Metrô deve parar em São Paulo

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Depois da greve de ônibus da semana passada, os trabalhadores do Metrô ameaçam paralisar suas atividades em São Paulo. Os funcionários da empresa marcaram assembleia para amanhã e podem decidir cruzar os braços. Entre as reivindicações da categoria estão o reajuste salarial de 35,47%, e novo plano de carreira.

“Se não houver proposta concreta de reajuste, podemos votar paralisação de 24 horas, greve por tempo indeterminado ou manifestações surpresa”, disse ontem Altino Prazeres Júnior, presidente do Sindicato dos Metroviários. O Metrô paulista tem 9.800 empregados, responsáveis pelo transporte diário de 4,5 milhões de pessoas.

No sábado, os motoristas de ônibus de Osasco e outras cidades da Grande São Paulo decidiram em assembleia encerrar a greve da categoria, que chegou a afetar cerca de 240 mil passageiros na região. A Justiça do Trabalho, porém, deverá julgar nesta semana a greve dos ônibus, que prejudicou milhares de pessoas, e ainda há chances de a categoria retomar a paralisação.

No Maranhão, os rodoviários mantêm a greve que chega hoje aos cinco dias de duração, desde que foi decidida e anunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do estado (Sttrema). Mas 70% da frota de ônibus de São Luís deverão circular hoje, atendendo à decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MA), que considera o transporte coletivo de caráter essencial.

Informações: O Dia

Leia também sobre:
READ MORE - Metrô deve parar em São Paulo

Avenida Brigadeiro Faria Lima ganha mais 900 m de faixa exclusiva para ônibus

A avenida Brigadeiro Faria Lima ganhará mais 900 m de faixa exclusiva para ônibus a partir desta segunda-feira (26). Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), as novas faixas funcionarão nos dois sentidos, das 6h às 20h, de segunda a sexta-feira, e das 6h às 14h aos sábados.

A ativação está inserida na Operação Dá Licença para o Ônibus, cujo objetivo é priorizar a circulação do transporte coletivo. As novas faixas exclusivas na avenida Brigadeiro Faria Lima serão implantadas da seguinte forma:

- No sentido Ibirapuera — entre as ruas Jorge Coelho e Leopoldo Couto Magalhães Junior;

- No sentido Pinheiros — entre as ruas Callimaque e Jerônimo da Veiga.

Ainda de acordo com a CET, pela Faria Lima, no sentido Ibirapuera, passam 27 linhas de ônibus, que transportam 296 mil passageiros/dia útil. Já no sentido Pinheiros, circulam 21 linhas de ônibus municipais, que levam 167 mil passageiros/dia útil.

Agentes de trânsito irão orientar os motoristas para não invadirem o espaço nos horários definidos para a exclusividade dos ônibus. A partir do dia 2 de junho, a fiscalização será intensificada na via.

Segundo o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), transitar na faixa exclusiva à direita de ônibus é uma infração leve, com perda de três pontos na carteira e multa de R$ 53,20.

Informações: R7.com

Leia também sobre:
READ MORE - Avenida Brigadeiro Faria Lima ganha mais 900 m de faixa exclusiva para ônibus

Em SP, Radar começa a flagrar infrações na faixa de ônibus na Marginal Tietê

Um novo radar vai ajudar a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) a fiscalizar os motoristas infratores que invadirem a faixa exclusiva de ônibus instalada na pista local da Marginal Tietê, na altura da Ponte das Bandeiras, no sentido Castello Branco.

O equipamento eletrônico passou a funcionar nesta segunda-feira (26). O novo radar não integra o parque da nova licitação, que prevê a colocação de centenas de radares inteligentes pela cidade. Ele faz parte dos contratos com as empresas que atualmente prestam o serviço de fiscalização eletrônica.

O radar vai fiscalizar veículos, com exceção dos ônibus e táxis com passageiros, que fazem a conversão à direita no local, de segunda a sexta-feira, das 6h às 15h.

