Dilma anuncia R$ 5,4 bilhões para mobilidade urbana em SP

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

A presidenta Dilma Rousseff anunciou, nesta sexta-feira (25), em São Paulo, um pacote de R$ 5,4 bilhões em investimentos para a expansão da Linha 2 do metrô (Vila Prudente -Vila Formosa), expansão da Linha 9 do trem urbano para a Zona Sul e a implantação de trem urbano Linha Zona Leste-Aeroporto de Guarulhos, além da modernização de 19 estações do trem metropolitano.

 “Investir em metrô é absolutamente essencial, no mínimo, por dois motivos. Primeiro, porque garante um transporte sem interrupção do trânsito, com capacidade de escoamento diferenciada, rápida, eficiente e segura. Segundo, porque o metrô é o grande eixo de integração de modais em qualquer sistema de transporte do mundo, principalmente em áreas conurbadas, ou metropolitas adensadas, como é a de São Paulo”, explica Dilma.


Twitter

Antes, no Twitter, a presidenta também lembrou que o governo federal está colocando R$ 21 bilhões de investimento em mobilidade urbana em São Paulo, que viabilizam um investimento total de R$ 33 bilhões. O financiamento tem prazo de 30 anos, com cinco anos de carência e juros subsidiados.

De acordo com a presidenta, o governo tem dado apoio às iniciativas que de fato melhoram a vida dos moradores das grandes cidades. A presidenta disse que oferecer transporte urbano de qualidade, ágil e a preço justo é um desafio de todos prefeitos e governadores e que seria impossível para estados e municípios tocarem obras sem o apoio e crédito barato garantido pelo governo federal.

Informações: Governo Federal

Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP
READ MORE - Dilma anuncia R$ 5,4 bilhões para mobilidade urbana em SP

Corredor exclusivo de ônibus da Grande Vitória terá 43 estações

Quarenta e três estações farão a ligação do corredor exclusivo de ônibus, o chamado BRT, que passará pelos municípios de Serra, Vitória, Cariacica e Vila Velha, todos na região Metropolitana. Elas serão distribuídas ao longo de 35 km e por essa via circularão coletivos do novo sistema. Entre um ponto e outro, haverá uma distância de aproximadamente 600 metros. As obras, previstas para começarem no início de 2014, devem terminal até o final de 2016, segundo o governo.

Conforme projeto apresentado pela Secretaria Estadual de Transportes e Obras Públicas (Setop), as estações serão locais semelhantes às áreas de metrôs, onde os usuários poderão consultar informações sobre as linhas de ônibus e sobre o tempo que cada um leva para chegar ao seu destino.


Aqueles que usarem o sistema pagarão uma passagem que permitirá circular por todo o sistema, o que também inclui as linhas do Transcol e as alimentadoras do município. O corredor exclusivo passará pelas vias mais congestionadas, onde há o maior número de viagens de ônibus por dia. O projeto também tem integração com o aquaviário.

Esses coletivos especiais para o BRT não vão entrar nos terminais Transcol. Para evitar congestionamentos, nas principais avenidas contempladas pelo sistema serão realizadas obras. Está prevista a implantação de quatro viadutos, três túneis, duas passarelas, uma ponte, um novo Terminal de Carapina e reformando demais terminais.

Audiência
Uma audiência pública discutiu a realização do projeto, que estabelece a implementação de faixas exclusivas para ônibus nas principais avenidas da Grande Vitória. O projeto executivo fica pronto até dezembro. "Consiste basicamente em trazer o ônibus para uma faixa exclusiva fora do trânsito. Isso estabelece priorização para o transporte coletivo", explicou o secretário Estadual de Transportes e Obras Públicas, Fábio Damasceno.

O BRT será integrado aos sistemas já existentes, como o Transcol e as linhas municipais, e também ao aquaviário. Com 35km de extensão, o investimento previsto é de R$ 800 milhões para preparar um caminho que começa em Carapina, na Serra, passa pela Reta da Penha, Praça do Cauê e Centro, em Vitória, avança em direção a Jardim América, em Cariacica, e completa o circuito em Vila Velha, atravessando Cobi e a Rodovia Darly Santos, e ainda cruzando a Terceira Ponte.

Mudanças
Uma das maiores obras previstas é a construção de um túnel na região da estátua do Índio Arariboia, na Curva do Saldanha, Centro de Vitória. O túnel chegará à Avenida Jerônimo Monteiro passando sob a Avenida Vitória (parte superior da Curva). Também haverá um viaduto ligando as avenidas Vitória e Getúlio Vargas, passando sobre a Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames), também próxima à Curva do Saldanha.

