EMTU/SP transfere linhas intermunicipais para o Terminal Metropolitano de Americana

segunda-feira, 3 de maio de 2010


As linhas intermunicipais que têm parada no terminal urbano de Americana passaram a realizar o desembarque no Terminal Metropolitano da EMTU/SP e nos dois abrigos recém construídos, à Rua Fernando de Camargo e Praça Comendador Muller, desde o dia 2 de maio.
A reorganização das paradas das linhas intermunicipais visa oferecer mais conforto aos usuários, com a estrutura das novas instalações do Terminal e dos abrigos, e atende às exigências do contrato de concessão do terminal urbano.
O Terminal Metropolitano de Americana está localizado a cerca de 200 metros do terminal urbano. O acesso entre os terminais é feito por um calçadão, com acessibilidade, facilitando a circulação de pessoas com mobilidade reduzida e com deficiência visual.
Os abrigos instalados na Rua Fernando de Camargo e Praça Comendador Müller também atendem aos destinos próximos ao terminal urbano. São estruturas novas, com bancos que priorizam o acomodamento de idosos e pessoas com deficiência.
O Terminal Metropolitano conta com bicicletário para 100 vagas, banheiros, telefones e três plataformas de acesso universal.
As alterações estão sendo informadas à população por meio de faixas instaladas no Terminal Metropolitano de Americana e no terminal urbano, cartazes afixados nos ônibus e distribuição de folhetos.
Linhas que terão alteração nos pontos iniciais e finais:
Linhas: 619EX1, 627TRO, 629TRO, 631EX1 e 631EX2
As linhas serão transferidas do Terminal Urbano para o Terminal Metropolitano de Americana.
Linhas: 634TRO, 639TRO, 640TRO, 644TRO e 647TRO
No sentido Americana para Sumaré e Nova Odessa as linhas deixarão de atender ao Terminal Urbano de Americana para realizar embarque no abrigo da Rua Fernando de Camargo com Rua Rio Branco. No sentido Sumaré e Nova Odessa para Americana, o desembarque será feito Terminal Metropolitano de Americana.
Linhas: 619TRO, 620 TRO, 623 TRO, 624TRO, 624DV1, 624DV2, 627EX1, 628 TRO, 629EX1, 630 TRO, 631TRO, 631EX3, 632TRO, 632EX1 e 632EX2No sentido Americana para Santa Barbara DOeste as linhas deixarão de atender ao Terminal Urbano de Americana para realizar embarque no abrigo da Praça Comendador Müller. No sentido Santa Bárbara DOeste para Americana, o desembarque será feito Terminal Metropolitano de Americana.
Linhas: 620EX1 e 623EX1 O ponto inicial será no abrigo da Praça Comendador Müller.Linha 625TRO Os novos pontos de parada serão: Av. 9 de Julho, em frente à Cruzada Cristã; Av. São Gerônimo, em frente ao Shopping Welcome Center. A linha não atenderá mais as paradas no Terminal Rodoviário e Terminal Urbano.
Linha 625EX1 Essa linha deixará de operar. Os usuários poderão acessar o Terminal Rodoviário pela Linha 624TRO.

Linha Denominação

  • AVA
619TRO Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Cidade Nova) via Avenida Brasil
619EX1 Americana (Term Metropolitano) - Santa Bárbara D´Oeste (Cidade Nova) via Avenida Brasil620TRO Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd Mollon)
620EX1 Americana (Centro) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd Mollon)
623TRO Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Cidade Nova) via Avenida Campos Sales
623EX1 Americana (Centro) - Santa Bárbara D´Oeste (Cidade Nova) via Avenida Campos Sales
624TRO Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Jardim Europa) via Avenida Campos Sales
624DV1 Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd Europa) via Distrito Industrial do Galpão
624DV2 Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd Europa) via Hospital Municipal
627TRO Americana (Term Metropolitano) - Santa Bárbara D´Oeste (Term Ônibus Urbano) via Avenida Brasil
627EX1 Americana (Terminal Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Term de Ônibus Urbano) via Avenida Brasil
628TRO Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Term Ônibus Urbano) via Avenida Campos Sales
629TRO Americana (Term Metropolitano) - Santa Bárbara D´Oeste (São Joaquim) via Avenida Brasil
629EX1 Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (São Joaquim) via Avenida Brasil
630TRO Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (São Joaquim) via Avenida Campos Sales
631TRO Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd das Orquídeas) via Avenida Brasil
631EX1 Americana (Term Metropolitano) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd das Orquídeas) via Avenida Brasil
631EX2 Americana (Term Metropolitano) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd das Orquídeas) via Av Brasil / Cid. Nova / Jd Barão
631EX3 Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd das Orquídeas) via Avenida Brasil / Jd Barão
632TRO Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd das Orquídeas) via Campos Salles
632EX1 Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd das Orquídeas) via Campos Salles e Jd Barão
632EX2 Americana (Term Rodov) - Santa Bárbara D´Oeste (Jd das Orquídeas) via Campos Salles / Cid. Nova / Jd Barão

Ouro Verde

  • Linha Denominação
634TRO Americana (Term Rodov) - Nova Odessa (Jd São Jorge)
639TRO Americana (Term Rodov) - Sumaré (Term Rodov) via Avenida Rebouças
640TRO Americana (Term Rodov) - Sumaré (Jd Picerno)
644TRO Americana (Term Rodov) - Sumaré (Term Rodov) via Nova Odessa (Term Rodov)647TRO Americana (Term Rodov) - Nova Odessa (Jd das Palmeiras) via Nova Odessa (Berzin)

Fonte: EMTU-SP

Recomende este site

READ MORE - EMTU/SP transfere linhas intermunicipais para o Terminal Metropolitano de Americana

Salvador: 'Acidente foi uma fatalidade', diz direção da BTU


A empresa de ônibus Bahia Transportes Urbanos Ltda (BTU) lamentou, em nota, o acidente que aconteceu no fim da tarde deste domingo (02), próximo à Estação Pirajá, resultando na morte do jovem Sidney Oliveira Rodrigues, 21 anos.
'Para a empresa, a ocorrência configura uma fatalidade, cujas causas deverão ser esclarecidas em competente inquérito policial”, afirma a direção da BTU.
O acidente envolveu o ônibus nº 3629, linha São Joaquim/Estação Pirajá, que, segundo testemunhas, um grupo de pessoas ligadas a um time de futebol provocou tumulto dentro do veículo e, na curva de acesso à Estação Pirajá, acabou caindo sobre o motorista que perdeu o controle da direção.
Segundo a empresa, representantes foram encaminhados ao local para acompanhar o atendimento às vítimas feridas.

