Monotrilho fica avariado após colisão durante teste em São Paulo

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Um trem da Linha 15-Prata chocou-se com um molde de madeira usado para acabamentos nas obras e ficou avariado durante testes realizados neste sexta-feira (27). O acidente aconteceu quando a composição deixava o Pátio Oratório, na Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello. A Linha 15 ligará o Ipiranga ao Hospital Cidade Tiradentes, na Zona Leste de São Paulo.
Metrô realizou testes nesta sexta no trecho localizado na Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Melo (Foto: Cristiano Novais/CPN/Estadão Conteúdo)
Segundo a assessoria de imprensa do Metrô, trata-se do primeiro trem do monotrilho.  "A composição raspou em um molde de madeira afixado para acabamento das obras civis, causando pequeno dano na primeira saia de proteção do primeiro carro do trem". A empresa afirmou ainda que trata-se de "avaria mínima" em um módulo substituível, e o problema será "prontamente reparado".

O teste realizado nesta sexta teve limitação da velocidade em 3 a 4 km/h. Os testes dinâmicos do trem serão constantes a partir do início de janeiro, segundo o Metrô.

A Linha 15-Prata do Metrô, quando concluída, terá 18 estações e 26,6 km de extensão. O primeiro trecho, entre as estações Vila Prudente e Oratório, deverá ser colocado em operação no início de 2014.

Informações: G1 SP

Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960