Já na Avenida Jerônimo Monteiro passarão os veículos que vão em direção à Segunda Ponte e ônibus estão vetados de circular na via. Já os veículos que vêm da Segunda Ponte circularão pela Avenida Getúlio Vargas (na frente do Porto de Vitória).

Outra grande mudança acontece na Avenida Princesa Isabel. Sem distinção entre rua e calçada, a via será destinada apenas ao trânsito de coletivos, automóveis, motos e bicicletas.  "Com isso, a calçada fica liberada para os pedestres e é criado mais espaço urbano para a circulação das pessoas. Os ônibus ficarão na faixa da esquerda e as estações passam a ser no canteiro central", disse o secretário.

Na Vila Rubim, um viaduto que sai do Porto de Vitória cruzando a Avenida Elias Miguel vai liberar os ônibus do tráfego geral. “Em breve, iniciaremos a demolição de toda área onde era a (loja) Giacomin. Estamos em processo adiantado de desapropriação do local, hoje utilizado por usuários de crack”, explicou.

Lá também haverá uma rua para saída de caminhões do porto com acesso à Segunda, às Cinco e à Quarta pontes, esta última com entrega prevista em 2018. O BRT, inclusive, passará por dentro dos armazéns do Porto de Vitória, já revitalizados.

Por Juliana Borges
Informações: G1 ES
READ MORE - Corredor exclusivo de ônibus da Grande Vitória terá 43 estações

VLT na área central de santos trará mais vantagens ao trânsito

A ampliação do sistema viário, com calçadas, pistas e ciclovia mais largas; maior fluidez no trânsito de veículos e redução da espera nos semáforos. Estas são algumas das vantagens da passagem do VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) pela área central da avenida Francisco Glicério, que, juntamente com outros benefícios do traçado, foram apresentadas nesta quinta (24) pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa, na Sala de Situação, a um grupo de vereadores.

A reunião foi realizada no paço municipal e também contou com o engenheiro da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) e gestor da obra, Carlos Romão Martins, e o presidente da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), Antônio Carlos Silva Gonçalves, e outros técnicos. Paulo Alexandre explicou que o traçado já estava previsto no EIA-RIMA (Estudo e Relatório de Impacto Ambiental) do empreendimento, em 2008, e mostrou os resultados de estudos que apontam os prejuízos ao trânsito com a passagem pela antiga linha férrea.


A obra do VLT, em andamento, prevê toda a remodelação da avenida Francisco Glicério. As calçadas passarão dos atuais 3,37 metros para 3,50 m, a ciclovia de 2 m para 2,50 m e a pista de veículos de 7 m para 9 m. Outras vantagens são a redução do estágio semafórico (aumento do tempo verde e a redução do vermelho e amarelo).

Desvantagens 
Caso o VLT seguisse na mesma área da linha férrea, os veículos que trafegam no sentido praia-Centro pelas avenidas Bernardino de Campos (canal 2), Ana Costa e Washington Luís (canal 3) não poderiam fazer a conversão na Francisco Glicério durante as passagens das composições. E os veículos que trafegam pela Francisco Glicério em direção ao canal 1 também não conseguiriam fazer a conversão para estas vias (Ana Costa e canais 2 e 3) em direção à região central, com prejuízos aos tráfego na avenida e aumento do tempo de viagem de milhares de motoristas.

Vantagens do VLT pela área central da Francisco Glicério

Ampliação do sistema viário (melhoria na mobilidade urbana, com mais espaço para veículos)
Pista passa de 7 m para 9 m
Ciclovias de 2 m para 2,50 m
Calçadas de 3,37m para 3,50 m
* Área de 4 mil m² do Mendes Convention Center será ocupada

Redução de estágio semafórico
Aumento do tempo de verde nos semáforos
Redução do tempo total de vermelho e amarelo

Desvantagens do VLT pela linha férrea
VLT não teria espaço para fazer a curva no sentido do Centro Histórico, o que inviabiliza a segunda etapa de obra, que prevê a interligação até o Valongo.
Deveria ser implantado um novo tempo semafórico para a conversão à direita dos veículos que se dirigem ao Centro pela av. Francisco Glicério / av. Afonso Pena (no lugar da antiga cancela do trem)
Implantação de semáforos específicos para este movimento
Remanejamento dos pontos de ônibus nos cruzamentos (av. Afonso Pena x av. Cons. Nébias), devido a criação da faixa exclusiva para conversão a direita;
Mais tempo vermelho e amarelo nos semáforos
Os semáforos perderiam tempo do verde, ou seja, o trânsito será impedido por mais tempo.
Mais perigo nas travessias de pedestres