Fonte: Ibahia
READ MORE - Salvador: 'Acidente foi uma fatalidade', diz direção da BTU

BH: Ativação de semáforo facilita saída de ônibus na Estação Vilarinho

Espera-se um tráfego mais ordenado na região e maior agilidade para as linhas de ônibus

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da BHTRANS, informa que na terça-feira, dia 4/5, ás 10h, será ativado semáforo no Avenida Cristiano Machado, próximo à saída do Transporte Coletivo na Estação BHBUS Vilarinho. A implantação visa facilitar a saída dos ônibus da Estação Vilarinho com sentido à Cidade Administrativa.

Antes da implantação do semáforo, os ônibus saiam da Estação Vilarinho, acessavam a Avenida Cristiano Machado, sentido Bairro/Centro, e precisavam transpor as quatro faixas de trânsito para pegar o retorno, no sentido Centro/Bairro, em direção à Cidade Administrativa.

Com a instalação do novo semáforo, os ônibus irão acessar diretamente a via no sentido Centro/Bairro, o que viabilizará um tráfego mais ordenado na região e maior agilidade às linhas de ônibus.

O local será sinalizado com faixas de tecido para orientação aos condutores. Agentes da Unidade Integrada de Trânsito irão operar (monitorar, fiscalizar, interferir e orientar) o trânsito na região.

Fonte: BHTrans
READ MORE - BH: Ativação de semáforo facilita saída de ônibus na Estação Vilarinho

Recife: Terminal do Cais de Santa Rita é palco de ação social


Os usuários que transitam diariamente pelo Terminal do Cais de Santa Rita, localizado no centro do Recife, poderão conferir de amanhã (04/05), até sexta-feira (07/05), uma programação especialmente montada em homenagem ao Dia do Trabalhador, comemorado no último dia 1º.

A ação está sendo realizada em parceria entre o Grande Recife Consórcio de Transporte o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), o Serviço Social do Comércio (SESC), o Sindicato dos Ambulantes e o Sindicato dos Comerciários.

A programação terá início a partir das 9h seguindo até as 17h durante os quatro dias de evento. Os usuários poderão usufruir dos serviços oferecidos como cortes de cabelo, limpeza de pele, aferição de pressão e medição de glicose, além de receber orientação sobre previdência social, stress, alcoolismo e segurança do trabalho.

Os serviços são gratuitos e podem ser utilizados por qualquer pessoa que passar pelo terminal durante os dias e horários da programação. Os usuários foram informados da ação por meio de cartazes nas 50 linhas que trafegam pelo Terminal do Cais de Santa Rita. Além disso, existem faixas informativas dentro do espaço físico do terminal, informando aos usuários da ação.

Fonte: CGRT
READ MORE - Recife: Terminal do Cais de Santa Rita é palco de ação social

Metrô-SP: Biblioteca na estação Santa Cecília comemora 2 anos


A biblioteca Embarque na Leitura da Estação Santa Cecília (Linha 3-Vermelha) do Metrô comemora seu segundo aniversário com duas tardes de contações de histórias para os usuários. O primeiro evento acontece nesta terça-feira (4), às 15h, quando a Companhia Prana apresenta o espetáculo “O Pescador, o Anel e o Rei”, com animação de objetos e violino ao vivo.

A história é uma livre-adaptação de um conto popular do historiador e folclorista brasileiro Luís da Câmara Cascudo. No enredo, um rei, que sempre está mal humorado, decide pregar uma peça em um pescador que está sempre feliz, não importa o que aconteça a ele. O rei dá seu precioso anel para o pescador.

Já no dia 18 de maio (terça-feira), também às 15h, ocorrerá a apresentação do espetáculo “Contos Populares do Brasil”, pela Companhia Prosa dos Ventos. Com uma grande mala decorada, um figurino colorido e objetos do dia a dia, os contadores narram lendas e causos folclóricos, envolvendo o público em uma grande brincadeira.

Embarque na Leitura

A biblioteca da Estação Santa Cecília é a unidade mais nova do programa “Embarque na Leitura”, que conta com apoio do Ministério da Cultura e execução e gerenciamento do Instituto Brasil Leitor. Foi inaugurada em 7 de maio de 2008, e já tem 3.344 associados e 31.201 empréstimos. No total, são mais de três mil livros disponíveis. Entre os títulos mais retirados estão "Fortaleza Digital", de Dan Brown "A menina que roubava livros", de Markus Zusak e "O caçador de pipas", de Khaled Hosseini.

O Embarque na Leitura tem como objetivo incentivar e disseminar o hábito da leitura entre os 5,5 milhões de usuários que diariamente passam pela rede metro-ferroviária. Além de Santa Cecília, outras quatro estações do Metrô possuem as bibliotecas: Paraíso, Tatuapé, Luz e Largo Treze. Também há uma unidade na Estação Brás, da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Fonte: Metrô-SP
READ MORE - Metrô-SP: Biblioteca na estação Santa Cecília comemora 2 anos

Campinas: PAI-Serviço recebe mais cinco vans


O prefeito Dr. Hélio de Oliveira Santos; o secretário municipal de Transportes, Sérgio Torrecillas; e representantes das empresas de ônibus da cidade, apresentaram nesta sexta, dia 30, a nova frota de vans que vai integrar o PAI-Serviço, serviço de transporte porta a porta e porta a ponto, voltado às pessoas com deficiência física severa (que utilizam cadeira de rodas ou andador).
De acordo com a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC), agora, o PAI contará com 25 vans. Antes, a frota era de 20 veículos.
Os investimentos na aquisição de mais cinco veículos (vans) foram da ordem de aproximadamente R$ 430 mil.
O serviço, que realizou cerca de 62 mil viagens no ano de 2009; agora terá capacidade para ampliar em 20% os deslocamentos, promovendo mais 6,8 mil viagens/mês.
“A entrega destes veículos é um elemento simbólico e estratégico porque, assim como as estações de transferência cidadãs, a rampa acessível do Paço Municipal e a nova Rodoviária, as vans do PAI-Serviço representam a busca da igualdade de oportunidade para os que mais precisam”, disse o prefeito Dr. Hélio.
Vale lembrar que, em 2006, o serviço dobrou sua frota de 10 para 20 veículos; portanto, essa é a segunda grande ampliação da frota nos últimos anos. O PAI-Serviço conta, ainda, com dois ônibus acessíveis exclusivos.
Junto com a ampliação da frota de vans, a cidade registra o crescimento da frota de ônibus adaptados no Sistema InterCamp – o que permite a integração das vans com o transporte coletivo, no serviço porta a ponto. Em 2005, Campinas tinha 22 ônibus acessíveis; e, atualmente, 262 ônibus adaptados já circulam nas ruas.
O número de usuários do PAI-Serviço também vem crescendo ano a ano. Em 2006, eram 362 cadastrados; em 2007, subiu para 426. No ano seguinte, quase dobrou, registrando 805 usuários; e, em 2009, já contabilizava 1.067 cadastrados. Agora, em 2010, o PAI soma 1.154 usuários cadastrados.
À medida que crescem os beneficiados, as viagens também se multiplicam. De 2006 para 2009, as viagens aumentaram mais de 283%.
A nova frota tem capacidade para transportar dois cadeirantes e mais dois usuários com andadores, em cada viagem.

