Em São Paulo, Lei proíbe o uso de aparelhos sonoros dentro dos ônibus, trens e do Metrô

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

No segundo dia útil de vigência da lei que proíbe o uso de aparelhos sonoros dentro dos ônibus, trens e do Metrô, os passageiros procuravam nesta quinta utilizar fones de ouvido como determina a nova legislação.

O DIÁRIO visitou os terminais de ônibus e do Metrô no Butantã, na Zona Oeste, e não encontrou ninguém infringindo a lei, que prevê até a utilização de força policial para garantir o sossego de quem viaja no transporte público.

A estudante Nathalia Moreira, de 18 anos, era uma das que comemorava a nova regra. “Sempre usei o fone e acho um absurdo as pessoas que impõem a música de baixa qualidade para todo mundo”, disse.

A mesma opinião tem o professor de alemão José Carlos Moreira, 52. “Tem gente que só tem o momento da viagem para dar uma descansada e fica o vizinho do lado com a música no máximo volume. Isso é um desrespeito”, afirmou.

Mari Célia Santos, 41, disse que tudo é uma questão de educação e não deveria existir uma lei específica para isso. “Cada um deve saber o seu limite”, avalia.
Mas de acordo com a estudante Tatiana Euzébio, 18, nem todo mundo sabe que o seu direito termina quando começa o do próximo. “Sempre usei o fone para não ter de ouvir a música do vizinho”, afirmou.

A nova lei não especifica a quem caberá a fiscalização. Apenas indica que o Executivo a regulamentará  no prazo de 90 dias. Segundo a SPTrans, em 2013 ocorreram 308 reclamações referentes à utilização de aparelhos sonoros nos ônibus.

Metrô faz campanha de conscientização há um ano

Um ano depois de adotar a Campanha da Cidadania, com orientação para o uso de fones de ouvido para música em celulares, o Metrô não tem um balanço para saber se a medida deu resultados. Tanto a CPTM quanto o Metrô informaram ter agentes de segurança que circulam nos trens e nas plataformas  orientados a abordar os usuários que descumprirem as normas.

As empresas também emitem avisos por meio do sistema de som nas estações e nas composições.  Sobre a nova lei municipal, sancionada pelo prefeito Fernando Haddad (PT), o Metrô emitiu nota dizendo que vai aguardar a regulamentação da mesma. “No momento, são realizadas campanhas de conscientização para que os usuários utilizem fone de ouvido e respeitem o bom convívio com os demais passageiros”, afirmou a companhia.

Informações: Rede Bom Dia

Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP
READ MORE - Em São Paulo, Lei proíbe o uso de aparelhos sonoros dentro dos ônibus, trens e do Metrô

Trens da Supervia funcionarão 24 horas no Réveillon do Rio

A Supervia vai funcionar 24 horas nesta terça-feira (31) para atender à demanda de passageiros no réveillon do Rio. Os trens ficarão disponíveis durante toda a madrugada do dia 1º de janeiro. A medida faz parte da operação especial da concessionária para as comemorações de ano novo.

Trens extras vão circular a partir da estação Central do Brasil para os ramais de Saracuruna, Japeri e Santa Cruz. Todas as demais estações, exceto a de Madureira, funcionarão apenas para desembarque. As viagens de volta acontecerão entre 3h e 7h da manhã. A integração entre trens e metrô será feita apenas na estação Central, para a ida.

Entre 19h do dia 31 de dezembro às 5h do dia 1º de janeiro, só será pemitirdo embarque no metrô com os cartões especiais, na faixa de horário condizente com o bilhete. Não haverá necessidade de transferência de linhas, já que o metrô fará o percurso da estação Pavuna, no Subúrbio, à General Osório, em Ipanema, na Zona Sul, diretamente.

Durante a Operação Especial de Réveillon do metrô, não serão aceitos os cartões Vale Transporte Eletrônico, Unitário, Pré-Pago e de Integração, que só voltarão a valer a partir das 7h do dia 1 de janeiro de 2014.

