Governo de SP assina o contrato da PPP do VLT da Baixada Santista

quarta-feira, 24 de junho de 2015

O governador Geraldo Alckmin assinou nesta terça-feira, 23, o contrato de PPP (Parceria Público Privada) com o Consórcio BR Mobilidade Baixada Santista, concedendo a operação do Sistema Integrado Metropolitano, que contempla as linhas metropolitanas regulares de ônibus e do VLT – Veículo Leve sobre Trilhos, incluindo a expansão dos serviços em toda a região.


No evento, também foi entregue o primeiro VLT fabricado no Brasil e mais 100 ônibus metropolitanos novos. Alckmin anunciou, ainda, a entrega do Túnel José Menino e de mais  quatro estações - duas em São Vicente e duas em Santos, marcando a chegada do VLT na cidade de Santos e autorizou a publicação do edital de obras complementares ao  trecho Barreiros (São Vicente) – Conselheiro Nébias (Santos).

Assinatura do contrato da PPP
A operação do Sistema Integrado Metropolitano (VLT + reestruturação do sistema de ônibus intermunicipal) será por meio de Parceria Público Privada (PPP), com o Consórcio BR Mobilidade Baixada Santista. A concessão inclui a prestação de serviços de transporte intermunicipal, incluindo a operação do Veículo Leve Sobre Trilhos e operação dos ônibus urbanos do sistema metropolitano da Região Metropolitana da Baixada Santista, além do fornecimento de equipamentos e sistemas de controle operacional de veículos (ônibus e VLTs) e implantação da bilhetagem eletrônica, somando um investimento de mais de R$ 600 milhões. O contrato de PPP é de R$ 5,6 bilhões e terá vigência de 20 anos.

Inclusão de 100 ônibus novos
O Consórcio BR Mobilidade já adquiriu de 100 ônibus novos, o que reduzirá a idade média da frota da região para dois anos, conforme previsto em cláusula contratual.

Os novos veículos têm capacidade para 71 passageiros e são dotados de elevador, espaço para cão-guia, balaústres táteis direcionáveis, bancos reservados para pessoas obesas, idosos e com deficiência, atendendo, assim, às  normas de acessibilidade e de preservação do meio ambiente (motor EURO 5), de acordo com a legislação vigente.

Primeiro VLT fabricado no Brasil
O Consósio Tremvia Santos entregou hoje o primeiro VLT construído no Brasil na fábrica instalada em Três Rios, no estado do Rio de Janeiro. Três veículos fabricados na Espanha já fazem parte da operação precursora que está em funcionamento desde abril passado, atendendo sete estações concluídas em São Vicente, de Mascarenhas de Moraes até João Ribeiro.

O veículo tem 2,65m de largura por 44m de comprimento e 3,20m de altura; capacidade para 400 usuários; ar condicionado e piso 100% baixo, facilitando a movimentação de usuários com dificuldade de locomoção. O VLT circulará com  velocidade média de 25km/h e máxima de 80km/h. O consórcio é o responsável pela construção de 22 VLTs  que serão entregues até março de 2016, representando um investimento de R$ 233 milhões - R$ 10,6 milhões por veículo.

Estações e Túnel José Menino
A conclusão das Estações Nossa Senhora de Lourdes e Pinheiro Machado marcam a chegada do VLT na cidade de Santos por meio do Túnel José Menino que passou por  grande intervenção e foi ampliado para viabilizar a passagem dos veículos nos dois sentidos. Além dessas estações, o governo oficializou a entrega das estações Itararé e João Ribeiro, em São Vicente. A partir de agora os quatro VLT´s vão percorrer 6,1 km  na Operação Precursora, passando por nove estações do novo sistema de transporte da Baixada Santista. 

Edital para execução de obras de Barreiros – Conselheiro Nébias 
Trata-se da complementação do trecho entre Barreiros, em São Vicente, e Conselheiro Nébias, em Santos. O edital de concorrência tipo menor preço, no valor orçado de R$ 134,1 milhões, envolve a finalização do Terminal Barreiros, em São Vicente, e a construção das Estações Ana Costa, Washington Luis e Conselheiro Nébias, em Santos, com a implantação de aproximadamente 3 km de via permanente. A previsão é de que a assinatura do contrato com a empresa vencedora do certame ocorra no segundo semestre deste ano. As obras têm previsão de conclusão  para 2016.

READ MORE - Governo de SP assina o contrato da PPP do VLT da Baixada Santista

BH vai ganhar mais 23 detectores de invasão de pista exclusiva

Belo Horizonte terá mais 23 detectores de invasão de pistas exclusivas de ônibus em quatro importantes corredores de trânsito. As avenidas Antônio Carlos, Cristiano Machado, Presidente Carlos Luz e Pedro II, por onde também circulam os coletivos do Move, vão receber os equipamentos. 

No caso das avenidas Antônio Carlos e Cristiano Machado, os dispositivos vão operar também no controle de velocidade. Conforme a BHTrans, os detectores já estão instalados e em fase de homologação mas, por enquanto, não há data definida para o início das operação. Antes que isso aconteça, a empresa informou que vai sinalizar com faixas de pano todos os trechos que terão radares. 

