EMTU/SP inicia integração de Juquitiba e São Lourenço à linha 5 do Metrô

sexta-feira, 11 de junho de 2010


A partir de 12/06, os moradores de Juquitiba e São Lourenço da Serra contarão com integração tarifária entre as linhas: 030TRO Juquitiba (Barnabés) – Itapecerica da Serra (Valo Velho), via São Lourenço da Serra (Centro) e 030VP1 Juquitiba (Centro) – Itapecerica da Serra (Valo Velho), via São Lourenço da Serra (Centro) e as linhas intermunicipais que têm como destino o Terminal Capão Redondo.
Com essa integração, os usuários vão economizar R$ 0,20 tanto na ida a São Paulo como na volta para Juquitiba e São Lourenço da Serra, além de acessar gratuitamente o transporte sobre trilhos do Metrô e da CPTM por meio do Terminal.
Os usuários das linhas 030TRO e 030VP1 terão integração com as linhas apresentadas abaixo:
001TRO Itapecerica da Serra (Parque Paraíso) – São Paulo (Metrô Capão Redondo)
002TRO Embu (Engenho Velho) – São Paulo (Metrô Capão Redondo), via Itapecerica da Serra (João Mandu)
339TRO Itapecerica da Serra (Potuvera) – São Paulo (Metrô Capão Redondo), via Itapecerica da Serra (Jardim Cinira)
340TRO Itapecerica da Serra (Jardim São Marcos) – São Paulo (Metrô Capão Redondo)
451TRO Itapecerica da Serra (Jardim Branca Flor) – São Paulo (Metrô Capão Redondo)

Para obter o desconto, o usuário deve embarcar em uma das linhas relacionadas na tabela, no ponto da Rodovia Armando Salles (Estrada de Itapecerica) na região do Valo Velho.

A tarifa de R$ 4,80 deverá ser paga da seguinte maneira:

Sentido Terminal Capão Redondo

Pagamento de tarifa na linha 030TRO / 030VP1 (R$ 2,45), com transferência para as linhas 001 / 002 / 339 / 340 / 451, no período de 150 minutos com pagamento de complemento de tarifa no valor de R$ 2,35, e destas realiza nova transferência, esta gratuita para o metrô.

Sentido Juquitiba

Pagamento de tarifa no metrô (R$2,55 ou R$2,65 – dependendo da linha de origem), com transferência gratuita para as linhas 001 / 002 / 339 / 340 / 451 após a validação do cartão BOM, que permitirá no período de 150 minutos a realização de transferência para a linha 030TRO, mediante pagamento de complemento de tarifa no valor de R$2,25

A medida visa à ampliação da acessibilidade dos usuários, permitindo a integração dos ônibus intermunicipais da EMTU/SP, Metrô e trens da CPTM, através da estação Santo Amaro, da Linha 5-Lilás do Metrô, que proporciona transferência gratuita para a Linha 9 – Esmeralda, da CPTM.

Fonte: EMTU-SP

READ MORE - EMTU/SP inicia integração de Juquitiba e São Lourenço à linha 5 do Metrô

DF: Rodoviários decidem no domingo sobre nova paralisação


Indicativo de greve está marcado para segunda-feira e estimativa é que mais de um milhão de pessoas sejam prejudicadas. Hoje, os ônibus circularam normalmente.

Os ônibus circularam normalmente nesta sexta-feira, dia 11, e os rodoviários garantiram que não vão fazer outras paralisações até segunda-feira, dia 14. De acordo com o DFTrans, 2.300 ônibus estavam nas ruas na volta para casa. O Sindicato dos Rodoviários garantiu que não vai haver novas paralisações no fim de semana, mas no domingo motoristas e cobradores decidem se realmente vão entrar em greve a partir de segunda-feira.

O sindicato disse que vai cumprir a determinação da Justiça de manter 60% dos ônibus circulando, mas informou que vai recorrer da decisão. A estimativa é que um milhão de pessoas serão prejudicas pela paralisação.