Um terço de bilhetes vendidos
Mais da metade dos bilhetes especiais do metrô para o Réveiilon no Rio foram vendidos até as 17h de sexta-feira (27), de acordo com o Metrô Rio. Ao todo, 72.262 cartões foram comprados, sendo que 55.362 de ida e volta. A concessionária colocou à venda 143 mil bilhetes ao todo. As vendas acontecem nas estações da Pavuna, Central, Carioca e Largo do Machado.

O horário de funcionamento das bilheterias é das 9h às 21h, exceto a da estação Pavuna que funciona das 10h às 21h. Dos 143 mil cartões colocados à venda, 104 mil são de ida e volta, 26 mil apenas para ida e 13 mil  só para volta. Para a viagem de ida, os usuários terão a sua escolha cinco faixas de horário e deverão comprar o cartão correspondente à que deseja viajar. A volta acontecerá, sem marcação de horário, entre 0h e 5h.

O cartão de ida e volta é vendido por R$ 6,40. Já o cartão de ida ou de volta custa R$ 3,20, o mesmo valor da tarifa do MetrôRio. Cada cliente tem o limite de compra de até 10 cartões. A concessionária recomenda que a compra seja feita o quanto antes, para que o usuário possa planejar melhor o embarque no horário preferido e evitar filas na ultima semana de venda.

Retirada de Gratuidades
Dez mil bilhetes especiais de gratuidade estarão à disposição das pessoas com deficiência e maiores de 65 anos. Serão 5 mil para a ida (mil por faixa de horário) e 5 mil para as viagens de volta. Para retirar, o usuário deverá comparecer à bilheteria especial e comprovar que faz jus ao direito.

Serviço:
Venda antecipada de cartões especiais para o Réveillon

Estações com venda até 24 de dezembro: Os bilhetes podem ser adquiridos nas estações Pavuna, Nova América/Del Castilho, Saens Peña, Central, Carioca, Largo do Machado e Siqueira Campos.

Estações com venda a partir de 25 de dezembro: De 25 a 31/12, os usuários devem fazer a compra nas estações Pavuna, Central, Carioca e Largo do Machado.

Preço: R$ 6,40 (ida e volta); R$ 3,20 (ida ou volta): os bilhetes de gratuidade devem ser obtidos também nos pontos de venda, mediante comprovação.

Horários de embarque no Réveillon
19h às 20h - Azul
20h às 21h - Laranja
21h às 22h - Verde
22h às 23h - Vermelho
23h à 0h - Amarelo
0h às 5h - Cinza

Informações: G1 Rio de Janeiro

READ MORE - Trens da Supervia funcionarão 24 horas no Réveillon do Rio

No Recife, Expresso Réveillon e corredor exclusivo facilitarão deslocamento do público para a festa em Boa Viagem

Aqueles que vão passar a virada do ano na orla de Boa Viagem, no próximo dia 31 de dezembro, terão um aliado na mobilidade. Trata-se do Expresso Réveillon, lançado na tarde desta quinta-feira (26), na sede da Prefeitura do Recife. Idealizado e organizado pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), em parceria com a Empresa Borborema e os shoppings Rio Mar e Recife, o Expresso Réveillon é uma iniciativa inédita na cidade e funcionará nos moldes do Expresso Folia, sucesso há 12 anos no Carnaval, e do Expresso Torcida, também criado pela atual gestão e usado na Copa das Confederações.

Os 12 ônibus, que sairão dos shoppings RioMar e Recife, na Zona Sul do Recife, e levarão os usuários até a Avenida Conselheiro Aguiar com conforto e praticidade. Os veículos vão trafegar por um corredor exclusivo de 3,5 Km, que fica na Avenida Conselheiro Aguiar e vai da Rua Bruno Veloso até a Avenida Herculano Bandeira, no Pina. Táxis que estiverem transportando passageiros também poderão utilizar o corredor.