Informações: Diário do Litoral

Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP
READ MORE - VLT na área central de santos trará mais vantagens ao trânsito

São Paulo terá 300 quilômetros de faixas para ônibus até o fim do ano

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), anunciou nesta sexta-feira, durante cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, um investimento de R$ 5,4 bilhões de verbas federais para obras de expansão do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que São Paulo terá 300 quilômetros de faixas de ônibus implantadas até o final de 2013.

Na última segunda-feira (21), a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) instalou mais 4,3 quilômetros de faixas para ônibus em São Paulo, na zona norte e sul. 

Com a instalação, a cidade chegou a 236,4 quilômetros de vias segregadas para a circulação de coletivos em faixa específica. A meta inicial da prefeitura era instalar 220 quilômetros dessas faixas até o final deste ano. 

Informações: Portal Terra


Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP
READ MORE - São Paulo terá 300 quilômetros de faixas para ônibus até o fim do ano

SP ganha mais 7 km de faixas exclusivas para ônibus

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a São Paulo Transporte (SPTrans) implementarão mais 7 km de faixas exclusivas para ônibus em São Paulo nesta segunda-feira, dia 28. A expansão, que atingirá vias das zonas sul e norte, além de trechos da região central, faz parte da Operação Dá Licença Para o Ônibus, cujo objetivo é priorizar a circulação do transporte coletivo.

Haverá mais 1,1 km de faixa exclusiva para ônibus em parte da região central. O novo trecho é composto pelo Viaduto Dona Paulina, Praça Dr. João Mendes, Rua Anita Garibaldi e Av. Rangel Pestana, até a região do Parque Dom Pedro II. O transporte público terá a prioridade de segunda a sexta-feira, das 6h às 22 h e, aos sábados, das 6h às 14 h.


Na zonal sul, serão implementados 5,2 km de faixa exclusiva à direita para ônibus na Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira, no trecho entre as avenidas Engenheiro George Corbisier e Assembleia, no Jabaquara. O horário de funcionamento da nova faixa será de segunda a sexta-feira, das 6 às 20h, e aos sábados das 6 às 14 h, em ambos os sentidos. Pela Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira circulam 21 linhas de ônibus municipais, transportando 217 mil passageiros por dia útil, em média.

A terceira mudança promovida pela CET nesta segunda-feira será a implementação de 700 metros de faixa exclusiva para ônibus na Avenida Casa Verde e Rua Dom Amaral Mousinho, na zona norte. A exclusividade valerá no sentido centro, de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 6h às 14 h, em dois trechos: na Avenida Casa Verde, entre a Avenida Professor Celestino Bourroul e a Rua Dom Amaral Mousinho; na Rua Dom Amaral Mousinho, entre a Avenida Casa Verde e a Praça Delegado Amoroso Neto.

Com a inauguração dos novos trechos, a malha de faixas exclusivas implementadas neste ano chegará a 243,4 km. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar na faixa exclusiva à direita de ônibus é uma infração leve, com perda de três pontos na carteira e multa de R$ 53,20. Já invadir faixa exclusiva à esquerda configura infração grave, com cinco pontos na CNH e multa de R$ 127,69.

Informações: Estadão

Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP
READ MORE - SP ganha mais 7 km de faixas exclusivas para ônibus

Tarifa do transporte coletivo de Campo Grande cai para R$ 2,70

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) anunciou nesta sexta-feira (25), mais uma redução na tarifa do transporte coletivo da Capital. Com a medida, a passagem agora custa R$ 2,70, uma redução de mais cinco centavos, ante aos R$ 2,75 anteriores.

No início do ano o valor da tarifa era de R$ 2,85, mas a redução proveniente da desoneração PIS/Cofins derrubou o valor para R$ 2,75. Agora, em outubro, data base para discussão do reajuste, houve a redução para R$ 2,70.


