Ceará vai investir R$ 63 milhões para construir metrô em Sobral

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

O Governo do Estado vai investir mais de R$ 60 milhões para implantar o Metrô de Sobral, na região Norte, a cerca de 250 quilômetros de Fortaleza. A obra será iniciada logo no início do próximo ano e deve estar pronta em 18 meses. A novidade deve impulsionar ainda mais o ritmo em que o município se desenvolve em vários setores.

A licitação do Metrô de Sobral será aberta no dia 19. Segundo a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), as obras devem custar R$ 43,5 milhões. Mais R$ 20 milhões serão usados na compra de cinco veículos leves sobre trilhos, chamados de VLTs.

O metrô, com duas linhas e 11 quilômetros de percurso, deve ligar os bairros mais populosos de Sobral a pontos de grande circulação, como o polo industrial da Grendene e o Hospital Regional da Zona Norte - em construção.

A ordem de serviço deve ser dada em janeiro. A previsão é que a obra fique pronta em 2012, no fim do primeiro semestre. Nos seis meses seguintes o metrô deve operar em fase de testes. Logo em seguida começa a operação comercial.

“Todas as cidades de médio porte, como Sobral, têm que se preparar para o crescimento populacional e econômico. O VLT é um transporte caro, mas é eficiente, usado em várias outras cidades. Se você visa um planejamento para longo prazo, é imprescindível ter VLT”, aponta a professora de Economia da Universidade Federal do Ceará (UFC) em Sobral, Alessandra Benevides.

Mas a professora destaca a necessidade de o poder público subsidiar a passagem, por se tratar de um transporte caro. Já o diretor de Desenvolvimento e Tecnologia do Metrofor, Edilson Aragão, afirma que o Estado dará o subsídio, como faz nos trens de Fortaleza, Maracanaú e Caucaia e no Metrô do Cariri. As passagens custam R$ 1.

Crescimento
Sobral também está vendo a expansão da Universidade Federal do Ceará (UFC) e o crescimento industrial, além de obras do Governo do Estado. O valor dos imóveis, por exemplo, vem aumentando. “De cinco anos para cá está acontecendo isso. Aqui está uma cidade universitária. E tem ainda a Grendene, que emprega muita gente”, detalha o corretor de imóveis Fagus Feijão. 
 
O corretor aponta que, por conta da chegada de vários estudantes, o valor dos quitinetes está subindo. “O aluguel de um imóvel de um quarto em Sobral é o mesmo que o aluguel de um imóvel de dois quartos em Fortaleza”, endossa Alessandra. “O preço dos imóveis próximos às estações do metrô devem subir absurdamente de preço”, completa.
 
Fonte: O Povo Online

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960