A passagem do Expresso Réveillon custará R$ 6 e vai dar direito à viagem de ida e volta. Os usuários receberão uma pulseira de identificação e, apresentando esta na cabine de pagamento do estacionamento dos shoppings, só será cobrada a tarifa simples de cada estabelecimento para todo o período de utilização. As três paradas dos coletivos serão na altura dos números 3553 (Loja Americana Express), 3217 (Galeria Porta do Sol) e 85 (Bar Socaldinho) da Avenida Conselheiro Aguiar.

A presidente da CTTU, Taciana Ferreira, se mostrou otimista com a iniciativa, que vai ajudar bastante na mobilidade daqueles que quiserem ir para a orla na festa do dia 31. “Os ônibus serão mais uma opção para as pessoas irem ao evento e, assim, poderão reduzir o engarrafamento. A implantação dos pontos de táxis provisórios também vai auxiliar o deslocamento por toda a Zona Sul”, afirmou.

O período de operação dos ônibus será entre 20h e 5h. Os intervalos entre uma viagem e outra variam entre 10 e 15 minutos, de acordo com a demanda de usuários.

Itinerário do Expresso Réveillon – RioMar Shopping

Ida - RioMar Shopping, Avenida República do Líbano, Rua Manoel de Brito, Avenida República Árabe Unida, Rua São Luiz, Avenida Herculano Bandeira, Avenida Engenheiro Domingos Ferreira (Pista Leste).

Volta - Rua Dhália, Avenida Conselheiro Aguiar, Avenida Engenheiro Antônio de Góes (Pista Sul), Rua Manoel de Brito, Túnel do Pina, Avenida República Árabe Unida, Viaduto do RioMar Shopping.

Itinerário do Expresso Réveillon – Shopping Recife

Ida – Pátio do Shopping Center Recife, Rua Tenente Domingos de Brito, Rua Ernesto de Paula Santos, Avenida Conselheiro Aguiar.

Volta – Avenida Herculano Bandeira, Avenida Engenheiro Domingos Ferreira, Avenida Ribeiro de Brito, Rua Visconde de Jequitinhonha, Pátio do Shopping Center Recife.

TÁXIS – Para facilitar a saída dos que irão curtir a festa na orla, a CTTU implantou quatro pontos de táxis provisórios no bairro de Boa Viagem. Eles estarão localizados na Praça Cidade do Porto (entre as avenidas Conselheiro Aguiar e Engenheiro Domingos Ferreira), em frente ao Clinical Center (na Avenida Domingos Ferreira) e na Avenida Boa Viagem (um nas imediações da Rua Tomé Gibson e outro na altura da Rua Padre Bernardino Pessoa), além dos shopping Recife e RioMar. Em média, serão 420 vagas de táxis em todos os pontos.

Além disso, o Convênio Táxi Metropolitano foi assinado para elevar em quase 50% a frota de táxis que irá operar no dia 31. Os veículos de Olinda, Paulista, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço estão autorizados a circular no Recife a partir das 6h do dia 24 de dezembro até às 23h59 do dia 1º de janeiro. A frota atual conta com 6.125 táxis e, durante esse período, vai chegar a 9 mil.

INTERDIÇÃO- A Avenida Boa Viagem será bloqueada a partir das 6h do dia 31 de dezembro até o meio-dia do dia 1º de janeiro no trecho entre a Ribeiro de Brito até a Padre Bernardino Pessoa (na altura da Padaria Boa Viagem) e na Rua Tomé Gibson até a Herculano Bandeira, no Pina.

Informações: Prefeitura do Recife
READ MORE - No Recife, Expresso Réveillon e corredor exclusivo facilitarão deslocamento do público para a festa em Boa Viagem

Monotrilho fica avariado após colisão durante teste em São Paulo

Um trem da Linha 15-Prata chocou-se com um molde de madeira usado para acabamentos nas obras e ficou avariado durante testes realizados neste sexta-feira (27). O acidente aconteceu quando a composição deixava o Pátio Oratório, na Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello. A Linha 15 ligará o Ipiranga ao Hospital Cidade Tiradentes, na Zona Leste de São Paulo.
Metrô realizou testes nesta sexta no trecho localizado na Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Melo (Foto: Cristiano Novais/CPN/Estadão Conteúdo)
Segundo a assessoria de imprensa do Metrô, trata-se do primeiro trem do monotrilho.  "A composição raspou em um molde de madeira afixado para acabamento das obras civis, causando pequeno dano na primeira saia de proteção do primeiro carro do trem". A empresa afirmou ainda que trata-se de "avaria mínima" em um módulo substituível, e o problema será "prontamente reparado".

