Grande Recife realiza concurso público

segunda-feira, 24 de maio de 2010


O Grande Recife Consórcio de Transporte realizará, no próximo dia 20 de junho, um concurso público para o preenchimento de 44 vagas, para os níveis superior, técnico e médio. As inscrições podem ser feitas – de hoje até o dia 7 de junho - pelo site http://www.upenet.com.br/.

Há vagas para arquitetos (1), advogados (1), economista (1), engenheiro (2), estatístico (1), administrador (1), assistente social (1), analista de sistemas (1), contador (1), psicólogo (1), secretária executiva (1), almoxarife (1), secretária (1), fiscal de vistoria (2) e fiscal de linha e de frota (28). A remuneração inicial varia de R$ 2.679,33 até R$ 1.200,35.

O concurso, que tem validade de dois anos, podendo ser renovado por igual período, será executado pelo Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco. O edital do certame também pode ser acessado através da página do Grande Recife na web (http://www.granderecife.pe.gov.br/).

O valor das inscrições é de R$ 40,00 (para nível médio) e R$ 70,00 (para nível superior). As provas, que terão caráter objetivo, serão realizadas na cidade de Recife, em etapa única. Do total de vagas ofertadas 3% (três por cento) serão reservadas para pessoas com deficiência, como prevê o artigo 97, inciso IV, alínea "a", da Constituição do Estado de Pernambuco, observando-se a habilitação técnica e outros critérios previstos no edital público do concurso, publicado neste final de semana no Diário Oficial do Estado e jornais de grande circulação do Estado.

A classificação final será divulgada em julho e a convocação dos aprovados está prevista para 2011. Os contratos dos novos empregados serão regidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Para os cargos de nível superior, as provas abordarão conhecimentos de Língua Portuguesa, 10 (dez) questões; conhecimentos de Informática, 10 (dez) questões; e conhecimentos específicos, 20 (vinte) questões.

Na função de Fiscal de Linha e Frota: conhecimentos de Língua Portuguesa, 10 (dez) questões; raciocínio lógico e informática, 15 (quinze) questões; e Legislação, 15 (quinze) questões.

Na função de Fiscal de Vistoria: conhecimentos de Língua Portuguesa, 10 (dez) questões; raciocínio lógico e informática, 10 (dez) questões; Legislação, 10 (dez) questões; Conhecimentos de Mecânica e Sistema de Manutenção Preventiva de Ônibus Urbano, 10 (dez) questões.

Para as vagas de almoxarife e secretária: conhecimentos de língua portuguesa, 20 (vinte) questões; conhecimentos de informática, 10 (dez) questões; e raciocínio lógico, 10 (dez) questões.

O secretário das Cidades e presidente do Grande Recife Consórcio de Transportes, Dilson Peixoto, enfatiza a importância da realização do concurso para reforçar o trabalho de ampliação que vem sendo executado pelo governo estadual em todo o Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife.

“Como órgão gestor do transporte público, o Grande Recife precisa de mão de obra qualificada e ao longo dos anos, em função de aposentadorias e outras questões, o quadro funcional sofreu uma defasagem considerável.

Além disso, houve uma ampliação das demandas a partir da incorporação de sistemas municipais de transporte e ampliação do Sistema Estrutural Integrado, o SEI”, destacou.

Fonte: CGRT

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960