Obras do Metrô do Rio fecham ruas do Leblon a partir deste sábado

sábado, 30 de novembro de 2013

A continuidade das obras para a construção da Linha 4 do Metrô (Barra da Tijuca - Ipanema) vai causar novas interdições a partir das 8h deste sábado (30) no Leblon, Zona Sul do Rio. Serão interditados trechos da Rua Igarapava e da Avenida Ataulfo de Paiva, nos trechos próximos ao canal da Avenida Visconde de Albuquerque.

Na Avenida Ataulfo de Paiva, será construído um poço que receberá o “Tatuzão”, equipamento que vai abrir os túneis da Linha 4 entre Ipanema e Gávea. A máquina virá da escavação em areia, pelos bairros de Ipanema e Leblon, e neste local ela será preparada para o início da escavação em rocha, em direção à Gávea.

Após a manutenção, o “Tatuzão” continuará a escavação, e o poço será utilizado como parte do sistema de ventilação e funcionará como uma saída de emergência da Linha 4 do Metrô.

Na Igarapava, será realizado serviço de tratamento do solo na área de transição entre areia e rocha, para auxiliar a escavação do “Tatuzão”, de forma semelhante ao que está sendo realizado na Barão da Torre, em Ipanema.

Para dar suporte à execução das obras, serão instalados um canteiro de apoio na Rua Igarapava, próximo à esquina com a Avenida Visconde de Albuquerque, e um canteiro administrativo sobre o canal da Visconde de Albuquerque.

Alterações Viárias
No sábado, haverá inversão total de direção nas ruas Sambaíba e Professor Azevedo Marques e, parcial, na Rua Jerônimo Monteiro, no trecho entre as avenidas General San Martín e Ataulfo de Paiva. Já as ruas Aperana e Gabriel Mufarrej passam a operar em mão dupla. Será proibido o estacionamento nos lados par e ímpar da numeração da Rua Gabriel Mufarrej e do lado par da Aperana.

Além de parte da Ataulfo de Paiva, próximo à Visconde Albuquerque, haverá ainda o bloqueio da ponte sobre o canal da Visconde de Albuquerque, em frente à Rua Igarapava e ao canteiro de obras.

Ações para mitigação de impactos
A sinalização será reforçada e agentes de tráfego vão trabalhar na região para orientar os motoristas. A intervenção viária, definida em conjunto com a Secretaria Municipal de Transportes e com a CET-Rio (Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro), será mantida até abril de 2015 na Rua Igarapava e até março de 2016 no trecho da Avenida Ataulfo de Paiva.

Além dos agentes de tráfego, assim como nos demais locais de intervenção da Linha 4, será disponibilizada equipe de atendimento aos moradores da região, para o esclarecimento de eventuais dúvidas no dia a dia da obra.

Mudança nas linhas de ônibus
1. Linha 132 (Central x Leblon - via Aterro do Flamengo - Circular)
De: Avenida General San Martin, Avenida Visconde de Albuquerque (pista sentido jardim botânico), retorno, Avenida Visconde de Albuquerque (pista sentido Avenida Delfim Moreira), Avenida Delfim Moreira

Para: Avenida General San Martin, Rua Rainha Guilhermina, Avenida Visconde de Albuquerque (pista sentido Avenida Delfim Moreira), Avenida Delfim Moreira

2. Linha 503 (Alto Leblon x Ipanema - Circular)
De: Rua Timóteo da Costa, Rua Sambaiba, Rua Igarapava, Avenida Visconde de Albuquerque, Avenida Delfim Moreira, Praça General Osório,  Avenida General San Martin, Rua Rainha Guilhermina, Avenida Visconde de Albuquerque, Rua Timóteo da Costa.

Para: Rua Timóteo da Costa, Rua Sambaiba, Rua Sambaíba (trecho com sentido invertido), Rua Timóteo da Costa (sentido Avenida Visconde de Albuquerque), Avenida Visconde de Albuquerque, Avenida Delfim Moreira, Praça General Osório, Avenida General San Martin, Rua Rainha Guilhermina, Avenida Visconde de Albuquerque, Rua Timóteo da Costa.

3. Linha 2015 (Castelo x Leblon - Circular)  e 2017 (Rodoviária x Leblon - Circular)
De: Avenida General San Martin, Avenida Visconde de Albuquerque, Avenida Ataulfo de Paiva, Rua General Artigas, Rua Dias Ferreira

Para: Avenida General San Martin, Rua Jerônimo Monteiro (trecho com sentido invertido), Avenida Ataulfo de Paiva, Rua General Artigas, Rua Dias Ferreira

Pontos de ônibus
No que se refere aos pontos de parada para embarque desembarque de passageiros nos trechos onde as linhas passarão a circular:

Linha132
a) será implantado um novo ponto de ônibus na Rua Rainha Guilhermina, entre a Avenida Ataulfo de Paiva e a Rua Dias Ferreira.

b) passa a utilizar os pontos existentes na Avenida Visconde de Albuquerque, entre as ruas Leôncio Correia e Igarapava.

OBS: permanece utilizando o último ponto do grupo BRS1 existente na Avenida General San Martin, entre as ruas General Venâncio Flores e General Artigas, e o ponto existente na Avenida Visconde de Albuquerque, entre a Rua Gabriel Mufarrej e a Avenida Delfim Moreira.

