Salvador: Câmeras contribuem para redução de assaltos em ônibus

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009


Desde meados do ano passado, o índice de criminalidade nos ônibus urbanos de Salvador teve uma redução de quase 50%. Segundo dados do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setps) e do Grupo de Repressão a Roubos em Coletivos (GERRC), da Secretaria de Segurança Pública (SSP), no período de janeiro a agosto de 2008 houve uma média de 140 assaltos por mês. Este número caiu para 84/mês entre setembro e novembro, após a instalação do sistema de vigilância eletrônica em todos os 2.300 veículos da frota de ônibus do município. A implantação das câmeras foi determinada pela Portaria Municipal 082, de 20 de julho de 2007. A Superintendência de Trânsito e Transportes do Salvador (Transalvador) - antiga Superintendência de Transporte Público (STP) - informa que o sistema de vigilância é uma estratégia para coibir a ação criminal e desse modo a Prefeitura do Salvador colabora com o governo do Estado para a promoção da segurança pública. O policial militar Romero Fonseca, 35 anos, ressalta que a implantação do sistema é de extrema importância para o trabalho da PM porque permite a identificação do grupo criminoso. "As câmeras são fundamentais porque com a imagem podemos identificar os infratores e tomar medidas para prendê-los ou impedir suas ações", comenta. "O sistema de vigilância eletrônica promove uma elucidação maior do crime e, consequentemente, os delinquentes saem de circulação, e com isso há uma redução da criminalidade", diz o militar. Fonseca reconhece que o sistema tem sido eficaz, desde o inicio da instalação e operação. "Já houve tempo em que tivemos 12 a 15 assaltos em um mês somente na área da Vasco da Gama, onde atuo, e hoje temos nessa região, no máximo, duas ocorrências por mês", atesta. A Transalvador observa ainda que o sistema de bilhetagem eletrônica é outro mecanismo implantado pela Prefeitura que contribui para a redução de assaltos aos transportes coletivos. A utilização do cartão magnético para o pagamento da passagem reduz a circulação de dinheiro nos ônibus, deixando-os menos atrativos para a ação dos criminosos.
READ MORE - Salvador: Câmeras contribuem para redução de assaltos em ônibus

Florianópolis: Aumento no preço dos ônibus


O aumento médio de 6,66% no preço das passagens de ônibus de Florianópolis passou a valer neste domingo. A faxineira Rosí Pereira, 49 anos, que trabalhou limpando um escritório, foi pega de surpresa. Só ficou sabendo do aumento porque o cobrador avisou. Como usa o cartão vale-transporte, tinha créditos para pagar. — Vai fazer uma diferença enorme no meu orçamento, porque muitas vezes eu uso o ônibus para passear, então não posso usar o cartão da empresa. Pago com dinheiro. E a passagem em dinheiro ficou quase em R$ 3 — contou Rosí. A tarifa única do sistema passou de R$ 1,98 para R$ 2,10 para quem paga no cartão. Os que optam por dinheiro pagam R$ 2,70, em vez dos antigos R$ 2,50. A tarifa social sofreu aumento de R$ 0,10 nas duas modalidades de pagamento. Quem usa o cartão paga R$ 1,40 e quem usa dinheiro desembolsa R$ 1,70.
READ MORE - Florianópolis: Aumento no preço dos ônibus

Brasília: Proposta obriga transporte público a ter cadeiras infantis

A Câmara analisa o Projeto de Lei 4270/08, do deputado Sandes Júnior (PP-GO), que obriga as empresas de transporte interestadual de passageiros a ofertarem aos usuários, gratuitamente, cadeiras para acomodação segura de crianças de até 12 anos de idade incompletos. De acordo com a proposta, 5% do total de assentos do veículo deverão estar adaptados à medida. O projeto acrescenta dispositivo à Lei 10.048/00, que prioriza o atendimento de idosos, gestantes, lactantes, pessoas com deficiência e pessoas acompanhadas por crianças de colo.O parlamentar destaca que a lei já prevê a obrigatoriedade de as empresas de transporte coletivo reservarem assentos, devidamente identificados, para essas pessoas.Ele ressalta, no entanto, que essa medida ainda não é suficiente. "As crianças precisam, para garantia de sua segurança, de assentos apropriados, sob pena de sofrerem graves lesões em caso de acidentes de trânsito", afirma. Para o deputado, outro grande erro cometido é o transporte de crianças pequenas no colo dos adultos, pois em caso de colisão frontal, a criança corre o risco de ser esmagada sob o peso do corpo do adulto.

