Metrô-DF contrata novos funcionários para atendimento

terça-feira, 9 de março de 2010

O Metrô-DF se prepara para o aumento de demanda pelo transporte que ocorrerá com a chegada dos novos trens, a partir de abril deste ano, e a integração definitiva dos sistemas de bilhetagem (ônibus e metrô). Desde o sábado (6/3), 144 novos funcionários terceirizados foram chamados para trabalhar nas estações.
Eles estão divididos no atendimento dos guichês, com 106 pessoas, e em funções administrativas e de supervisão, com 38 funcionários. Com isso, nos fins de semana, a capacidade é de 53 guichês funcionando ao mesmo tempo no horário comercial e de dois atendentes em cada uma das 23 estações – o dobro do habitual. Nos dias de semana, o atendimento continuará com dois guichês por estação.
No entanto, o número poderá ser ampliado para três a cinco guichês em horários de pico, o que deve acontecer no final da tarde nas estações Central, Galeria e Arniqueiras.
Além disso, cerca de 60 metroviários que trabalhavam na venda de bilhetes, foram destacados para o auxílio aos usuários, principalmente aqueles com dificuldades de locomoção. As mudanças no sistema de bilhetagem só estarão finalizadas em quatro meses. Após o ingresso de novas equipes nos atuais postos de vendas, haverá a montagem e, posteriormente, a implantação da nova tecnologia de bilhetagem.
Fonte: Correio Brasiliense
READ MORE - Metrô-DF contrata novos funcionários para atendimento

Comprovação de deficiência determina concessão de gratuidade em Cuiába


Portadores de deficiência física têm direito ao transporte público gratuito em Cuiabá, conforme normas contidas no artigo 201, alínea “b”, da Lei Orgânica do Município e artigo primeiro da Lei Municipal nº 2.760/1990. Com esse embasamento legal, a Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (de Direito Público) indeferiu pedido na Apelação nº 57256/2009. O recurso foi interposto pela Prefeitura de Cuiabá, que pretendeu a anulação da decisão que concedeu o direito de gratuidade a apelada, depois de sofrer Acidente Vascular Cerebral (AVC), que a deixou com seqüelas, devidamente comprovadas.

A decisão inicial foi proferida pelo Juízo da Segunda Vara Especializada da Fazenda Pública da Capital nos autos da ação de obrigação de fazer, que julgou parcialmente procedente o pedido e extinguiu o processo com resolução de mérito, nos termos do artigo 269, inciso I, do Código de Processo Civil, tornando definitiva a antecipação de tutela, até a cessação da situação crônica da autora. A Prefeitura sustentou que foi demonstrada somente a condição de pensionista da apelada e que a invalidez exigida não teria sido comprovada, o que impediria a concessão da gratuidade do transporte coletivo. Aduziu ainda que ela não teria comprovado a periodicidade (dias, horários, semanas, meses) de sua locomoção para o tratamento médico e solicitou o provimento do recurso com a reforma integral da sentença.

O relator, juiz substituto de Segundo Grau José Mauro Bianchini Fernandes, constatou a veracidade das alegações da apelada, por intermédio da carta de concessão do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Também foram apresentados nos autos, o relatório médico enviado à Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos (SMTU), bem como o laudo médico ao INSS solicitando a aposentadoria por invalidez, pelo fato da mesma ser portadora de seqüelas cognitivas pós AVC. O magistrado ressaltou que a Lei Orgânica do Município de Cuiabá concede a isenção de tarifas nos transportes coletivos urbanos aos portadores de enfermidades como deficiência física, mental ou sensorial, além de seus acompanhantes, desde que comprovadas as alegações, não havendo qualquer discriminação quanto à espécie de doença (artigo 201, alínea “b”).

O juiz José Mauro Bianchini também destacou o contido no artigo primeiro da Lei nº 2.760/1990 (alterado pela Lei nº 4.608/2004), que autoriza a criação de transporte gratuito aos aposentados e pensionistas, considerados fisicamente inválidos. Quanto à ausência de informação da periodicidade do tratamento médico, o relator desconsiderou o argumento do apelante, salientando o fato da carteira de passe livre ser nominal, contendo foto do beneficiário, fato que dificultaria a fraude.