Linha 503
a) será implantado um novo ponto de ônibus na Rua Rainha Guilhermina, entre a Avenida Ataulfo de Paiva e a Rua Dias Ferreira.

b) passa a utilizar os pontos existentes na Avenida Visconde de Albuquerque, entre as ruas Timóteo da Costa e Igarapava. 

OBS: permanece utilizando o ponto existente na Avenida Visconde de Albuquerque, entre a Rua Gabriel Mufarrej e a Avenida Delfim Moreira.

Linhas 2015 e 2017
a) permanece utilizando o primeiro ponto do grupo BRS1 existente na Avenida Ataulfo de Paiva, entre as ruas Jerônimo Monteiro e Rita Ludolf.

Mais de 300 mil pessoas vão usar a Linha 4 do Metrô todos os dias

A Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro vai transportar, a partir de 2016, mais de 300 mil pessoas por dia e retirar das ruas cerca de 2 mil veículos por hora/pico. Com a nova linha, o passageiro poderá utilizar todo o sistema metroviário da cidade com uma única tarifa.

Serão seis estações (Jardim Oceânico, São Conrado, Gávea, Antero de Quental, Jardim de Alah e Nossa Senhora da Paz) e aproximadamente 16 quilômetros de extensão. A Linha 4 do Metrô entra em operação no primeiro semestre de 2016, após passar por uma fase de testes.

READ MORE - Obras do Metrô do Rio fecham ruas do Leblon a partir deste sábado

Em Jaboatão-PE, Binário de Prazeres altera itinerário de oito linhas de ônibus

A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes inaugurou, na sexta-feira (29), o Binário de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. A operação tem início no domingo (1º de dezembro) e algumas vias do bairro sofrerão mudanças. A Avenida Barreto de Menezes, Rua Aarão Lins de Andrade, Rua Francisco Galvão, Rua Emiliano Ribeiro e Rua da Linha terão mudanças nos sentidos. Devido a ação, o Grande Recife Consórcio de Transporte precisou fazer modificações em 10 paradas localizadas na região, além de alterar o itinerário de oito linhas de ônibus. 

Ao todo, três pontos de ônibus serão realocados, sete removidos e dez serão implantados nas vias. A Av. Barreto de Menezes terá sete paradas removidas, são elas: a parada de número 020278, 020277, 020274, 020370, 020371 e 020372. Já na Av. Aarão Lins, as paradas de número 010272, 010280 e 010279 serão realocadas para o lado oposto da via. O Consórcio também implantará dez pontos de embarque e desembarque, sendo dois na pista local da Av. Sen. Paulo Pessoa Guerra, um na Av. Ulisses Montarroyos, um na Av. Barreto de Menezes e seis ao longo das ruas Cel. Francisco Galvão, Rua Emiliano Ribeiro e Travessa da Linha. 


Confira abaixo o novo itinerário das linhas que sofrerá mudanças e as respectivas paradas que passarão a utilizar: 

Linha 001 – novo itinerário: Ponte dos Carvalhos (Barra de Jangada) fará o seguinte percusso: Rodovia BR-101 (pista lateral), Estrada de Curcurana..., Av. Bernardo Vieira de Melo, Rua Cel. Francisco Galvão, Rua Emiliano Ribeiro, Travessa da Linha, Girador da Estrada da Batalha, Av. Barreto de Menezes, Rua Aarão Lins de Andrade, Av, Ayrton Senna, Av, Senador Paulo Guerra... 

Quem utiliza as paradas de nº 10279,10280 e 10272 na Rua Aarão Lins de Andrade passará a utilizar os pontos de ônibus implantados na Rua Cel. Francisco Galvão. Já os veículos que atendiam as paradas da Barreto de Menezes, passarão a utilizar as paradas de nº 010272 e 010280 na Av. Aarão de Lins Andrade, além das de nº010029 e 010030 localizados na Av. Ayrton Senna. 

Linha 010 – Piedade/Shopping Center – novo Itinerário - sentido terminal/ponto de retorno: Av. Bernado Vieira de Melo, Rua Cel. Francisco Galvão, Av. Ayrton Senna, Acesso ao Shopping Guararapes, Pátio do Shopping Center Guararapes, Rua Hermínio Alves de Queiroz, Rua Aarão Lins de Andrade, Travessa Cel. Waldemar Basgal, Rua Cel. Francisco Galvão, Rua Emiliano Ribeiro, Av. Gov. Agamenon Magalhães. 

Os usuários que utilizam a parada de número 010280, localizada na Rua Aarão Lins de Andrade, sentido terminal/ponto de retorno, passarão a atender as paradas implantadas na Rua Cel. Francisco Galvão e ao ponto de ônibus de número 010279, localizado também na Rua Aarão Lins de Andrade na saída do Shopping Guararapes. 

Sentido ponto de retorno/terminal: Av. Gov. Agamenon Magalhães, Rua Aarão Lins de Andrade, Av. Ayrton Senna da Silva, Av. Senador Paulo Guerra... 