READ MORE - Brasília: Proposta obriga transporte público a ter cadeiras infantis

Cuiabá: Usuários protestam contra possível aumento do passe


Representantes de entidades estudantis e sindicais protestaram ontem, em frente à sede da Associação Mato-grossense dos Transportadores Urbanos (MTU), contra o eminente reajuste da tarifa do transporte público em Cuiabá. “O que notamos é que acabaram as eleições e justamente no momento das férias escolares falam em aumentar o valor da passagem para que não haja oposição e se tenha menos possibilidade de manifestações nas ruas”, disse o professor de História, Robinson Ciréia.

Para Robinson Ciréia, o atual valor de R$ 2,05 já é alto. “É um absurdo. Vão aumentar mais uma vez e continuam os mesmos problemas”, criticou enumerando a situações como superlotação e descumprimento de horário. Para ele, uma das saídas apontadas para melhorar o serviço prestado é a estatização como vem sido defendido pelo Comitê de Luta Pelo Transporte Público (CLTP). Acredita-se que o valor da tarifa passe a R$ 2,40.

O realinhamento tarifário é cobrado pelos empresários do setor sob a alegação que está defasada, além de dois acordos coletivos com os trabalhadores e da majoração de insumos como óleo diesel. O último aumento da passagem de ônibus concedido pela atual gestão aconteceu em janeiro de 2007, quando subiu de R$ 1,85 para os atuais R$ 2,05.

READ MORE - Cuiabá: Usuários protestam contra possível aumento do passe

Bahia: TJ-BA autoriza Procon a fiscalizar as empresas de ônibus

De acordo com a decisão, o Procon, além de fiscalizar, pode lavrar autos de infração e multar as empresas que não estiverem cumprindo a determinação do Decreto Municipal nº 17.376/07, que obriga as empresas de transporte coletivo de Salvador a equipar 100% de sua frota com câmeras de vídeo. O Procon, ao fiscalizar as empresas examina também se está sendo obedecida a Resolução Contran nº 558/80, que estabelece as condições de uso e conservação dos pneus dos ônibus.A Superintendente do Procon, Cristiana Santos, comemorou a decisão do TJBA que protege um público de menor poder aquisitivo ao reconhecer o órgão como agente legal para promover ações de fiscalização que objetivem a garantia e a defesa dos direitos do usuário do transporte coletivo. Segundo Cristiana Santos, o passageiro é consumidor e, portanto, tem todos os direitos de ser assistido pelos órgãos públicos que lidam com a defesa dos seus interesses.

READ MORE - Bahia: TJ-BA autoriza Procon a fiscalizar as empresas de ônibus

Campinas-SP: Transporte tem novas tarifas a partir de domingo, dia 18

As tarifas do transporte coletivo em Campinas serão reajustadas a partir da zero hora do próximo domingo, dia 18 de janeiro. Nos ônibus e miniônibus do sistema Intercamp, a tarifa será de R$ 2,50. Hoje, a passagem é de R$ 2,30. O passe escolar sobe de R$ 0,92 para R$ 1,00. Também terão novos valores as linhas Circular-Centro, que passam de R$ R$ 1,50 a R$ 1,65 para pagamento com o Bilhete Único e de R$ 2,30 para R$ 2,50 para pagamento em dinheiro; e as linhas seletivas, de R$ 2,65 para R$ 2,90. De acordo com a Secretaria de Transportes, o índice do reajuste aplicado à passagem de ônibus foi de 11,11% nos últimos dois anos (dezembro de 2006 a dezembro de 2008), enquanto o IGP-M/FGV chegou a 18,69% no mesmo período.

De acordo com a Secretaria de Transportes, vale destacar que além da adoção de uma taxa acumulada menor que a inflação nos últimos dois anos, Campinas garante aos usuários do transporte, com a integração proporcionada pelo Bilhete Único, uma tarifa média menor. Mesmo com este reajuste, a tarifa média será de R$ 2,05. Antes era de R$ 1,88. Hoje, aproximadamente, 17% dos usuários do transporte público fazem integração. Portanto, são 2,5 milhões de passageiros beneficiados com a integração proporcionada pelo Bilhete Único.



Esquema frauda carteiras de gratuidade em ônibus

O esquema funciona em um boxe montado no Terminal Central, onde circulam 100 mil passageiros por dia. Um dos usuários do sistema falso confirmou à emissora que andou de ônibus gratuitamente, mas sem ter autorização. “Eu andei com a carteirinha e não paguei tarifa nenhuma”, disse ele, que pediu para não ser identificado. O usuário do documento falso disse ainda que ficou sabendo do esquema por um amigo. “Foi só chegar lá e pedir para fazer a carteirinha. E paguei na hora e retirei quatro dias depois”, explicou.Ao comparar o documento falso com o verdadeiro, é possível ver algumas diferenças. As bordas são diferentes e o logo da empresa menor. Um produtor da EPTV, com uma câmera escondida, esteve no ponto de confecção das carteiras falsas e com R$ 40 comprou uma carteira falsificada. O homem que o atendeu disse que com o documento falso era possível fazer longas viagens. “Você viaja até para o Paraná sem pagar nada”, disse o responsável pela confecção da carteira.
READ MORE - Campinas-SP: Transporte tem novas tarifas a partir de domingo, dia 18

