No Rio de Janeiro, Ônibus e metrô (des)integrados

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Há duas semanas, circula uma nova integração entre ônibus e metrô, do Riocentro à estação de Del Castilho. A linha, 268, é operada pela Viação Redentor, do consórcio Transcarioca, e serve principalmente a moradores de condomínios nas avenidas Embaixador Abelardo Bueno, em Jacarepaguá, e Olof Palme e dos Bandeirantes, no Camorim. Apesar de tanta visibilidade, a Metrô Rio diz desconhecer a novidade.
Entretanto, o passageiro não paga R$ 3,80 — tarifa cobrada pela integração em toda a cidade. O serviço é feito à parte e custa R$ 2,70. Ou seja, os usuários são obrigados a desembolsar R$ 5,50, somando-se os R$ 2,80 do metrô — ou 44,73% a mais.
De fato, o site da concessionária não informa sobre o serviço e tampouco o Diário Oficial. Procurada, a Metrô Rio informou que não foi avisada da conexão. Já a Transcarioca afirmou ter autorização da Secretaria Municipal de Transportes para circular durante período de testes, sem embarque de passageiros.
Mas não é isso o que acontece e nem o que informam os funcionários da Redentor.
— Durante a semana, Os $ônibus saem a cada 15 minutos. Nos fins de semana, o intervalo é de meia hora — explica um rodoviário.
Os veículos também têm a mesma pintura de outros que já realizam esse serviço. Os ônibus são todos refrigerados e trazem no letreiro luminoso informações sobre o itinerário, como paradas em frente à Arena HSBC e ao condomínio Rio 2, até o ponto final, no shopping Nova América



1 comentários:

Marcia disse...

Valeu pela informacao! Eu ja tinha visto este onibus circulando aqui.... Mas no site do METRO nao tem informacao...

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960