Fonte: DFTV
READ MORE - DF: Rodoviários decidem no domingo sobre nova paralisação

Rio de Janeiro: Edital de licitação das linhas de ônibus será publicado na terça-feira


O prefeito Eduardo Paes anunciou, na manhã desta sexta-feira, durante a inauguração de duas creches municipais na Zona Norte, que o edital de licitação das linhas de ônibus, que inclui o bilhete único, será publicado na próxima terça-feira, no Diário Oficial da prefeitura. Paes acredita que até agosto a licitação estará concluída e o bilhete único implantado no município.
As concessões terão validade de 20 anos. A prefeitura vai estipular as metas, mas caberá às empresas formular as propostas técnicas de operação. Ou seja, indicar a quantidade de linhas e o número de ônibus nas quatro regiões em que a cidade será dividida.
O edital de licitação vai determinar, entre outras coisas, que os futuros ônibus serão obrigados a ter suspensão a ar, motor traseiro, câmbio automático, direção hidráulica e escadas rebaixadas. Também serão fixados patamares de ocupação máxima, de intervalos e de distâncias a serem percorridas até os pontos.
Os ônibus que circularem em grandes vias troncais, como a Avenida Brasil, serão articulados e biarticulados, iguais aos de Curitiba, que têm capacidade para transportar até 220 passageiros.
A modernização de toda frota será gradual e deverá ser feita até 2016, preparando a cidade para as Olimpíadas.

Fonte: O Globo
READ MORE - Rio de Janeiro: Edital de licitação das linhas de ônibus será publicado na terça-feira

São Paulo: Serviço Atende transporta mais de 107 mil pessoas por mês


Implantado pela SPTrans em maio de 1996 o Serviço de Atendimento Especial ou Atende, tem como objetivo transportar pessoas com deficiência física com alto grau de severidade e dependência, impossibilitados de utilizar os meios de transporte público para a realização de tratamentos médicos, estudos, trabalho e até mesmo lazer.

Em 1996 o Serviço operava com 35 vans, atualmente, são 333 veículos adaptados que transportam um total de 6.376 passageiros, sendo 3.658 pessoas com deficiência e 2.718 acompanhantes.

Mensalmente são transportadas pelas vans do serviço 107.288 pessoas. São 61.680 passageiros com deficiência e 45.608 acompanhantes.

Rodando cerca de um milhão de quilômetros por mês, o Serviço Atende leva diariamente usuários das regiões norte, sul, leste e oeste da cidade para hospitais, escolas e empresas.

No sábado e domingo o Atende também está presente através do serviço denominado "eventos aos fins de semana" permitindo assim, o acesso das pessoas com deficiência ao lazer e cultura.Esforços e investimentos não são poupados para garantir o direito básico de ir e vir dos deficientes físicos.

O transporte efetuado pelo Serviço Atende é gratuito. Voltado para pessoas com deficiência severa, com alto grau de dependência. Esse tipo de transporte modifica a vida de milhares de pessoas e reflete o respeito à cidadania.

Fonte: SPTrans
READ MORE - São Paulo: Serviço Atende transporta mais de 107 mil pessoas por mês

Projeto que leva leitura ao transporte coletivo é lançado em Paranavaí


O projeto “Leitura no Itinerário da Viação Cidade Paranavaí” vai disponibilizar de 20 a 24 livros em cada ônibus da VCP. O usuário do transporte coletivo terá direito a escolher qualquer obra para ler enquanto estiver no veículo. Se preferir, poderá fazer um empréstimo por período de 30 dias. “Todo o material informativo sobre como o projeto vai funcionar estará no ônibus. Haverá de cinco a seis bolsas, cada uma contendo quatro livros dos mais variados gêneros, inclusive os clássicos da literatura”, explica um dos coordenadores do projeto, Alexandre Costa Santiago, acrescentando que vão oferecer também revistas e jornais.

Cada parceiro desempenha um papel determinante para o sucesso da iniciativa. A Fundação Cultural está oferecendo os livros por meio da Biblioteca Municipal Júlia Wanderley. O Rotary Club Paranavaí Entre Rios patrocinou a confecção das bolsas e ainda fará campanhas de doações de livros. A Viação Cidade Paranavaí fará o controle dos empréstimos e devoluções. “Já o Sesc ficou encarregado da programação cultural. Eles vão oferecer apresentações artísticas dentro dos ônibus, inclusive declamações”, explica Santiago. Conforme os livros serão emprestados a coordenação fará reposições de obras.

