No Recife, Protesto surte efeito e CTTU não retira ciclofaixa na Estrada do Arraial

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

O protesto realizado por ciclistas na noite de terça-feira (4) e na madrugada desta quarta-feira (5) contra a retirada da ciclofaixa da Estrada do Arraial, na Tamarineira, Zona Norte do Recife, surtiu o efeito desejado para o grupo. Após o ato de parte dos moradores da localidade, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) informou, na manhã desta quarta-feita (5),  que a ciclofaixa não foi retirada nesta madrugada, como estava previsto.  Não existe uma nova data para que ela seja retirada.

Pelo menos 42 ciclistas participaram da manifestação denominada "Ocupe Arraial". Com a vitória da participantes do protesto, os 350 metros que compõem a ciclofaixa serão mantidos. Durante o ato, técnicos da CTTU passaram pelo local algumas vezes, mas não pararam nem realizaram abordagens. A polícia militar esteve no local, mas não precisou intervir.

A publicitária Tandra Burgos, moradora da área, era uma das participantes do protesto. "Tenho um filho de 15 anos que pretendia ir para o colégio de bicicleta. Já tínhamos feito o percurso juntos, mas agora, sem a faixa para ciclistas, não confio mais", declarou.

Para o participante do protesto, Mauro Neves, a retirada da ciclofaixa seria considerada um retrocesso. "Isso seria simplesmente um absurdo. Ficamos indignados. O retirada da ciclofaixa não vai impedir a circulação de bicicletas na região, pelo contrário, só irá tornar mais perigoso", comentou.

Durante o protesto, os manifestantes ameaçaram pintar uma nova ciclofaixa na Avenida Conselheiro Rosa e Silva, que não tem área exclusiva para ciclistas.

Fonte: JC Online

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960