O maior ônibus do mundo será apresentado no Recife

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

O Mega BRT, o maior ônibus do mundo que já circula em Curitiba (cidade que sempre parte na frente quando o assunto é transporte público de massa), será apresentado a empresários do setor e políticos de Pernambuco na terça-feira da próxima semana (9/8), no Cabanga Iate Clube, no Recife. O equipamento está sendo trazido pela empresa Neobus, de Caxias do Sul (RS), de olho na possibilidade de ele ser utilizado nos futuros corredores de transporte que o governo do Estado pretende implantar para a Copa de 2014 e que já têm o BRT como modal definido.

O Mega BRT tem 28 metros de comprimento, 2,5 metros de altura e capacidade para 250 passageiros, contra 170 dos atuais ônibus biarticulados em operação. Além da alta capacidade de transporte,  tem tecnologia de ponta. O de Curitiba, por exemplo, que foi fabricado pela Volvo, possui um sistema que avisa antecipadamente os semáforos da aproximação, fazendo com que eles se abram assim que o veículo chega.  Outra novidade é que é movido exclusivamente a biocombustíveis, ajudando o meio ambiente.

Os organizadores da apresentação do Mega BRT em Pernambuco avisam que quem comparecer ao evento poderá dar uma volta pela cidade no equipamento. Às 12h.

Além de Curitiba, onde já se encontra em operação, o Mega BRT já foi apresentado no Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador, Cuiabá, Goiânia, Florianópolis e Belo Horizonte.



Fonte: JC Online e Blog Meu Transporte


READ MORE - O maior ônibus do mundo será apresentado no Recife

Manaus já recebeu 280 novos ônibus, de um total de 858 veículos que irão compor o novo sistema de transporte coletivo

A Prefeitura Municipal vai convidar juízes das Varas de fazenda Pública Municipal, Ministério Público, vereadores da Câmara Municipal de Manaus, deputados estaduais e representantes da sociedade civil organizada para inspecionarem os novos ônibus que irão compor a frota de transporte coletivo de Manaus no próximo dia 19. O anúncio foi feito ontem pelo superintendente da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Marcos Cavalcante, ao acompanhar o desembarque de mais 54 novos coletivos. Segundo o superintendente, até ontem já haviam chegado em Manaus 280 ônibus novos, de um total de 858 veículos que irão compor o novo sistema de transporte coletivo.


No dia 19 (sexta-feira), serão apresentados oficialmente como integrantes do primeiro lote de aproximadamente 300 novos ônibus a serem integrados no sistema de transporte coletivo, segundo revelou Marcos Cavalcante. Ontem, foram desembarcados em Manaus mais 54 novos coletivos adquiridos por quatro empresas. Eles percorreram 3.600 quilômetros de estrada a partir de Erechim (Rio Grande do Sul) até Porto Velho (Rondônia) e depois mais 1.239 quilômetros via fluvial até Manaus.

Acessibilidade
De acordo com a assessoria da Manaustrans, todos os ônibus dão acessibilidade a idosos e portadores de necessidades especiais o que, segundo Marcos Cavalcante, foi uma exigência do prefeito Amazonino Mendes.

“É importante registrar que todos os nossos ônibus virão com acessibilidade, com elevadores para os cadeirantes, com 20% dos assentos reservados aos idosos e gestantes marcados em cores diferentes e um assento para pessoa obesa. É uma nova era no transporte coletivo em Manaus”, afirmou o superintendente da SMTU.

Até meados de setembro a população de Manaus será servida de 400 novos ônibus deste primeiro lote. O restante da frota deverá chegar até meados de novembro, totalizando 858 ônibus.
Marcos Cavalcante destacou o prazo recorde da renovação da frota. Ele atribuiu ao prefeito Amazonino Mendes o mérito de pressionar as montadoras e fabricantes de chassis para que dessem prioridade aos pedidos das empresas vencedoras da licitação para integrarem o novo sistema de transporte coletivo na cidade de Manaus.


“Com este primeiro lote saímos de uma idade média de mais de oito anos para quatro anos. Quanto tivermos todos os 858 a frota de Manaus será, disparadamente, a frota mais nova no Brasil. Enquanto a média nacional é de 3,5 anos, a nossa média será de 1,86 anos. Isso é o primeiro passo da modernização do sistema de transporte coletivo”, observou.
Segundo Cavalcante a nova tarifa de R$ 2,75 somente será implantada depois que os empresários atingirem a meta prevista no contrato.

