Fortaleza: Passageiros esperam até 45 minutos por um ônibus

terça-feira, 8 de junho de 2010


O terminal do Antônio Bezerra apresentou movimentação intensa na manhã desta terça-feira (08). A principal queixa dos usuários naquele terminal é da demora e lotação, principalmente das linhas Conjunto Ceará e Paranjana. Alguns passageiros saíram de casa mais cedo para conseguir chegar a tempo no trabalho, mas não adiantou.

No terminal de Messejana, cenário semelhante: a frota reduzida gerou longas filas. Na Parangaba, o movimento de ônibus é visivelmente menor que o de costume; os usuários afirmam que a demora - que já era esperada para este dia de greve - está sendo agravada porque alguns motoristas estão passando direto pela parada e não estão pegando os passageiros.
Algumas pessoas estão tendo que esperar, em média, entre 30 e 45 minutos. A segurança, no terminal da Parangaba foi reforçada; nove guardas municipais foram recrutados para qualquer eventualidade.
Já no terminal do Papicu, 497 ônibus de 42 linhas vão fazer parte da "operação tartaruga". Diariamente, 285 mil pessoas são transportadas naquele terminal. No local, guardas municipais foram deslocados para garantir a segurança, assim como agentes da Autarquia Municipal de Trânsito que fiscalizam as entradas do terminal para que elas não sejam bloqueadas ao longo do dia.

Fonte: Diário do Nordeste

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960