Curitiba: Estações tubo serão climatizadas

quarta-feira, 3 de junho de 2009


As estações-tubo do Inter 2 ficarão climatizadas após a conclusão das reformas que estão sendo feitas pela Prefeitura de Curitiba. Esta adequação faz parte das melhorias para receber os ônibus articulados Inter 2. Em todas as estações estão sendo colocadas plataformas de concreto em frente de cada parada. As mudanças também permitirão melhor vazão ao embarque e desembarque de passageiros. Por dia, o Inter 2 transporta 77 mil passageiros.Com as mudanças, a circulação natural do ar será favorecida dentro da estação, ficando mais agradável, seja em dias de calor ou de frio. As novas estações serão mais altas e em nível mais elevado do chão, permitindo a troca com o ar ambiente. Equipes trabalham na elevação das estações em pontos como as estações-tubo Agrárias, Praça das Nações e Teffé. Outra melhoria é a ampliação das estações-tubo. As novas estações ficarão em média com 11 metros de largura, contra os atuais sete metros. Com o aumento de mais de 50% na capacidade das estações, foi possível criar uma nova porta de embarque para os ônibus articulados. Também está sendo trocada a parte elétrica das estações, que ficarão mais modernas. O acesso às estações-tubo também será adaptado para pessoas com deficiência. Dentro do projeto de reforma, estão previstas calçadas antiderrapantes, que darão mais segurança aos passageiros.A Prefeitura reformará as estações-tubo Xaxim, Salgado Filho, Jardim das Américas, Colégio Militar, Praça das Nações, Agrárias, Centro Cívico, Assembléia, Tribunal de Justiça, Teffé, Praça das Bandeiras, Detran, Praça das Mercês, Santa Quitéria, Terminal Cabral, Terminal Capão da Imbuia e Terminal Hauer.Ônibus - Dos 70 ônibus que fazem a linha, 40 serão trocados por veículos articulados. Onze deles já foram substituídos. A principal diferença entre os dois tipos de veículo está na capacidade de transporte. Enquanto o ligeirinho padrão leva 110 passageiros, tem 12 metros de comprimento e duas portas de acesso, o articulado tem capacidade para 160 pessoas, três portas e 18 metros de comprimento (seis metros a mais que o ônibus normal). Por enquanto, o embarque e desembarque têm sido feitos apenas por duas portas, até que as estações sejam ampliadas.O ligeirinho Inter 2 é a principal linha direta do sistema de transporte de Curitiba, com uma média de 77.298 passageiros por dia útil. Os ônibus fazem um percurso circular de quase 38 quilômetros em cada viagem, passando por 12 bairros, no sentido horário e anti-horário. A ampliação da capacidade da linha faz parte do Programa de Transporte Urbano, da Prefeitura de Curitiba, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960