Os usuários que utilizavam a parada 010272, localizada na Rua Aarão Lins de Andrade, usarão a mesma parada implantada do outro lado da via, sentido Ponto de retorno/Terminal. Já quem utilizava os pontos de ônibus de nº 020273 e 020274, na Av. Barreto de Menezes, deverá se dirigir as paradas de número 010272 e 010280 na Av. Aarão Lins de Andrade. Já quem pegava a linha no ponto de ônibus de nº 020277 também localizada na Barreto de Menezes, utilizará as paradas 010029 e 010030, instaladas na Av. Ayrton Senna. 

Linha 044 – Massangana (Boa Vista) – novo itinerário: Praça do Diario de Pernambuco; Rua Quatro de Outubro, Av. Gov. Agamenon Magalhães, Tua Aarão Lins de Andrade, Av. Ayrton Senna, Rua Dr. Miguel Arcanjo, Av. Bernardo Vieira de Melo... 

Os passageiros que utilizavam a parada 010272, localizada na Rua Aarão Lins de Andrade, usarão a mesma parada implantada do outro lado da via, sentido Prazeres/Piedade. Quem espera o ônibus nas paradas 020273 e 020274, na Av. Barreto de Menezes, agora devem se dirigir as paradas 010272 e 010280, localizadas na Av. Aarão Lins de Andrade, sentido Prazeres/Piedade. Já quem utilizava as paradas 020277 e 020278, 010080 e 010081 devem ir até a parada 010082, na Av. Bernardo Vieira de Melo (lado oposto ao Market Place). 

Sentido ponto de retorno/terminal: ...Av. Ayrton Senna, Acesso ao Shopping Guararapes, Pátio do Shopping Center Guararapes, Rua Hermínio Alves de Queiroz, Rua Aarão Lins de Andrade, Travessa Ce. Waldemar Basgal, Rua Cel. Francisco Galvão, Rua Emiliano Ribeiro, Av. Gov. Agamenon Magalhães, Rua Quatro de Outubro, Praça do Diario de Pernambuco. 

Os usuários que utilizavam a parada 010280, na Rua Aarão Lins de Andrade, passam a utilizar os abrigos implantados na Rua Cel. Francisco Galvão, ou a parada próxima à esquina com a Rua Genival Buarque de Holanda, ou a 010279, localizada na Rua Aarão Lins de Andrade (sentido Prazeres/Piedade). 

Linha 118 – Prazeres / Boa Viagem – novo itinerário – sentido terminal / ponto de retorno: Praça Vereador Joaquim Carneiro, Rua Treze de Maio, Rua Pio XII, Rua Recife, Av. Barreto de Menezes, Av. Ulisses Montarroyos, Rua Aarão Lins de Andrade, Av. Barreto de Menezes, Estrada da Batalha, Av. Mascarenhas de Morais... 

Aqueles que utilizavam as paradas 020273 e 020274, na Av. Barreto de Menezes e a 010275, na Rua Ulisses Montarroyos, devem ir para a 020369, na Rua Recife. Já a 010280 e 010272, localizadas na Rua Aarão Lins de Andrade, e as 020370 e 020371, situadas na Av. Barreto de Menezes, devem se dirigir a parada implantada na Travessa da Linha, em frente ao Mercado Público de Prazeres. Quem utilizava as paradas 020372, devem ir até o abrigo implantado na Travessa da Linha, próximo ao girador da Estrada da Batalha. 

Linha 161 – Brigadeiro Ivo Borges / TI Aeroporto – novo itinerário: Praça Diario de Pernambuco, Rua Quatro de Outubro, Av. Gov. Agamenon Magalhães, Rua Aarão Lins de Andrade, Rua Aarão Lins de Andrade, Av. Ayrton Senna, Rua Dr. Miguel Arcanjo, Av. Bernardo Vieira de Melo... 

Os passageiros que usavam a parada 010272, na Aarão Lins de Andrade, devem se dirigir a 010280, implantada na mesma avenida (sentido Prazeres/Piedade). Já quem utilizava os abrigos 020273, 020274, na Av. Barreto de Menezes, devem ir para as paradas 010272, 010280, na Rua Aarão Lins de Andrade (sentido Prazeres/Piedade). Aqueles que usavam as paradas 020277 e 020278, na Av. Barreto de Menezes, e 010080 010081, na Av. Bernardo Vieria de Melo, devem se dirigir a parada 010082, na Av. Bernardo Vieira de Melo (lado oposto ao Market Place). 

Sentido ponto de retorno/terminal – novo itinerário: Av. Ayrton Senna, Acesso ao Shopping Guararapes, Pátio do Shopping Center Guararapes, Rua Hermínio Alves de Queiroz, Rua Aarão Lins de Andrade, Travessa Cel. Waldemar Basgal, Rua Cel. Francisco Galvão, Rua Emiliano Ribeiro, Av. Gov. Agamenon Magalhães, Rua Quatro de Outubro, Praça Diario de Pernambuco. 

Aqueles que utilizavam o abrigo 010280, na Aarão Lins de Andrade, devem se dirigir aos implantados na Rua Cel. Francisco Galvão (ou parada próxima a Rua Genival Buarque de Holanda) ou a de número 010279, na Rua Aarão Lins de Andrade (sentido Prazeres/Piedade). 