O teste realizado nesta sexta teve limitação da velocidade em 3 a 4 km/h. Os testes dinâmicos do trem serão constantes a partir do início de janeiro, segundo o Metrô.

A Linha 15-Prata do Metrô, quando concluída, terá 18 estações e 26,6 km de extensão. O primeiro trecho, entre as estações Vila Prudente e Oratório, deverá ser colocado em operação no início de 2014.

Informações: G1 SP

Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP
READ MORE - Monotrilho fica avariado após colisão durante teste em São Paulo

Fortaleza terá 131 km de corredores exclusivos de ônibus

Fortaleza terá, até 2016, 131,5 quilômetros de corredores expressos para transporte público, incluindo as vias já em obras e os novos corredores que terão investimento do Programa de Aceleração do Crescimento 2, o PAC 2 (ver quadro). Hoje, de acordo com o secretário municipal da Infraestrutura, Samuel Dias, a Capital não possui nenhum quilômetro de corredor exclusivo para circulação de ônibus.

Samuel explica que os corredores existentes hoje na avenida Bezerra de Menezes (integrante do futuro BRT Antônio Bezerra/Papicu) são prioritários para o transporte público e não exclusivos. No local, ocorreu apenas o melhoramento viário com adequação na pavimentação, ciclovias e canteiro central. “Ainda falta a implantação das parada de ônibus no canteiro central e demarcação da faixa exclusiva. Até julho do próximo ano nós queremos que a (avenida) Bezerra de Menezes funcione como BRT”.


De acordo com Samuel - além do melhoramento viário e da sinalização -, um BRT (Bus Rapid Transit) é caracterizado por paradas especiais, instaladas no canteiro central das avenidas e que funcionam como estações. O usuário já deve pagar a tarifa antes de acessar o ônibus. Os coletivos, por sua vez, serão do mesmo nível de altura das paradas. “Assim, o embarque e desembarque é mais rápido, diminuindo o tempo das viagens”, explica. A frota também deve ser equipada com ar-condicionado e as linhas articuladas para ter mais capilaridade nos horários de pico.

Transporte público

Entre as novas vias que serão beneficiadas com implantação do BRT estão as avenidas Presidente Castelo Branco, Raul Barbosa, Vital Brasil, Aguanambi e Perimetral Para Gustavo Costa, arquiteto e urbanista, o atraso para a implementação do projeto é um dos grandes entraves no tráfego da Capital. “Uma das vantagens é facilitar o escoamento do tráfego. Esses corredores vão aliviar, pois facilitam o escoamento. Mas é uma solução de curto prazo. Nós precisamos é incentivar outros modais de transporte. O mais sensato é ter investimento nas formas alternativas. Isso implica melhorias na qualidade do transporte público”, explica.

O engenheiro de transporte Caio Henrique Leandro acredita que o BRT tem muito a contribuir no ganho de velocidade e tempo dos usuários. Mas, além da adequação das vias, é necessário ter um modelo de gestão adequado para o sistema. “Todos nós sabemos que simplesmente alargar as ruas e avenidas não resolve o problema da cidade. Temos que investir em transporte público. O BRT é uma opção interessante, mas não basta colocar o espaço físico para o ônibus andar. Esse transporte público tem que ter confiabilidade nos horários, limpeza e segurança. São condições para deixá-lo mais interessante que os outros modais”, afirma Caio.

Para 2014, explica o secretário Samuel Dias, a meta é ter pelo menos 30 quilômetros de BRT funcionando. Será o BRT Antônio Bezerra/Papicu e o chamado BRT da Copa. Os outros 96 quilômetros de corredores expressos para ônibus devem ficar prontos até 2016, sinalizou o gestor.