Sigit
Marcos Cavalcante informou ainda que no próximo dia 16 a SMTU retoma a licitação para a implantação do Sistema de Gestão Integrada do Transporte (Sigit). A licitação foi suspensa pedido do Tribunal de Contas. “Nós atendemos as recomendações do TCE e agora no dia 16 retomamos a licitação”.

Com o Sigit, a Prefeitura recupera o controle do sistema de transporte coletivo como um todo, como número de ônibus circulando de cada empresa, cumprimento dos horários, bilhetagem, dentro outros. Pelo sistema o usuário terá condições de saber o horário de circulação dos ônibus, o itinerário e o tempo gasto de viagem.



READ MORE - Manaus já recebeu 280 novos ônibus, de um total de 858 veículos que irão compor o novo sistema de transporte coletivo

No Recife, Governador promete tirar corredores de ônibus do papel

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, anunciou na manhã de ontem (3) que o edital de licitação que definirá a empresa responsável pelas obras de mobilidade urbana da Copa de 2014 será lançado até a próxima semana.

A declaração foi feita durante a visita do governador ao canteiro de obras do Terminal Integrado (TI) Tancredo Neves, na  zona sul do Recife.

Com investimento de R$ 476 milhões, provenientes do Tesouro Estadual e do PAC (governo federal), serão construídos as obras do TI Cosme e Damião, em São Lourenço da Mata, região metropolitana do Recife (RMR), além de três corredores de BRT (Bus Rapid Transit). São eles: norte-sul, ligando o município de Igarassu à estação central do metrô do Recife; leste-oeste, da praça do Derby até o TI de Camaragibe; e ramal da Copa, que interliga o município de Camaragibe com a Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata.
Campos adiantou que também na próxima semana será nomeada uma comissão especial para responder pela licitação das empresas interessadas em explorar as linhas de ônibus da RMR.

BRT integrado a terminal

As obras do terminal integrado Cosme e Damião custarão R$ 19 milhões e terão início até dezembro deste ano, garantiu o governador, informando que o projeto já foi analisado pelo Tribunal de Contas do Estado. Com área de 11 mil m², o equipamento se destaca pela concepção arquitetônica diferenciada, contando inclusive com sistema de captação e reaproveitamento das águas das chuvas. Este terminal também será adaptado ao sistema BRT (Bus Rapid Transit), que permitirá o tráfego de ônibus comuns e especiais.

Até o final de 2012, o governo do estado também promete entregar outros dez equipamentos requalificados, entre eles o aeroporto e a rodoviária (Terminal Interestadual de Passageiros - TIP), com investimentos previstos de R$ 76 milhões.

Por fim, o governador também anunciou a criação de um fundo de manutenção dos terminais, com investimento do próprio estado, de R$ 4 milhões, para obras de reparos de instalações, alvenaria e pequenos consertos.
Mais Notícias de Pernambuco


Fonte: Portal Copa 2014

READ MORE - No Recife, Governador promete tirar corredores de ônibus do papel

Cerca de 56% dos alunos de universidades federais usam transporte público

Cerca de 56% dos alunos das universidades federais utilizam o transporte público para ir à aula. Pouco mais de 18% vão de bicicleta, a pé ou de carona e só 21% usam transporte próprio. Os dados fazem parte do estudo lançado ontem (3) pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) sobre o perfil dos estudantes. Os dados coletados em 2010 indicam que as mulheres ocupam a maioria das vagas (53,5%) e três quartos dos alunos têm até 24 anos.

Além de dados socioeconômicos, a pesquisa também traz informações sobre o comportamento e o modo de vida dos estudantes. A casa dos pais é a moradia da maioria (55,5%) dos alunos. Quase 10% vivem em repúblicas estudantis e menos de 7% moram sozinhos. O acesso à moradia estudantil na universidade ou custeada pela instituição ainda é restrito: apenas 2,5% conseguem o benefício.

A internet é a principal fonte de informação dos universitários de instituições federais: 70% utilizam a web para ter acesso às notícias. Menos de 3% leem jornal e 20% dizem que se informam pelos telejornais. Apenas um quarto participa com frequência de atividades artísticas e culturais e mais de 60% nunca participaram do movimento estudantil.

Quase 15% fazem uso frequente do álcool e do tabaco e apenas 6% se declararam usuários de drogas ilícitas. Mais de 47% relataram ter vivido "crises emocionais" no período de 12 meses anterior à coleta dos dados da pesquisa, que se referem a 2010. As dificuldades estão relacionadas, em grande parte, à ansiedade, insônia, depressão, timidez excessiva ou a outros problemas que afetam a motivação para o estudo.