O valor da multa para quem desrespeita a faixa é de R$ 53,20 mais três pontos na carteira de habilitação. Antes da instalação do equipamento, a fiscalização e aplicação de multas no local eram feitas pelos marronzinhos.

Alternativa
Os motoristas que trafegam na Marginal Tietê, no sentido Castello Branco, e desejam acessar a Ponte das Bandeiras podem seguir pela pista local da marginal e entrar na próxima via à direita, na Rua Massinet Sorcinelli. Em seguida, o motorista fará duas novas conversões obrigatórias à direita até chegar na Avenida Santos Dumont.

Informações: G1 | Para: CBN Foz
READ MORE - Em SP, Radar começa a flagrar infrações na faixa de ônibus na Marginal Tietê

Metrô do Recife lança totens informativos para auxiliar usuários

O Metrô do Recife instalou, nesta segunda-feira (26), dois totens informativos na Estação Central do Recife, na Rua Floriano Peixoto, no bairro de São José. Os equipamentos visam facilitar a vida do turista que vai utilizar o meio de transporte, durante a Copa do Mundo. Em três idiomas - português, inglês e espanhol - o usuário pode conferir informações sobre a operação das linhas, traçar rotas com instruções e consultar um banco de dados sobre os pontos turísticos próximos de cada terminal, além de conferir a situação climática.
Foto: Fernando Rêgo Barros / TV Globo
Um chat ao vivo em qualquer idioma, com tradução simultânea, é outro serviço que pode ser acessado pelo turista. As máquinas também terão informações direto do centro de controle, para informar o estado real de operação do metrô naquele momento, se há três atrasados, por exemplo. 

Até a sexta-feira (30), outras sete estações que formam o corredor da Copa, que levam o torcedor até a Arena Pernambuco, vão receber as máquinas: Joana Bezerra, Rodoviária, Cosme e Damião, Camaragibe, Aeroporto, Antônio Falcão e Tancredo Neves. "Na próxima semana, a gente vai ter a versão mobile do InfoMetrô, e as pessoas vão poder usar o sistema em qualquer dispositivo móvel", adianta o assessor da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

Informações: G1 PE
READ MORE - Metrô do Recife lança totens informativos para auxiliar usuários

Em Salvador, Acordo entre Rodoviários e Seteps não descarta greve

A direção do Sindicato dos Rodoviários diz que entrou em acordo com donos das empresas de ônibus de Salvador, na tarde desta segunda-feira (26). Ambos afirmam que aprovaram a proposta da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE). Entretanto, uma parte dos rodoviários rejeitou a proposta e parou os coletivos nas ruas da capital baiana, por volta das 14h.
Foto: Henrique Mendes/G1
Eles declaram que uma greve continua confirmada para terça-feira (27). Já o vice-presidente do sindicato, Fábio Primo, afirma que com o acordo, a greve da categoria foi suspensa.

A proposta mediada pelo SRTE garante reajuste salarial de 9%, incidindo sobre o tíquete refeição e todas as cláusulas econômicas; jornada de trabalho de sete horas com intervalos de 20 minutos; e comprometimento das empresas de não discriminar o trabalho feminino nas suas áreas operacionais.

Em nota, o sindicato informou que os trabalhadores rodoviários aprovaram, em assembleia geral na tarde desta segunda-feira, às 15h, o acordo proposto pela SRTE e a suspensão da greve que estava marcada para começar à 0h de terça-feira.

Também por meio de comunicado oficial, o Setps (sindicato que representa as empresas de ônibus), afirmou que o acordo assinado na tarde desta segunda-feira põe fim à ameaça de greve da categoria. "Os protestos isolados realizados por dissidentes em alguns pontos da cidade não refletem o posicionamento dos trabalhadores rodoviários", diz a entidade.

Os motoristas de ônibus de Salvador que não aceitam o acordo pararam coletivos em diversos pontos da capital baiana. No bairro da Sete Portas, em frente ao Sindicato dos Eletricitários do Estado da Bahia (Sinergia), local onde estava marcada a assembleia da categoria, o trânsito ficou parado. De acordo com a Transalvador, também houve parada de coletivos nas Estações Pirajá e Mussurunga, Rótula do Abacaxi, Barros Reis, Amaralina e Campo Grande.