Linha 163 Circular (Cajueiro Seco) – Via Shopping Guararapes – novo itinerário: Terminal Integrado de Cajueiro Seco, 7ª Travessa Doutor Júlio Maranhão, Av. Doutor Júlio Maranhão, Av. Barreto de Menezes, Rua Aarão Lins de Andrade, Av. Ayrton Senna (pista leste/tráfego misto), Rua Dr. Miguel Arcanjo, Av. Bernardo Vieira de Melo, Rua Cel. Francisco Galvão, Emiliano Ribeiro, Travessa da Linha, Girador da Estrada da Batalha, Av. Doutor Júlio Maranhão... 

Os usuários que utilizavam a parada 020273, 020274 e 020277 na Av. Barreto de Menezes, podem utilizar as 010272, 010280 e 010279, respectivamente, localizadas na Rua Aarão Lins de Andrade. Aqueles que usavam a 020278, ainda na Barreto de Menezes, e as 010080 e 010081, localizadas na Av. Bernardo Vieira de Melo, devem se dirigir a 010082, na mesma avenida (lado oposto ao Market Place). Quem usava as paradas 010279, 010280 e 010272 na Aarão Lins de Andrade, deve se dirigir as paradas de mesmo número, localizadas na mesma rua só que no sentido Prazeres/Piedade. Nessas duas últimas paradas, os usuários também como opção se deslocar para a Rua Emiliano Ribeiro e utilizar as paradas que foram implantadas nesta via. Aqueles que esperavam o coletivo nos abrigos 020370 e 020371, na Av. Barreto de Menezes, tem como opção se dirigir a parada implantada na Travessa da Linha, em frente ao Mercado Público de Prazeres. Quem utilizava a parada 020372, ainda na Barreto de Menezes, deve se dirigir a parada implantada na Travessa da Linha, em frente a Granja Cordeiro. 

Linha 170 – Muribeca dos Guararapes (Bacurau) – novo itinerário: Estrada da Batalha, Av. Barreto de Menezes, Rua Santo Elias, Rua Recife, Av. Barreto de Menezes, Rua Almirante Dias Fernandes, Travessa da Linha, Girador da Estrada da Batalha, Av. Guararapes... 

Aqueles que aguardavam o ônibus na parada 020273, localizada na Av. Barreto de Menezes, deve se dirigir a 020369, na Rua Recife ou na parada 010272, localizada na Rua Aarão Lins de Andrade. Para quem utiliza a parada 020274, também na Barreto de Menezes, e a 010275, na Ulisses Montarroyos, deve se dirigir a 020369, na Rua Recife ou na parada 010280, localizada na Rua Aarão Lins de Andrade. Aquele que pegava nas paradas 010280 e 010272, na Arão Lins de Andrade, deve ir para as paradas de mesmo número implantadas na mesma rua, sendo do outro lado da via. Quem utilizava os abrigos de número 020370 e 020371, devem se dirigir a parada da Travessa da Linha, em frente ao Mercado Público de Prazeres. Quem utilizava a parada 020372, deve se dirigir a Travessa da Linha, em frente à Granja Cordeiro. 

Linha 206 – Barro/Prazeres – novo itinerário – sentido terminal/pronto retorno: Terminal Integrado do Barro, Estrada da Batalha, Av. Barreto de Menezes, Rua Aarão Lins de Andrade, Av. Ayrton Senna, Rua Dr. Miguel Arcanjo, Av. Bernardo Vieira de Melo, Rua Cel. Francisco Galvão, Rua Emiliano Ribeiro, Travessa da Linha, Girador da Estrada da Batalha, Estrada da Batalha. 

Os usuários que utilizavam a parada 020273, na Barreto de Menezes, deve utilizar a 010272, na Aarão Lins de Andrade, localizada no sentido Prazeres/Piedade. Já aqueles que usavam a 020274, também na Av. Barreto de Menezes, devem usar a 010280, localizada na Aarão Lins de Andrade (lado oposto à Honda).Para quem utiliza as paradas 020277 e 020278, também na Barreto de Menezes, devem se dirigir a 010082, na Av. Bernardo Vieira de Melo (lado oposto do Market Place). Quem utiliza as paradas 010080 e 010081, na Bernardo Vieira de Melo, devem ir até a 010082 (localizada no lado oposto ao Market Place). 

Os usuários que utilizam essa linha 206 – Barro/Prazeres também têm como opção, na Rua Aarão Lins de Andrade, atravessar a rua e utilizar as paradas que foram remanejadas para os seguintes locais: 010279 – esqueina com a Travessa Cel. Waldemar Basgal; 010272 – lado oposto a Honda; 010280 – em frente a loja Cartucho Expresso. Outra opção é o passageiro se deslocar até a Rua Cel. Francisco Galvão/Rua Emiliano Ribeiro e utilizar as paradas que foram implantadas nesta via: em frente ao nº 721, esquina com a Travessa Cel. Waldemar Basgal; no lado oposto ao nº 195 (Rádio 103,9 FM), esquina com a Rua Ulisses Montarroyos; esquina com a Rua Genival Buarque de Holanda; ou ainda, em frente ao lava jato, lado oposto ao nº 60. 

