Linha 17-Ouro do Metrô SP passará pela Imigrantes

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

A extensão da Linha 17-Ouro (São Paulo Morumbi-Jabaquara) para Diadema vai margear a Rodovia dos Imigrantes, passar pela Avenida Conceição, na Vila Élida, e encerrar no Terminal Diadema, no Centro. Com 5,6 quilômetros, o trajeto que terá como modal o monotrilho vai demandar R$ 1,4 bilhão de investimento.

A definição da ligação de Diadema com a rede metroviária e os valores envolvidos foram discutidos ontem à tarde em reunião do prefeito Lauro Michels (PV), da deputada estadual Regina Gonçalves (PV) e do titular de Transportes de Diadema, José Carlos Gonçalves (PR), com o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, e o presidente do Metrô, Luiz Antonio Pacheco.


Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP

Das seis paradas acertadas ontem, duas ficarão em Diadema, uma na Vila Élida e a do Terminal Diadema. Uma estação será construída ao lado do Centro de Exposição Imigrantes. Os bairros paulistanos Vila Encontro, Vila Fachini e Vila Clara receberão os demais pontos.

A Linha 17-Ouro terá início no bairro do Morumbi, passando em frente ao Estádio do São Paulo e desembocará na Estação Jabaquara, com integração na Linha 1-Azul. O trajeto também oferecerá interligação com o Aeroporto de Congonhas. Serão 18 estações, com custo estimado em R$ 3,2 bilhões (recursos do governo do Estado, da prefeitura de São Paulo e empréstimo da União) e previsão de entrega em 2016.

A interligação de Diadema com a rede de Metrô foi garantida pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) em outubro, em visita oficial ao Grande ABC.

Outros dois percursos estavam em análise na Secretaria de Estado de Transportes Metropolitanos e do Metrô. Um era aproveitando o modal de trólebus do Corredor Diadema-Brooklin, mas a hipótese foi rechaçada para não sobrepor o sistema já existente. A outra era atravessando o bairro Jabaquara, perto do Jardim Zoológico, passando pelo Jardim Campanário, porém, a alternativa foi descartada pelo alto impacto urbano e pelo alto valor em desapropriações.

“O trajeto pela Rodovia dos Imigrantes tem baixo impacto ambiental, pouca necessidade de desapropriações e se encaixa na linha política do PV de preservação do meio ambiente”, declarou Regina.

Secretário de Transportes de Diadema, José Carlos adiantou que, assim que houver publicação oficial do percurso da Linha 17-Ouro em Diadema, haverá remodelação do sistema de ônibus na cidade. “Vamos abastecer os terminais do monotrilho que ficarem em Diadema. Deixaremos as empresas (Mobibrasil e Benfica) avisadas sobre a possibilidade de adequação das linhas municipais de transporte coletivo.”

Informações: Diário do Grande ABC
READ MORE - Linha 17-Ouro do Metrô SP passará pela Imigrantes

Trem-bala Barcelona-Paris começa a operar dia 15

A linha de trem-bala entre Barcelona e Paris será inaugurada em 15 de dezembro, anunciaram hoje em Madri o presidente da França, François Hollande, e o primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy.
Reunidos na capital espanhola, os dois líderes qualificaram a nova linha como um sinal de aproximação entre as duas nações.

A viagem entre Barcelona e Paris vai levar apenas seis horas. Isso irá eliminar problemas que viajantes atualmente enfrentam na mudança de trens, além de ser uma alternativa para o percurso que hoje dura pelo menos 11 horas.

Rajoy e Hollande fizeram um discurso nesta quarta-feira lembrando questões europeias, como a união bancária e o alto índice de desemprego entre os jovens.

O presidente francês disse que há urgência para que o Branco Central Europeu (BCE) encontre maneiras de facilitar o microcrédito, ao qual pequenas e médias empresas dos dois países hoje enfrentam dificuldade de acesso. Fonte: Associated Press.

READ MORE - Trem-bala Barcelona-Paris começa a operar dia 15

Metrô Rio levará usuários de ônibus à festa da Árvore de Natal da Lagoa

No próximo sábado (30), para a festa de inauguração da Árvore de Natal da Lagoa, na Zona Sul do Rio, o Metrô Rio vai montar um esquema especial de transporte. Serão colocados ônibus do Metrô de Superfície, que sairão da estação Siqueira Campos, em Copacabana, para a Lagoa, das 18h às 23h. No domingo (1º), esses ônibus vão circular das 18h às 22h. A inauguração acontece às 20h do dia 30.

Após o fim de semana, quem quiser visitar a Árvore da Lagoa poderá pegar o metrô até a estação Cantagalo, e caminhar cerca de 15 minutos pela Rua Miguel Lemos, em Copacabana, na Zona Sul pelo Corte do Cantagalo.
O esquema especial de transporte do metrô vai voltar a funcionar no último fim de semana da Árvore, nos dias 4 e 5 de janeiro, repetindo os horários da inauguração. Mas desta vez os ônibus vão partir da estação General Osório, em Ipanema, na Zona Sul, que já estará aberta ao público, segundo o Metrô Rio.

A tarifa do Metrô de Superfície será de R$ 3,20, incluindo a viagem nos trens das linhas 1 e 2 do metrô. Ao comprar a passagem na bilheteria das estações, o usuário deve informar que utilizará o serviço dos ônibus especiais para receber o cartão eletrônico que dá direito ao embarque no transporte.

