No Recife, Linhas de ônibus da Avenida Conde da Boa Vista retornam ao seu itinerário normal

sexta-feira, 12 de julho de 2019

A Avenida Conde da Boa Vista será liberada para o tráfego de veículos, no trecho entre as Ruas da Aurora e Hospício, sentido cidade/subúrbio, a partir desta segunda-feira (15). Com isso, os ônibus que estavam realizando desvio pela Rua do Riachuelo, devido às obras na área interditada, voltam ao seu itinerário normal. Nesta mesma data, no mesmo trecho, começam os serviços para a recuperação das calçadas e a instalação de novas paradas no sentido contrário da via, subúrbio/cidade.

Os usuários do transporte coletivo devem ficar atentos. Isso porque, a partir das obras da Nova Conde da Boa Vista, o Grande Recife promove alguns ajustes na divisão entre as linhas de ônibus e seus pontos de parada. Antes das intervenções neste trecho da Avenida, quatro grupos de módulos eram utilizados para o embarque e desembarque de passageiros. Agora, nesta mesma região, serão cinco grupos de módulos.

Confira, abaixo, como fica o atendimento às linhas de ônibus:

Parada nº 180300, na calçada que vai da Rua da Aurora à Rua da União fazem ponto as linhas:

313 – San Martin (Abdias de Carvalho)

321 – Jardim São Paulo (Abdias de Carvalho)

324 – Jardim São Paulo (Piracicaba)

Parada nº 180301, na calçada que vai da Rua da União à Rua da Saudade – em frente ao Banco Itaú – ao fazem ponto as linhas:

100 – Circular (Conde da Boa Vista/Prefeitura)

101 – Circular (Conde da Boa Vista/Rua do Sol)

243 – Vila Dois Carneiros (via Cais de Santa Rita)

414 – Torre

Parada nº 180302, na calçada que vai da Rua da União à Rua da Saudade – em frente ao Banco Bradesco – fazem ponto as linhas:

014 – Brasília (Conde da Boa Vista)

032 – Setúbal (Conde da Boa Vista)

042 – Aeroporto (Opcional)

053 – Shopping RioMar (Opcional)

061 – Piedade

064 – Piedade (Opcional)

071 – Candeias

Parada nº 180303, na calçada que vai da Rua da Saudade à Rua Sete de Setembro fazem ponto as linhas:

311 – Bongi (Afogados) – somente aos domingos

314 – Mangueira

315 – Bongi

331 – Totó (Jardim Planalto)

341 – Curado I

346 – TI TIP (Conde da Boa Vista)

Parada nº 180304, na calçada que vai da Rua Sete de Setembro à Rua do Hospício fazem ponto as linhas:

121 – Vila da Sudene

168 – TI Tancredo Neves (Conde da Boa Vista)

185 – TI Cabo (nas viagens via Unicap à noite)

214 – UR-02/Ibura (Opcional)

224 – UR-11 (Opcional) (nas viagens via Ipsep)

411 – Plaza Shopping (Dantas Barreto)

516 – Casa Amarela (Nova Torre)

521 – Alto Santa Isabel (Conde da Boa Vista)

524 – Sítio dos Pintos (Dois Irmãos)

531 – Casa Amarela (Rosa e Silva)

624 – Brejo (Conde da Boa Vista)

644 – Largo do Maracanã

726 – Alto Santa Terezinha (Conde da Boa Vista)

731 – Beberibe (Espinheiro)

NOVA FASE – com a conclusão das obras no sentido cidade/subúrbio, a Prefeitura do Recife inicia as intervenções em calçadas e paradas de ônibus no sentido contrário da Avenida Conde da Boa Vista. Porém, o serviço não causará a interdição da via. Ou seja, o tráfego de veículos continua normal no sentido subúrbio/cidade, no trecho entre as Ruas do Hospício e da Aurora. Nesta nova fase da obra, a diferença fica por conta do remanejamento provisório dos pontos de parada promovidos pelo Grande Recife. Veja como fica:

411 – Plaza Shopping (Dantas Barreto)

511 – Alto do Mandu

516 – Casa Amarela (Nova Torre)

521 – Alto Santa Isabel (Conde da Boa Vista)

524 – Sítio dos Pintos (Dois Irmãos)

531 – Casa Amarela (Rosa e Silva)

624 – Brejo (Conde da Boa Vista)

644 – Largo do Maracanã

721 – Água Fria

726 – Alto Santa Terezinha (Conde da Boa Vista)

1977 – TI Pelópidas (Conde da Boa Vista)

Os usuários destas linhas que utilizam atualmente a parada seletiva nº 180323, localizada em frente à loja Esposende, deverão se dirigir a um abrigo provisório que será implantado ao lado do Atacado dos Presentes, próximo à Rua do Hospício.