Fonte: Portal o dia

READ MORE - Cerca de 56% dos alunos de universidades federais usam transporte público

Painel 'denuncia' velocidade nos ônibus de São Paulo

A cidade de São Paulo registra, em média, quatro acidentes com ônibus por dia. Para tentar reduzir esse número, desde junho estão sendo instalados indicadores de velocidade voltados para os passageiros. Assim, os próprios usuários podem "fiscalizar" a quantos quilômetros por hora está o veículo, denunciando excessos dos motoristas.

 
Só nesta semana, ao menos 11 pessoas se machucaram em dois acidentes envolvendo coletivos municipais. Na segunda-feira, um ônibus descontrolado invadiu a calçada e bateu em duas lojas no Pari, região central, deixando nove feridos. Ontem, a roda de outro ônibus se soltou, atingindo duas pessoas no Tatuapé, na zona leste.


Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), no ano passado, 20,5% dos veículos que causaram a morte de pedestres na capital eram ônibus. Para Rogério Belda, diretor da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), ônibus devem circular a no máximo 40 km/h. "Essa já é uma velocidade média alta, pois os ônibus têm de parar muito para pegar passageiros."


A São Paulo Transporte (SPTrans) informa que 150 coletivos já têm o painel digital instalado. Isso representa 1% da frota, mas até o fim do ano que vem todos devem ter o equipamento, segundo portaria publicada em janeiro pela Secretaria Municipal dos Transportes. As viações que desobedecerem a determinação estarão sujeitas a multa de R$ 180 por veículo.


As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.





READ MORE - Painel 'denuncia' velocidade nos ônibus de São Paulo

Sem cobradores, Ônibus de Campo Grande deixam de aceitar dinheiro

A partir do dia 26 de agosto, os ônibus do transporte coletivo de Campo Grande, gradativamente, deixarão de aceitar o pagamento feito com dinheiro pelos passageiros. A tarifa será cobrada apenas com o cartão eletrônico.
A iniciativa de tirar de circulação o dinheiro nos ônibus partiu dos motoristas, que alegaram estar sobrecarregados com a falta do cobrador e preocupados com a alta incidência de assaltos aos coletivos da Capital.
A partir desta reclamação, o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo Urbano de Campo Grande fez a proposta ao prefeito, Nelson Trad Filho.
Segundo o presidente do Sindicato, Demétrio Ferreira de Freitas, após a decisão da Câmara dos Vereadores de remanejar os cobradores, a solução encontrada foi tirar de circulação o dinheiro, para proteger tanto a vida dos motoristas, quanto aos usuários do transporte coletivo.
Então no dia 21 de julho, em reunião na prefeitura de Campo Grande, os representantes da Assetur (Associação das Empresas do Transporte Coletivo Urbano), da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), da Polícia Militar e do Sindicato acordaram que, a partir de 26 de agosto de 2011, os ônibus de só aceitarão o cartão eletrônico, como pagamento da passagem.
Para a usuária dos coletivos da Capital, Irene Xavier, que já usava o cartão, é boa a iniciativa, já que dificulta a ação dos assaltantes. “Com o cartão, a gente não precisa ficar abrindo a bolsa procurando o dinheiro. Se tem algum mal intencionado, já fica olhando o que você tem na bolsa”, afirma ela.
O Coronel da PM (Polícia Militar), Carlos Alberto Davi dos Santos, diz que fato de não ter dinheiro circulando nos ônibus não fará com que diminua a fiscalização por parte da Polícia. Porém, a PM acredita que os assaltos a ônibus diminuam consideravelmente, como em outras capitais onde já foi banido o dinheiro.
“Com essa não circularização de dinheiro, acreditamos que vá diminuir a criminalidade, já que não trabalhamos com a hipótese de que os bandidos passarão a catraca para assaltar os passageiros. Mas a PM não deixará de fazer o trabalho de prevenção”, afirma o coronel.
A assessoria de comunicação da Assetur (Associação das Empresas do Transporte Coletivo Urbano) comunicou que a conscientização da população, com cartazes, panfletos e banners, começa na segunda semana de agosto.
 