Se desejarem, os usuários da linha 206 – Barro/Prazeres, que utilizam as paradas 020370 e 020371, localizadas na Av. Barreto de Menezes, devem se dirigir ao abrigo implantado na Travessa da Linha, em frente ao Mercado Público de Prazeres. E aqueles que usavam a 020372, também na Barreto de Menezes, devem ir até a Travessa da Linha, em frente à Granja Cordeiro. 

Para mais informações, os usuários devem entrar em contato com Central de Atendimento ao Cliente, no 0800 081 0158. Lembrando que a CAC funciona de domingo a domingo, das 7h às 19h.

Informações: GRCT
READ MORE - Em Jaboatão-PE, Binário de Prazeres altera itinerário de oito linhas de ônibus

Em São Paulo, Bilhete Mensal já vale nos ônibus e Metrô

Os usuários do transporte coletivo de São Paulo passam a ter, a partir de , um novo sistema de cobrança que permite aos passageiros andar de ônibus, trens e Metrô quantas vezes quiserem no período de 31 dias.  A expectativa da SPTrans é de que até 50 mil usuários já utilizem o serviço a partir deste sábado.

Segundo a empresa do governo municipal, até as 9h30 desta sexta, 155.833 pessoas fizeram o cadastro para  solicitar o Bilhete Único Mensal, mas somente os usuários que se cadastraram até o dia 18 de novembro receberam o cartão.

Quem efetuou o pedido após essa data vai ser, em breve, comunicado por e-mail sobre a data da retirada do bilhete mensal. Em média, o cartão fica pronto em cerca de dez dias úteis após a finalização do cadastramento.

No momento do carregamento, o usuário deve escolher entre a recarga comum ou só ônibus, só trilhos (Metrô e CPTM) ou integração. No último caso, o valor mensal para recarga é de R$ 230. Nos demais, R$ 140. Estudantes pagarão R$ 70 para as opções só ônibus ou só trilhos e R$ 140 para o bilhete  integração.

“Quem vai ganhar não é o trabalhador nem o estudante,  mas, sim, o cidadão. A partir de agora, aquele que detém o seu Bilhete Único Mensal possui uma nova referência: a de usufruir da cidade que é dele”, afirmou o prefeito Fernando Haddad (PT).

Segundo dados divulgados pela SPTrans, a maior parte dos usuários cadastrados no Bilhete Único Mensal é do sexo feminino: 57,08% são mulheres e 42,92%, homens. Entre os cadastrados, 29,1% têm entre 19 e 24 anos e 38% têm entre 25 e 40 anos de idade. Enquanto 38,3% dos usuários cadastrados estudam e trabalham, 29,4% só estudam e 29,5% só trabalham.

Outros 2,8% não trabalham, nem estudam. No item escolaridade, 1,1% possui até a 3 série do ensino fundamental; 2,4% têm até a 4 série; 10,2% até a 8 série; 64,2% completaram o ensino médio e 22,1% concluíram o ensino superior. No que diz respeito à renda, a maior parte dos usuários (65%) recebe até R$ 1.147.

Para pedir o Bilhete Único Mensal basta registrar os  dados pessoais e foto pela internet, que gera um login e uma senha. Ainda na página da SPTrans, o usuário também decide o local de retirada do cartão.

A recarga pode ser realizada em 10 mil postos da rede SPTrans, Metrô e CPTM. As lotéricas deverão juntar-se ao sistema apenas em fevereiro de 2014.

Informações: Diário de SP


Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP
READ MORE - Em São Paulo, Bilhete Mensal já vale nos ônibus e Metrô

Ônibus em SP é mais rápido em faixa do que em corredor exclusivo

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Enquanto a cidade de São Paulo ganhou 270 km de faixas exclusivas que aceleraram os ônibus que passam por elas, nos antigos corredores a velocidade dos coletivos continua mais baixa que a de um corredor da São Silvestre.

Vistas como paliativo para melhorar a fluidez dos ônibus, as faixas à direita tiveram sua implantação acelerada por Fernando Haddad (PT) após os protestos de junho.

Pelo último balanço divulgado, a velocidade média dos ônibus nessas vias subiu de 13,8 km/h para 20,4 km/h --um ganho de quase 50%.

Já os corredores ficam à esquerda justamente para terem melhor desempenho e menos interferências, evitando as conversões dos carros. Não é à toa também que são mais caros de construir e que são posicionados nos principais eixos viários --como Rebouças e Nove de Julho.

Mas a velocidade dos ônibus nos noves corredores existentes, que totalizam 130 km, se limitou a 13,5 km/h no primeiro semestre --contra 14,5 km/h no mesmo período do ano passado, sob a gestão Gilberto Kassab (PSD).

No últimos meses, a prefeitura adotou nova metodologia de medição, que diz ser mais precisa. Mesmo assim, a velocidade se limitou a 16,6 km/h em agosto e setembro --últimos dados disponibilizados.

Ou seja, em qualquer dos casos, muito aquém da velocidade adequada de 25 km/h.

A prefeitura reconhece as distorções e promete uma reestruturação a partir de 2014.

A baixa velocidade nos corredores reforça a preocupação de técnicos devido à degradação de pistas que deveriam ser a solução mais eficiente.