Fonte: Gazeta Digital
READ MORE - Comprovação de deficiência determina concessão de gratuidade em Cuiába

População recebe dez novos ônibus em Rondonópolis

A população de Rondonópolis foi contemplada com dez novos ônibus para ampliar a frota do transporte coletivo. A solenidade de entrega aconteceu nesta segunda-feira (8), na Praça Brasil, e reuniu diversas autoridades. O prefeito José Carlos do Pátio destaca a importância do investimento de aproximadamente R$ 3 milhões para a comunidade, em especial, aos com deficiência física. Para Pátio, o benefício garante pontualidade nos itinerários e respeito aos cidadãos.
Todos os veículos são adaptados com dois espaços reservados para quem usa a cadeira de rodas. E até o mês de junho deste ano, mais dez vão ser entregues, totalizando 81 veículos. Outro investimento na área do transporte público é a pavimentação asfáltica das linhas de ônibus e a colocação de lixeiras nos pontos.
“Buscamos a valorização do transporte alternativo. Com o investimento da empresa, vamos ter uma frota com a média de 2,5 anos de vida útil, para cada veículo. O que significa mais qualidade na locomoção das pessoas” fala Pátio. Ele destaca ainda que aqueles com deficiência física também têm o direito de ir e vir garantido. “São duas vagas com total segurança para humanizar o serviço e dar dignidade ao cidadão”, completa.
O secretário de Transporte e Trânsito do Município, Donizete Aparecido Alves de Souza, explica que a frota deve ser renovada a cada seis anos e três meses. Ele esclarece que a entrega dos novos veículos é resposta a uma solicitação da administração local. “O prefeito pediu aos diretores da empresa que investissem na cidade. Desta forma, o horário de atendimento aos passageiros é respeitado e a qualidade dos veículos proporciona uma viagem tranquila”, argumenta.
O vice-presidente da Associação dos Deficientes Físicos de Rondonópolis – Adefir, Manoel Moreira, apoiou a iniciativa. “Fizemos uma pesquisa em todo o país e descobrimos que a Cidade de Pedra é a única que tem 70% da frota adaptada. A preocupação da concessionária e do prefeito mostra a importância que as pessoas com deficiência têm para a cidade”, declara.
Além da solicitação do prefeito José Carlos do Pátio, o gerente Paulo Sérgio da Silva garante que é um prazer investir no município. “Acreditamos no potencial das famílias e estamos satisfeitos em ver que os novos ônibus já estão circulando nas avenidas e ruas da cidade, dando mais opções para os usuários do transporte coletivo”, conclui.
Fonte: Primeira Hora

READ MORE - População recebe dez novos ônibus em Rondonópolis

Abertura das propostas para o transporte de Curitiba será nesta quarta


A Urbs, Urbanização de Curitiba S/A realizará nesta quarta-feira, 10, sessão pública para abertura de proposta técnica da licitação da operação do transporte coletivo urbano de Curitiba. A sessão começará às 14h no Auditório da Urbs, no prédio central na Rodoferroviária de Curitiba.Participam da concorrência os consórcios Pontual, Transbus e Pioneiro. A documentação dos licitantes foi entregue em sessão pública realizada no dia 25 de fevereiro.
A licitação é na modalidade Concorrência (005/2009) para seleção de empresas e ou consórcios de empresas para outorga de concessão para prestação e exploração dos serviços de transporte coletivo público urbano de passageiros, com ônibus no município de Curitiba.
A concorrência combina os critérios de melhor técnica e menor custo quilométrico, visando a menor tarifa para a Rede Integrada de Transporte (RIT).
Fonte: Bem Paraná
READ MORE - Abertura das propostas para o transporte de Curitiba será nesta quarta

CET recomenda: vá à Fórmula Indy por transporte coletivo

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de São Paulo recomenda aos 32 mil torcedores que estarão no circuito do Anhembi, na zona norte, para assistir a etapa de abertura da Fórmula Indy, tanto no sábado (nos treinos) quanto no domingo (para a corrida) que vão de transporte coletivo.
O motivo: como a prova é de rua, vários locais da região do Sambódromo estarão interditados. Serão colocados à disposição ônibus fretados, táxis e outros serviços. O esquema todo, abaixo, foi anunciado pela CET e pela organização da etapa paulistana da Indy.

PROGRAMAÇÃO DA PROVA
Treinos livres: serão dois no sábado, das 9 horas às 10h15 e das 12h30 às 13h30.
Treino classificatório: no sábado, das 15 horas às 17h30.
Warmup (último treino livre): domingo, das 9 horas às 9h30.
Corrida: domingo, às 13 horas (75 voltas).