São Bernardo-SP: Trabalhadores enfrentam longas filas para trocar vale-transporte

Os trabalhadores que foram trocar os vales-transporte nesta quarta-feira no Terminal Rodoviário João Setti, no Centro de São Bernardo, tiveram de aguardar por quase duas horas, debaixo de um sol forte, para conseguir atendimento. Desde hoje, os ônibus municipais, operados pela SBC Trans, não aceitam mais o modelo em vermelho e azul do bilhete.
A maioria dos trabalhadores afirma que o problema da longa espera no terminal rodoviário é recorrente. "Sempre tem fila. Inclusive, um colega meu esteve aqui hoje de manhã e ficou duas horas e meia aguardando para trocar os bilhetes", afirma o motoboy Anderson Martins, 32 anos.
A validade do vale-transporte expirou ontem, porém, os trabalhadores com bilhetes antigos só puderam efetuar a troca a partir desta quarta-feira. Impossibilitados de utilizar o transporte público hoje, muitos não tiveram alternativa senão faltar em seus trabalhos para efetuar a troca.

Uma funcionária da SBC Trans, que não quis se identificar, afirmou que a troca ocorreu devido a fraudes e em função do reajuste das tarifas de ônibus municipais, que subiram de R$ 2,30 para R$ 2,50. Ainda de acordo com a funcionária, há três dias foram afixados avisos sobre a troca dos bilhetes. Os cobradores também foram encarregados de orientar os passageiros. Nenhum representante da SBC Trans foi localizado até o fechamento da reportagem para comentar oficialmente o assunto.

READ MORE - São Bernardo-SP: Trabalhadores enfrentam longas filas para trocar vale-transporte

Aracaju: Empresários do setor de transporte público se comprometem a renovar a frota


Em reunião realizada nesta quarta-feira, empresários e representantes das oito empresas que fazem o sistema integrado de transporte público da capital e região metropolitana entregaram ao superintendente Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) da Prefeitura de Aracaju, Antônio Samarone, uma carta onde se comprometem a oferecer um serviço de qualidade à população. Entre as garantias formalizadas estão a oferta de ônibus novos, o cumprimento dos horários estabelecidos e o aprimoramento da tecnologia utilizada no sistema.
No documento, os empresários afirmam que diante da necessidade urgente da melhoria do transporte público visando compatibilizá-lo com o estágio da qualidade de vida de nossa capital, as empresas operadoras do Sistema de Transporte Coletivo da Região Metropolitana de Aracaju vêm, publicamente, comprometer-se a colocar em operação 100 veículos novos até junho de 2009. Igualmente, comprometem-se a colocar em funcionamento o sistema de monitoramento via GPRS/GSM, visando acabar com os atrasos e as queimas de viagens, até o mês de abril de 2009.
Segundo o superintendente da SMTT, a renovação da frota vai garantir muito mais conforto e segurança aos passageiros, melhorando a vida dos usuários do transporte público. Os 100 novos ônibus entrarão em circulação ainda no primeiro semestre deste ano. O número é significativo e corresponde a cerca de um quinto de toda a frota atual, que é de 520 veículos. Na última renovação, em 2001, 67 novos ônibus passaram a integrar o sistema, avaliou.
O presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Município de Aracaju (Setransp), Adierson Monteiro, disse que o compromisso firmado atesta o interesse das empresas em contribuir para a melhoria de vida da população e se soma ao esforço da Prefeitura de Aracaju, gestora do sistema público de transporte. Os empresários vão investir cerca de R$ 25 milhões na compra de ônibus novos e mais R$ 5 milhões na aquisição do sistema de monitoramento via GPRS/GSM, revelou.
O sistema GPRS/GSM é uma moderna ferramenta tecnológica capaz de garantir o monitoramento da frota em tempo real. Com esse recurso, será possível conferir o horário de chegada e saída dos ônibus, o cumprimento dos roteiros e das linhas pré-estabelecidas. Assim será possível fazer as correções a ajustes necessários para oferecer um serviço de qualidade aos usuários do transporte coletivo.
Reajuste da tarifa
De acordo com Antônio Samarone, o compromisso firmado em nada influenciará os estudos em andamento sobre o reajuste da tarifa. Os empresários querem um aumento de 20% no valor da passagem, mas o percentual será definido pela Prefeitura de Aracaju, após minuciosa análise de uma série de documentos apresentados pela categoria para justificar o novo preço defendido. O índice de reajuste será definido com base no real aumento dos custos.

READ MORE - Aracaju: Empresários do setor de transporte público se comprometem a renovar a frota

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960