Governo lança edital de licitação para metrô de Salvador

sábado, 25 de maio de 2013

Representantes dos governos estadual e municipal estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira (24), no Hotel Pestana, em Salvador, para o lançamento do edital de licitação do metrô Salvador – Lauro de Freitas.

Além de deputados federais e estaduais, estiveram presentes também no evento o governador da Bahia, Jaques Wagner, o prefeito de Salvador, ACM Neto, o prefeito de Lauro de Freitas, Márcio Paiva, e o senador Walter Pinheiro.

Segundo o secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, o edital para a conclusão da linha 1 e da implementação da linha 2 do metrô sairá no Diário Oficial de sábado (25).

A abertura dos envelopes com as propostas das empresas interessadas será em julho de 2013, na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Segundo o governador Jaques Wagner, já existem quatro empresas interessadas em operar o metrô de Salvador. A publicação da proposta vencedora sairá no dia 30 de julho. A concessão será de 30 anos (três anos para as obras e 27 anos para operação do sistema metroviário).

De acordo com Rui Costa, a assinatura do contrato com a empresa vencedora está prevista para setembro deste ano, e o início das obras do trecho que liga o Acesso Norte ao Retiro (linha 1) deve ser em outubro de 2013. A conclusão prevista para este trecho é até a Copa de 2014. Ainda segundo o secretário, a extensão da linha 1 até Pirajá deve ser concluída em dezembro de 2014.

Após a assinatura do contrato, em setembro, a empresa escolhida terá o prazo de 180 dias para apresentar, além do projeto de conclusão do trecho da linha 1, que vai até Cajazeiras, como também o plano de implementação da linha 2, que vai ligar a Avenida Bonocô até a cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador.

Os prazos, segundo o secretário, é que o trecho Lapa-Iguatemi fique pronto em março de 2015, e Lapa – Aeroporto, em outubro de 2017.

Ao todo, as duas linhas do metrô terão 41,2 km de extensão, e um investimento de R$ 3.641 bilhões. O governo estadual já tem garantido cerca de R$ 2 bilhões pelo projeto PAC Mobilidade Urbana, do governo federal. O restante da verba virá da Parceria-Público-Privada (PPP).

Terminais
Segundo o secretário Rui Costa, até maio de 2013, Salvador terá quatro estações prontas (Lapa, Campo da Pólvora, Brotas e Acesso Norte). Mas, até 2017, prazo final para a conclusão total do metrô, a cidade terá 22 estações, que serão integradas a 11 terminais de ônibus.

Ainda de acordo com o secretário, os ônibus interestaduais e intermunicipais, como aqueles que vêm de Camaçari e Lauro de Freitas, não entrarão mais na cidade. Eles vão parar nas estações, onde os passageiros poderão pegar o metrô e se deslocar para qualquer outro local de Salvador.

Avenida Paralela
A linha 2 do metrô, que vai sair do Acesso Norte (Rótula do Abacaxi), passar pelo Iguatemi, seguir pela Avenida Paralela e chegar até a cidade de Lauro de Freitas, só deve ficar pronta em outubro de 2017. Mas, algumas intervenções nesta área já foram iniciadas, segundo Rui Costa. A primeira delas foi o acordo fechado com os postos de gasolina de bandeira BR, da Petrobras, que ficam nesta extensão e que serão retirados para a passagem do metrô.

O “posto um”, que fica na altura do Imbui, já foi fechado e as obras do complexo viário, que vão contar com dois viadutos ligando o bairro a Avenida Luis Eduardo Magalhães e a Narandiba, já foram iniciadas. Os outros dois postos que ficam na Avenida devem ter as áreas devolvidas em 2014. Ainda segundo Rui Costa, todos os retornos que ficam na Paralela também serão retirados.

Etapas previstas na obra do metrô:
Linha 1 do metrô (Lapa – Cajazeiras)
Prazos:
Trecho Lapa - Retiro: conclusão prevista para junho de 2014
Trecho Lapa - Pirajá: conclusão prevista para dezembro de 2014
Trecho Lapa - Cajazeiras: projeto deve ser apresentado 180 dias após assinatura do contrato, em setembro de 2013.

Linha 2 do metrô (Lapa – Lauro de Freitas)
Prazos:
Trecho Lapa – Iguatemi: conclusão prevista para março de 2015
Trecho Lapa – Aeroporto: conclusão prevista para outubro de 2017

Informações: G1 Bahia
READ MORE - Governo lança edital de licitação para metrô de Salvador

Em Santos, Cartão Transporte tem boa aceitação nos ônibus

Motoristas e passageiros do transporte coletivo municipal concordam que o uso do cartão vai aumentar a segurança nos ônibus e agilizar a viagens. Essa posição ficou evidenciada, nesta quinta-feira (23), primeiro dia da obrigatoriedade do uso do bilhete eletrônico, com boa aceitação.

A postura positiva também se reflete na adesão dos usuários: mais 80% já faz uso do cartão. O índice elevado é resultado das várias medidas implementadas pela prefeitura desde fevereiro, quando anunciou a exclusividade do pagamento na forma eletrônica, que ontem passou a vigorar.
Entre outras ações adotadas para facilitar o acesso do usuário ao cartão, está o aumento dos postos credenciados para compra e recarga, que passou de 31 para 261 (33 funcionam ininterruptamente), e a solicitação da primeira via do bilhete via internet (www.santosonibus.com.br), com a entrega ocorrendo em 24 horas.