Inserção gradativa do cartão
Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo Urbano da Capital, a partir do dia 26 agosto, os 45 ônibus articulados e as linhas 302 (Caiobá) e 319 (Dom Antônio Barbosa) não aceitarão dinheiro como forma de pagamento da passagem.
A partir do mês de setembro, as linhas “alimentadoras”, ou linhas azuis, com maiores índices de assalto entrarão na lista, como as linhas 411 (Santa Mônica) e 108 (Los Angeles). E a partir de janeiro de 2012, todos os ônibus do transporte coletivo de Campo Grande só aceitarão o passe eletrônico.
Em Campo Grande, cerca de 230 mil pessoas usam o transporte coletivo por dia. O preço da passagem, a R$ 2,70, é um dos mais caros do Brasil, perdendo apenas para São Paulo (R$ 3) e Florianópolis (R$2,95).


Fonte: Midiamax

READ MORE - Sem cobradores, Ônibus de Campo Grande deixam de aceitar dinheiro

Em BH, BRT na Avenida Pedro II não será mais implantado

A Prefeitura de Belo Horizonte não vai mais construir a pista de bus rapid transit (BRT) na Avenida Pedro II, devido ao alto custos das desapropriações. As obras custariam R$ 146 milhões, que seriam disponibilizados pelo PAC da Copa do Mundo.

Como o dinheiro já foi repassado, a PBH vai usar R$ 21,8 milhões para implantar um corredor exclusivo de ônibus nos moldes da Avenida Nossa Senhora do Carmo. Além disso, serão feitas melhorias no viaduto B da Lagoinha e construída a estação de integração São José, onde fica a Vila São José. O restante da verba será usado na melhorias dos BRTs da Cristiano Machado e da Antônio Carlos / Pedro I.

O BRT de Belo Horizonte terá um custo de R$ 1,2 bilhão, recurso liberado para a prefeitura pela Caixa Econômica Federal (CEF). A linha de crédito tem como finalidade bancar obras de mobilidade urbana nas 12 cidades-sede da Copa. O sistema estará em pleno funcionamento em 2013.

Sem o BRT na Pedro II, apenas duas pistas serão construídas. A linha Avenida Antônio Carlos / Pedro I terá extensão de 16 quilômetros e capacidade para transportar 25 mil passageiros por hora em cada sentido. As obras estão orçadas em R$ 588 milhões. Com custo de R$ 52,6 milhões, o corredor do BRT na Cristiano Machado terá seis quilômetros de extensão e carregará até 17 mil passageiros por hora em cada sentido.


Fonte: Estado de Minas

READ MORE - Em BH, BRT na Avenida Pedro II não será mais implantado

Tarifa de ônibus vai custar R$ 2,90 em Mauá

A partir da 0h deste domingo (07/08), a tarifa dos ônibus municipais ficará mais cara em Mauá. O valor da passagem passará dos atuais R$ 2,50 para R$ 2,90 (reajuste de 8,6%). Ao contrário dos demais municípios do ABCD, que reajustaram as tarifas no início deste ano, Mauá não faz a majoração desde dezembro de 2008.

O edital de licitação das empresas que operam o sistema de ônibus permite que o reajuste seja feito apenas um ano após a concessão. Como a Prefeitura havia licitado uma nova concessão em 2009, havia entraves jurídicos que impediam o aumento conjunto de Mauá com o restante das cidades da Região.

De acordo com o secretario de Mobilidade Urbana, Renato Moreira, a medida é inevitável tendo em vista todos os gastos das empresas que subiram nos últimos anos. “O que pesa mais nessa conta são os reajustes de combustível, como óleo diesel, mas há também aumento da folha de pagamento dos motoristas, cobradores, entre outros.”

Moreira afirmou ainda que é preciso discutir com o governo federal a desoneração de impostos para o setor de transporte público, o que poderia baratear as tarifas. “Vemos redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para os carros nacionais, para o setor privado, mas para facilitar o transporte público isso ainda não acontece”, acrescentou. 


Fonte: Jornal ABCD Maior

READ MORE - Tarifa de ônibus vai custar R$ 2,90 em Mauá

São Paulo: Estação suspensa Vila Prudente do Metrô ganha primeira viga

Foi içada a primeira viga da futura estação suspensa Vila Prudente, que será interligada à atual estação Vila Prudente do Metrô de São Paulo. O novo trecho da linha 2-Verde irá funcionar com sistema monotrilho e se estenderá até a região de São Mateus e Cidade Tiradentes, na zona leste da capital paulista.

O secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, e o presidente do Metrô, Sérgio Avelleda, estarão no local. Dois guindastes serão usados para içar a viga de concreto armado, que tem peso aproximado de 80 toneladas.

