Bilhetagem apresenta falha na integração do transporte urbano em Ribeirão Preto

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Uma falha no sistema de bilhetagem eletrônica do transporte urbano de Ribeirão Preto, que deixa de cobrar a tarifa pela integração para cobrar uma segunda tarifa normal, gera reclamações de passageiros. Em vez de ser cobrado R$ 0,20 a mais pela troca de veículos, passageiros dizem que são cobrados em mais R$ 2,40, valor da passagem simples.
A Transurb, que representa as empresas, confirma o problema, mas em apenas três linhas.
A auxiliar de limpeza Ana Paula Tavares Ferreira diz que, ao passar o cartão na catraca, percebeu que não há a cobrança de apenas R$ 0,20, mas do valor integral. "É descontado mais R$ 2,40, o que é errado. E a Transurb exige cinco dias para ressarcir o valor indevido. É um absurdo. A gente está sendo lesado", diz.
Ela diz que apenas conseguiu o dinheiro ontem, após brigar na Transurb.
A auxiliar de limpeza Luiza Helena dos Santos tem o mesmo problema. Ela diz que já teve prejuízos de R$ 10 em apenas um dia. "Estou com esse problema desde o dia 20 do mês passado e não resolvem. Hoje [Ontem] fui lá e pediram três dias para resolver. Quero os meus direitos."
O assessor especial da Transurb, Marcelo Rosa, confirma que o problema foi constatado nas linhas 118, 128 e 335. "A falha existe em decorrência da implantação do novo sistema de bilhetagem. É algo que vamos resolver até a próxima semana", disse.

Fonte: A Cidade

Share |

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960