O chefe do executivo municipal informou que o contrato com o Consórcio Guaicurus foi firmado no dia 25 de outubro do ano passado e que a data base do contrato seria hoje e que existe um índice de 5,75% de reajuste previsto no contrato, com isso, o custo da tarifa seria de R$ 2,90. “Eu estou tomando a decisão de evitar o aumento no transporte coletivo urbano, para que não tenhamos uma passagem tão cara e como propusemos na época da campanha eleitoral. Aquela passagem que recebemos que era de R$ 2,80 e já está em R$ 2,75, passará a R$ 2,70, ou seja, além de não ter o aumento, reduzimos o preço da tarifa”, afirmou Bernal.

A redução foi possível devido a retirada do ISS/QM da tarifa do transporte coletivo. Segundo Bernal a medida servirá para aumentar a procura pelo transporte coletivo e, com isso, diminuir o fluxo de veículos no trânsito.

Bernal informou que houve uma reunião com os empresários do consórcio para que façam um sacrifício e frisou que a prefeitura irá cobrar do consórcio qualidade no serviço público. “Os pontos que ainda não têm cobertura, irão receber coberturas novas e aquelas que estarão com coberturas danificadas serão trocadas. Também conversamos para que tenha mais qualidade e pontualidade no serviço”, disse o prefeito.

O chefe do executivo municipal lembrou que no começo do ano houve uma redução na tarifa do transporte no distrito de Anhanduí, que antes era de R$ 10,00. 
Bernal explicou que irá encaminhar o projeto de redução da tarifa do transporte para a Câmara Municipal, na próxima terça-feira (29) e entra em vigor após a aprovação na Casa de Leis.

Informações: Capital News
READ MORE - Tarifa do transporte coletivo de Campo Grande cai para R$ 2,70

Grande Recife altera programação de 68 linhas de ônibus para o ENEM

Neste fim de semana serão realizadas as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e para auxiliar os estudantes a chegarem aos locais de prova o Grande Recife preparou um esquema especial de ônibus para o sábado (26) e o domingo (27). 

Ao todo 63 linhas que operam no fim de semana serão reforçadas e outras cinco, que trafegam apenas durante a semana, estarão nas ruas para garantir a mobilidade dos estudantes, sendo elas: 424 – CDU/Torrões (Via San Martin), 469 – Camaragibe/CDU, 116 – Circular (Príncipe), 431 – Cidade Universitária e 032 – Setúbal (Cde. Boa Vista). 
Durante este fim de semana, 1128 veículos estarão circulando para atender aos locais das provas, sendo 177 ônibus a mais que nos fins de semanas normais. Juntos, esses veículos realizam 1.402 viagens a mais que o usual. 

Confira as 68 linhas que sofrerão alteração neste fim de semana: 

Reativadas: 
424 CDU/Torrões (Via San Martin) 
469 Camaragibe /Cdu 
116 Circular (Príncipe) 
431 Cidade Universitária 
032 Setubal Conde Da Boa Vista 

Reforçadas: 
115 Afogados / Aeroporto 
950 Eng.Maranguape/Varadouro 
524 Sitio Dos Pintos (Dois Irmãos) 
370 TIP/Ti Aeroporto 
532 Casa Amarela Cruz Cabugá 
914 PE-15 / Afogados 
914 PE-15 / Afogados 
122 Vila Do Ipsep 
302 Curado II / Caxangá 
977 Paulista (Conde Da Boa Vista) 
973 Casa Caiada 
955 Eng.Maranguape Paulist 
155 Jordão Baixo/Boa Viagem 
060 TI Tancredo Neves/TI Macaxeira 
964 TI Igarassu/TI Macaxeira 
121 Vila Da Sudene 
331 Totó Planalto 
971 Amparo 
731 Beberibe(Espinheiro) 
522 Dois Irmãos (Rui Barbosa) 
138 Zumbi Do Pacheco/TI Tanc. Neves 
432 CDU (Várzea) 
200 Jaboatão Parador 
982 Conj. Beira Mar/Derby 
742 Linha do Tiro 
710 Beberibe / Derby 
303 Curado II / Caxangá (Br-232) 
423 Engenho do Meio 
062 Jardim Piedade 
193 TI Tancredo/Príncipe 
946 Igarassu BR 101 
825 Jardim Brasil/Joana Bezerra 
197 Cabo/Ipojuca 
020 Candeias/TI Tanc. Neves 
101 Circular(C.B.Vista)/ Rua Do Sol 
944 Lot.Conceição/ Paulista 
974 Jardim Atlântico 
990 Pau Amarelo/Varadouro 
920 Rio Doce / CDU 
967 Igarassu/Sítio Histórico 
987 Rio Doce(Príncipe) 
968 Ilha De Itamaracá/Igarassu 
460 Camaragibe (Príncipe) 
168 TI Tancredo C.Boa Vista 
061 Piedade 
202 Barro / Macaxeira (Várzea) 
166 TI Cajueiro Seco/Rua Do Sol 
232 Cavaleiro 
216 TI Barro/TI Cajueiro S eco 
520 Macaxeira / Parnamirim 
914 PE-15 / Afogados 
206 Barro/Prazeres 
243 Vila Dois Carneiros 
450 Camaragibe (Cde. Boa Vista) 
490 Camaragibe / Macaxeira 
040 CDU/Boa Viagem/Caxangá 
860 TI Xambá/Príncipe 
440 CDU/Cax./Boa Viagem 
207 Barro / Macaxeira (BR-101) 
820 TI Xambá/Av.Cruz Cabugá 
915 PE 15 (Reforçada) 
050 PE 15/Boa Viagem 
346 TI TIP/ Conde Da Boa Vista 