Fonte: EMDEC
READ MORE - Campinas: PAI-Serviço recebe mais cinco vans

Empresa paranaense assume transporte coletivo de Mauá


O prefeito de Mauá, Oswaldo Dias (PT), finalmente assinou contrato com a empresa vencedora do lote 2 da licitação de transportes da cidade. A Leblon Transporte de Passageiros Ltda., de Curitiba, no Paraná, será responsável por operar 18 linhas municipais, que compreendem a um volume diário de quase 70 mil passageiros.
O certame para renovação da empresa que iria explorar o serviço durou quase quatro anos para chegar ao fim. Em 2006, o então prefeito Leonel Damo (sem partido) foi acusado de direcionar a disputa para que o setor de transportes continuasse nas mãos do empresário Baltazar de Souza, dono das empresas Januária e Barão de Mauá, que atuavam no município desde 1996.À época, as concorrentes denunciaram Damo, que já havia declarado a Viação Cidade de Mauá - de propriedade de Souza – como vencedora do lote 1.

O segundo lote foi travado judicialmente depois que a Leblon questionou os andamentos do processo, já que a Transmauá e a Estrela de Mauá, também de Souza, foram as únicas aprovadas pela Comissão de Licitações na ocasião. Depois de quatro anos, a Justiça deu ganho de causa à Leblon, que foi declarada vencedora da licitação.

A empresa curitibana terá de cumprir várias exigências feitas pela Secretaria de Mobilidade Urbana, como manter a idade média da frota abaixo de cinco anos, disponibilizar pelo menos sete carros zero quilômetro, dentro do padrão low center (piso baixo, adaptado a portadores de necessidades especiais), além de manutenção dos abrigos e instalação de garagem.

O secretário de Mobilidade Urbana, Renato Moreira, declarou ao site oficial da prefeitura que a frota inicial de 70 ônibus pode ser aumentada de acordo com a demanda. “Nada impede que a oferta se adapte à demanda, e é o estudo que vai nos apontar as demandas de cada bairro”, disse.

Fonte: Clique ABC
READ MORE - Empresa paranaense assume transporte coletivo de Mauá

Manaus: Greve no transporte coletivo domina reunião da Câmara Municipal


A greve dos trabalhadores do setor de transporte coletivo tomou todo o expediente de hoje (03) da Câmara Municipal de Manaus, que acabou decidindo por uma reunião de emergência com o prefeito Amazonino Mendes, visando encontrar uma alternativa para o problema gerado a partir da decisão de sindicato patronal (Sinetran) em descumprir a data-base do reajuste salarial da categoria.

Um grupo calculado em 200 motoristas e cobradores se reuniu nas proximidades da CMM e depois ocupou a galeria da Casa, enquanto vereadores do bloco de oposição - que ocuparam o primeiro tempo na tribuna - se revezaram nas críticas à administração municipal, acusada de se excluir da questão e não tomar providências para garantir transporte coletivo para a população.
Depois, foi a vez dos vereadores de situação defenderem o prefeito Amazonino Mendes e seu ponto de vista sobre a greve, manifestado em nota oficial da prefeitura publicada nos jornais do final de semana. Durante os debates, o vereador Marcelo Ramos (PSB) ameaçou ingressar com ação na Justiça contra o prefeito pelo suposto cometimento de crime de responsabilidade e o vereador Hissa Abrahão (PPS) reclamou porque sua proposta de uma CPI para apurar os problemas do setor de transporte público, acabou engavetada.
Os situacionistas revidaram, mostrando que os problemas do transporte coletivo são muito antigos e jamais resolvidos. Para o vereador Massami Miki (PSL) nunca houve um dia em que o problema fosse ao menos amenizado. Por sua vez, Wilker Barreto (PHS) criticou os membros da oposição que não participam das audiências públicas onde os problemas da cidade são debatidos. Ele disse que na semana passada ocorreu uma audiência sobre a questão do transporte público, onde os que hoje cobravam providências não apareceram. "Nem sempre quem é bom de discurso na tribuna é bom de trabalho", afirmou.
Diante da situação, o presidente da Casa, vereador Luiz Alberto Carijó (PTB) acatou a proposta do presidente da Comissão de Transportes, Jaildo dos Rodoviários (PRP) e se reuniu no auditório com as lideranças do movimento grevista, onde foi fechado o acordo para irem à prefeitura continuarem a reunião em presença do prefeito Amazonino Mendes, o que fizeram logo em seguida.

Fonte: JusBrasil
READ MORE - Manaus: Greve no transporte coletivo domina reunião da Câmara Municipal

Londrina: STJ mantém decisão que suspendeu aumento na tarifa do transporte público


O presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), ministro Cesar Asfor Rocha, manteve decisão que suspendeu os efeitos do Decreto Municipal 29/10, que aumentou o valor da tarifa do transporte coletivo de Londrina de R$ 2,10 para R$ 2,25. O ministro considerou que a concessão do reajuste para o transporte público deve ser feita preservando e mantendo o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos vigentes, sob o embasamento de estudos técnicos previamente realizados.
“De fato, sem verificar a existência dos mencionados estudos técnicos, não há como concluir pela ocorrência de grave lesão à economia pública sustentada pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização”, assinalou o presidente do STJ.
A companhia argumentou, em seu depoimento, que o decreto suspenso surgiu “em virtude da necessidade de manter o equilíbrio econômico e financeiro do contrato de concessão do transporte coletivo urbano”, determinando, assim, o aumento da tarifa de R$ 2,10 para R$ 2,25.
Com isso, o MP-PR (Ministério Público do Estado do Paraná) decidiu ajuizar uma ação em que questionou a legalidade do referido decreto municipal, sob o argumento de falta de motivação. Diante disso, o TJ (Tribunal de Justiça) paranaense suspendeu os efeitos do decreto.
Ainda assim, a companhia recorreu ao STJ, sustentando a necessidade do aumento da tarifa de transporte, sob o argumento de que a liminar que impede a sua efetivação poderá ocasionar grave lesão à ordem econômica e, ainda, que o aumento em questão equivale à sistemática do condomínio. Ou seja, “o aumento do valor dos insumos e a diminuição de quantidade de usuários causam um desequilíbrio no sistema”.
Afirmou, também, que o equilíbrio econômico-financeiro do sistema público de transporte coletivo do município só será mantido com o valor da tarifa em R$ 2,25, como previsto no Decreto Municipal 29.
Entretanto, o ministro Cesar Asfor Rocha manteve o entendimento que suspendeu o aumento da tarifa de ônibus em R$ 0,15, já que estudos prévios não foram realizados para constatar tal necessidade.