Os coletivos pararam de circular na Estação Mussurunga no início da tarde, segundo informações da Transalvador e da Polícia Militar. A PM afirmou que não houve confusão na estação, e que a situação era considerada tranquila. Por volta das 18h30, a Transalvador informou que os ônibus começaram a sair das Estações Mussurunga e Pirajá e que o trânsito nos locais estava melhorando, mas que ainda era lento.

Informações: G1 BA
READ MORE - Em Salvador, Acordo entre Rodoviários e Seteps não descarta greve

Primeiro dos 60 trens que foram comprados pelo Governo do estado do Rio, chegou ao porto da cidade

O primeiro trem, dos 60 que foram comprados pelo Governo do estado do Rio, chegou ao porto da cidade, nesta quarta-feira (21). Com quatro meses de antecedência, as composições novas vão funcionar nos ramais da SuperVia.

Os vagões irão se somar aos outros 30 veículos chineses entregues pelo estado à população em 2012. Os novos 60 trens vão representar um aumento de 576 mil lugares por dia no sistema ferroviário. O governo estadual investiu mais de R$ 673 milhões na aquisição dos novos veículos.

Os trens contam com tecnologia de ponta e modernos circuitos de tração e frenagem. Os interiores são mais amplos e confortáveis, equipados com ar-condicionado, TVs, painéis de informações de LED e câmeras de monitoramento. De acordo com o governador Luiz Fernando Pezão, quatro novos veículos chegarão mensalmente até agosto de 2015.

“Vamos chegar a dezembro com 150 trens com ar-condicionado e até o primeiro semestre de 2015 com toda a frota renovada. A SuperVia transportava cerca de 340 mil passageiros, agora já são mais de 640 mil. Com os investimentos, essa marca chegará a 1 milhão no ano que vem”, disse o governador.

Informações: G1 Rio

READ MORE - Primeiro dos 60 trens que foram comprados pelo Governo do estado do Rio, chegou ao porto da cidade

EPTC bloqueia mais de 1,3 mil cartões Tri por mau uso em Porto Alegre

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) bloqueou 1.370 cartões do sistema TRI em razão de mau uso no período de um ano em Porto Alegre. Os problemas envolvem o Vale Transporte, o Passe Antecipado e o segmento de isenções, no chamado “esquema de aluguel”. Atualmente, em razão da legislação, de cada 100 passageiros, 1/3 não paga tarifa.

O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, explica que o pente-fino no uso dos cartões busca preservar a integridade do sistema, garantindo uma maior segurança para o usuário. 

“Este tipo de ação, uma fraude, sobrecarrega o sistema, pesa na tarifa, prejudicando a grande maioria dos usuários do transporte coletivo. Continuamos atentos para coibir essas atividades irregulares”, disse.

O acompanhamento da utilização dos cartões é realizado diariamente pela EPTC, que filtra e cruza os dados com as atividades dos operadores de cada ônibus. No caso de irregularidades, pode haver a cassação do benefício.

Quando ocorre mau uso do TRI, o dono do cartão é chamado pela empresa para conferir se houve algum furto ou extravio. Constatada irregularidade, é aberto um processo, encaminhado ao Ministério Público.

READ MORE - EPTC bloqueia mais de 1,3 mil cartões Tri por mau uso em Porto Alegre

Prefeitura de Campo Grande recebe recursos federais para melhorar transporte coletivo

Até o fim do ano, Campo Grande terá novidades em relação às obras que pretendem melhorar a vida de quem depende do transporte público e de motoristas que circulam em meio aos ônibus. Ao todo, R$ 180 milhões do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) serão destinados para construção de quatro terminais, 62 quilômetros de corredores exclusivos para ônibus e 500 pontos cobertos.

