Rio divulga esquema especial de transporte para o Réveillon

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

A prefeitura do Rio divulgou hoje (26) o esquema especial de transporte público para a festa de réveillon em Copacabana, na zona sul da capital fluminense.

A Secretaria Especial de Ordem Pública (Seop) informou que as mudanças operacionais no tráfego têm o objetivo de minimizar os impactos no trânsito nas proximidades do evento e facilitar a circulação de pedestres.

A Avenida Atlântica, em Copacabana, será bloqueada na via mais próxima ao mar a partir das 7h do dia 31 de dezembro, sendo que haverá a inversão do tráfego na pista dos hotéis.

Já às 15h haverá o bloqueio de ambas as pistas da avenida. O fechamento das ruas internas do bairro será às 18h, exceto para o tráfego de ônibus e táxis. Às 22h ocorrerá o fechamento total dos acessos à Copacabana, que ficará voltada à circulação de pedestres.

De acordo com secretário de Transportes, Carlos Roberto Osório, a grande novidade deste ano será a presença de quatro locais de linhas de ônibus para embarque do público, que funcionarão entre as 22h do dia 31 e as 4h do dia 1º de janeiro. Depois disso, os veículos voltarão a trafegar normalmente pelas vias do bairro.

Os passageiros poderão embarcar de volta para casa nos seguintes pontos: Enseada de Botafogo (Avenida das Nações Unidas), Lagoa Rodrigo de Freitas (Corte do Cantagalo), Ipanema (Rua Prudente de Morais) e Rua Real Grandeza (próximo ao Cemitério São João Batista).

“Botafogo será o grande local para voltar para casa, com escoamento de 50% do público. Ano passado, o trânsito só foi liberado às 6 da manhã, porque houve um conflito entre pedestres e veículos. É lógico que vamos ter problemas, pois estamos falando de 2 milhões de pessoas. Nós pedimos mais atenção nos transportes e que os usuários programem a sua chegada. Queremos dar mais conforto ao público de Copacabana”, disse o secretário.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960