Ação permanente
Com o uso exclusivo do cartão, a administração visa eliminar a circulação de dinheiro nos coletivos, assegurando mais segurança para de passageiros e motoristas, que não têm mais que exercer outra função, apenas a de condutor do veículo. Haverá outros benefícios, como a rapidez no embarque e, por consequência, a redução do tempo de percurso das linhas.

A prefeitura vai continuar com as ações para estimular a utilização do cartão. Já está definido que aos domingos será concedido 50% de desconto sobre valor da passagem.

A prefeitura vai continuar com as ações para estimular a utilização do cartão. Já está definido que aos domingos será concedido 50% de desconto sobre valor da passagem.

MP confirma legalidade da obrigatoriedade do cartão
Mesmo quem não dispunha de cartão pôde fazer a viagem sem problemas, ontem. Os motoristas foram orientados a assegurar o acesso do usuário que estava com dinheiro. A cada mês, o passageiro poderá pagar dessa forma até três vezes, conforme prevê o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado entre prefeitura e Ministério Público.

O MP reconhece, por meio do termo assinado com a administração municipal, que a eliminação do uso de dinheiro para fins de pagamento da tarifa dos coletivos municipais não constituiu a infração penal prevista no artigo 43 da Lei de Contravenções Penais.

Eles apontam os benefícios da medida

“Sou a favor. Quanto menos dinheiro nos ônibus, melhor. Aumenta a segurança, deixa o motorista mais livre pra dirigir. Eu já estava usando o cartão, não deixei para o último dia”. José Henrique Ribeiro Araújo, motorista (camisa cinza)

“Retirar o dinheiro dos ônibus vem a beneficiar a maioria. Não é certo o motorista fazer o papel de cobrador, dar mais essa atribuição a ele”. Célia Regina dos Santos, professora (olho azul).

“Não tenho costume de pegar ônibus, mas tenho o cartão transporte para uso eventual. Sou a favor do uso de cartão para dar mais segurança. Já presenciei um assalto dentro do ônibus e o motorista ficou em choque, acho que agora isso não vai mais ocorrer”. Nayara de Oliveira, depiladora (com guarda chuva).

Informações: Diário do Litoral
READ MORE - Em Santos, Cartão Transporte tem boa aceitação nos ônibus

BRT Transoeste tem 93% de satisfação dos usuários

O serviço de transporte TransOeste tem 93% de clientes satisfeitos, segundo pesquisa divulgada na quinta-feira pelo Consórcio BRT. Realizada pelo Instituto Insider, o estudo ouviu cerca de 2 mil pessoas de 15 a 64 anos, que deram uma nota média de 7,64, em uma escala de 0 a 10. De acordo com o levantamento, o aspecto mais bem avaliado foi a rapidez da viagem, com índice de 76% de satisfação.

"O principal atributo, da rapidez, está demonstrando grande consistência. Tem sido feito um trabalho diário de ajuste do serviço e na frequência dos ônibus, o que nos permite atingir plenamente os resultados", analisou o gerente-geral do consórcio, Alexandre Castro.

De acordo com Castro, os esforços agora estão voltados para melhorar o conforto dentro dos ônibus articulados, já que o BRT passou a ser um transporte de massa que, muitas vezes, supera as linhas de ônibus convencionais, em termos de volume de passageiros. Atualmente, o sistema registra uma média de 100 mil passageiros por dia.
A pesquisa mostrou ainda que 18% das pessoas acreditam que o uso da pista exclusiva do BRT foi benéfico para o trânsito da região onde circula. Em um questionamento específico, os passageiros relataram que tiveram redução de até 34 minutos por viagem, em média, quando comparado ao serviço regular de ônibus.

A pesquisa também mostrou que 72% dos passageiros conhecem mais o meio de transporte pelo nome BRT do que pelo apelido escolhido - Ligeirão. Com isso, a concessionária criou uma nova logomarca e o serviço passará a ser denominado como BRT TransOeste. O mesmo ocorrerá com os próximos corredores atualmente em construção, como o Transcarioca, Transbrasil e Transolímpico.

Castro explicou ainda que, à medida em que for sendo adotada a nova nomenclatura, o termo Ligeirão vai desaparecendo da comunicação visual do BRT. "Ainda assim, trata-se de um apelido escolhido por meio de uma pesquisa popular. Por isso, o nome Ligeirão nunca desaparecerá", avalia Castro.

Lançamento

A partir de sábado, começa a operar o serviço expresso Mato Alto-Alvorada, que fará o trajeto entre a localidade de Mato Alto, em Pedra de Guaratiba, até o terminal Avorada, na Barra da Tijuca, com saídas a cada 10 minutos.

De acordo com o Consórcio BRT, o objetivo é proporcionar maior agilidade no período de maior movimentação de passageiros, bem como beneficiar quem embarcar ou tiver como destino as estações Ilha de Guaratiba, Recreio Shopping, Gláucio Gil e Salvador Allende, onde o serviço expresso fará paradas. O serviço funcionará de 5h30 às 8h30.

READ MORE - BRT Transoeste tem 93% de satisfação dos usuários

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960