Quem quiser levar algum livro para casa terá de preencher um cadastro com dados pessoais. “É a melhor forma para fazermos o projeto dar certo, até porque precisamos localizar o leitor, caso haja algum problema”, justifica o coordenador. Para o êxito da iniciativa, o presidente da Fundação Cultural, Paulo Cesar de Oliveira, também coordenador do projeto, pede que os usuários do transporte coletivo contribuam com críticas e sugestões. “É muito importante a participação da comunidade”, enfatiza.


READ MORE - Projeto que leva leitura ao transporte coletivo é lançado em Paranavaí

Semuttran testa TV no transporte coletivo em Piracicaba


Cerca de dez ônibus circulam pela cidade equipados com monitores de televisão LCD de 22 polegadas que veiculam notícias rápidas e propagandas. A iniciativa faz parte de um projeto piloto do provedor de internet Uol. Se os resultados forem positivos, a idéia poderá vigorar em definitivo no próximo ano, de acordo com o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Paulo Prates.

Todo o custo do programa é responsabilidade da UOL. A programação da TV mostra notícias rápidas, muitas ligadas à economia, porque o período de permanência dos passageiros nos veículos é pequeno. A novidade divide opiniões entre os usuários. A estudante Márcia Nova, 18, aprova. "A televisão é uma distração, é uma forma do trajeto passar mais rápido. Acho que deveria ser instalado em todos os ônibus.

"Já aposentada Maria Garcia, 68, assustou quando se deparou com o aparelho de TV no veículo. Para ela, o conteúdo deveria ser outro. "Não dá para entender nada, não tem nenhuma notícia interessante. Podia colocar novela, filme, alguma coisa assim", opina. Segundo o secretário, não há tempo previsto para a permanência dos equipamentos nos ônibus. (Juliana Franco)

Fonte: Jornal de Piracicaba
READ MORE - Semuttran testa TV no transporte coletivo em Piracicaba

Fortaleza: Reunião entre motoristas e empresários termina sem acordo e a greve de ônibus continua


A reunião entre Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Ceará (Sintro) e Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) terminou novamente sem acordo, na manhã desta sexta-feira, 11, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). O Tribunal apresentou proposta de 6,1% para os trabalhadores, que recusaram. Já o Sindiônibus ficou de avaliar a proposta.

O Ministério Público do Trabalho (MPT) também apresentou proposta de 10%, apenas para motoristas, cobradores e fiscais. As outras funções teriam reajuste de 6%. O sindicato patronal recusou a oferta e motoristas e cobradores devem apreciar o reajuste. Ainda nesta sexta-feira, 11, o Sintro deve realizar uma assembleia para avaliar as propostas e decidir se suspende a greve neste fim de semana.

Nesta segunda-feira, 14, o Sintro deve apresentar uma nova proposta de reajuste ao Sindiônibus, que deve emitir uma resposta na terça-feira, 15. Na quarta-feira, o MPT deve apresentar um parecer. Após isso, o presidente do TRT, Antônio Parente, deve convocar os sindicatos para nova audiência.

O procurador regional do Trabalho, Francisco Gérson Marques de Lima, comprometeu-se em dar prioridade ao caso e apresentar seu parecer em até 24 horas após o recebimento da documentação. Somente após esse prazo, o TRT decidirá sobre os percentuais de reajuste e as demais cláusulas sociais.

Na reunião desta manhã, o Sindiônibus pediu ao TRT que determinasse que 70% da frota de cada empresa seja garantida, e não a do sistema de transporte, para evitar a paralisação nas garagens. O sindicato patronal solicitou ainda que o Sintro seja multado em R$ 30 mil por dia - no primeiro e terceiro dia de greve - por ter descumprido a liminar expedida pelo TRT e feito paralisações nos terminais.

Cinco empresas de Fortaleza paralisadas

Em greve, motoristas e cobradores paralisaram cinco empresas de ônibus de Fortaleza na manhã desta sexta-feira, 11. Os veículos das empresas Aliança, Ceará Grande, Santa Maria, Fortaleza e Cidade Luz não saíram das garagens. A paralisação começou nas primeiras horas da manhã e deve permanecer durante todo o dia.