“Em 2014 já devemos ter os primeiros corredores funcionando. É o início da experiência, uma fase de transição. É necessário planejar o funcionamento das linhas de ônibus. Até o fim do próximo ano, vamos colher os primeiros frutos. Esses corredores são os primeiros e passam em zonas importantes da cidade”, pontua Samuel Dias.

Por Isabel Costa
Informações: O Povo Online
READ MORE - Fortaleza terá 131 km de corredores exclusivos de ônibus

Em Manaus, Terminal de Ônibus T5 será reinaugurado nesta segunda (30)

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), vai reinaugurar na próxima segunda-feira (30), às 17h, o Terminal de passageiro T5, localizado na avenida Autaz Mirim, no bairro São José l, na Zona Leste da capital.

A obra contemplou a reforma geral das quatro plataformas de passageiros do T5 com uma nova iluminação de vapor metálico, dando mais claridade e segurança aos usuários do transporte público, recapeamento total das vias internas e pintura geral de todo o espaço físico.

Além disso, foi realizada a reestruturação do mezanino, incluindo as salas internas ocupadas pela Farmácia Popular e Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), e mais reformas dos banheiros públicos. Para o prefeito Arthur Virgilio Neto, essa ação dará mais qualidade ao transporte coletivo.

Bus Rapid Service

Nesta segunda (30), às 15h, em frente Arena Vivaldo Lima, a prefeitura também entrega 13 plataformas do sistema Bus Rapid Service (BRS) do Eixo Norte-Sul, que compreende as avenidas Constantino Nery e Torquato Tapajós. As obras consistiram em reforma e reparos das antigas paradas do extinto sistema Expresso.

Informações: A Critíca

READ MORE - Em Manaus, Terminal de Ônibus T5 será reinaugurado nesta segunda (30)

Corredor de ônibus da cidade de Mauá beneficiará 160 mil passageiros

Começou a funcionar na manhã desta quinta-feira (26) o corredor metropolitano de ônibus da cidade de Mauá. 

O anúncio da implantação do serviço foi feito neste mês e segue a tendência para tentar melhorias no trânsito e nos transporte efetuados em São Paulo e em Santo André.

Na capital paulista, os sistema foi implementado no segundo semestre e tem gerado algumas discussões, já que os corredores ocupam faixas de importantes avenidas, o que aumentou o congestionamento de carros nas regiões.

No mês de dezembro também começou a funcionar o corredor na cidade de Santo André, nas proximidades do centro comercial. Mais dois corredores deverão ser instalados nos primeiros meses de 2104, em bairros movimentados do município.  

Em Mauá, como já foi noticiado no BOM DIA,  a faixa exclusiva de ônibus foi implementada na avenida Barão de Mauá e contemplará, segundo informa a administração municipal, aproximadamente 160 mil passageiros por dia. As empresas que farão uso do espaço são a Viação Cidade de Mauá e a Leblon Transportes.

O trecho, com cerca de 5 quilômetros, interliga os terminais de ônibus do Centro e do Jardim Itapeva, os mais movimentados do município.

Processo inicial deve conscientizar motoristas
Nesta primeira etapa da implantação do serviço, os motoristas que avançarem a faixa de ônibus não serão multados. A iniciativa prevê, inicialmente, uma conscientização dos condutores de veículos particulares. Após o período de adaptação, quem transgredir a lei de trânsito receberá uma multa de categoria leve, com 3 pontos na carteira.

53,20 reais é o valor da multa para quem avançar a faixa de ônibus.

Empresas mantêm operação na cidade
As empresas de transportes que irão usufruir do corredor de ônibus, Leblon e  Viação Cidade de Mauá, estiveram em litígio  com a prefeitura e conseguiram na justiça manter as operações na cidade.