Implantados entre 1980 e 2004, os corredores da cidade foram acumulando gargalos nos últimos anos que derrubaram seu potencial.

"Estão saturados. Chegam a ter 300 ônibus por hora. Já as faixas estão vazias. Na da av. Sumaré, por exemplo, são cerca de 30. É por isso que os ônibus estão mais rápidos nelas", diz Sergio Ejzenberg, mestre em transportes pela USP.

"Na av. Ibirapuera as filas formam um paredão de ônibus nos [horários de] picos. Outro problema são as paradas, mais lotadas nos corredores. Quanto mais gente, mais demora para embarcar. A solução seria cobrar a tarifa antes [do embarque]", afirma Luiz Carlos Mantovani Néspoli, da Associação Nacional de Transportes Públicos.

Os especialistas citam outros fatores que interferem na velocidade dos corredores, como a presença de outros veículos (como táxis com passageiros, vetados nas novas faixas à direita) e semáforos.

Situação dos corredores é 'absurda', mas só muda em 2014, diz secretário

O secretário de Transportes, Jilmar Tatto, diz que a prefeitura faz estudos sobre o desempenho dos corredores de ônibus para que os ganhos de velocidade não fiquem restritos às faixas exclusivas.

"Temos preocupação de aumentar a velocidade também nos corredores, porque é um absurdo o corredor andar menos que a faixa exclusiva."

O discurso é o mesmo adotado desde o início da gestão. Tatto diz que as mudanças ainda não ocorreram porque dependem de estudos. Ficarão para o ano que vem.

O plano é reduzir o número de linhas --e, assim, diminuir a quantidade de ônibus nos corredores--, alterar itinerários e promover reformas no piso e nas paradas.

O primeiro corredor a sofrer intervenção será o Pirituba-Lapa, que passa por avenidas como Edgar Facó e Francisco Matarazzo e é um dos mais lentos e superlotados.

Deve perder 70% das linhas. Segundo a prefeitura, as ações nesse corredor servirão como modelo para os demais.

A redução de linhas implica em mais baldeações, o que pode trazer complicações. Foi o que ocorreu na zona leste, no mês passado, quando a prefeitura alterou 43 linhas.

Apesar da promessa de ganho de tempo, muitos passageiros reclamaram.

Outra situação estudada é a restrição ou até a proibição dos táxis nos corredores. Após pedido da Promotoria, técnicos municipais passaram a apurar o grau de interferência causada pelos táxis.

Também estão sendo testadas formas de pagamento antecipado, para reduzir o tempo de embarque.

Além da reforma dos existentes, a gestão Fernando Haddad (PT) promete iniciar em 2014 a construção de 150 km de novos corredores. Parte deles em vias que já receberam faixas, como na avenida 23 de Maio.

Neste ano, apesar do anúncio da liberação de R$ 3,1 bilhões para mobilidade, foram iniciadas só duas obras --cujas licitações são da gestão passada. "[As obras] vão começar em breve", disse Tatto, sem citar um prazo específico.

Informações: Folha SP
READ MORE - Ônibus em SP é mais rápido em faixa do que em corredor exclusivo

Conheça a Linha Turismo e viaje Curitiba em todos os pontos

A Linha Turismo é uma linha de ônibus especial que circula nos principais pontos turísticos de Curitiba. Com ela, é possível conhecer os parques, praças e atrações da cidade. Considerada uma das melhores do país, a Linha Turismo circula a cada trinta minutos, percorrendo aproximadamente 45 km em cerca de duas horas e meia.

O roteiro começa na Praça Tiradentes, mas é possível iniciar o trajeto em qualquer um dos pontos. Para embarcar você compra uma cartela com cinco tíquetes no valor de R$ 29,00 e tem direito a um embarque e quatro reembarques. Conheça a Linha Turismo e viaje Curitiba em todos os pontos.


Atenção
1 – Não opera às segundas-feiras;
2 – Ponto inicial na Praça Tiradentes;
3 – Horário de atendimento das 9h00 às 17h30, a cada 30 minutos (ver tabela de horários);
4 – As cartelas com os tíquetes podem ser adquiridas nos ônibus em qualquer ponto de embarque, ou na URBS – Rodoferroviária – Bloco Central – Av. Pres. Affonso Camargo, 330. Horário de atendimento: das 8h30 às 17h00 – dias úteis – de segunda a sexta-feira;
5 – Crianças até 5 anos não pagam a tarifa.
6 - Somente os ônibus identificados com "adesivo Bicicleta" fixado na porta traseira tem possibilidade de transporte de bicicleta ou carrinho de bebê;
Informações: Urbs



READ MORE - Conheça a Linha Turismo e viaje Curitiba em todos os pontos

Fortaleza terá mais 70 km de corredores de ônibus no Sistema BRT

Priorizar o transporte público e coletivo é um dos principais objetivos da nova gestão da Prefeitura de Fortaleza. Por isso foram liberados pelo Governo Federal R$ 718 milhões para a construção de novos corredores expressos de ônibus, também conhecidos como BRT´s (Bus Rapid Transit).