No terminal de Messejana e do Papicu, longas filas de usuários à espera dos coletivos, apesar do remanejamento de ônibus de outras empresas para suprir a demanda. Muitos ônibus estavam circulando sem os letreiros que informam o itinerário das linhas, confundindo os usuários.

Prefeitura não vai aumentar valor da passagem

“A prefeita Luizianne lins (PT) não vai dar reajuste de tarifa em função de greve ou por qualquer tipo de movimento de pressão”, avisou, nesta sexta-feira,11, em entrevista ao programa Paulo Oliveira (AM 810), o presidente da Etufor, Ademar Gondim. Ele lamenta que a greve dos motoristas e cobradores de ônibus persista e já considera essa ação um desrespeito que beira à baderna, pois o Sintro, sindicato dos profissionais, descumpre determinação da Justiça do Trabalho de manter 70% da frota rodando.

Ademar Gondim lembrou que o último aumento de passagem foi concedido pela Prefeitura em maio de 2009, quando a tarifa subiu de R$ 1,60 para R$ 1,80, registrando-se na época uma redução de passageiros. Ele reiterou que não virá aumento de passagem para resolver o impasse entre Sindiônibus, que ofereceu 5,5% de reajuste, e Sintro, que pede 45%.

O presidente da Etufor adiantou que, a partir das 8 horas desta sexta-feira, haverá nova reunião entre motoristas e empresários na sede do Tribunal Regional do Trabalho – 7ª Região em busca de uma solução que dê fim ao “quadro de dificuldades” em que está submetida a população usuária do transporte coletivo.

Fonte: O Povo online
READ MORE - Fortaleza: Reunião entre motoristas e empresários termina sem acordo e a greve de ônibus continua

DF: Sindicato dos Rodoviários afirma que não haverá paralisação nesta sexta-feira


Nenhuma paralisação de ônibus deve ser realizada nesta sexta-feira (11), segundo o Sindicato dos Rodoviários. "Nós não temos nada programado, tudo vai funcionar normalmente", diz o presidente do Sindicato, João Osório da Silva.

No entanto, a ameaça de paralisar as atividades a partir da próxima segunda-feira (14) permanece.De acordo com João Osório, os rodoviários ainda não foram procurados para que houvesse uma negociação. "Nós não tivemos nenhum contato e estamos na expectativa", comenta.

Paralização

Os rodoviários paralisaram as atividades entre as 5h e 7h desta quarta-feira. Mas o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) determinou, na manhã desta quinta, que pelo menos 60% da frota de ônibus circulasse durante a greve.

A paralisação é uma forma de pressionar os empresários a atender às reivindicações dos rodoviários. Assim, cerca de 2,3 mil ônibus que compõem a frota do DF que ficaram parados nas garagens. Aproximadamente 300 mil pessoas foram prejudicadas com a ação, segundo o sindicato da categoria.

Já o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros e das Empresas de Transporte Coletivo Urbano do DF (Setransp) afirma que a greve relâmpago afetou 600 mil passageiros.

Fonte: Correio Braziliense
READ MORE - DF: Sindicato dos Rodoviários afirma que não haverá paralisação nesta sexta-feira

Fortaleza: Motoristas ameaçam parar 100% se greve for considerada ilegal


Em seu 3º dia, a greve continua transtornando a população com retenção de ônibus nas garagens e bloqueio de terminal"Se a Justiça declarar a greve ilegal, nós vamos parar 100%".

A ameaça é do presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro), Domingo Neto, ao comentar o dissídio encaminhado pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) à Justiça do Trabalho.

Os empresários, por sua vez, alegam que há abusos dos trabalhadores.De acordo com Domingo Neto, a greve está apenas no seu começo e somente as assembleias poderão deliberar pelo seu término. Ele afirmou ainda que tem funcionado a estratégia de reter ônibus nas garagens de algumas empresas a cada dia, obedecendo os percentuais de circulação de ônibus, como determinou o Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Enquanto isso, o diretor do Sindiônibus, Dimas Barreira, voltou a protestar contra o que ele classifica como "abuso". Ele foi enfático ao afirmar que a retenção nas garagens vem sendo feita por meio de promessas que não poderão ser cumpridas e resultam em atrativas para motoristas, cobradores e fiscais.