Em caso de dúvidas, o Consórcio disponibiliza a Central de Atendimento ao Cliente, no 0800.081.0158. 

Informações: GRCT
READ MORE - Grande Recife altera programação de 68 linhas de ônibus para o ENEM

Em Curitiba, Urbs reforça transporte para provas do Enem

A Urbs vai colocar em funcionamento oito linhas especiais de ônibus para reforçar o transporte coletivo no próximo fim de semana, quando serão realizadas as provas do Enem-2013. Além deste reforço, os 64 locais de prova em Curitiba são atendidos por 116 linhas de ônibus.

Para auxiliar os candidatos, a Urbs também elaborou uma tabela com indicação das linhas de ônibus nos locais de prova e os principais pontos de parada.

As provas serão realizadas neste sábado e domingo, com a abertura dos portões às 12 horas. As linhas especiais vão fazer a operação ida com horários definidos (veja tabela Aqui). Para a operação de retorno os ônibus vão aguardar nos locais de provas a liberação dos fiscais da Urbs para iniciar a viagem.


Apesar do reforço no transporte coletivo, é importante que os candidatos saiam de casa mais cedo, verifiquem os horários de ônibus e levem em conta a possibilidade de congestionamentos no entorno dos locais de provas. Os itinerários e horários de ônibus normais estão neste site em Itinerários, onde é possível verificar a localização do ônibus em tempo real, e também no aplicativo Itibus2, para plataforma Android.

Linhas Especiais - As linhas especiais, que são reforço vão atender locais de maior demanda. Confira Aqui

Colégio Estadual Rio Branco - Reforço no domingo, com a linha Especial Campina do Siqueira/Batel, a partir de 10h05 no Terminal Campina do Siqueira e de 10h25 no Ponto Batel.

Faculdade Espírita e Universidade Tuiuti  Campus Barigui – Especial Campina do Siqueira/Tuiuti Barigui, no sábado e no domingo a partir das 10 horas, no Terminal Campina do Siqueira.

Faculdades Santa Cruz (Campus Sede) – Especial Santa Cruz Campus Sede saindo do Terminal Capão Raso, a partir de 10h15  tanto no sábado quanto no domingo.

Fapar – Faculdade Paranaense – Especial Campina do Siqueira/Batel, no domingo, saindo do Terminal Campina do Siqueira a partir de 10h05 e do Ponto Batel a partir de 10h25.

PUC e Unicuritiba (Sede Rebouças) – Serão duas linhas especiais: a José Loureiro-PUC, a partir das 10h30, tanto no sábado quanto no domingo, da rua José Loureiro; e a Especial Linha Direta PUC, com saídas do Centro Cívico, a partir de10h20.

Centro Politécnico – Linha Direta Especial Centro Politécnico, com saída do Círculo Militar. No sábado, a partir das 7 horas e no domingo a partir das 10 horas.

Universidade Positivo  - No sábado e no domingo, a partir do Terminal Campo Comprido, a partir de 10 horas.

Universidade Tuiuti Campus Mossunguê – Especial Campina do Siqueira/Tuiuti Mossunguê, no Terminal Campina do Siqueira, a partir de 10h30.

Informações: Urbs
READ MORE - Em Curitiba, Urbs reforça transporte para provas do Enem

Veja como chegar aos locais onde serão aplicadas as provas do Enem em BH

Informações sobre o serviço de transporte coletivo para os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio 2013 (ENEM/ 2013) em Belo Horizonte.