O anúncio dos recursos foi feito na última sexta-feira (22) pela presidente Dilma Rousseff e pelo prefeito Roberto Cláudio. Os novos corredores fazem parte de um pacote de investimentos em mobilidade urbana do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).


Com a liberação de R$ 718 milhões, em recursos do Governo Federal, serão construídos pela Prefeitura de Fortaleza, já a partir de 2014, aproximadamente, 70 novos quilômetros de corredores expressos de ônibus. De acordo com o Secretário Municipal de Infraestrutura, Samuel Dias, os investimentos são históricos. "Nunca se investiu tanto em mobilidade urbana como nesses 11 meses de gestão. Os próximos três anos serão de grandes obras para a capital", explicou.

Além dos novos corredores garantidos pelo PAC da mobilidade, a presidente Dilma assinou contrato, liberando recursos da União para implantação do BRT - Senador Fernandes Távora/Expedicionários. A obra, que terá início em março de 2014, ligará o Conjunto Ceará, um dos bairros mais populosos de Fortaleza, ao centro da capital. Além das melhorias viárias, este corredor prevê a reforma, ampliação e adequação do terminal da Parangaba, passando da área atual de 12.000 m2 para 22.000 m2, que representa um acréscimo de mais de 80%, tornando o terminal compatível com a demanda atual de passageiros.

Para a implantação desses corredores expressos de ônibus em Fortaleza estão previstos o melhoramento, prolongamento e duplicação de vias para formação de eixos viários complementares. Além disso, a padronização do sistema viário principal e formação de rotas alternativas e complementares para o transporte individual oriundo dos corredores troncais com faixas exclusivas, permitindo a desobstrução dos pontos de estrangulamento, e restauração de vias degradadas, padronização de calçadas e implantação de ciclovias.

Todos os novos corredores expressos de ônibus da capital cearense fazem parte do Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) e estão entre as principais medidas adotadas pela Prefeitura de Fortaleza para priorizar o transporte coletivo e a circulação de pedestres e ciclistas na cidade. Veja a seguir como está o andamento das obras dos BRT´s em Fortaleza:

BRT Alberto Craveiro (97,71%)
BRT Antônio Bezerra/Papicu (65,00%)
BRT Paulino Rocha (56,58%)
BRT Dedé Brasil (7,46%)
Eixo Via Expressa/Raul Barbosa (8,46%)

Novos corredores expressos de ônibus:

- BRT Messejana / Centro (BR 116/Aguanambi) = R$ 125 milhões (50% do valor total)
Extensão: 15,2 km
- BRT Antônio Bezerra/Messejana (Perimetral/Juscelino Kubitschek) = R$ 298 milhões
Extensão: 23,2 km 
- BRT - Emílio de Menezes/Vital Brasil = R$ 50 milhões
Extensão: 4,1km
- BRT - 1° Anel Expresso de Fortaleza (Complemento Av. Raul Barbosa à Av. Castelo Branco) = R$ 190 milhões
Extensão: 8,5 km
- BRS - Cel. Carvalho / Pres. Castelo Branco = R$ 55 milhões
Extensão: 17,9 km

Informações: CNEWS
READ MORE - Fortaleza terá mais 70 km de corredores de ônibus no Sistema BRT

No DF, Nova frota de ônibus chega em Brazlândia

A nova frota de ônibus chega a Brazlândia nesta sexta (29), quando 45 coletivos zero quilômetro da São José serão entregues à população. Os veículos vão começar a operar, a partir deste domingo (1º), em 19 linhas que transportam uma média de 12 mil passageiros todos os dias.

“Com essa entrega, chegamos a 100% de renovação prevista para Brazlândia, ficando de fora somente as cooperativas. A ideia é intensificar a entrega dos ônibus da nova frota em outras regiões para que possamos chegar ao final do ano com o sistema totalmente reformulado”, prevê o diretor-geral do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), Marco Antonio Campanella. 

As 19 linhas – que eram operacionalizadas pela Viplan e pela Viação Pioneira – não vão ter o horário ou itinerário alterado. “As mudanças maiores ocorrerão somente quando todos os coletivos novos chegarem nas cinco bacias”, destaca Campanella.

Os novos veículos da São José circulam na cor dourada e vêm equipados com bancos estofados, motores menos poluentes, entre outros itens. Outra novidade é que os passageiros podem realizar – em um período de até duas horas, no mesmo sentido – a integração com os ônibus da TCB, com os novos carros das demais bacias, além do metrô.

A empresa já colocou 116 ônibus em circulação na Cidade Estrutural e em 25 linhas que interligam as regiões de Ceilândia, Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Taguatinga e Vicente Pires.

Ao todo, serão disponibilizados mais 415 coletivos da São José para atender aos usuários do SIA, SCIA, Vicente Pires, Ceilândia (ao norte da Av. Hélio Prates) e Taguatinga (ao norte da QNG 11).

Renovação – Com a entrega em Brazlândia, o número de ônibus da nova frota no DF chega a 585. “Tivemos um grande desafio e renovamos quase a totalidade das operadoras do transporte público do DF, sendo que nenhuma empresa continuará na mesma região", lembra o diretor-técnico do DFTrans, Lúcio Lima.