Fonte: Uol Notícias
READ MORE - Londrina: STJ mantém decisão que suspendeu aumento na tarifa do transporte público

Rio: Acidente com ônibus deixa 23 feridos na Linha Amarela

Um acidente com um ônibus da linha 179 (Alvorada-Central) deixou 23 pessoas feridas na Linha Amarela, pista sentido Fundão, por volta das 14h desta segunda-feira. O motorista do coletivo perdeu o controle a bateu contra uma das cabines do pedágio
De acordo com a Lamsa, concessionária que administra a rodovia, todos os feridos foram levados para o Hospital Salgado Filho, no Méier. Dois deles estão em estado grave, os demais sofreram ferimentos leves. Apesar da colisão, o trânsito é normal na Linha Amarela, segundo a Lamsa.

Fonte: O Globo

READ MORE - Rio: Acidente com ônibus deixa 23 feridos na Linha Amarela

Em entrevista, Dilson Peixoto Mostra os desafios e avanços no Transporte Público de Recife



O blog Meu Transporte tem o prazer de entrevistar o Sr. Dilson Peixoto, Pres. Do Consórcio Grande Recife, antiga EMTU, esta entrevista tem como base perguntas feitas pelos nossos leitores que foram enviadas até março passado através do e mail: meutransporte@hotmail.com, temas que elevaram e muito essa entrevista, pois o Recife é hoje uma das cidades que mais sofrem em termos de transporte público como poucos corredores para ônibus, ônibus lotados, terminais desorganizados.
Estamos certos que isto se deu pelo abandono dos últimos governos que não investiram maciçamente no transporte público e na mobilidade urbana da capital e região metropolitana.

Segundo Dilson Peixoto este governo vem melhorando e muito a situação do transporte público na região metropolitana através da ampliação do SEI, sistema de bilhetagem eletrônico, Além da construção dos terminais da Caxangá, inaugurado em 2008, Pelópidas Silveira e Cabo, que já estão operando desde 2009, estamos tocando as obras e projetos de vários outros terminais, entre eles seis TI’s que seriam inicialmente construídos pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC. Além disso, estamos tocando os projetos/obras de cinco corredores de ônibus (segue lista abaixo). Também está incluido nos projetos do consórcio a obra de requalificação da BR- 101, no trecho metropolitano, e a construção do Terminal Cidade da Copa (Cosme Damião).

1) Quando será reformado o Terminal do Barro, pois os passageiros relatam a falta de organização, pontos de embarque inadequados, entre outros?

Dilson Peixoto: A ampliação do Terminal Integrado do Barro já foi licitada e está aguardando a conclusão do processo de desapropriação para o início do trabalho. Atualmente, cerca de 150 mil pessoas passam pelo terminal, em dias úteis, através das 10 linhas que atuam no local. Após a ampliação, o terminal passará a ocupar 4.164,12 m2, em um terreno de 16.195,29 m2. A ampliação da estrutura física tem o intuito de acomodar melhor os passageiros, não estando prevista a ampliação no número de linhas do terminal.


2) Paradas de ônibus:
Existe um projeto para modernizar as paradas de ônibus da cidade, pois muitas paradas não tem abrigo deixado milhares de passageiros tomando sol, sem falar nos dias de chuva que não tem aonde se abrigarem?

Dilson Peixoto: Existem mais de 5 mil paradas de ônibus na Região Metropolitana do Recife, entre abrigos e colunas. Embora os abrigos sejam uma opção mais confortável para o usuário, nem sempre a colocação deles é possível, tanto pelas condições físicas da calçada (estreita, rebaixada, irregular) quanto em função das restrições impostas por alguns proprietários de lotes, que por ser contra a implantação acabam causando danos ao equipamentos ou acionamento o consórcio na Justiça para a retirada do ponto.

Em relação a modernização dos abrigos, o consórcio está priorizando, neste momento, as paradas localizadas nos corredores exclusivos de ônibus, tanto os que já existem como os que estão sendo construídos. Exemplo disto são as paradas programadas para o Corredor Norte-Sul, que irá se estender desde o município de Igarassu até as proximidade do Terminal Integrado de Joana Bezerra, com estações em nível (sem diferença de altura para a porta do veículo) e pagamento antecipado da tarifa, melhorando o tempo de embarque/desembarque.

O Grande Recife também está viabilizando, desde março de 2008, a substituição das paradas localizadas nos corredores viários da Avenida Boa Viagem, Avenida Conselheiro Rosa e Silva, Avenida Rui Barbosa e o bairro do Parnamirim. Essas paradas agora estão padronizadas com as cores verde e cinza, assentos, pontos de iluminação, espaço para colocação de cadeira de roda, e painéis com a lista de linhas que possuem ponto de embarque e de desembarque no local e outras informações de utilidade para os usuários.

3) E quanto aos abrigos que não tem painéis informativos de itinerário?

Dilson Peixoto: Atualmente, o usuário pode ter informações sobre o itinerário completo das linhas pelo site http://www.granderecife.pe.gov.br/, ou entrando em contato com a Central de Atendimento ao Cliente pelo telefone 0800 081 0158. Porém, a colocação do itinerário completo das linhas nas paradas tem enfrentado dificuldade, pois eles são extensos e não há espaço físico nos painéis. Além disso, em geral as paradas agregam mais de uma linha, o que dificulta ainda mais a colocação do itinerário das linhas. Estamos, no entanto, em busca de soluções para esta questão.

Em relação aos nomes das linhas que passam nas paradas, esta informação está presente em paradas seletivas, como as da Avenida Conde da Boa Vista e de grandes corredores de transporte, como é o caso Avenida Rui Barbosa. Estamos trabalhando para levar este mesmo modelo para outras localidades.

É válido ainda salientar que quando corredores exclusivos de ônibus como: Norte/Sul, Leste/Oeste e Avenida Norte estiverem em operação, os usuários terão à disposição uma frota modernizada, incluindo a instalação de equipamentos como GPS, displays eletrônicos, entre outros, que possibilitarão o envio de informações, como horário de chegada e saída das estações – em tempo real para os passageiros.

4) Renovação da Frota
Como você vê a renovação da frota da Região Metropolitana?

Dilson Peixoto: Anualmente é estipulada uma meta para renovação de frota. Essa substituição leva em consideração as características das linhas a serem contempladas com os novos ônibus, que poderão ser comuns, alongados ou articulados. Porém, como não há condições de renovar toda a frota de uma só vez, o Grande Recife orienta às empresas operadoras a substituírem os ônibus por ordem de estado de conservação, e não exatamente por idade da frota. Em 2008 foram comprados 465 ônibus novos e em 2009, mais de 427 ônibus foram renovados na RMR.

5) Corredor da Imbiribeira

Dilson Peixoto: Existem projetos de corredores na Avenida Norte, Abdias de Carvalho, Domingos Ferreira e Pan Nordestina, mas e o corredor da Mascarenhas de Moraes?