TRANSPORTE PÚBLICO
Os horários de funcionamento e os pontos de embarque de linhas especiais:
Miniterminais (entrada).
Expo Center Norte, Terminal Barra Funda, Terminal Tietê:- Sábado (13, treinos oficiais), das 6 horas às 15 horas; domingo (14, corrida), das 6 horas às 13 horas.
Expresso Aeroporto (Congonhas)- Sábado (13, treinos oficiais), das 7 horas às 15 horas; domingo (14, corrida), das 6 horas às 12h30.

Miniterminais
(saída)Entorno do circuito, nos miniterminais da rua Olavo Fontoura, com destino aos bolsões Expo Center Norte, Terminal Barra Funda, Terminal Tietê e Expresso Aeroporto:- Sábado (13, treinos oficiais), das 10 horas às 19 horas; domingo (14, corrida), das 10 horas às 19h30

LINHAS REGULARES
As linhas regulares de ônibus que circulam pela avenida Olavo Fontoura e região do circuito terão o itinerário alterado tanto no sábado (13) e no domingo (14). Os trajetos estão em http://www.sptrans.com.br/.

BOLSÕES PARA TRANSPORTE PÚBLICO
Ônibus fretados - será ativada área de estacionamento pago para ônibus fretados da FUPE (Federação Universitária Paulista de Esportes) na avenida Otto Baumgart e na avenida do Estado, entre a Marginal Tietê e a avenida Santos Dumont

METRÔ E TREM
As estações Tietê e Barra Funda terão os horários de funcionamento mantidos nos dias de treino e corrida. Haverá linha de ônibus fazendo a integração entre os terminais e o local da corrida

BOLSÕES PARA TÁXI
Chegada - O desembarque deverá ser realizado preferencialmente na avenida Brazelisa Alves de Carvalho, que apresenta o menor trajeto até os portões de acesso ao evento.
Serão dois bolsões para estacionamento, na praça Campo de Bagatelle x avenida Olavo Fontoura, e na rua Anita Malfati x avenida Olavo Fontoura
Saída - 2 mil táxis distribuídos em dois pontos. Um na rua Anita Malfatti x avenida Olavo Fontoura, e outro na praça Campo de Bagatelle, junto à avenida Olavo Fontoura

Se possível, deixar o carro em casa e usar, preferencialmente, o transporte público (ônibus, metrô e trem), já que não haverá bolsões de estacionamento e as vias próximas ao local do evento estarão bloqueadas ou com estacionamento proibido

Fonte: Estadão
READ MORE - CET recomenda: vá à Fórmula Indy por transporte coletivo

Em Salvador, Obras do metrô vão a debate


Por que o metrô de Salvador não sai? Esta é uma das maiores dúvidas dos soteropolitanos e vai estar no centro de um debate, na próxima quinta-feira, durante audiência pública, no Centro de Cultura da Câmara Municipal, no Pelourinho. O presidente da Comissão de Transportes, vereador Jorge Jambeiro (PSDB), convidou representantes da prefeitura, governo e Ministério Público (MP), para o encontro, que terá início às 9 horas.
“Todo ano é a mesma coisa, dizem que o metrô vai ficar pronto até dezembro, mas, o que sabemos é que a possibilidade dele rodar parece cada dia mais distante da realidade e enquanto isso não se concretiza, a prefeitura gasta rios de dinheiro, com uma obra que nunca acaba”, lembra Jambeiro.
Um dos temas a serem abordados durante a audiência, segundo o vereador, é a manutenção “cara e desnecessária” dos trens do subúrbio. “A prefeitura precisou manter os trens como uma das condições para receber a verba para o metrô, mas, acaba gastando R$ 1 milhão para manter o transporte, que serve a cerca de 14 mil pessoas, o que é muito pouco diante do altos custos”, garantiu.
Ele acha que o melhor que a prefeitura tem a fazer é entregar ao Estado ou à União a administração do metrô, subsidiando a tarifa, que estaria projetada em R$ 15 por pessoa. “A prefeitura tem que entregar o metrô ao Estado e os vagões ao governo federal”, declara.
Contrariando o que diz o prefeito João Henrique, ao afirmar que as obras estão cerca de 97% concluídas, Jambeiro ressalta que equipamentos importantes, para o funcionamento do metrô, como catraca, escadas rolantes e serviços de integração, ainda não foram iniciados.
Inicialmente, o metrô de Salvador teria 28 estações e 48,1 km de extensão, transportando cerca de 400 mil usuários/dia. Depois, oito estações e uma extensão de 12 km - dos quais 1,5 km seriam subterrâneos. O projeto acabou reduzido a apenas à primeira etapa de 6 km, ligando a Estação da Lapa à Rótula do Abacaxi.
A Companhia de Transportes de Salvador, responsável por operar o sistema, foi criada em 1999 com o objetivo de modernizar o Trem Suburbano e implantar o metrô em Salvador. O início dos trabalhos ocorreu em 2000, há 10 anos.