As provas serão realizadas no sábado, 26/10, das 13h às 17h30, e no domingo, 27/10, das 13h às 18h30, em 130 instituições de ensino da cidade.


Agentes da Unidade Integrada de Trânsito, BHTRANS e PMMG, e Guarda Municipal, irão operar o tráfego na região dos locais de prova e nos corredores de acesso, para garantir a acessibilidade dos estudantes. Nas instituições que recebem um grande número de candidatos serão realizadas operações especiais de trânsito e transporte, veja abaixo os locais:

- UFMG, PUC Coração Eucarístico, UniBH (Campus Estoril), Newton Paiva (Buritis), Newton Paiva (Carlos Luz), Pitágoras (Cidade Jardim) e Una (Raja Gabaglia).


As linhas que atendem os principais locais de prova terão seus quadros de horários reforçados. Os estudantes devem consultar com antecedência o local de prova e as linhas que atendem por meio da Central Telefônica da Prefeitura, no telefone 156, ou no portal da BHTRANS.

Em função do elevado número de participantes, a BHTRANS orienta aos candidatos que saiam de casa mais cedo, utilizem o transporte público e verifiquem com antecedência as linhas de ônibus que atenderão os locais onde farão a prova.

Informações: BHTrans
READ MORE - Veja como chegar aos locais onde serão aplicadas as provas do Enem em BH

Em Sorocaba, Urbes monta esquema especial para estudantes que farão o Enem no final de semana

A Urbes – Trânsito e Transportes montou um esquema especial para atender os estudantes que farão a prova do Enem 2013 neste sábado (26) e domingo (27), com provas que serão aplicadas na Unip e na Cidade Universitária.

Para os alunos que realizarão as provas na Unip, as opções de transporte serão as linhas que saem do Terminal São Paulo: 29 – Hollingsworth, que parte do Ponto “H”, e também as linhas 31-Cajuru, 53 – Éden, 72 – Bairro dos Carvalhos e 75 – Campininha que partem do Ponto “D”.


Já para a Cidade Universitária a opção será a linha 52 – Cidade Universitária, que também irá operar com programação especial. Para quem reside na Zona Norte, nas proximidades das Áreas de Transferências Ipanema e Itavuvu, há também as opções das linhas 303 – Interbairros III e 307 – Interbairros VII, as quais atendem a Unip em todas as viagens.

A Urbes informa ainda que irá monitorar tanto as plataformas dos Terminais quanto os pontos próximos aos locais das provas a fim de evitar qualquer problema no trajeto dos estudantes.

Os agentes de trânsito da Urbes também estarão nas proximidades das universidades em que serão aplicadas as provas para orientar pedestres e condutores visando a segurança de todos e a fluidez do tráfego.

“Domingão a R$ 1” e passe estudante

A Urbes informa que o passe estudante estará liberado para uso neste sábado e domingo a fim de facilitar o deslocamento dos alunos aos locais das provas. O custo do passe estudante é de R$ 1,50.

No domingo, os candidatos poderão utilizar o benefício do programa “Domingão a R$ 1”, adotado pela Prefeitura de Sorocaba, que prevê o passe social ao custo de R$ 1 neste dia.

Informações: Urbes
READ MORE - Em Sorocaba, Urbes monta esquema especial para estudantes que farão o Enem no final de semana

Câmeras vão ser instaladas nos 414 ônibus de Uberlândia até janeiro de 2014

As três empresas que operam no transporte coletivo de Uberlândia serão obrigadas, até janeiro de 2014, a instalar equipamentos de reconhecimento facial em todos os 414 ônibus em circulação na cidade com o intuito de regular os beneficiários de descontos e gratuidades (estudantes, idosos e deficientes) do sistema urbano. Um decreto municipal obrigando a implementação dessas câmeras de controle foi publicado ontem no “Diário Oficial do Município”.

Como justificativa para a medida, espelhado em soluções já usadas em cidades como Fortaleza (CE) e Cascavel (PR), por exemplo, o Executivo local indica que se trata de um esforço para coibir a evasão de receitas decorrentes do uso irregular desses benefícios. Na cidade, até 15% do total de viagens mensais ligadas aos beneficiados seria fraudado, revelam estudos realizados pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) e pela Ubertrans, responsável pela bilhetagem do transporte coletivo na cidade. Em números, seriam cerca de 150 mil viagens em fraudes sobre quase 1 milhão delas registradas ao mês nas roletas.