A princípio os técnicos do consórcio estão trabalhando nos projetos dos corredores Norte/Sul, Leste/Oeste e Avenida Norte. A Avenida Mascarenhas de Moraes tem uma característica muito diferente dos demais corredores. Próximo a ela circula o Metrô, que alimenta as linhas de ônibus que trafegam pelo local. O projeto que existe atualmente para a avenida citada é a integração dos ônibus que ali trafegam com os terminais de Tancredo Neves, Cajueiro Seco, Aeroporto e Prazeres, todos em fase de construção ou licitação.

6) SEI
Como você vê a evolução do SEI?

Dilson Peixoto: O Sistema Estrutural Integrado é um dos projetos de maior importância para a ampliação da mobilidade da Região Metropolitana do Recife. Apesar de ser um projeto da década de 80, ele ainda é um marco revolucionário dentro do transporte público de passageiros. Durantes alguns anos, no entanto, por motivos vários, a ampliação do SEI esteve paralisada.

Desde 2007, no entanto, ela foi retomada e destacada como uma das prioridades do governo estadual. Além da construção dos terminais da Caxangá, inaugurado em 2008, Pelópidas Silveira e Cabo, que já estão operando desde 2009, estamos tocando as obras e projetos de vários outros terminais, entre eles seis TI’s que seriam inicialmente construídos pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC. Além disso, estamos tocando os projetos/obras de cinco corredores de ônibus (segue lista abaixo). Também está incluido nos projetos do consórcio a obra de requalificação da BR- 101, no trecho metropolitano, e a construção do Terminal Cidade da Copa (Cosme Damião).
Na época da implantação do SEI, a concepção de integração e transporte público que se tinha era de terminais fechados de integração. Porém, com o surgimento de novas ferramentas tecnológicas que dão suporte à bilhetagem eletrônica e às centrais de controle operacional, o SEI ganhou um incremento ainda maior.
Corredores de transporte e faixas exclusivas de ônibus, que dão prioridade ao transporte público, também contribuem para a evolução do sistema. Todos estes adventos tecnológicos e mudanças estruturais, bem como a racionalização do SEI, garantem mais conforto, agilidade e satisfação do usuário.
Lista dos terminais em obras/licitação + corredores
Terminais:
Cajueiro Seco - (Já em obra)
Tancredo Neves - (Já em obra)
Santa Luzia - (Já em obra)
Aeroporto – (Licitando o projeto executivo)
Prazeres – (Licitando o projeto executivo)
Barro – (Aguardando a conclusão do processo de desapropriação)
Joana Bezerra – (Será licitado o projeto executivo)
Xambá (Olinda) – (Edital de licitação da obra já foi publicado)
TIP – (Já em obra)
Largo da Paz – (Licitado aguardando desapropriação)
Cidade da Copa Cosme e Damião – (Será licitado o projeto executivo)
Corredores:
Pan Nordestina – (Já em obra)
Abdias de Carvalho (já em obra)
Norte/Sul – (Edital de licitação da obra será publicado em breve)
Leste/Oeste – (Edital de licitação da obra será publicado em breve)
Avenida Norte - (Edital de licitação da obra será publicado em breve)


7) Vale comum e Vale do Idoso Quando os vales comuns chegarão de fato no bolso do usuário?

Dilson Peixoto: Haverá cartões específicos para idosos e pessoas com deficiência. Estes cartões deverão ser lançados ainda em 2010. Com o cartão na mão, idosos e pessoas com deficiência poderão decidir se querem permanecer na área prioritária ou se optam por passar pela catraca, sem a necessidade de pagamento de tarifa, já que a nova tecnologia registra o caráter gratuito deste tipo de utilização. O Vale comum também ganhará ás ruas até 2011.

8) O que o Grande Recife vem fazendo para combater a evasão de receita?

Dilson Peixoto: Infelizmente uma das principais formas de evasão de receita identificada pelo Grande Recife é através da utilização de documentos de forma indevida p ara obtenção da gratuidade nas viagens do STPP/RMR. A falsificação de carteiras de Livre Acesso e má utilização das gratuidades obtidas com o uso irregular do VEM Criança e estudante e trabalhador, quando identificadas, são de imediato repassadas à Polícia.

9) Modernização do sistema

Dilson Peixoto: Uma das últimas novidades foi a modernização do sistema de bilhetagem eletrônica. A ampliação dos benefícios da bilhetagem eletrônica para um número maior de usuários foi possível graças à criação de novas modalidades de cartões e a adoção de uma tecnologia de ponta, capaz de agregar inúmeras funcionalidades.

Com a criação do Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) o Grande Recife já opera com os cartões VEM Trabalhador, VEM Estudante e VEM Infantil - que possibilita aos usuários a utilização dos os ônibus do Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife (STPP/RMR), girando a catraca, acabando de vez com a necessidade de pular ou se arrastar por baixo do equipamento.

Outro destaque é o chamado carregamento embarcado. Ou seja, a inserção de créditos no cartão eletrônico (seja para o trabalhador ou estudante) é feita no próprio ônibus, após pagamento de boleto bancário ou documento de arrecadação, que pode ser gerado através da internet. Com isso, os usuários não precisam mais enfrentar filas.

10) Reciclagem de Motoristas

Dilson Peixoto: O Grande Recife desenvolve junto com as empresas operadoras um curso de multiplicação de formadores. Ou seja, atua na formação de instrutores que trabalharão com motoristas e cobradores. O treinamento incluiu, entre outros temas, a operacionalização dos elevadores de acesso e a questão comportamental (atendimento aos usuários). É fornecido para os formadores, material didático e os planos de aulas que serão usados no curso. Além deste curso, todos os motoristas que renovam suas CNH, precisam passar pelo curso “Condutores de Transporte de Coletivos”, ministrado durante 50h. Nele, os motoristas reciclam seus conhecimentos sobre legislação de trânsito, primeiro socorros, direção defensiva e atendimento ao cliente.

11) Dias de jogos

Dilson Peixoto: Os atos de vandalismo em dias de jogo de futebol deixaram tristes lembranças para os usuários do transporte público em 2009. O gasto total com reparos de coletivos cresceu quase 77% em relação ao ano de 2008. Em 2009, 1.835 veículos foram depredados, totalizando 4.754 itens avariados e um prejuízo de R$683.294,00. O saldo negativo aconteceu após 89 jogos nos estádios da Ilha do Retiro, Aflitos e Arruda.
O Grande Recife monta periodicamente programações especiais, feitas para fiscalizar os corredores de ônibus e os pontos em que as depredações costumam acontecer com mais freqüência. Essa ação facilita a identificação dos infratores e ajuda ainda mais o trabalho da Polícia. Durante os jogos, policiais são deslocados de suas funções habituais para se dedicar ao policiamento em áreas estratégicas de depredação. Os atos de vandalismo assustam e preocupam a todos, motoristas, cobradores e usuários.
Em 2010, durante os jogos do Campeonato Pernambucano e Copa do Brasil, em partidas realizadas na capital pernambucana, mais de 830 ônibus já foram depredados, gerando um prejuízo de aproximadamente R$ 234 mil.