313 – San Martin (Abdias de Carvalho)

315 – Bongi

As linhas acima são atendidas pela parada seletiva nº 180326, localizada em frente ao Edifício Duarte Coelho (ao lado do Cinema São Luiz), que será desativada enquanto durar a obra neste trecho da via. A opção para o usuário é se dirigir à Avenida Guararapes e, lá, usar a parada nº 180330 onde estas mesmas linhas já fazem ponto.

321 – Jardim São Paulo (Abdias de Carvalho)

324 – Jardim São Paulo (Piracicaba)

As linhas acima também são atendidas pela parada seletiva nº 180326, localizada em frente ao Edifício Duarte Coelho (ao lado do Cinema São Luiz), que será desativada enquanto durar a obra neste trecho da via. A opção para o usuário é se dirigir à Avenida Guararapes e, lá, usar a parada nº 180331 onde estas mesmas linhas já fazem ponto.

As linhas atendidas por paradas localizadas entre a Rua Sete de Setembro e a Praça Machado de Assis (por trás do Cinema São Luiz) não terão alteração, uma vez que esta calçada não passará por intervenções nesta fase da obra.

Para orientar os usuários sobre as mudanças, estão sendo fixados cartazes nas linhas que retornam ao seu itinerário normal e naquelas que terão mudança nas paradas. Os pontos de ônibus também serão devidamente sinalizados. Além disso, orientadores estarão espalhados em pontos estratégicos distribuindo material informativo sobre as novas paradas de ônibus e os pontos provisórios do sentido subúrbio/cidade.

Para tirar dúvidas ou enviar sugestões e reclamações, o usuário pode entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente (0800 081 0158) ou WhatsApp (99488.3999), exclusivo para reclamações.

Compartilhe esta notícia
Pesquisa

Informações: GRCT


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - No Recife, Linhas de ônibus da Avenida Conde da Boa Vista retornam ao seu itinerário normal

Em Goiânia, Transporte do Citybus 2.0 será expandido para mais 13 bairros

O serviço de transporte público será reforçado a partir do próximo dia 20 em mais 13 bairros de Goiânia, com a expansão do CityBus 2.0, segundo a HP Transportes, responsável pela administração das linhas (veja a lista abaixo).

A previsão da empresa é que o Setor Parque Amazônia e parte dos bairros Jardim Atlântico e Pedro Ludovico passem a contar com os miniônibus por meio do aplicativo.

O serviço, de acordo com a HP, também passa a contemplar na totalidade o Jardim América, setores Serrinha, Nova Suíça e Jardim Goiás, antes atendidos parcialmente, e atravessa ainda a BR-153, atendendo alunos de duas universidades particulares perto da rodovia.

Com a expansão, a nova área de atuação do CityBus 2.0 vai compreender 40,8 km² e alcançar aproximadamente 340 mil pessoas, segundo a empresa.

“A população clamou pelo CityBus 2.0 em novos bairros e nós a atendemos antes mesmo do final previsto para a fase de testes, respondendo, assim, às demandas”, informou a diretora executiva da HP Transportes, Indiara Ferreira.

Diretor de Transportes da HP, Hugo Santana informou que a escolha da nova área de atuação se deu pela região que mais gerou solicitações de pessoas e que apresenta alta densidade demográfica.

“Para concretizarmos a primeira expansão realizamos estudos e um detalhado planejamento para essa implementação. A área apresenta concentração populacional, com muitos edifícios, condomínios, faculdades”, afirmou Santana.

Passageiros podem solicitar serviço de transporte por aplicativo — Foto: Reprodução/TV Anhanguera Passageiros podem solicitar serviço de transporte por aplicativo — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Passageiros podem solicitar serviço de transporte por aplicativo — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Visualização já disponível nesta quarta
O início da operação com expansão está marcado para iniciar no dia 20, mas, a partir desta quarta-feira, 10, os bairros da nova área de atuação já poderão ser visualizados por alguns clientes no aplicativo.

Ainda segundo a HP, desde o seu lançamento em 11 de fevereiro, o CityBus 2.0 já registrou 38 mil clientes cadastrados nas plataformas iOS e Android.