"Estão prometendo que não serão descontados os dias parados, nem que haverá demissão para quem faltar ao trabalho. Isso é tão irreal quanto a promessa de que a luta vai chegar à conquista de um reajuste de 45%´´, afirmou Barreira. Ele informou também que a paralisação de ontem nas empresas Viação Urbana, Maraponga e Vega implicou na ausência de cerca de 490 ônibus, que compõem a frota circulante em Fortaleza.

O diretor do Sindiônibus disse que ainda é prematuro mensurar os prejuízos financeiros, decorrentes dos três dias de paralisação parcial.No entanto, tornou a manifestar sua crença de que a Justiça acatará o dissídio, bem como levará em consideração as denúncias de abusos, praticadas pelas lideranças da entidade representativa dos trabalhadores.

Fonte: Diário do Nordeste
READ MORE - Fortaleza: Motoristas ameaçam parar 100% se greve for considerada ilegal

Prefeitura de Sorocaba anuncia reajuste nas passagens de ônibus


A Prefeitura de Sorocaba anunciou nesta quinta-feira reajuste de 4,89% na tarifa do transporte coletivo. Novos preços começam a valer a partir do dia 19.
As variações são de R$ 2,59 para R$ 2,69 no vale transporte, de R$ 2,50 para R$ 2,65 no social e de R$ 1,40 para R$ 1,45 na tarifa de estudante.
Os usuários podem adquirir seus passes e créditos aos preços atuais até o dia 18 de junho, pois a nova tarifa passará a vigorar no dia 19. Os créditos adquiridos até o dia 18 terão validade por 180 dias.
A prefeitura justifica o aumento citando, entre outras coisas, o aumento salarial e de benefícios concedidos à respectiva categoria profissional.

Fonte: Rede Bom Dia
READ MORE - Prefeitura de Sorocaba anuncia reajuste nas passagens de ônibus

Tarifa de ônibus de Bauru fica mais cara neste sábado


O aumento da tarifa do transporte coletivo em Bauru passa a valer a partir deste sábado. A tarifa básica, paga com cartão, passará de R$ 2,00 para R$ 2,10 e a tarifa integrada (só viabilizada com cartão) de R$ 2,46 para R$ 2,60. Para o usuário que preferir pagar em dinheiro dentro do coletivo, a passagem será de R$ 2,25 - tarifa atual é de R$ 2,15. No mesmo dia entram em vigor duas novidades: ampliação do passe estudante e desconto de 10% na tarifa para quem circular fora do horário de pico.

A tarifa escolar, para estudantes, passará a ser de R$ 1,58, e a escolar integrada de R$ 1,95 a partir deste sábado. Na mesma data também entra em vigor a ampliação do passe escolar, que poderá ser requerido por quem tem até 25 anos - atualmente o limite é 18 anos.

A Loja da Transurb, associação das empresas que operam o transporte coletivo em Bauru, estará excepcionalmente aberta sábado, das 8h30 às 18h, para atender estudantes com mais de 18 e menos de 25 anos que queiram adquirir o cartão escolar, que dá direito a desconto de 25% na tarifa do transporte coletivo. Tanto o aumento da tarifa quanto a ampliação da faixa etária de alunos beneficiados com o passe estudante foi determinada pelo prefeito Rodrigo Agostinho nos termos do Decreto 11.241, de 12 de maio de 2010.

Também como definido por decreto, no sábado passa a ser concedido bônus de 10% nas viagens realizadas das 9h30 às 11h30 e das 13h30 às 15h30, em dias úteis de segunda-feira a sábado, e pagas com cartões cadastrados de usuários comuns e vale-transporte.Nesses horários, as tarifas serão de R$ 1,89 (básica) e R$ 2,34 (integrada). O bônus não é aplicado aos cartões escolares, já beneficiados com desconto específico, e nem a cartões avulsos, pré-carregados com tarifas básicas.