12) Sobre VLT em Recife

Dilson Peixoto: É um sistema moderno, prático e funcional. Futuramente, O VLT poderá, de forma agregada às estações de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, e Cabo de Santo Agostinho, ofertar aos usuários um serviço diferenciado. Temos vários exemplos pelo mundo afora que atestam os bons resultados deste tipo de modal.

13) Sobre desoneração tarifária

Dilson Peixoto: O Grande Recife reconhece a importância das discussões em torno da obtenção dos subsídios para oferecer uma tarifa mais baixa com um serviço melhor. Nos últimos três anos temos tem participado de uma série de encontros, discussões e debates em torno da desoneração tarifária, incluindo as mobilizações realizadas através da Frente Nacional de Prefeitos e do Fórum de Dirigentes de Secretários de Trânsito e Transporte Público do Brasil.
Já está no Senado Federal um novo Projeto de Lei de estímulo à desoneração tarifária, ou seja, de redução do preço das passagens do transporte público coletivo do País, a partir da concessão de subsídios para o setor. Se for sancionada pela Presidência da República e realmente posta em prática, irá beneficiar milhões de brasileiros que utilizam o transporte público diariamente.

Mande sua pergunta e dúvida, pois em breve faremos outra entrevista com o Consórcio Grande Recife de Transportes como por exemplo a Compra de ônibus usados pela Empresa São Judas Tadeu.

Clayton Leal

Recomende este site

READ MORE - Em entrevista, Dilson Peixoto Mostra os desafios e avanços no Transporte Público de Recife

Rio de Janeiro: Ônibus circularão com poesias


A partir de maio os usuários de ônibus do Rio de Janeiro poderão apreciar poesias de grandes autores brasileiros, que serão instaladas no interior dos 8.600 ônibus que circulam diariamente no município. A campanha Circulando Cultura será desenvolvida pela Academia Brasileira de Letras (ABL) e pela Fetranspor, com o apoio da Secretaria Estadual de Transportes, que já pediu aos organizadores do projeto que estendam o benefício para toda a frota de ônibus do estado.
A Academia já selecionou 400 textos de aproximadamente 60 escritores, entre os quais, Vinícius de Moraes, João Cabral de Mello Neto e Manuel Bandeira. Segundo o presidente da entidade, Marcos Vilaça, a ideia é transformar os ônibus em livros de poesia ambulantes. Para o imortal, a campanha pode ser classificada como um importante e responsável serviço público.
– Multiplicar o hábito da leitura e o estímulo ao conhecimento é uma missão enormemente sedutora para nós da ABL. Por isso não titubiamos em participar do projeto. O que queremos através desta iniciativa é aproximar o cidadão das manifestações culturais. E nenhum lugar melhor do que os ônibus para isto, já que os passageiros permanecem ali por um tempo considerável, e podem aproveitar este momento para lerem uma boa poesia –, explicou o presidente Marcos Vilaça.
Para o secretário de Transportes, Sebastião Rodrigues, esta é uma medida de grande valor, que tem tudo para virar uma grande sensação entre os usuários de ônibus no Rio. O secretário ressaltou que o acesso à cultura é um direto de toda a humanidade, e que esta é uma forma inteligente e eficaz de se proporcionar este direito à população.
– Queremos estender este privilégio também aos outros municípios do estado. Nossa intenção é fazer com que a população comece e termine o dia de trabalho de maneira mais agradável, através do contato com a cultura brasileira –, declarou o secretário.

Fonte: Correio do Brasil
READ MORE - Rio de Janeiro: Ônibus circularão com poesias

Licitação de ônibus: especialista critica modelo da Prefeitura do Rio


A proposta de licitação das linhas de ônibus do Rio não agradou muito a ex-secretários e especialistas em transporte. Segundo eles, a prefeitura teria aberto mão de parte da responsabilidade de gestão do sistema ao aceitar propostas técnicas elaboradas pelas empresas.
Para o deputado estadual Luiz Paulo Corrêa da Rocha, titular da pasta de Transportes de 2001 a 2002, o governo deveria apontar os intervalos, as origens e destinos das linhas.
— Alguns parâmetros têm de ser definidos, como intervalos e a garantia de ônibus noturnos. Com isso, temos a frota mínima para operação. Mas não definir as linhas com origem e destino é um complicador. Sem isso, surge um vazio porque todo mundo fará percursos apenas onde há mais demandas. E tem que usar o GPS para controlar toda a frota, se percorre os pontos, sua velocidade e se respeita o itinerário — diz.
Ex-presidente da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos, o engenheiro José Guerra lamenta a falta de um projeto executivo:
— A prefeitura abre mão disso, mas não do poder de veto. Hoje, ela não tem condições de exercer suas competências todas e abre mão parte de uma delas. Mas isso não significa uma rede que não atenda a população.

Fonte: Extra online
READ MORE - Licitação de ônibus: especialista critica modelo da Prefeitura do Rio

Verba para o BRT prorroga a novela do metrô de BH


O acordo para a instalação das linhas do BRT em Belo Horizonte reforça uma antiga pergunta ainda sem resposta: quando as linhas 2 e 3 do metrô sairão do papel? A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informa que os projetos básicos de ambos os ramais, que tratam de questões como a sondagem do solo, devem ficar prontos em meados de 2011.

Esse estudo é que dará suporte para a elaboração do projeto-executivo, que conterá uma estimativa para a ampliação do trem metropolitano. Mas o governo federal ainda não sabe quando a ampliação ocorrerá.

A morosidade do governo levou o Senado Federal a aprovar ontem requerimento para que o ministro das Cidades, Márcio Fortes, esclareça aos parlamentares a situação das linhas 2 e 3 do metrô. Os senadores querem respostas objetivas para as seguintes questões: qual a previsão de aporte nesses ramais; qual a dotação prevista para ambos nas duas edições do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC); quais os trechos já concluídos da linha 2; por que motivo parte dela está paralisada; e qual a situação das desapropriações previstas para a construção do mesmo ramal.

O senador tucano Eduardo Azeredo, signatário do requerimento apresentado pelo colega Flexa Ribeiro (PSDB-BA), lamentou o descaso da União com a ampliação do trem metropolitano de BH: “As obras se arrastam há quase três décadas”.

O Ministério das Cidades informou que Márcio Fortes responderá as perguntas dos parlamentares “dentro do prazo legal”. A pasta acrescentou que o PAC 2 terá R$ 18 bilhões para a mobilidade urbana em todo o país, mas não soube explicar quanto será destinado ao metrô da capital, pois o órgão ainda discutirá o assunto com governadores e prefeitos.