A proposta a empresa é incentivar as pessoas que fazem o uso do transporte individual a aderirem ao modo coletivo, contribuindo, assim, para a redução do número de carros em circulação na região onde o CityBus 2.0 opera.

“Como a expansão vai contemplar a Unip e a Fasam, localizadas na BR 153, acreditamos que o volume de viagens agregadas aumente ainda mais”, acredita Santana.

Para a expansão, a HP fez contratações de novos motoristas no último mês, que passaram por treinamento.

É possível tanto ao motorista quanto ao cliente denunciar qualquer ação suspeita, por meio do WhatsApp: (62) 98591-8952.

Bairros que passarão a ser atendidos com a expansão:

Completo

Setor Central
Setor Universitário
Setor Sul
Setor Marista
Setor Bela Vista
Vila São João
Vila Maria José
Jardim Goiás
Setor Nova Vila
Setor Oeste
Setor Bueno
Alto da Glória
Jardim América
Parque Amazônia
Serrinha
Nova Suíça
Setor Areião
Conjunto Vila Isabel
Jardim da Luz
Vila Redenção
Parcial

Setor Pedro Ludovico
Vila Rosa
Jardim Atlântico
Vila Divino Pai Eterno
Setor dos Afonsos
Vila São Tomaz
Setor Coimbra

Informações: G1 Goiás


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Em Goiânia, Transporte do Citybus 2.0 será expandido para mais 13 bairros

Mais de 1,5 milhão de pessoas usaram o VLT Parangaba-Mucuripe

Em operação com embarque gratuito de segunda-feira a sábado, o VLT Parangaba-Mucuripe alcançou, no mês de junho, a marca de 1,5 milhão de embarques, em o todo período de operação assistida, consolidando a importância da nova linha metroviária para a mobilidade da cidade.

Diversos pontos de interesse público da cidade, como shoppings, terminais de ônibus, postos de saúde, grandes comércios e unidades de ensino e entretenimento, foram conectados por meio do VLT, que se tornou meio de transporte para trabalho, estudos e lazer em Fortaleza.

Executada pela Secretaria da Infraestrutura do Ceará, a nova linha acrescentou mais 10,8 quilômetros ao sistema metroviário da capital, promovendo a integração com outras linhas e com os ônibus da cidade. “O VLT tem se consolidado, mês a mês, com a procura crescente da população, que já comprovou que, apesar de estar em fase de ajustes, o modal é mais seguro, mais rápido e mais confortável do que outros meios de transporte. E, a medida que vamos aperfeiçoando a operação, esses benefícios vão se tornando ainda mais visíveis e reconhecidos”, enfatiza o Secretário da Infraestrutura Lucio Gomes.

Por dia, aproximadamente, 7,7 mil pessoas utilizam a linha. Um desses passageiros é a diarista Francisca Maria, de 53 anos, que usa o VLT em seus percursos diários, e agora tem mais tempo para ficar com a família. “O VLT foi a melhor coisa. Pra mim, ele significa chegar mais cedo do trabalho. Sobra mais tempo. Geralmente, uso esse tempo para ficar com a família, ir para a academia, para a igreja ou fazer caminhada. E todas essas atividades ajudam a reduzir o estresse”, conta ela.

Além de melhorar a mobilidade, o VLT também tem transformado os bairros por onde passa. Muitos trechos foram urbanizados e receberam praças e vias pavimentadas. “Isso permite que a comunidade, que antes vivia em espaços públicos pobres e poucos equipados, possa ter uma atividade mais ampla no exterior de suas casas”, explica o diretor-presidente da Cia Cearense de Transportes Metropolitanos, Eduardo Hotz. “Os bairros têm uma melhoria na sua condição de acessibilidade. Simultaneamente, as avenidas na área de influência do VLT passam a atrair serviços e comércios”, completa ele.

Integrado fisicamente aos terminais rodoviários do Papicu e da Parangaba, e também à Linha Sul do Metrô de Fortaleza, a nova linha metroviária tem sua operação assistida, atualmente, em oito estações, interligando, a Parangaba ao Papicu. As obras seguem em fase de conclusão e, nos próximos meses, toda a linha entrará em operação assistida, com a inauguração de mais duas estações (Mucuripe e Iate), e viagens no percurso total de 13,2 km.

Informações: Governo do Estado do Ceará


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Mais de 1,5 milhão de pessoas usaram o VLT Parangaba-Mucuripe

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960