No Rio, Bilhete único começa neste sábado

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010


A implantação do bilhete único, no valor de R$ 4,40, virá acompanhada da reestruturação tarifária dos ônibus intermunicipais. As atuais 86 tarifas diferenciadas - de R$ 13,70 a R$ 2,20 - serão reduzidas a 12, com preços que vão variar de R$ 7,10 a R$ 2,35, para os passageiros que não usarem o bilhete único.
(Tire suas dúvidas sobre o bilhete único intermunicipal)
(Veja a lista completa das linhas de ônibus que aceitarão o benefício)
Das 587 linhas de ônibus intermunicipais, 518 estão integradas ao bilhete único. O sistema inclui os veículos com ar-condicionado, desde que sejam convencionais, ou seja, com duas portas e roleta, mas eles são minoria. Cerca de 400 ônibus conhecidos como rodoviários ou "frescões" (com uma única porta e roleta, com ou sem ar-condicionado, ficam de fora.
O cadastramento dos usuários interessados em usar o bilhete único continuará a ser feito depois da implantação do sistema. Até agora, mais de 1,5 milhão de pessoas se cadastraram. O bilhete poderá ser usado não apenas em ônibus, mas também em vans intermunicipais, no metrô, nos trens e nas barcas. Por R$ 4,40, num intervalo de até duas horas, em um único sentido, o passageiro poderá embarcar em dois veículos, sendo que obrigatoriamente um deles tem de ser um ônibus ou uma van intermunicipal. O outro pode ser até mesmo um ônibus municipal, desde que cobre a tarifa única de R$ 2,20 (coletivo sem ar-condicionado). Para quem optar pelo bilhete único, a passagem terá que ser paga pelo vale-transporte eletrônico. Não será aceito dinheiro.

Fonte: O Globo

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960