A Avenida Cristiano Machado é a via que vai receber  o maior número de radares. No total, são 10 equipamentos que vão se juntar a outros dois já em funcionamento no local. Na Pedro II serão oito dispositivos, na Antônio Carlos três e na Carlos Luz dois

Atualmente, a capital conta com 16 detectores de invasão de pista exclusiva de ônibus em funcionamento nas avenidas Nossa Senhora do Carmo, Contorno, Waldyr Soeiro Emrich, Cristiano Machado, Viaduto Leste do Complexo da Lagoinha e Rua Padre Belchior.

READ MORE - BH vai ganhar mais 23 detectores de invasão de pista exclusiva

Metrô-DF lança campanha para uso de carro exclusivo feminino, pessoas com deficiência e ciclistas

O Metrô-DF começou a uma campanha de conscientização para melhor utilizar os carros exclusivos para mulheres e pessoas com deficiência e para os usuários que transportam bicicletas.

Os carros ganharam adesivos de identificação na parte interna dos trens, e os pisos das plataformas estão sendo renovados. O carro exclusivo feminino e para pessoas com deficiência foi adotado em cumprimento a uma lei distrital desde o dia 1º de julho de 2013.

O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, no pico da manhã e da tarde, no período das 6h às 8h45 e das 16h45 às 20h15. Para usufruir o direito, os usuários devem utilizar sempre o primeiro carro do trem, o chamado carro líder, localizado logo após a cabine do piloto.

Já o transporte de bicicletas deve ser realizado no último carro do trem, não podendo exceder cinco veículos por viagem. A recomendação é que, dentro do trem, a bicicleta seja acomodada de forma que não obstrua a passagem e que não perturbe os outros usuários. Isso porque, segundo o Metrô, passageiros sem bicicletas sempre têm preferência de embarque.

Desde seu funcionamento, o carro exclusivo feminino e para portadores de deficiência vem ganhando adesão de usuários. Segundo o órgão, diariamente, uma média de 15 pessoas entram em contato com a Ouvidoria para informar e reclamar sobre o descumprimento da lei.

Apesar de não haver punição, o Metrô-DF, garante que tem autuado quem desrespeita a norma por meio de seus empregados e, também, tem contado com o apoio dos próprios usuários, no sentido de preservar os direitos concedidos. Se houver resistência ao Corpo de Segurança Operacional do Metrô, quando os agentes solicitam a saída do usuário, eles são encaminhados à delegacia e podem responder criminalmente.

O presidente do Metrô-DF, Marcelo Dourado, explica que a ideia da campanha é conscientizar a população para o respeito aos usuários e reforçar lições de cidadania e boas práticas sociais.

— Nossos principais fiscais são os usuários, que entram em contato com a empresa em casos de descumprimento da legislação. Queremos garantir uma prestação de serviço ainda mais eficiente e segura para a população do DF.

READ MORE - Metrô-DF lança campanha para uso de carro exclusivo feminino, pessoas com deficiência e ciclistas

Plano de Segurança é lançado para os terminais de ônibus de Campo Grande

A Secretaria Municipal de Segurança Pública lançou um novo plano de ações para aumentar a segurança nos terminais de ônibus de Campo Grande. A iniciativa tem como objetivo reduzir os índices de violência e vandalismo. Para isso, a secretaria vai reforçar o número de Guardas Civis Municipais que fazem a segurança dos terminais. Os agentes passaram, além de fazer a ronda constante pelos locais, também a realizar a abordagem seletiva dos passageiros.
Segundo a assessoria da Guarda Municipal, o Secretário Municipal de Segurança Pública , Valério Azambuja, disse que o Plano de Segurança foi criado para atender os terminais de transbordo, contempla ações preventivas  e de fiscalização intensa. “Nosso principal objetivo é o de coibir todo e qualquer tipo de violência nos terminais, e conferir a população a segurança que ela tanto necessita”.

O secretário informou também, que as ações preventivas deverão se intensificar nos próximos dias e os Guardas Civis Municipais irão realizar abordagens pontuais de fiscalização. “A Guarda vai fazer a abordagem durante o embarque e desembarque dos coletivos. Deverá analisar as situações de risco e, caso necessário, realizar a revista das bagagens dos cidadãos, que conferirem perigo aos demais passageiros. Vamos agir com mais rigor em busca de resultados ainda mais efetivos na redução da criminalidade”.

Além da fiscalização, a Secretaria Municipal de Segurança em parceria com a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) deverá realizar uma campanha de conscientização da população, divulgando informações relevantes sobre a segurança nos terminais e as implicações judiciais que cada crime confere. A meta é mostrar aos cidadãos a necessidade de preservação do patrimônio e os incentivar a denunciar quem pratica qualquer tipo de crime nestes locais.

Outro auxílio para a fiscalização virá com a instalação das câmeras de segurança, feita pela Assetur, que irão registrar qualquer crime que for cometido nas dependências dos terminais. Quem presenciar atos de vandalismo pode acionar a Guarda Municipal tanto pessoalmente por meio dos telefones gratuitos 199 ou 153. "Com a ação efetiva da Guarda Civil Municipal, dentro dos terminais, desde março deste ano, já registrou-se uma considerável queda no índice de criminalidade, contudo as novas ações irão forçar uma queda ainda maior nos números e propiciar ainda mais segurança. Para isso contamos também com o apoio da população”, finalizou Valério.

Por Elizângela Lemes
READ MORE - Plano de Segurança é lançado para os terminais de ônibus de Campo Grande

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960