O  pagamento também poderá ser feito diretamente nos ônibus com dinheiro, cartão pré-pago do metrô ou vale transporte eletrônico.

READ MORE - Metrô Rio levará usuários de ônibus à festa da Árvore de Natal da Lagoa

Governo de Pernambuco assina contrato com empresas que vão operar BRTs e licita restante da frota

O Governador Eduardo Campos e o secretário das Cidades, Danilo Cabral, assinaram quarta-feira (27/11) o contrato com as Empresas que vão operar as linhas de ônibus que circulam nos corredores Norte/Sul e Leste/Oeste e suas alimentadoras. Na ocasião, também foi autorizada a publicação da licitação para operação das demais linhas que compõem o Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana (STPP/RMR). O evento foi realizado no salão de eventos do Centro de Convenções de Pernambuco, onde funciona a sede provisória do Palácio do Governo.

Para o secretário Danilo Cabral, a licitação das linhas do STPP/RMR é um marco porque estabelece normas claras de operação, investimento e fiscalização, tanto para as empresas concessionárias como para o órgão gestor. “Com esse contrato formal, as operadoras terão que cumprir indicadores de qualidade estabelecidos no próprio edital, o que vai garantir melhorias para os usuários do transporte público”, ressaltou o secretário.

O contrato com as empresas operadoras ganhadoras do processo licitatório dos lotes 1 e 2 (Corredores Norte/Sul e Leste/Oeste + suas alimentadoras) representa R$ 4,5 bilhões. Os dois corredores compreendem uma frota de 712 veículos, dos quais 170 são do modelo de BRT (Bus Rapid Transit), 39 são articulados e 503 são convencionais. Juntos, eles são responsáveis por 111 linhas de ônibus e pelo transporte de cerca de 732 mil passageiros.

O Governador de Pernambuco, Eduardo Campos, comemorou o momento. “Estamos trabalhando para garantir um serviço de qualidade que não exclua quem utiliza o Sistema de Transporte. Estamos pensando também na situação dos motoristas e cobradores, por meio da compra de veículos com cambio automático e ar-condicionado, o que não representa um luxo, mas sim uma questão de necessidade”, afirmou.

Segundo o Prefeito do Recife, Geraldo Júlio, o governo municipal vem trabalhando em diversas frentes para ajudar na mobilidade urbana do Recife. “Progressivamente o Recife tem sentido as mudanças que estamos implantando. Pesquisadores, arquitetos e agentes de trânsito foram contratados para atuar na Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU).  Calçadas e ruas estão sendo restauradas. Além disso, 450 placas de concreto estão sendo substituídos somente na Av. Mascarenhas de Moraes. Estamos trabalhando para que essas ações integradas as ações desenvolvidas pelo Governo do Estado possam somar ainda mais para a qualidade de vida dos Recifenses”, comentou o gestor.

Nova licitação - Já os demais lotes, (3,4,5,6,e 7) – representam um custo de R$ 10,5 bilhões. Estes somam 269 linhas – o equivalente a 70% da frota total do Sistema. Juntos, os cinco lotes atendem aos corredores da Av. José Rufino, Abdias de Carvalho, Mascarenhas de Moraes, Av. Rosa e Silva, Rui Barbosa, Avenida Norte, Beberibe, Presidente Kennedy, Domingos Ferreira e a BR-101 (do Cabo a Ipojuca) e representam uma frota de 1892 veículos, dos quais 1338 são convencionais e 554 articulados e “padron” (modelo de ônibus com motor traseiro, automático e com ar-condicionado com capacidade para 90 passageiros). Por esses corredores circulam mais de 1 milhão de usuários.


O edital de licitação para operação das linhas que circulam nesses corredores será publicado amanhã (28) nos Diários Oficiais da União, do Estado, nos jornais de grande circulação nacional e no Portal do BIRD (Envelopment Bussines), já que trata-se de uma licitação internacional. A expectativa é que, cumprindo os prazos legais, a assinatura do contrato aconteça em março de 2014 e início da operação ocorra 90 dias depois, em junho.
Critérios - O edital de licitação continua a se basear na menor remuneração como critério de avaliação, conforme estabelecido no processo dos lotes 1 e 2. Também exige a comprovação da qualificação técnica dos concorrentes e o cumprimento de todos os requisitos e indicadores de qualidade que estavam presentes no edital da primeira etapa, como a idade média máxima da frota, que continua a ser de 3,5 anos para ônibus convencionais e 8 anos para os articulados. Já a idade máxima dos ônibus será de 7 anos (convencionais) e 10 anos para os articulados. Será exigido para toda a frota o certificado de EURO 5 (redução de emissão de poluentes). Além disso, todos os veículos articulados e os “padron” terão ar-condicionado no prazo máximo de dois anos, sendo 50% da frota já no primeiro ano.

Atualmente, o Sistema opera com 385 linhas de ônibus e 3 mil veículos em regime de autorização. Neste novo modelo, de concessão, as empresas terão obrigações contratuais que, segundo o secretário Danilo Cabral, caso não sejam cumpridas, poderão ocasionar em penalidades como advertências escritas, multas, não renovação do contrato e até a perda da concessão. “No contrato estarão especificados quais os tipos de equipamentos a serem usados pelas operadoras e ainda os critérios para prestação dos serviços”, ressaltou o secretário, lembrando que toda a operação será comandada pelo Grande Recife Consórcio de Transporte.

Informações: Sec das Cidades PE



READ MORE - Governo de Pernambuco assina contrato com empresas que vão operar BRTs e licita restante da frota

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960