CPI vai investigar transporte
O presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, deputado Marcelo Nilo (PDT), deferiu ontem o requerimento para a instalação da CPI do Metrô de Salvador. Seguindo o Regimento Interno da Casa, o presidente da Assembleia pede que os blocos partidários indiquem, no prazo máximo de três dias consecutivos, os seus membros (seguindo a proporcionalidade) para que a CPI seja instalada.
O requerimento foi apresentado pelo deputado Elmar Nascimento (PR) e conta com a assinatura de 35 deputados da Casa. A justificativa apresentada por Elmar Nascimento para criar a CPI foi o grande número de denúncias envolvendo a obra.
“Será uma grande demonstração à sociedade de que a Assembleia Legislativa quer efetivamente contribuir para a elucidação dessa caixa preta. Considero esse o maior caso de desvio de recursos públicos da história recente da Bahia”, afirmou.

Fonte: Tribuna da Bahia
READ MORE - Em Salvador, Obras do metrô vão a debate

Goiânia terá ônibus coletivo rodando nas madrugadas

Serviço contratado desde o término do processo licitatório do transporte coletivo realizado no ano de 2007, o Corujão finalmente sairá do papel. O prefeito de Goiânia, Íris Rezende, determinou que o lançamento do transporte na madrugada seja feito no dia 12 de março, data em que quatro linhas devem entrar em circulação, com veículos rodando de hora em hora. O presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Marcos Massad, irá se reunir com as empresas que operam o sistema ainda nesta semana para acertar detalhes das planinhas que o Corujão seguirá.
A decisão foi tomada durante reunião realizada dia 2 de março no Paço Municipal, com participação do vereador Fábio Tokarski (PC do B) e de representantes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih) e da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). De acordo com o prefeito, “as empresas de ônibus resistem a oferecer o serviço devido à quantidade reduzida de passageiros na madrugada. Mas em todo ramo de negócio existe um ônus e um bônus. O transporte público não pode ser regido somente pelo lucro.
O transporte 24 horas beneficiará, sobretudo, trabalhadores que oferecem sustentação para a vida noturna da capital. Mas também eliminará uma cena recorrente, da pessoa que é obrigada a deixar os amigos porque tem de pegar o último ônibus, à meia-noite. “A medida representa a garantia de ir e vir daqueles que não podem comprar veículos e que, dessa forma, ficam impossibilitados de usufruir de todos os benefícios urbanos instalados na cidade”, disse o vereador Fábio Tokarski.
O contrato com as empresas que operam o transporte coletivo prevê a implantação do serviço nas mais de 270 linhas da região metropolitana. Mas dentre este universo, as linhas que irão circular nas madrugadas, até o momento, percorrerão os eixos T-7, T-9, 85 e Norte-Sul. Para o presidente da Abih-GO, José Luiz Uzeda, o serviço nesses itinerários são indispensáveis a quem desfruta e a quem trabalha para manter a vida noturna da capital. “Goiânia cresceu e produz atividades econômicas e de lazer 24 horas. O serviço público tem que acompanhar essa nova demanda”, disse.
Para o vereador Fábio Tokarski, o Corujão é uma conquista dos trabalhadores noturnos da região metropolitana. O parlamentar sustenta que são vários problemas ocasionados pela falta de ônibus na madrugada, como o aumento do uso de bebidas alcoólicas durante a espera pelo ônibus que só vai passar a partir das 5h30. “Quem não tem moto para ir embora após expediente é obrigado a dormir pelos cantos”, afirma.
O Corujão é um programa que estava em discussão há mais de 15 anos. Foi um dos fatores que contribuiu para Goiânia cair da 5ª posição nacional para 12ª em organização de eventos. Para melhorar a estrutura da Capital em termos de transporte e competitividade, o vereador Fábio Tokarski iniciou uma articulação em agosto de 2009.
Fonte: fabiotokarski
READ MORE - Goiânia terá ônibus coletivo rodando nas madrugadas