Fonte: Uai - Minas
READ MORE - Verba para o BRT prorroga a novela do metrô de BH

Metrô de Fortaleza iniciará testes em setembro


A Linha Sul do Metrô de Fortaleza deve começar a operar, em fase de testes, até o dia 15 de setembro no trecho entre as estações de Carlito Benevides (antiga Vila das Flores) e Aracapé. Os dois primeiros trens, de um conjunto de 20 comprados da empresa italiana Ansaldo Breda SPA, chegarão ao Ceará no fim de agosto. O valor do investimento na compra dos trens é de R$ 240 milhões.
A previsão da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos é que até o dia 31 de dezembro, os testes com os novos trens se estendam até a Estação da Parangaba. No primeiro semestre de 2011, a operação seguirá até Estação de São Benedito. E até o fim do ano, o serviço estará funcionando até a Estação Central Xico da Silva, ou seja, em todos os 24 quilômetros da Linha Sul.
Os trens são movidos a tração elétrica, com capacidade de transporte de 976 passageiros (sentados e em pé) cada, climatizados com ar-condicionado, dotados de comunicação sonora e visual, interna e externa, para orientação dos usuários. O equipamento deve operar em velocidade média de 60 km/h.
O Metrô vai atender a população da Região Metropolitana, principalmente dos municípios de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú e Pacatuba, onde estão concentrados dois terços da demanda de transporte público de passageiros da Região. Após a implantação da Linha Sul, o Metrô de Fortaleza, com a integração plena entre os modais de transporte, terá capacidade de transportar cerca de 350 mil pessoas por dia.

Fonte: Governo do Estado do Ceará

READ MORE - Metrô de Fortaleza iniciará testes em setembro

Expo Xangai apresenta táxis e ônibus elétricos para reduzir consumo de combustível

A Exposição Mundial de Xangai, na China, foi aberta ao público com enormes filas e boas ideias para tornar as cidades menos poluídas e mais agradáveis de se viver. A reportagem é do enviado especial Roberto Kovalick.
"Bem-vindo a Xangai, bem-vindo à Expo", diz a turma responsável por organizar as multidões. Eles mesmos são uma multidão: 100 mil voluntários, mais do que um Maracanã lotado.
E no primeiro dia, eles já tinham muita fila para organizar. Era preciso ter paciência chinesa para esperar até três horas no sol para conhecer os pavilhões gigantescos. O da Arábia Saudita é o mais caro de todos e tem palmeiras trazidas do Oriente Médio.
Os projetos e tecnologias apresentados na Expo prometem transformar as cidades em lugares melhores para se viver. E também mais divertidos.
Xangai é uma das cidades mais poluídas do mundo, mas os projetos da exposição criam uma espécie de ilha futurista e sustentável. A arquitetura dos prédios e monumentos tem sempre uma função, além de impressionar os visitantes. Enormes cones servem para recolher a água da chuva, que depois será usada para regar os jardins e lavar as ruas.
Muitas novidades tecnológicas apresentadas na Expo têm o objetivo de reduzir o consumo de combustível e de poluição sem diminuir o conforto. Os ônibus que circulam por lá são 100% elétricos. Não usam gasolina ou óleo diesel. Quando param no ponto, aproveitam para recarregar as baterias. É a ecologia, sem perda de tempo.
O sistema é semelhante ao dos trens. Ao chegar no ponto, eles se ligam aos cabos de energia, enquanto os passageiros embarcam e desembarcam. É uma carga rápida para reforçar as baterias, que são totalmente recarregadas à noite, quando o ônibus está parado.
Os táxis também funcionam com energia elétrica. Se a proposta da Expo pegar, cano de descarga - daqui a algum tempo - será coisa do passado.
Fonte: G1
READ MORE - Expo Xangai apresenta táxis e ônibus elétricos para reduzir consumo de combustível

Blumenau: Cartão Siga cadastra estudantes


O Consórcio Siga começa hoje o cadastramento dos estudantes que utilizam o transporte coletivo como parte do processo de implantação da bilhetagem eletrônica, iniciado em julho de 2007. A expectativa é que, até março, cerca de 20 mil estudantes se cadastrem.

No caso dos alunos, o cartão irá substituir a carteirinha de estudante que, junto da ficha de ônibus, era apresentada aos cobradores.Para solicitar o cartão, o estudante pode fazer um pré-cadastro pela internet, através do site http://www.cartaosiga.com.br/, onde irá inserir dados pessoais.

O cadastramento no site, no entanto, não é obrigatório, sendo utilizado somente para agendar o atendimento na Central Siga, localizada no Shopping Neumarkt, para onde o estudante deve se dirigir para receber o cartão.Após a apresentação dos documentos exigidos, como atestado de matrícula e certidão de nascimento, o estudante tira uma foto e faz o registro de sua impressão digital, que constará do cartão, entregue na hora, mediante pagamento de R$ 3.

Segundo o coordenador da bilhetagem eletrônica, Marco Adriano Littig, a expectativa é que até o começo das aulas nas redes estadual e municipal, dia 11 de fevereiro, o cartão já possa ser utilizado no transporte coletivo.

- Os aparelhos e o próprio sistema de bilhetagem eletrônica já foram testados e estão aprovados. Estamos fazendo agora o treinamento de cobradores e motoristas, que deve durar cerca de duas semanas. Somente depois disso, iremos liberar a venda de créditos e a utilização do cartão, tanto para trabalhadores, estudantes e outros usuários - explica Littig.

Futuramente, as recargas de créditos para estudantes poderão ser feitas nos terminais, na Central Siga ou pela internet. A liberação da compra de créditos e a substituição das fichinhas de ônibus pelo cartão devem ser anunciadas oficialmente nas próximas semanas. Até o momento, cerca de 30 mil trabalhadores já foram cadastrados.

Fonte: Jornal de Santa Catarina
READ MORE - Blumenau: Cartão Siga cadastra estudantes

BNDES vai financiar R$ 766 mi para Metrô de São Paulo


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 766 milhões à Companhia do Metropolitano de São Paulo para a expansão da rede metroviária da cidade de São Paulo, segundo nota divulgada hoje pelo banco. "Trata-se de um dos maiores financiamentos aprovados pelo banco para o setor de transporte público urbano" diz a nota. O financiamento do BNDES corresponde a 13% do investimento total do projeto, de R$ 6 bilhões. Outros recursos para o projeto virão, segundo a nota, do Banco Mundial (Bird) e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), além de contrapartida do Estado de São Paulo.
O projeto prevê expandir a Linha 5 do Metrô-SP em 11,5 quilômetros, ligando a Estação Largo Treze de Maio da Linha 5 (lilás) à Estação Chácara Klabin da Linha 2 (verde), nos bairros de Santo Amaro e Vila Mariana. Ainda de acordo com a nota do BNDES, a expansão visa atender à demanda por transporte público entre a zona sul da região metropolitana de São Paulo e a rede de linhas de metrô em operação. Para isso, o Estado de São Paulo prevê concluir a obra de ligação entre as duas estações até 2013. O projeto, de acordo com o banco, vai gerar cerca de 10 mil empregos diretos durante a fase de implantação, além de mais de 11 mil empregos indiretos nas fases de implantação e operação.

