Grande BH volta à normalidade

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Depois de três dias de transtornos decorrentes da greve dos rodoviários, o trânsito da Grande Belo Horizonte retorna à normalidade. Sindicatos trabalhistas e patronal confirmaram que 100% dos ônibus circularam. A situação deve permanecer assim pelo menos até domingo, quando os trabalhadores voltam a se reunir em assembleia.
A categoria vai avaliar a proposta apresentada ontem pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que autorizou a reabertura das negociações. Enquanto as partes não chegam a um acordo sobre o índice de reajuste de salários, os funcionários das empresas de ônibus receberão abono mensal que varia entre R$ 50 e R$ 100, aumento no valor do vale-refeição (de R$ 230 para R$ 245).
Além disso, caso a categoria aceite a retomada das negociações sem a realização de novas paralisações, motoristas e trocadores terão perdoados os dias parados, e os sindicatos trabalhistas não terão que pagar multa diária de R$ 300 mil nem ter as contas bloqueadas.
Os sindicatos dos trabalhadores ressaltam que o estado de greve continua. Eles exigem reajuste de 37%, ante uma proposta de 4,36% das empresas. "Estamos caminhando para uma resolução do problema", disse Valéria Reis, representante do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Metropolitano (Sintram). Segundo ela, 96% dos ônibus circularam normalmente ontem na capital. O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (STTRBH) informou que 100% dos 29 mil rodoviários da capital trabalharam normalmente ontem.
Fonte: O Tempo

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960