Gerência do Trânsito de Mossoró-RN, vai apresentar ônibus adaptados para deficientes e novos serviços


A Gerência de Trânsito (GETRAN) anuncia novidades para melhorar o transporte urbano de Mossoró. Nesta terça-feira (5), às 8h30, em frente à sede do órgão, localizada na Rua Dix-sept Rosado, centro, será feita à apresentação para a imprensa de dois novos ônibus adaptadas para acessibilidade de deficientes físicos.Os ônibus, da empresa Cidade do Sol, possuem rampas especiais para o acesso das pessoas portadoras de necessidades especiais.

"Os veículos atendem a reivindicação feita à Getran e as empresas de ônibus pela Associação dos Deficientes Físicos de Mossoró (ADEFIM)", diz o gerente de Trânsito, arquiteto Walter Pedro.

Na apresentação dos ônibus, a Gerência de Trânsito lançará, em parceria com a Federação de Transportes Rodoviários do Nordeste (FETRONOR) a vistoria com relação à emissão de poluentes. A demonstração da inspeção de poluentes será feita nos ônibus entregues hoje pela Cidade do Sol, mas se estenderá a toda a frota.

Atualmente, existem em Mossoró 37 ônibus a serviço do transporte coletivo. "Os veículos que eventualmente sejam reprovados na inspeção de poluentes, terão de se adaptar para atender as normas de emissão de gases", antecipa o gerente Walter Pedro, frisando que a vistoria é um procedimento de rotina no transporte público.

Na solenidade desta terça-feira, a Getran também anunciará a implantação do sistema de monitoramento eletrônico da frota de ônibus da Cidade.

O sistema será implantado em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes (SETRANS-RN) e será feito por meio de rastreamento através de rede de satélite.

O gerente Walter Pedro explica que, com utilização de um chip, a Getran poderá acompanhar, em tempo real, o curso da frota de ônibus. "Com implantação do sistema, a Gerência de Trânsito poderá monitorar número de viagens, freqüência,0 horário e o itinerário dos ônibus", enumera o gerente de Trânsito.

As novidades anunciadas por Walter Pedro fazem parte do conjunto de ações que vem sendo desenvolvidas pela Gerência do Trânsito ao longo nos últimos anos, no sentido de melhorar a qualidade do serviço do transporte urbano na Cidade. Entre as novas ações, destaca-se o Plano de Mobilidade Urbana, a ser elaborado pelo órgão.
Fonte: Correio da Tarde
READ MORE - Gerência do Trânsito de Mossoró-RN, vai apresentar ônibus adaptados para deficientes e novos serviços

Medianeira Transportes divulga horários de ônibus para concurso

Algumas linhas de ônibus da Medianeira Transportes terão horários especiais para o campus no dia 14 de março, quando será realizado o concurso público da prefeitura de Ijuí.
A linha Modelo/Alvorada terá dois ônibus especiais disponíveis. A primeira linha começa às 7h, passando às 7h15 no Bradesco, às 7h30 no bairro Alvorada, chegando no Campus às 7h45. Já a segunda linha começa às 7h30 no bairro Modelo, chegando ao Bradesco às 7h45 e se dirigindo diretamente ao Campus, chegando no local da prova às 7h55.
O ônibus designado para a rota Glória/Cotrijuí começa o transporte às 7h55 no bairro Tancredo Neves, passando pelo bairro Glória às 8h, chegando ao Bradesco às 8h10 e desembarcando os passageiros no Campus às 8h25.
A linha especial denominada Reforço Especial 1 começa no bairro Lambari às 7h35, chegando ao bairro Modelo às 7h40. Após, a rota segue pelo bairro Jardim, às 7h45, passando pelo Bradesco às 8h. O ônibus chega no Campus às 8h10. Outra linha especial passa pelo Bradesco às 8h25 e chega no Campus às 8h40.
O Reforço Especial 2 começa o transporte de passageiros no bairro Independência às 7h40, passando pelo Quartel às 7h45. A linha passará pelo Bradesco por volta de 7h55, chegando ao Campus às 8h10. Outra linha especial passa diretamente no Bradesco às 8h30, chegando no Campus às 8h45.
Mais uma linha especial, que irá do Bradesco ao Campus, terá ônibus disponíveis nos seguintes horários: 7h15 no Bradesco, chegando ao Campus às 7h45; 7h45 no Bradesco, chegando ao Campus às 7h55; às 8h no Bradesco, desembarcando passageiros no Campus às 8h10.
Outro ônibus passa pelo Bradesco às 8h10, chegando no Campus às 8h25; às 8h25, os usuários poderão pegar ônibus no Bradesco, desembarcando no Campus às 8h40. Por fim, às 8h30, outra linha passará pelo Bradesco, com previsão de chegada ao Campus às 8h45.

