibus naquele momento).

- Itinerário (ao selecionar o ônibus no aplicativo, também é possível ver todo o trajeto que o ônibus fará).

Durante a viagem:

- O aplicativo Ônibus GV permite utilizar a rede de wi-fi, que estará disponível nas linhas do Sistema Transcol para acessar as redes sociais, sites de notícias, entre outros.

- O Ônibus GV também traz uma plataforma exclusiva de entretenimento que o usuário poderá acessar sempre que estiver a bordo.

Como utilizar:

- Para acessar a previsão de horários, localização e itinerários, basta baixar o aplicativo Ônibus GV no Google Play ou Apple Store* e instalá-lo no celular.

- Para conectar ao wi-fi e à plataforma de entretenimento, baixe e instale o aplicativo. Quando estiver a bordo, abra o aplicativo, clique no ícone do wi-fi assista ao vídeo institucional e pronto: o acesso será liberado.

*Para o sistema iOS, o aplicativo Ônibus GV ficará disponível entre 48h e 72h.

Informações: Ceturb

Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Em Vitória, Governo lança o aplicativo “Ônibus GV”

Em BH, Linhas de ônibus de vilas contam com veículos novos com ar condicionado

Quatro novos micro-ônibus começaram a circular em três linhas que atendem a vilas de Belo Horizonte: a 511 (Estação Ponto São José/Jardim Alvorada), a 740 (Tupi/Mirante) e a 826 (Montes Claros/Rua São Rômulo). Os micro-ônibus têm o mesmo desenho dos novos ônibus do transporte público de Belo Horizonte e o mesmo conforto. O preço da tarifa é R$ 1,00. Na integração com um ônibus de linha convencional, o usuário paga a tarifa do sistema, de R$ 4,50.

Atualmente, as vilas e favelas são atendidas por 16 linhas, operadas com uma frota de 32 micro-ônibus, que transportam 523.207 passageiros/dia útil. As linhas 740 e 826 começaram a circular no ano passado. Em março deste ano entrou em funcionamento a linha 902, atendendo a uma antiga solicitação da comunidade do bairro Taquaril.  

A Prefeitura de Belo Horizonte tem atendido, por meio das Comissões Regionais de Transportes e Trânsito (CRTTs), as demandas da população por transporte público nos locais antes não contemplados com o atendimento.

Informações: BHTrans


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página

READ MORE - Em BH, Linhas de ônibus de vilas contam com veículos novos com ar condicionado

Trensurb amplia bilheterias em todas estações para venda do SIM Múltiplo

Após um período experimental, a Trensurb ampliou definitivamente às bilheterias de todas as suas estações a venda do SIM Múltiplo, cartão que permite o carregamento com créditos suficientes para até dez viagens de metrô. Hoje, cerca de 40% dos 170 mil passageiros diários da Trensurb acessam o sistema usando cartões unitários ou múltiplos.

Os créditos do SIM Múltiplo não têm um prazo limite para utilização, sendo válidos indefinidamente para uso nos bloqueios do metrô – exclusivamente, uma vez que não podem ser utilizados em ônibus ou lotações. A colocação de créditos pode ser realizada somente no momento da compra. Após a utilização de todas as passagens, o cartão deve ser introduzido no bloqueio para recolhimento, como já acontecia com o SIM Unitário. Novos cartões com a identidade visual do SIM Múltiplo já estão disponíveis, porém os antigos cartões unitários também estão sendo aproveitados como múltiplos.

Oferecendo a possibilidade de compra de diversos créditos de uma só vez, sem necessidade de cadastramento prévio, a Trensurb busca proporcionar aos usuários mais praticidade e menos tempo de espera nas filas das bilheterias. O cartão múltiplo também gera economia à empresa, diminuindo o custo operacional de controle e manutenção do sistema unitário, bem como os prejuízos com a perda de cartões.

SIM Passagem Antecipada

O cartão SIM Múltiplo não substitui o cartão SIM Passagem Antecipada, aceito também nos ônibus urbanos e lotações de Porto Alegre, dando direito a um desconto de 10% nas integrações do metrô com linhas de ônibus da capital. Diferentemente do novo cartão múltiplo, o SIM Passagem Antecipada possibilita ainda a transferência de créditos para um novo cartão em caso de perda ou roubo e pode ser recarregado com créditos equivalentes a trezentas viagens de metrô. A solicitação de confecção do cartão SIM Passagem Antecipada exige, porém, um cadastramento, que pode ser realizado no quiosque de atendimento localizado na Estação Canoas, de segunda a sexta-feira, das 10h às 20h, ou no Centro Integrado de Passagem Escolar e Isenção, na Rua Uruguai, 45, Centro de Porto Alegre, também de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30.

Informações: Trensurb

READ MORE - Trensurb amplia bilheterias em todas estações para venda do SIM Múltiplo

Prefeitura de Cuiabá abre licitação para contratar novo modelo de transporte coletivo

A Prefeitura de Cuiabá abriu licitação nesta sexta-feira (24) para contratação de empresa que preste serviço de transporte coletivo na capital. A licitação foi aberta nesta sexta-feira (24), com edital publicado no Diário Oficial de Contas.

Atualmente, cerca de 150 mil passageiros utilizam o sistema de ônibus diariamente.

O edital permanece aberto por 45 dias e garante ampla concorrência a empresas de todo Brasil, desde que as mesmas preencham todos os requisitos estabelecidos.

A vencedora será aquela que apresentar toda a documentação necessária e o menor preço para a execução do serviço. O prazo da concessão é de 20 anos, prorrogáveis por mais 10.

Para participar do novo certame, as empresas terão que oferecer muito mais ao usuário, segundo o procurador do município, Daniel Barion. As diretrizes da nova concessão vão além da oferta de ônibus novos.

O contrato prevê:

  • 100% da frota com ar condicionado, em 5 anos;
  • Câmeras de monitoramento em todos os ônibus;
  • As empresas contratadas também vão fazer o transporte rural para os distritos de Aguaçu, Coxipó do Ouro, Nossa Senhora da Guia e Cinturão Verde;
  • As concessionárias também devem oferecer o transporte especial para pessoas com mobilidade reduzida;
  • A frota passará por controle de qualidade.


Além de novas tecnologias, as empresas terão que oferecer veículos híbridos e elétricos. E, para melhorar a trafegabilidade, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) vai implantar novas faixas exclusivas para ônibus.

O novo projeto de transporte urbano também prevê a construção de terminais, nos locais onde seriam as estações do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Um dos terminais seria no Coxipó e outro na região do Bairro CPA.

A formalização dos contratos também deve ser revista. Atualmente, os acordos não preveem a implantação de melhorias por parte das concessionárias do serviço. A partir de agora, segundo a administração, elas terão que apresentar essas propostas ao longo da vigência do contrato.

Informações: G1 MT


                                
Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página

READ MORE - Prefeitura de Cuiabá abre licitação para contratar novo modelo de transporte coletivo

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960