Ceturb denuncia rodoviários por reduzir circulação de ônibus na Grande Vitória

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

O terceiro dia da greve dos motoristas e trocadores na Grande Vitória foi de muita confusão, troca de acusações, quebra-quebra, agressões físicas, pontos e terminais superlotados de passageiros e poucos ônibus nas ruas.

No final da tarde desta sexta-feira (26), após ônibus serem incendiados e depredados pela manhã, a Ceturb-GV apresentou denúncia no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES) contra o Sindicato dos Rodoviários por não garantir a circulação de 50% dos ônibus do Sistema Transcol, conforme determinação judicial.

De acordo com a Ceturb, no período da tarde, em virtude da falta de motoristas e cobradores na troca de turno das empresas, a redução da frota ficou mais evidente. Segundo a denúncia, diversos ônibus ficaram "parados nos terminais por falta de operadores".

A diretora Presidente da Ceturb, Denise Cadete Gazzinelli, frisou que pela manhã ocorreram problemas nas garagens das empresas que atendem as linhas da região de Cariacica. Ela lembra que a operação do Transcol é interligada.

"E necessário, em primeiro lugar, partirem os ônibus das linhas alimentadoras para buscarem os usuários para o Terminal. Em seguida, as empresas liberam os ônibus das linhas Troncais para transportarem os usuários entre os terminais", ressaltou Denise Cadete.

Segundo a denúncia, na liberação dos ônibus das linhas alimentadoras não ocorreu problemas, mas, em seguida, na liberação dos ônibus das linhas troncais, houve retardamento por parte do controle feito pelo Sindirodoviários.

Fonte: Gazeta Online

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960