Fonte: ijuhi.com
READ MORE - Medianeira Transportes divulga horários de ônibus para concurso

Motoristas e cobradores de ônibus paralisaram atividades em Passo Fundo


Motoristas e cobradores da empresa Coleurb, uma das concessionárias do transporte coletivo urbano de Passo Fundo, promoveram uma paralisação de uma hora nesta manhã, no início do expediente, das 6h às 7h. Os funcionários compareceram a garagem, mas se negaram a sair com os ônibus, até que alguém da direção da empresa aparecesse para negociar com a categoria.

Os trabalhadores do transporte coletivo urbano, que tem data base em fevereiro, estão reivindicando um reajuste de 7%, que significa a inflação do período e mais um ganho real de 3%. Além disso, eles pedem a manutenção da sacola básica de alimentos no valor de R$ 150, que havia sido cortada. As empresas oferecem apenas 4,37% de reajuste. Além da Coleurb, responsável por 70% do transporte coletivo em Passo Fundo, outras duas empresas operaram no setor: a Transpasso e a Codepas.

Os trabalhadores destas duas empresas não aderiram a paralisação de hoje. O advogado da Coleurb José de Mello Freitas esteve na garagem e conseguiu convencer os trabalhadores a encerrar a paralisação. O defensor garantiu que a cesta básica de alimentos voltará a ser fornecida.

Uma reunião foi marcada para às 15h da próxima sexta-feira para discutir as demais reivindicações da categoria. Miguel Valdir dos Santos, um dos líderes do movimento, garantiu que se as reivindicações não forem atendidas, os motoristas e cobradores podem voltar a parar na próxima segunda-feira. Nesta terça-feira, os usuários foram pegos de surpresas e muitos chegaram atrasados ao serviço.
Fonte: Correio do Povo
READ MORE - Motoristas e cobradores de ônibus paralisaram atividades em Passo Fundo

Ônibus de Curitiba há um ano no vermelho


O déficit no transporte coletivo de Curitiba recuou 33% em dois me­­ses, e a Urbs (sociedade de economia mista que gerencia o sistema) espera equilibrar o caixa no fim do ano ou no início do ano que vem. Des­­de o início de 2009, o número de deslocamentos de passageiros tem ficado abaixo do previsto. Segundo informações fornecidas pela empresa, o rombo, que havia chegado a R$ 9,2 milhões em se­­tembro, caiu para R$ 6 milhões no mês passado.
No início do ano, o afastamento de usuários foi atribuído ao reajuste da passagem de R$ 1,90 para R$ 2,20, ocorrido em janeiro, e à crise econômica internacional. Para a Urbs, a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos carros novos, medida adotada para combater a crise, contribuiu para estimular o transporte individual, em detrimento do transporte coletivo.
O pior resultado foi registrado em agosto, no auge da epidemia da gripe A (H1N1) – a chamada gripe suína –, quando a população era orientada a evitar aglomerações. Naquele mês, o valor correspondente a cerca de 3,5 milhões de pa­­ssagens deixou de ingressar no cai­­xa. Para equilibrar as contas, conforme reportagem publicada pela Gazeta do Povo no dia 21 de outubro, a tarifa teria de ser reajustada para R$ 2,32, o que poderia afastar ainda mais passageiros. De janeiro a novembro deste ano, foram aproximadamente 14,2 milhões de des­­locamentos a menos que a previsão da Urbs.
Em razão do déficit, a Urbs chegou a atrasar o pagamento às concessionárias. O prejuízo poderia ser pior se o fundo que custeia o transporte coletivo não recebesse do município a transferência do Imposto sobre Serviços (ISS) recolhido das empresas de ônibus – cerca de R$ 800 mil por mês.
Para cobrir o custo do transporte coletivo de Curitiba – cerca de R$ 55 milhões por mês – sem ter de aumentar o preço da passagem, a Urbs aguarda a discussão do Projeto de Lei 1.927, de autoria do de­­putado federal Fernando de Fa­­binho (DEM-BA), que tramita no Congresso Nacional desde 2003. A proposta, que prevê a criação do bilhete único e isenções tributárias para desonerar o transporte coletivo, foi aprovada pela Câmara dos Deputados e está na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado Federal. O prazo para o recebimento de emendas à matéria se encerra hoje.
  • A Urbs já anunciou que quitará todos os débitos com as empresas até o lançamento do edital de licitação do transporte coletivo, o que deve ocorrer provavelmente até o fim da semana que vem. Será a primeira concorrência pública da história do sistema. As concessões, outorgadas em 1955, vêm sendo renovadas sem licitação até hoje.