Os cartões cadastrados também são a única forma de viabilizar integração de viagens, e podem ser obtidos em pontos de atendimento instalados no Poupatempo, nos supermercados Confiança, na Livraria Jalovi da Rodrigues Alves e na Empório Cultural do Bauru Shopping, além da loja da Transurb. Basta apresentar documento de identidade e CPF, fazendo um primeiro carregamento de cinco tarifas comuns.

Já para os estudantes, é necessário comparecer à loja da Transurb, onde é tirada foto para confecção do cartão personalizado. Os estudantes devem apresentar declaração da escola referente à matrícula em 2010, apresentar documento de identidade. No primeiro cartão é necessário ainda fazer um carregamento mínimo de 15 créditos (tarifa simples/estudante), que a partir de sábado corresponderão a R$ 23,70.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru
READ MORE - Tarifa de ônibus de Bauru fica mais cara neste sábado

Câmara de Diadema aprova a privatização da ETCD


O projeto de lei do Executivo que prevê a privatização da ETCD (Empresa de Transporte Coletivo de Diadema) foi aprovado na tarde desta quinta-feira "a toque de caixa". A proposta foi analisada em 1ª e 2ª discussão e votação em poucas horas.
Com a Casa cheia, os vereadores fizeram uma "manobra" e suprimiram leituras de indicações e requerimentos para agilizar a análise do texto.
Em Diadema, o prefeito petista Mário Reali se elegeu em 2008 contra a desestatização e o discurso de manutenção da ETCD como "instituição pública, viável e com boa saúde financeira", conforme o programa de governo distribuído à população na época.
Agora, a justificativa usada pelos petistas para aprovar a privatização da empresa é o fato de que a ETCD possui hoje uma dívida de R$ 110 milhões.Prefeitura - A Prefeitura de Diadema divulgou no início da noite uma nota em que afirma que o objetivo da proposta, que autoriza a concessão das cinco linhas de ônibus operadas pela ETCD, "é melhorar a qualidade dos serviços prestados à população, modernizar e aumentar a eficiência do sistema de transporte municipal".
A gestão e fiscalização do sistema de transporte público continuará sob a responsabilidade da Secretaria de Transportes de Diadema. Em caso de descumprimento das ordens de serviço, atrasos de viagens e partidas não cumpridas, a entidade tem a competência de autuar as empresas responsáveis.
"O atual quadro econômico-financeiro da ETCD não permite novos investimentos para atingir os objetivos contidos no processo de modernização e qualificação do atendimento proposto no projeto para o transporte coletivo municipal que está sendo posto em prática", diz a Prefeitura.
Quanto aos trabalhadores da empresa, a administração municipal alega que tanto no edital como no contrato a ser assinado será exigido que a empresa vencedora empregue, preferencialmente, os funcionários da ETCD.

Fonte: Diário do Grande ABC
READ MORE - Câmara de Diadema aprova a privatização da ETCD

Projetos para recuperar a mobilidade do trânsito na Região Metropolitana do Recife já estão prontos, só faltam sair do papel

Por enquanto uma cidade ainda no papel, mas com a promessa de um futuro real: corredores exclusivos de ônibus sobre viadutos, modernas plataformas de embarque e desembarque, tempo de chegada e partida dos coletivos e, de quebra, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) para complementar a linha do metrô. Os desenhos, de um futuro que ainda não chegou, fazem parte de importantes projetos de mobilidade urbana previstos no Plano Diretor de Transporte Urbano até 2012, já projetando para o cenário da Copa do Mundo em 2014.

Esses projetos são essenciais para desafogar a situação caótica no trânsito do Recife, apresentada pelo Diario desde domingo, onde as velocidades, em horário de pico, estão abaixo dos 10 km/h nas principais avenidas da cidade. Obras que podem dar uma chance para a cidade voltar a andar.

Dos projetos previstos, três de corredores exclusivos de ônibus sequer foram licitados: Norte/Sul, Leste/Oeste e o da Avenida Norte. A última promessa é que a licitação ocorra ainda este mês. Também ainda no universo do papel, a segunda etapa da Via Mangue, projeto do município para desafogar o fluxo da Zona Sul. Só após a Via Mangue é que o Norte/Sul poderá ser totalmente implementado.