Informações: Rede Bom Dia


Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP
READ MORE - Corredor de ônibus da cidade de Mauá beneficiará 160 mil passageiros

Furtos e roubos disparam no metrô de São Paulo. Saiba como se proteger

Os roubos — quando há ameaça à vítima — dentro do metrô de São Paulo cresceram 71% em novembro, em comparação com o mesmo mês de 2012, segundo dados da SSP (Secretaria da Segurança Pública), divulgados na terça-feira (24). Os furtos também subiram. Entre janeiro e novembro deste ano, em relação ao ano passado, a alta foi de 58%.
André de Oliveira/Fotoarena/Estadão

O R7 ouviu o especialista em segurança Marcy Campos Verde, que afirma ser possível minimizar a chance de ser alvo dos bandidos dentro do metrô.

— O criminoso vai olhar, em um primeiro momento, quem tem alguma coisa que valha a pena, qual retorno ele vai ter. Em um segundo momento, ele vai ver quem está mais fácil, distraído.

Veja outras orientações do especialista:

Procurar não chamar a atenção. Segundo Verde, evitar mostrar smartphones ou um relógio caro, por exemplo, pode diminuir a chance de ser escolhido por um assaltante.

Estar onde houver mais pessoas. Vagões com poucas pessoas ou sem ninguém podem facilitar a ação de criminosos, inclusive armados. A dica é permanecer onde tiver mais gente.

Pertences próximos ao corpo. Bolsas, mochilas e carteiras devem estar sempre em frente ao corpo.

Atenção com soneca e música. Quem gosta de dormir durante a viagem pode ser furtado, mesmo com a mochila na frente, de acordo com o especialista. Em muitos casos, o passageiro não percebe que alguém está abrindo o zíper da bolsa.  Ele ainda alerta que nem sempre os outros veem esses crimes acontecerem.

Cuidado com a carteira. Nas bilheterias ou locais de recarga de bilhete, o usuário deve sempre levar o dinheiro que vai usar separado. De acordo com Verde, mostrar o que há dentro da carteira em uma fila costuma ser um chamariz para algum bandido que esteja de olho.

Outro lado

Procurada, a assessoria de imprensa do Metrô enviou na tarde desta quarta-feira (25) uma nota em que ressalta o reconhecimento internacional do transporte paulistano e afirma que o índice de crimes é de uma ocorrência por milhão de passageiros transportados mensalmente. A taxa, segundo a companhia, está dentro dos padrões mundiais. 

Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP

Leia a nota na íntegra:

"O Metrô de São Paulo é reconhecido internacionalmente como um dos melhores do mundo. Recebeu em 2012 o prêmio de Melhor Metrô das Américas, concedido durante o The Metros Awards, a principal premiação do setor metroviário internacional, pelo alto índice de confiabilidade, segurança e regularidade. A Companhia informa que o indicador de ocorrências que incluem furtos vem se mantendo estável no sistema desde 2011. O Metrô registra 1 ocorrência por grupo de 1 milhão de passageiros transportados. Esse índice está abaixo dos padrões internacionais estipulado para metrôs, que é de 1,5 ocorrência/milhão.

Para manter o nível de segurança, a rede metroviária conta com 3.077 câmeras ao longo de suas 5 linhas em todas as 64 estações. Todas são integradas aos Centros de Controle de Segurança, e estão em plataformas, áreas de acesso e circulação das estações, e trens. Cada composição conta em média com 24 câmeras. Os Centros de Controle de Segurança mantém contato ponto a ponto com a Copom (Central de Operações da Polícia Militar). As 64 estações têm rondas permanentes feitas por 1.264 agentes de segurança que trabalham uniformizados e também descaracterizados (sem uniforme).

O Metrô também disponibiliza o serviço SMS-Denúncia, pelo telefone 9 7333-2252, incentivando os passageiros a denunciarem qualquer tipo de irregularidade nos trens e estações. Além disso, a Companhia investe em campanhas de alerta aos usuários, por meio de cartazes e avisos sonoros constantes em trens e estações, recomendando cuidados especiais com bolsas, mochilas e objetos de valor".

Informações: R7.com
READ MORE - Furtos e roubos disparam no metrô de São Paulo. Saiba como se proteger

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960