Quando o Recife andava de bonde

domingo, 12 de setembro de 2010


Nas ruas estreitas do Bairro do Recife ainda é possível encontrar os trilhos da antiga linha férrea que trazia os bondes para o centro da cidade. Na Avenida Rui Barbosa, nas Graças, a Estação Ponte d' Uchôa está lá, intocável. Marcas da história. Referências ao meio de transporte mais popular do século 19. Pelo menos 100 cidades brasileiras utilizavam esse tipo de transporte.
Mesmo eficiente, o modelo praticamente desapareceu e são raros os casos ainda existentes. Em geral, funcionam como atrativos turísticos e não exatamente como transporte de massa. Mais de meio século depois que saíram de cena, outra modalidade ferroviária, além do metrô, começa a surgir, o chamado Veículo Leve Sobre Trilho (VLT), que vai atender a linha entre Cajueiro Seco e Cabo de Santo Agostinho. O trecho é de apenas 18 quilômetros. No entanto, se depender da disposição dos operadores, há fôlego para mais. Inclusive como alternativa na área urbana.

Enquanto o futuro não chega, o passado recontaa história. O primeiro bonde brasileiro surgiu no Rio de Janeiro e era puxado a burro no ano de 1852. No Recife, há registros de que a primeira linha a vapor foi inaugurada em 1867 e ligava o Porto do Recife ao bairro de Apipucos. A linha foi depois estendida para os bairros de Dois Irmãos e Caxangá. Somente em 1870 foi criada a linha do município de Olinda ao bairro de Beberibe, no Recife. A capital pernambucana foi uma das últimas a instalar os bondes elétricos. A primeira linha elétrica ligou os bairros de Santo Antônio e Boa Vista. Foi inaugurada em 1914.

Mais modernos, os trens elétricos inauguraram uma nova fase no transporte da cidade. De acordo com as pesquisas históricas, muitos bondes abertos foram reconstruídos como modelos fechados de luxo para uma nova linha até a Praia de Boa Viagem, inaugurada em 1924. Na década de 1920, a Pernambuco Tramways operava 130 veículos motorizados e 110 reboques em 141 quilômetros de linhas, o terceiro maior sistema urbano de bondes do Brasil. Em Pernambuco, além do Recife, outras 11 cidades chegaram a contar com serviços de bonde: Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Carpina, Caruaru, Garanhuns, Goiana, Limoeiro, Palmares, Pesqueira, Timbaúba e Triunfo. Uma rota que havia sido planejada para Jaboatão nunca foi construída.

Fonte: Diário de Pernambuco

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960