Outras sete vigas semelhantes serão içadas posteriormente visando estruturar a sustentação da plataforma da futura estação, que ficará sobre o terminal de ônibus do Expresso Tiradentes, o antigo Fura-Fila.

O novo trecho terá extensão de 24,5 km, com 17 estações: Vila Prudente, Oratório, São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tostoi, Vila União, Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta, São Mateus, Iguatemi, Jequiriçá, Jacu-Pêssego, Érico Semer, Márcio Beck, Cidade Tiradentes e Hospital Cidade Tiradentes.


Fonte: R7.com


READ MORE - São Paulo: Estação suspensa Vila Prudente do Metrô ganha primeira viga

Em Maringá, Terminal metropolitano vai para Horácio Raccanello

O terminal metropolitano da Praça Raposo Tavares, no Centro de Maringá, será transferido para a Avenida Horácio Raccanello, em frente ao obelisco que marca o início das obras do Novo Centro. No novo local deverão ser construídos 48 metros de abrigos de ambos os lados da pista. Segundo a Secretaria dos Transportes (Setran), os usuários do transporte coletivo ficarão abrigados da chuva e do sol.

O gerente de Terminais e Concessões da Setran, José Maria Bernardelli, diz que o projeto do novo terminal está sendo finalizado para ser encaminhado ao prefeito Silvio Barros (PP) ainda em agosto. A expectativa é implantá-lo neste ano. "Isso dependerá da aprovação da prefeitura", ressalva o Bernardelli.

O gerente explica que a licitação para os abrigos está sendo preparada, mas a implantação dependerá da conclusão do rebaixamento da linha férrea na Avenida 19 de Dezembro. A Urbamar, que administra as obras, assegura que o rebaixamento deve ficar pronto no final deste ano ou começo de 2012.

Bernardelli afirma também que a Setran está preparando projeto para uma segunda pista de ônibus ao lado do terminal urbano. A nova pista começará na Avenida Duque de Caxias até o terminal. "O objetivo é colocar mais ônibus de transporte urbano ali", aponta ele, explicando que, após a mudança, serão retirados os pontos de ônibus da Duque de Caxias e da rua do terminal urbano, que, segundo ele, "é provisório há cerca de 20 anos, "mas é provisório". Ele diz que não tem informações sobre o local onde seria instalado o novo terminal urbano.

O diretor-presidente da Urbamar, Fernando Camargo, diz que, no futuro, todo terminal de ônibus e o trem de passageiros será subterrâneo. "Mas isso é um anteprojeto, nem há prazo ainda." "Maringá está se preparando para o futuro, para ter um sistema de transporte coletivo subterrâneo, tanto de ônibus quanto de trem", completa.

Queixas

Enquanto o poder público estuda mudanças para o terminal metropolitano, os usuários lidam com o desconforto. A Praça Raposo Tavares conta com quatro pontos, todos alinhados na Avenida Joubert de Carvalho, para ônibus com destino a Marialva, Mandaguari e Mandaguaçu. Os abrigos não dão conta de tantos usuários e, quando chove, muitos esperam os coletivos debaixo d'água, equilibrando sombrinhas, guarda-chuvas e sacolas. "É lotado assim todos os dias", reclama o motorista Laércio Dias Sales, 31 anos, que mora em Marialva. "Piora quando chove. A gente paga o transporte e preciso de mais dignidade."

Para a doméstica Lídia Jane Magno, 46, o desconforto é pior para idosos e crianças. "Quando chove, a gente vê aquelas senhoras com guarda-chuva esperando na fila. Nem tem lugar para todas no abrigo. E quando há mães com crianças? Pior ainda. Maringá é uma cidade tão linda e por isso precisa ter um terminal melhor."

Fonte: O Diário

READ MORE - Em Maringá, Terminal metropolitano vai para Horácio Raccanello

Em Salvador, Plano Inclinado fica sem operar até segunda

Os usuários do Plano Inclinado Liberdade-Calçada (PILC) deverão ficar sem o serviço até a próxima segunda-feira (8). O ascensor foi desligado por volta das 14 horas desta quarta-feira, 3, após apresentar defeito em uma de suas rodas, conforme nota divulgada pela Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador).
Segundo o órgão, as providências já foram adotadas e o equipamento permanece em reparo. No período, a população tem como alternativa os ônibus ‘Amarelinhos’, que farão o percurso gratuitamente.

Fonte: A Tarde

READ MORE - Em Salvador, Plano Inclinado fica sem operar até segunda

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960