O DF foi dividido em cinco áreas, e em cada uma delas vai atuar uma empresa diferente. Ao todo, serão aproximadamente 3 mil novos ônibus, o que representará uma renovação completa do sistema – ficando de fora apenas os micro-ônibus das cooperativas que possuem contratos vigentes com o GDF.

Linhas que serão operacionalizadas pela São José, a partir deste domingo (1º). Os itinerários e horários podem ser consultados no site do DFTrans. 

Linha

Linhas Pioneira

0.411 Brazlândia/W3 Norte (Alexandre Gusmão – Estrutural);

411.1 Brazlândia/W3 Norte (Alexandre Gusmão – EPTG – EPIA);

411.2 Brazlândia/W3 Norte (A. Gusmão – INCRA 8 – DF 240 – Estrutural);

0.412 W3 Norte/Brazlândia (EPTG-Alexandre Gusmão);

0.413 Brazlândia/W3 Sul (EPTG – SIG);

413.1 Brazlândia/W3 Sul (EPTG – Qd. 716 sul);

413.2 Brazlândia/W3 Sul (DF 240 – INCRA 08 - EPTG);

413.4 Brazlândia/W3 Sul – Norte (DF 240 - EPCL)

0.421  Brazlândia (Expansão)/W3 Norte (DF-430)

0.423 Brazlândia (expansão)/W3 Sul (DF 430-EPCL);

0.424 Brazlândia/W3 Sul e Norte (DF 430-EPCL)


Linha

Linhas Viplan

0.401 Brazlândia/Taguatinga Sul (DF-240)

0.402 Brazlândia(Expansão)/ Ceilândia/Coml. Norte/Tag. Centro (DF-180 Hélio Prates)

0.407 Brazlândia (INCRA 8)/Guará I-II (EPCL)

401.1 Brazlândia/Taguatinga Sul (DF-240-FICB)

401.6 Taguatinga Sul (Católica)/Brazlândia (DF-240)

402.1 Brazlândia (Exp.-HRB-DF180)/Ceilândia(Estádio)/Tag. Centro (Com. Norte)

402.5 Brazlândia(Expansão)/Ceilândia/Comercial Norte-Sul (Católica)

402.7 Circular Brazlândia ( INCRA 07) /Ceilândia  (Via Leste) /Taguatinga Sul ( Católica)

READ MORE - No DF, Nova frota de ônibus chega em Brazlândia

Linha 17-Ouro do Metrô SP passará pela Imigrantes

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

A extensão da Linha 17-Ouro (São Paulo Morumbi-Jabaquara) para Diadema vai margear a Rodovia dos Imigrantes, passar pela Avenida Conceição, na Vila Élida, e encerrar no Terminal Diadema, no Centro. Com 5,6 quilômetros, o trajeto que terá como modal o monotrilho vai demandar R$ 1,4 bilhão de investimento.

A definição da ligação de Diadema com a rede metroviária e os valores envolvidos foram discutidos ontem à tarde em reunião do prefeito Lauro Michels (PV), da deputada estadual Regina Gonçalves (PV) e do titular de Transportes de Diadema, José Carlos Gonçalves (PR), com o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, e o presidente do Metrô, Luiz Antonio Pacheco.


Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP

Das seis paradas acertadas ontem, duas ficarão em Diadema, uma na Vila Élida e a do Terminal Diadema. Uma estação será construída ao lado do Centro de Exposição Imigrantes. Os bairros paulistanos Vila Encontro, Vila Fachini e Vila Clara receberão os demais pontos.

A Linha 17-Ouro terá início no bairro do Morumbi, passando em frente ao Estádio do São Paulo e desembocará na Estação Jabaquara, com integração na Linha 1-Azul. O trajeto também oferecerá interligação com o Aeroporto de Congonhas. Serão 18 estações, com custo estimado em R$ 3,2 bilhões (recursos do governo do Estado, da prefeitura de São Paulo e empréstimo da União) e previsão de entrega em 2016.

A interligação de Diadema com a rede de Metrô foi garantida pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) em outubro, em visita oficial ao Grande ABC.

Outros dois percursos estavam em análise na Secretaria de Estado de Transportes Metropolitanos e do Metrô. Um era aproveitando o modal de trólebus do Corredor Diadema-Brooklin, mas a hipótese foi rechaçada para não sobrepor o sistema já existente. A outra era atravessando o bairro Jabaquara, perto do Jardim Zoológico, passando pelo Jardim Campanário, porém, a alternativa foi descartada pelo alto impacto urbano e pelo alto valor em desapropriações.

“O trajeto pela Rodovia dos Imigrantes tem baixo impacto ambiental, pouca necessidade de desapropriações e se encaixa na linha política do PV de preservação do meio ambiente”, declarou Regina.

Secretário de Transportes de Diadema, José Carlos adiantou que, assim que houver publicação oficial do percurso da Linha 17-Ouro em Diadema, haverá remodelação do sistema de ônibus na cidade. “Vamos abastecer os terminais do monotrilho que ficarem em Diadema. Deixaremos as empresas (Mobibrasil e Benfica) avisadas sobre a possibilidade de adequação das linhas municipais de transporte coletivo.”

Informações: Diário do Grande ABC
READ MORE - Linha 17-Ouro do Metrô SP passará pela Imigrantes

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960