Simulador mede impactos em possíveis mudanças no sistema da mobilidade urbana

domingo, 28 de junho de 2015

Quais seriam os benefícios adquiridos se uma parcela da população de uma determinada cidade substituísse, por exemplo, o uso do automóvel pelo transporte público? O Simulador – Software DM Impactos, disponível para consulta on-line, consegue fazer uma estimativa dos ganhos. Por exemplo, se 10% da população de Brasília substituísse o carro pelo ônibus, haveria uma redução na emissão de 5% dos poluentes locais e as pessoas gastariam somente 1% a mais de tempo.

Desenvolvido pela ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos), em parceria com a WWF Brasil, o simulador tem como principal objetivo sensibilizar as pessoas e os gestores públicos quanto às variações que podem ocorrer na mobilidade de uma cidade quando se altera a quantidade de viagens em benefício de algum meio de transporte em detrimento de outro. 

De acordo com a associação, a intenção básica é contribuir para as discussões sobre como transformar a mobilidade urbana para que as cidades sejam mais ambientalmente saudáveis e sustentáveis. 

Por meio do simulador, é possível obter porcentagens sobre o tempo gasto nos deslocamentos, o consumo do espaço viário, de energia, emissão de poluentes locais e do gás carbônico. Ele considera cinco modos usados no ambiente urbano: a pé, bicicleta, ônibus, motocicleta e automóvel. 

Segundo a ANTP, os valores foram estimados por processos estatísticos, para sensibilização a respeito da ordem de grandeza dos impactos. A associação alerta que os resultados não devem ser usados para definir ações ou projetos. 

Para ter acesso ao simulador, clique aqui

Thays Puzzi
READ MORE - Simulador mede impactos em possíveis mudanças no sistema da mobilidade urbana

Deficientes visuais reclamam da falta de sinal sonoro no metrô de Fortaleza

Usuários que precisam utilizar a linha sul do Metrô, que faz o trajeto Fortaleza a Pacatuba, reclamam dos problemas sonoros que o equipamento vem apresentando. De acordo com relatos dos passageiros, os vagões não estão mais anunciando as chegadas e partidas nas estações, o que dificulta a vida dos deficientes visuais que utilizam o equipamento.

Em nota, o Metrofor diz que as falhas no sistema sonoro dos trens em operação na linha Sul do Metrô já foram identificadas e registradas. A empresa Ansaldobreda, responsável pelo serviço, foi notificada desde novembro de 2014, mas ainda não solucionou o problema. Diariamente, 16 mil pessoas utilizam a linha Sul do metrô.

Informações: Tribuna do Ceará

READ MORE - Deficientes visuais reclamam da falta de sinal sonoro no metrô de Fortaleza

GDF entrega novo terminal de ônibus no Riacho Fundo II

O governo do Distrito Federal entregou um novo terminal de ônibus no Riacho Fundo II neste sábado (27). Ele fica na QS 18, Área Especial, e deve atender cerca de 40 mil pessoas todos os dias das 5h20 às 0h40.
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília
O terminal tem dez pontos de embarque e desembarque, 40 vagas para ônibus, 20 vagas para bicicletas, lanchonetes e banheiros. Os funcionários das empresas que atuam na região terão uma sala separada para comer e descansar.

O governador do DF, Rodrigo Rollemberg, participou da cerimônia junto a secretários e representantes do GDF. Segundo a Secretaria de Mobilidade, mais oito terminais devem ser inaugurados até o final do ano em Sobradinho II, Ceilândia, Gama Leste, Samambaia Sul e Norte e Recanto das Emas I e II.

Os projetos são financiados com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento. Outras nove plataformas passam por reformas e devem ficar prontas em 2016. Elas ficam no Guará I e II, Núcleo Bandeirante, Ceilândia (P Sul), Paranoá, Taguatinga (M Norte), Taguatinga Sul, Planaltina e no Cruzeiro Novo.

Informações: G1 DF

READ MORE - GDF entrega novo terminal de ônibus no Riacho Fundo II

Tarifa da integração metrô-ônibus de Canoas sofre reajuste nesta segunda

A partir de segunda-feira a integração entre metrô e ônibus para os moradores de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, fica mais cara. O valor da integração entre o metrô e os coletivos de Canoas, operados por Vicasa (integração realizada com os cartões SIM, TRI ou TEU) e Sogal (somente com cartão TEU), passa de R$ 3,80 para R$ 4,20.

O desconto na tarifa, segundo a Trensurb, é de 9,7% com o uso dos cartões de bilhetagem eletrônica. A tarifa total sem o benefício custa R$ 4,65 (R$ 1,70 do metrô + R$ 2,95 do ônibus). O reajuste faz parte da revisão do desconto de integração por parte da Metroplan (Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional).

A integração ônibus-metrô-ônibus entre os municípios de Porto Alegre e Canoas também fica mais cara, custando R$ 7,12 com cartão. O desconto em relação à soma do total das tarifas (R$ 7,90) é de 9,9%. A integração tripla é feita com a utilização dos cartões SIM ou TRI, aceitos no metrô, nos ônibus integrados da Vicasa em Canoas e nos coletivos da Capital.

Informações: Plantão RS


READ MORE - Tarifa da integração metrô-ônibus de Canoas sofre reajuste nesta segunda

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960