Fonte: ISTO É
READ MORE - BNDES vai financiar R$ 766 mi para Metrô de São Paulo

População continua a sofrer efeitos da paralisação de ônibus em Manaus


Com a continuação da greve dos transportes, iniciada na última sexta-feira (30), o domingo (2) foi de transtornos ao manauara que precisou pegar ônibus. Paradas lotadas, longas filas e demoras marcaram o dia.

No Terminal 3, localizado na Cidade Nova, na Zona Norte, passageiros esperavam os coletivos sentados na sarjeta. A movimentação no local era intensa. Por outro lado, em outras localidades, como no bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul, o que se via eram paradas isoladas, sinal de que os usuários preferiram ficar em casa a ter que depender dos poucos ônibus que circularam na cidade.

Para reduzir o sofrimento dos passageiros, além dos Executivos, a reportagem verificou vários Alternativos fazendo transportes em áreas como a avenida André Araújo, também no Aleixo.Segundo o Sindicato dos Rodoviários do Amazonas, as empresas estão cumprindo a determinação judicial, que permite um número mínimo da frota nas ruas.

Amanhã (3), mais da metade dos ônibus deverão ficar nas garagens. Na empresa Vitória Régia, na Bola do São José, Zona Leste, rodoviários prometem realizar um movimento às 4h da manhã. De acordo com a assessoria do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Manaus (Sinetram), uma nova rodada de negociação com a categoria será feita nesta segunda-feira.

Ele afirmou que o sindicato patronal está oferecendo 4,67% de reajuste, mas os rodoviários querem 10% de aumento.A Polícia Militar vai destinar mil homens às ruas para evitar confusões e quebra-quebra, a exemplo do que ocorreu na sexta-feira, no Centro de Manaus.

Fonte: Portalamazonia
READ MORE - População continua a sofrer efeitos da paralisação de ônibus em Manaus

Transporte com mudanças iniciam nesta segunda em Cascavel


Aquilo que todo cascavelense vive na prática - seja ao entrar em um dos lotados ônibus do transporte coletivo, seja ao enfrentar dificuldades para andar de carro no Centro da cidade - foi sistematizado por uma empresa especializada e transformada em um estudo do transporte e do trânsito na cidade.

O trabalho foi iniciado há seis meses e custou R$ 118 mil, o relatório final foi entregue na última semana à Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito). Além de diagnosticar os problemas, o material propõe soluções a serem implantadas a curto, médio e longo prazo. “Nós agora estamos analisando todas as propostas que foram feitas para verificar se precisamos de mais alguma medida. Em seguida vamos organizar uma apresentação pública, onde vamos detalhar o que foi percebido nestes estudos e quais mudanças vão guiar nossas ações a partir de agora”, comentou o presidente da Cettrans, Jorge Lange. Esta apresentação deve ocorrer ainda durante o mês de maio e vai mostrar sugestões de mudanças “radicais”, que, no entanto, precisam de muito dinheiro para efetiva execução. Algumas propostas só devem ser colocadas em prática num prazo de dez ou quinze anos.

Por outro lado, ações mais simples têm início imediato. Algumas linhas do transporte coletivo, por exemplo, passam a contar com um carro a mais já a partir de amanhã (3). É o caso da linha que atende o Bairro Presidente e também a Paulo Godoy. “Baseado na contagem de passageiros percebemos que estas linhas precisavam urgentemente de mais um veículo. No caso do Paulo Godoy a linha vai ser ‘separada’ do trajeto que vai até a FAG, e haverá um ônibus extra. Assim como estas, em breve teremos outras mudanças para o transporte coletivo.

Quanto o estudo foi iniciado, ainda em outubro do ano passado, a promessa era de que as ações começariam mesmo durante os estudos, e que já seria possível perceber melhorar no transporte público mesmo antes do fim dos trabalhos.

O objetivo do estudo é sugerir soluções para modernizar e racionalizar o transporte coletivo e o trânsito. A empresa que venceu a licitação foi a Logitrans (Logística, Engenharia e Transportes Ltda.), que tem sede em Curitiba, mas já realizou trabalhos semelhantes ao que está sendo feito em Cascavel em diversas cidades do país, entre elas Campo Grande no Mato Grosso do Sul, Maringá, São José dos Pinhais, Ponta Grossa, Londrina e Curitiba no Paraná, além de Volta Redonda no Rio de Janeiro e Santos, no estado de São Paulo.

Linha metropolitana

Os usuários das linhas de transporte metropolitano que vão para região têm o que comemorar. Finalmente, as quatro empresas que operam as sete linhas que ligam Cascavel a cidades próximas cumpriram sua obrigação de colocar os abrigos.

O primeiro ponto a receber a benfeitoria é justamente um dos que possui mais movimento, próximo ao terminal leste em Cascavel. Neste local a demanda é tão grande que apenas um ponto convencional não seria suficiente, então está sendo colocado um ponto semelhante ao modelo que é utilizado hoje na Praça Wilson Joffre. A Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) aproveitou para modificar um pouco o local desta parada. “O ponto está sendo construído cerca de 50 metros mais à frente, a mudança foi feita para facilitar o acesso dos passageiros ao Terminal Leste e também por uma questão de segurança, pois antes a parada ficava muito perto de uma curva e de um contorno, a manobra do ônibus para pegar os passageiros era perigosa”, comentou o presidente da Cettrans Jorge Lange.

Eduardo Gonçalves sempre vai para Corbélia e comemora a mudança. “Fazia falta um ponto aqui, no dia que chove principalmente, sempre tem muita gente, o ônibus demora e não tem onde se esconder”, afirma.

Além deste, serão 13 abrigos simples em diversos pontos da cidade, que poderão ser identificados pela base grafite com cobertura laranja. Boa parte está pronta e devem ser instalados nos próximos dias. “Era sempre uma reivindicação dos usuários, que foi levantada e mostrada diversas vezes pela Gazeta do Paraná e esta pressão fez com que o investimento acontecesse”, comenta Lange. A colocação dos abrigos só não aconteceu antes porque uma das quatro empresas se negava a pagar a sua parte e o Ministério Público chegou a interferir. As empresas exploram há décadas as linhas para os municípios de Toledo, Guaraniaçu, Campo Bonito, Santa Tereza, Corbélia, Capitão Leônidas Marques e Boa Vista da Aparecida o investimento de cada uma para custear todos os abrigos foi de R$ 5,5 mil, totalizando R$ 22 mil.

Fonte: CGN Notícias

READ MORE - Transporte com mudanças iniciam nesta segunda em Cascavel

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960