Fonte: Gazeta do Povo

READ MORE - Ônibus de Curitiba há um ano no vermelho

Em Recife, Secretário visita obras de terminais integrados


O secretário das Cidades, Humberto Costa, e o presidente do Grande Recife Consórcio de Transportes, Dilson Peixoto, visitam, hoje pela manhã, as obras de construção dos Terminais Integrados de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes e Tancredo Neves, no Recife.

Os dois terminais fazem parte de um pacote de obras que vem sendo realizadas pelo governo estadual para ampliar e modernizar o Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife.

O pacote, que foi licitado no ano passado, inclui a construção de oito terminais de integração e três corredores de ônibus, ao longo dos próximos dois anos. Com um custo aproximado de R$ 60 milhões (sendo R$ 53 milhões dos terminais) para a realização de todas as obras, a expectativa do governo estadual é duplicar o atendimento dos terminais do SEI, que hoje transportam cerca de 800 mil passageiros por dia.

As obras orçadas em cerca de R$ 53 milhões englobam a ampliação do terminais do Barro e Joana Bezerra (com sistema viário e acesso) e construção dos terminais do TIP, Largo da Paz, Tancredo Neves (com sistema viário e acesso), Aeroporto, Prazeres (com sistema viário e acesso) e Cajueiro Seco (com sistema viário e acesso). Ao todo, os terminais irão disponibilizar 70 linhas de ônibus e transportar, aproximadamente, 600 mil usuários, por dia, em toda a RMR.

A construção do Terminal Integrado Tancredo Neves atenderá diretamente 122 mil pessoas, nos dias úteis. A previsão é de que operem no local 17 linhas de ônibus. A área construída será de 2.812,06 m2, em um terreno de 11.660,40 m2. Serão aplicados R$ 8.9 milhões para a construção do TI, além de R$ 1,8 milhão para o acesso viário.

O Terminal integrado de Cajueiro Seco é aguardado com ansiedade pelos usuários de toda a área sul da RMR. Após o início de sua operação, ele será um aliado importante para garantir novas opções para os usuários do SEI naquela área, que já conta com o Terminal Integrado do Cabo e a Linha Sul do Metrô.

Após o término da obra, estima-se que 50.000 pessoas usarão o terminal, que tem a previsão inicial de operação com seis linhas. A área construída será de 2.468,9 m2, em um terreno de 8.968,98 m2.

O investimento para a construção do equipamento é de R$ 7,6 milhões. Outros R$ 2,3 milhões serão aplicados na construção de um sistema viário que dará acesso ao TI.

Obs: Não foi divulgado pelo Consórcio Grande Recife o Prazo para entrega destes terminais.

CORREDORES - Além dos terminais, aproximadamente R$ 7 milhões estão sendo investidos exclusivamente na construção de modernos corredores de transporte público em três áreas estratégicas para a circulação de ônibus na Região Metropolitana do Recife. As obras irão viabilizar, ao todo, a construção de aproximadamente 11,3 km de vias exclusivas e 34 paradas de ônibus nas avenidas Pan Nordestina (PE-15), Abdias de Carvalho e Domingos Ferreira.
Fonte: Consórcio Grande Recife
READ MORE - Em Recife, Secretário visita obras de terminais integrados

Abrigos de passageiros terão placas com itinerários dos ônibus em Santos


Para orientar os usuários de ônibus quanto às linhas que devem utilizar para chegar aos seus destinos, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e a Viação Piracicabana instalaram painéis nos abrigos com informações gráficas e bem didáticas. Inicialmente, e a título de experiência, isso ocorreu em pontos com grande demanda de passageiros, como o da Avenida Conselheiro Nébias diante dos números 668 (Centro/praia) e 771 (praia/Centro), na Rua Sete de Setembro com Av. Conselheiro Nébias.