Segundo o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Alexandre de Souza Andrade, as empresas já começaram a testar os equipamentos e, legalmente, conforme decreto, têm até 90 dias para regularizar o funcionamento definitivo de todos os aparelhos nos veículos da frota. Mas podem fazer isto antes. “É importante lembrar que o reconhecimento facial não causará constrangimentos aos usuários e deverá proporcionar outros benefícios no futuro também, como melhorar a gestão do transporte, buscando sempre comprimir a tarifa cobrada”, disse.

O investimento nessa tecnologia não trará ônus ao poder público nem à população, pois será arcado pelas empresas, que são favoráveis à medida e estão despendendo até R$ 600 mil na compra das câmeras fotográficas. Não haverá mudanças para os usuários, com exceção daqueles com idade acima de 60 anos, que poderão continuar usando o vale-transporte normalmente, segundo o gestor administrativo da Ubertrans, Iverton Mantovani.

Fotos terão análises biométricas

A gestão administrativa da Ubertrans, responsável pela bilhetagem do transporte coletivo na cidade, revelou ao CORREIO de Uberlândia como vai funcionar tecnicamente o sistema de reconhecimento facial. Segundo as informações, cada câmera comprada será instalada na bilhetagem de cada um dos ônibus em um ângulo que permitirá o flagra do rosto dos usuários que passam pela roleta.

Desse modo, quando cada beneficiário passar, terá seu rosto fotografado seis vezes. Tais imagens serão repassadas ao servidor da Ubertrans, que contará com funcionários responsáveis por analisá-las biometricamente, comparando com a foto do usuário existente no cadastro feito para aquisição do benefício.

Caso seja detectada alguma irregularidade, como no caso de um terceiro usando o cartão, o usuário cadastrado será bloqueado. Por lei, caso isso ocorra, o usuário pode perder o benefício por seis meses e, se for detectada a mesma irregularidade após esse prazo, terá o cartão caçado definitivamente. A exceção são casos de furto e roubo que devem ser comprovados mediante boletim de ocorrência.

Gratuidade a idosos será ampliada

O funcionamento dos aparelhos de reconhecimento facial em 2014, visando controlar os prejuízos ocasionados por fraudes em viagens, poderá ajudar o sistema de transporte coletivo a compensar uma redução na receita prevista para o ano que vem. Essa diminuição vai ocorrer em virtude de uma lei aprovada neste ano que prevê o aumento do desconto no passe escolar de 40% para 50% e a gratuidade a idosos passe de 65 para 60 anos a partir de 2014.
Também há a pretensão de que o reconhecimento, além de impedir essas irregularidades, possa ser usado para um esquema de bilhetagem integrada, conforme pretensão do secretário municipal de Trânsito e Transportes, Alexandre de Souza Andrade. Nesse sistema, que ainda precisa ser desenvolvido, usuários podem sair dos terminais ou estações e voltar ao sistema sem custos depois de um tempo predeterminado.

Parte dos usuários será cadastrada

Com a gratuidade do transporte coletivo sendo expandida para idosos de 60 a 65 anos em Uberlândia, será necessário que usuários nessa faixa etária se cadastrem no sistema da Ubertrans, conforme informações da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran). Isso porque, hoje, legalmente, somente estudantes são obrigados a se cadastrar, enquanto idosos acima de 65 anos e deficientes não.

Um projeto de lei que regule, como será feito, esse cadastro de pessoas entre 60 e 65 anos, a partir do ano que vem, será enviado até o mês de novembro de 2013 à Câmara Municipal. A pretensão é que, já a partir de janeiro de 2014, esse público possa se cadastrar nos terminais e em outros pontos da cidade a serem divulgados.

Informações: Correio de Uberlândia
READ MORE - Câmeras vão ser instaladas nos 414 ônibus de Uberlândia até janeiro de 2014

SPTrans reorganiza linhas na Zona Leste - Área 4 - neste sábado

A SPTrans implanta, neste sábado, dia 26 de outubro, medidas que visam organizar o sistema municipal de transportes na Zona Leste, diminuir a sobreposição de itinerários e melhorar a eficiência dos serviços na região. As alterações do serviço estão disponíveis no link http://www.sptrans.com.br/noticias/noticia.aspx?4737

As alterações  estão sendo consolidadas após ter sido decretada a caducidade do contrato  de concessão  do Consórcio Leste 4  em razão de sucessivas falhas no serviço prestado à população e  de  mais uma paralisação dos serviços aos usuários, no início d este mês de outubro.