O chefe da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, explica que os projetos em fase mais avançada e que devem ser executados até julho desse ano são os que preveem a construção dos corredores de ônibus. Já os terminais e os pontos de ônibus cobertos devem ter obras iniciadas durante o segundo semestre.


Em dias de chuva como nesta sexta-feira (23), a falta de pontos cobertos revolta os usuários do transporte coletivo. Para resolver o problema, os projetos do PAC Mobilidade pretendem construir 500 pontos cobertos na Capital.

Para quem depende todos os dias dos ônibus, enfrentar o sol, a ventania e principalmente as chuvas é tarefa desafiadora. A doméstica Angélica Maria da Silva, 60 anos, mora no bairro Nova Lima e precisa ir até o Jardim dos Estados todos os dias.

Para embarcar de volta para casa, Angélica espera a condução na Rua Antônio Maria Coelho, em um ponto sem cobertura. “É um absurdo, se está sol a gente sofre e chove também. Eu espero que eles cumpram a promessa e coloquem cobertura porque nós precisamos muito”, diz.

Outro que testemunha o sofrimento de quem depende do transporte público é dono de uma oficina mecânica situada na Rua Marques de Lavradio, no bairro Tiradentes. Por estar em frente a um ponto sem cobertura, o toldo do comerciante se transforma em ponto improvisado.

“As pessoas se protegem aqui na minha loja e é bem complicado. Quando chove forte, fica todo mundo amontoado até dentro da loja, eu vou me mudar daqui em breve e quero ver como vai ficar”, diz.

Corredores e terminais - As barreiras serão feitas na Avenida Afonso Pena, Rua Brilhante, Marechal Deodoro e Gunter Hans. No sentido bairro-centro, os corredores seguirão da Marechal Deodoro, até a Avenida Bandeirantes e depois novamente a Afonso Pena, que terá os corredores nos dois sentidos.

Em entrevista na última semana, o diretor-presidente da Agentran (Agência Municipal de Trânsito), Jean Saliba, afirmou que as barreiras seriam físicas, mas Semy explica que os detalhes ainda estão sendo fechados. “Há a possibilidade de fazer barreiras com câmeras porque aí já resolveríamos o problema da segurança, mas tudo está sendo analisado e custará em torno de R$ 100 milhões”, diz.

No segundo semestre, as licitações da construção dos novos terminais na Avenida Cafezais, Rua da Divisão, na Avenida Tamandaré e no bairro Tiradentes devem sair. Os projetos estão orçados em R$ 20 milhões e também incluem a reforma do Terminal Morenão.

Por Aliny Mary Dias
Informações: Campo Grande News
READ MORE - Prefeitura de Campo Grande recebe recursos federais para melhorar transporte coletivo

Em Aracaju, Linha de ônibus Bairro América/Centro será estendida

A partir desta segunda-feira, 26, a linha de ônibus 708 - Bairro América/Centro terá seu itinerário estendido até o Terminal da Zona Oeste (Leonel Brizola). Operante com dois veículos, o objetivo desta mudança visa melhor atender a população que utiliza o serviço integrado. A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), órgão membro da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania, informa ainda que a medida proporciona uma nova opção de integração nos terminais.

De acordo com o diretor de transportes públicos da SMTT, coronel José Péricles Menezes, a linha ampliará o atendimento, fazendo o trajeto nas ruas do bairro América de forma direta e rápida. "Essa foi uma solicitação da associação de moradores e do conselho de segurança do bairro. O pedido veio deles. Analisamos com os nossos técnicos e decidimos pela operacionalização", comentou Péricles, lembrando que os fiscais da SMTT nos terminais estarão munidos da informação.

Sobre a linha

A linha 708 - Terminal Rodoviário/Bairro América, sairá do Terminal Centro seguindo para o Terminal da Zona Oeste com seu respectivo quadro de horário e itinerário. O mesmo acontecerá no sentido inverso: Terminal da Zona Oeste sentido Terminal Centro.

Para mais detalhes confira o novo itinerário através do link no Portal da SMTT.

READ MORE - Em Aracaju, Linha de ônibus Bairro América/Centro será estendida

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960