Com 43 quilômetros de extensão, o Norte/Sul, o maior entre os três corredores, ligará o terminal de integração de Igarassu, município da Região Metropolitana, até o terminal de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes. Mas a sua primeira etapa está prevista até o terminal Joana Bezerra, no Recife. A restrição se dá porque não há como dividir o atual espaço da Domingos Ferreira, já saturada com o fluxo médio de 50 mil carros por dia, e um corredor exclusivo de ônibus. "A maior parte do fluxo da Domingos Ferreira será deslocada para a Via Mangue. Enquanto isso não for feito não há como implantar um corredor exclusivo de ônibus nessa via", explicou o secretário das Cidades, Dilson Peixoto.

Encomendado pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE), o projeto do Norte/Sul foi elaborado pelo urbanista JaimeLerner, pioneiro na implantação de corredores exclusivos de ônibus no Brasil. O modelo de Transporte Rápido por Ônibus (TRO) contempla vias e faixas exclusivas para o tráfego dos coletivos e implantação de estações de embarque e desembarque. Todas elas com o piso do ônibus no mesmo nível da plataforma, a exemplo do metrô, pagamento da tarifa antes do embarque e ainda painéis eletrônicos para informar em tempo real o horário das linhas.

Já o corredor Leste/Oeste, que liga a Avenida Conde da Boa Vista à Avenida Caxangá, implantado há dois anos, sofrerá alterações para se adequar à proposta do TRO. "Além de requalicação das estações haverá uma expansão do trecho até o município de São Lourenço da Mata, que vai sediar a Copa de 2014", explicou Dilson Peixoto.

O terceiro corredor exclusivo de ônibus, o da Avenida Norte, terá início na BR-101, a partir do terminal de integração da Macaxeira, Zona Norte do Recife, até a Avenida Cruz Cabugá, no centro. A proposta do projeto para evitar desapropriações é construir ocorredor sobre um elevado. O equipamento beneficiará, ao todo, 17 bairros daquela região e terá uma extensão de aproximadamente 8,1 km. O trecho elevado terá, segundo o projeto, cerca de 5 km, da entrada do Vasco da Gama até o viaduto da Agamenon Magalhães.


READ MORE - Projetos para recuperar a mobilidade do trânsito na Região Metropolitana do Recife já estão prontos, só faltam sair do papel

Em Salvador, terminais da região do Iguatemi sofrem com insegurança


A tensão aumenta quando o dia chega ao fim. Com iluminação e segurança insuficientes, assaltos tornaram-se uma constante na estação de ônibus da Rodoviária e assustam os usuários diariamente. Não distante dali, outro equipamento urbano sofre com mais problemas. Na Estação Iguatemi, mais nova (construída em 1997), e com frota total de ônibus duas vezes maior (786 contra 324), as queixas ultrapassam os furtos.

O comércio desenfreado, feito por profissionais sem credenciamento, faz do local uma verdadeira feira livre. “Existem muitosambulantes. Aqui é pior, porque a maioria é clandestina”, afirma o supervisor da Estação Iguatemi, Antônio Bernardes da Matta. Isso pode ser comprovado com uma checagem no site oficial da Transalvador.

Enquanto a Estação Rodoviária tem 40 ambulantes credenciados, não há dados sobre a Estação Iguatemi. Para Matta, o comércio dificulta a manutenção da limpeza e a segurança do lugar, que recebe mais de 65 mil usuários por dia. Na Estação Rodoviária, o desabafo dos passageiros não esconde a insatisfação, unânime. “Os assaltos são constantes aqui. Basta escurecer”, revela o auxiliar de plataforma marítima, Alex dos Santos, que pega condução na estação todos os dias.

O supervisor de uma empresa de ônibus, Hugo Oliveira, confirma o perigo e garante que, além da escuridão à noite, buracos e assaltos, a estrutura também deixa a desejar. “Quando chove, é um fedor de esgoto insuportável. Toda vez que cai a chuva inunda tudo”. A falta de policiais e seguranças preocupa. “Isso aqui é foco de bandido. Não tem policiamento. Apartir das 17 horas, as mulheres são sempre alvo. Eles só procuram asmulheres”, diz o despachante Giovani Ferreira Chaves.

Fonte: A Tarde
READ MORE - Em Salvador, terminais da região do Iguatemi sofrem com insegurança

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960