Um dos objetivos  principais das mudanças é propiciar uma rede de transporte  mais eficiente, que ofereça rapidez e conforto nas viagens por ônibus aos passageiros de uma região que historicamente vem enfrentado problemas  relacionados ao transporte público.


Vale lembrar que a viação Itaquera Brasil, que deixou de operar, teve a pior nota entre as 19 empresas do sistema municipal de transportes na última avaliação do Índice de Qualidade de Transporte  (IQT), realizada  pela SPTrans no primeiro semestre de 2013 . A empresa obteve 46,09 de nota, enquanto a média das demais foi de 67,15.

A população local  está sendo informada das mudanças por meio do Jornal do Ônibus, afixado  dentro dos  coletivos que operam na região e por  meio de ampla distribuição de panfletos explicativos  nos terminais e pontos de ônibus da região .  Também funcionários da companhia estarão acompanhando e orientando os trabalhos com o propósito de prestar esclarecimentos aos usuários.

Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
 EMTU-SP 

A reorganização no sistema de transportes vem sendo realizada pela SPTrans de forma gradativa e inclui ações como seccionamento, criação de linhas ou correções de itinerários. 

As mudanças fazem parte de uma necessária reestruturação da rede que irá melhorar a oferta de ônibus e o desempenho de todo o sistema, ao mesmo tempo em que permitirá aos usuários alternativas de trajetos mais curtos e rápidos ao mesmo custo, ou seja, com maior racionalização do uso do Bilhete Único.  

A atual administração tem o transporte coletivo como prioridade, está à disposição da comunidade para qualquer esclarecimento adicional e vai continuar implementando medidas e projetos a curto, médio e longo prazos no sentido de melhorar a qualidade e a eficiência do serviço por ônibus na cidade de São Paulo. 

Os passageiros podem obter informações sobre o sistema municipal de transportes e o melhor caminho a utilizar na central 156 ou no site da SPTrans. 

Assessoria de Imprensa - SPTrans
READ MORE - SPTrans reorganiza linhas na Zona Leste - Área 4 - neste sábado

Em Presidente Prudente, Transporte coletivo será gratuito para alunos que vão prestar o Enem

Atendendo pedido do prefeito Milton Carlos de Mello ‘Tupã’, as empresas de transporte coletivo que operam em Presidente Prudente, sendo elas a Pruden Express e TCPP, disponibilizarão aos alunos que cursam o ensino médio e que vão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) condução gratuita. O benefício será nos dias da prova, sendo no sábado (26/10) e domingo (27).

Conforme o responsável pelo Centro de Gerenciamento Operacional (CGO) das empresas de transporte coletivo, José Ricardo Góes, em ambos os dias, os ônibus funcionarão gratuitamente a partir das 10h e até às 19h. “A catraca será liberada para quem tem cartão, ou seja, será como se fosse um dia normal da semana”, pontua.


O transporte gratuito será tanto para os alunos que têm o cartão ‘passe social’ quanto para àqueles que têm o 50%. Assim sendo, os que possuem o passe que dá direito ao desconto de 50% na passagem, terão gratuidade nos dias do Enem.

O prefeito diz ter feito a solicitação após ouvir sugestões de pais e alunos do ensino do médio. “Como é um fim de semana, o cartão do estudante não tem validade e, proporcionar o transporte gratuito neste momento é uma forma de incentivo ao comparecimento no Enem”, explica. (Por Guilherme Santana)

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação
READ MORE - Em Presidente Prudente, Transporte coletivo será gratuito para alunos que vão prestar o Enem

Em Rio Branco, Transporte coletivo tem esquema especial para as provas do ENEM

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Rio Branco (RBTRANS) já montou a estratégia de transporte coletivo para este sábado e domingo (26 e 28), data de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).  O sistema estará em operação com frota total durante todo o dia: são 120 ônibus operando em todo o sistema de transporte para garantir o acesso dos estudantes aos locais de prova, com aumento de pelo menos 30% da frota nos horários de pico.


As linhas UFAC e UFAC/Rodoviária irão operar no domingo.  “Estaremos com fiscais no Terminal Urbano e em alguns pontos da cidade para acompanhar o movimento”, disse Jô Luiz Fonseca, diretor de Transportes da RBTRANS. Se necessário, o sistema deslocará ônibus de uma linha a outra para garantir a mobilidade dos estudantes.

Informações: Pref. Rio Branco
READ MORE - Em Rio Branco, Transporte coletivo tem esquema especial para as provas do ENEM

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960