Nos painéis, que ficarão afixados sob os abrigos, constará uma tabela com o tempo médio de intervalos dos ônibus nos dias úteis, conforme o horário de embarque e a linha a ser utilizada. O tempo de espera no ponto, entretanto, poderá sofrer alterações devido às condições do trânsito. Além disso, ao consultar o painel, o usuário poderá se localizar a partir da mensagem “Você está aqui”.

Ao buscar no mapa o destino desejado, encontrará a linha de ônibus na qual deve embarcar.Após a implementação das placas nos "abrigos-piloto", a CET avaliará sua funcionalidade de forma a estendê-la para outros corredores de tráfego. Está prevista a instalação de aproximadamente 100 painéis do gênero.

Fonte: Prefeitura de Santos
READ MORE - Abrigos de passageiros terão placas com itinerários dos ônibus em Santos

Novos agentes e câmeras para monitorar o trânsito de Porto Alegre

Serão apresentados amanhã, 9, às 11h, no Salão Nobre do Paço Municipal os 70 novos agentes de fiscalização da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), chamados por intermédio de concurso. No total, Porto Alegre contará, a partir de agora, com 464 agentes de fiscalização para as áreas do trânsito, transporte e Assessoria de Educação para o Trânsito (Asset). Serão apresentadas, também, 20 novas motos que entrarão em circulação a partir da próxima semana. O prefeito José Fogaça e o secretário de Mobilidade Urbana, Luiz Afonso Senna, estarão presentes no evento.
Além de notificar condutores infratores, segundo as leis do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os agentes da EPTC realizam diversas funções fundamentais para qualificação da circulação na cidade, como atender acidentes nas ruas e realizar os primeiros socorros, vistoriar veículos em blitze, orientar desvios e bloqueios, executar blitze, organizar os cruzamentos quando há problemas de sinaleiras, trabalhar nas proximidades de eventos. No ano passado foram 22.800 atendimentos de acidentes, apoio a 2.700 eventos, além de 30 mil veículos vistoriados em blitze.
Novas câmeras - Igualmente na terça-feira entrarão oficialmente em funcionamento 15 novas câmeras de monitoramento, instaladas em vias de intenso fluxo da capital, com o objetivo de realizar operações especiais e agilizar o fluxo de veículos. Somadas às outras 15 que operavam desde novembro 2008, a população agora será atendida por 30 câmeras. As imagens são transmitidas em tempo real para a Central de Controle de Monitoramento da Mobilidade (Cecomm) da EPTC, onde cerca de 30 técnicos atuam para monitorar e realizar ajustes na circulação.
Fonte: EPTC
READ MORE - Novos agentes e câmeras para monitorar o trânsito de Porto Alegre

Projeto obriga inclusão de lixeiras em transporte coletivo

READ MORE - Projeto obriga inclusão de lixeiras em transporte coletivo

No Rio, Avenida Feliciano Sodré exclusiva para ônibus em direção ao Fonseca


A Avenida Feliciano Sodré, no sentido Praça Renascença, será exclusiva para ônibus municipais e intermunicipais a partir desta terça-feira. O novo esquema de trânsito faz parte do projeto do arquiteto Jaime Lerner e se integra ao Corredor Metropolitano da Alameda São Boaventura, que tem inauguração prevista para o dia 20.

Com a faixa exclusiva, o motorista que vem da Rua Visconde do Rio Branco terá que entrar na Rua Saldanha Marinho ou na Rua Fróes da Cruz. De acordo com a Nittrans, haverá mudanças também na Alameda São Boaventura. Faixas com informações sobre o novo esquema serão instaladas para orientar os motoristas e agentes da Subsecretaria de Trânsito vão coordenar o tráfego no local.

Fonte: O Globo

READ MORE - No Rio, Avenida Feliciano Sodré exclusiva para ônibus em direção ao Fonseca

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960