Grande Recife organiza esquema de ônibus para São João da Capitá 2015

quarta-feira, 10 de junho de 2015

As festas em comemoração ao São João já iniciaram na Região Metropolitana do Recife. Já nesta sexta-feira (12), sábado (13) e domingo (14), o São João da Capitá 2015 embala os forrozeiros, no Chevrolet Hall, em Olinda.

Quem já garantiu o ingresso para a festa contará com um esquema especial de ônibus que o Grande Recife Consórcio organizou para auxiliar os usuários na ida para o evento e na volta para casa. Ao todo, 14 linhas terão esquema especial para a festa. Nos três dias de forró, 10 linhas serão reforçadas e realizarão 60 viagens a mais que em dias normais. 

Para facilitar o acesso ao Chevrolet Hall, oito linhas também terão seus itinerários alterados. A partir das 19h, no sentido Recife/Olinda, as linhas 050 – PE-15/Boa Viagem, 1913 – TI PE-15/TI Joana Bezerra, 1900 – TI PE-15, 1986 – Rio Doce/Derby, 1985 – Rio Doce (Bacurau), 1995 – Pau Amarelo (Bacurau), 1936 – Mirueira (Bacurau) e 1956 – Igarassu (Bacurau) farão o seguinte trajeto: …Av. Olinda, retorno sob do viaduto Luiz Delgado, Av. Agamenon Magalhães (Chevrolet Hall), retorno sob o viaduto do Tacaruna, Av. Olinda...

Na sexta-feira (12), primeiro dia do São João da Capitá, três linhas receberão um reforço de 11 viagens a mais para atender aos passageiros. Neste dia, os usuários contarão com um total de 91 veículos e 799 viagens. Já no sábado (13) serão oitos linhas reforçadas com 31 viagens a mais, totalizando 53 veículos e 580 viagens no dia. E para a madrugada do domingo (14) serão adicionadas 18 viagens à programação normal de sete linhas de bacurau, o que totaliza 86 viagens do sábado para o domingo. 

Além das linhas reforçadas, os usuários também contarão com as 17 linhas que trafegam normalmente na Av. Agamenon Magalhães nas proximidades do Chevrolet Hall. 

Segue abaixo a lista das linhas que serão beneficiadas nos três dias: 

Reforço

Sexta-feira:

043 - Aeroporto/Tacaruna (Derby)
1950 - Eng. Maranguape/Varadouro
823 - Jardim Brasil II/Est.De Belém

Sábado:

043 - Aeroporto/Tacaruna (Derby)
1985 - Rio Doce (Bacurau)
1995 - Pau Amarelo (Bacurau)
846 - Águas Compridas (Bacurau)
827 - Jardim Brasil (Bacurau)
1936 - Mirueira (Bacurau)
1956 - Igarassu (Bacurau)
643 – Córrego do Jenipapo (Bacurau)

Domingo:

1985 - Rio Doce (Bacurau)
1995 - Pau Amarelo (Bacurau)
846 - Águas Compridas (Bacurau)
827 - Jardim Brasil (Bacurau)
1936 - Mirueira (Bacurau)
1956 - Igarassu (Bacurau)
643 – Córrego do Jenipapo (Bacurau)

Linhas que trafegam habitualmente pelo local:

972 – Bultrins
910 – Rio Doce/Piedade
982 – Conj. Beira Mar/Derby
821 – Jardim Brasil I (Cruz Cabugá)
823 – Jardim Brasil II (Cruz Cabugá)
1921 – Ouro Preto (Jatobá I)
1926 – Ouro Preto (Jatobá II)
1916 – Ouro Preto/Joana Bezerra
1977 – Paulista (Cond. Boa Vista)
1976 – TI Pelópidas (PCR) – BRT
1915 – TI PE-15 (Dantas Barreto) - BRT
1909 –TI Pelópidas/TI Joana Bezerra
930 – Rio Doce (Dois Irmãos)
1987 – Rio Doce (Príncipe)
2920 – Rio Doce/CDU
861 – TI Xambá/TI Joana Bezerra
820 – TI Xambá (Cabugá)

READ MORE - Grande Recife organiza esquema de ônibus para São João da Capitá 2015

Greve de ônibus em Belo Horizonte termina e estações voltam a funcionar gradativamente

A greve dos rodoviários de Belo Horizonte está suspensa. A informação foi confirmada na tarde desta quarta-feira pela assessoria de imprensa do sindicato da categoria, que informou ainda, que os motoristas e cobradores estão sendo comunicados sobre a suspensão da greve e estarão liberados para trabalhar. A paralisação foi suspensa por causa de uma reunião marcada para esta quinta-feira, às 16h, que vai dar início às negociações sobre o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) aos trabalhadores da categoria.

O encontro será entre representantes do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH) e do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte e Região (STTRBH). O compromisso assumido pelos sindicatos é de que até o resultado da reunião, o transporte coletivo da capital funcionará normalmente.

Na manhã desta quarta-feira, os usuários do transporte coletivo enfrentaram o dia mais crítico desde o início da greve, que começou na segunda-feira. Todas as seis estações BHBus da capital foram fechadas nas primeiras horas do dia. Manifestantes impediram a circulação das linhas troncais, enquanto as linhas alimentadoras operaram parcialmente.

Desde 0h de segunda-feira, os rodoviários que atendem a capital cruzam os braços. Nos dois primeiros dias de greve, a paralisação foi parcial, com impacto maior na Estação Barreiro, onde apenas os ônibus do DER circularam. Nesta quarta, mais trabalhadores aderiram à greve. Cerca de 1 mil ônibus ficaram nas garagens das empresas. Às 17h30, a BHTrans informou que as estações São Gabriel, Pampulha, Venda Nova já tinham linhas troncais e alimentadoras operando. Já as estações Vilarinho, Diamante e Barreiro continuavam fechadas. 

Os rodoviários protestam contra o não pagamento da PLR que deveria ter ocorrido em junho. Segundo Batista, na última convenção coletiva assinada em março, ficou acordado repasse de R$ 173 para quem ganha até R$ 1.188 e de R$ 347 para quem recebe acima desse valor.

METRÔ DE BH

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), informou na tarde desta quarta-feira que poderá reduzir o intervalo das viagens do Metrô de Belo Horizonte durante o horário de pico da noite, mas isso só vai acontecer se houver um aumento da demanda de passageiros.

Normalmente, o metrô da capital opera com intervalos entre 4 e 7 minutos nos horários de pico. Fora desse período, o intervalo entre as composições é até de 10 minutos. Nesta manhã, a CBTU estendeu especialmente o horário de pico para atender ao grande volume de passageiros, assim os trens chegaram às estações mais rapidamente.

Por Clarisse Souza
Informações: Estado de Minas

READ MORE - Greve de ônibus em Belo Horizonte termina e estações voltam a funcionar gradativamente

Rodoviários do Distrito Federal encerram greve de três dias

Após três dias de paralisação, os rodoviários do Distrito Federal decidiram, há pouco, retornar ao trabalho. A categoria fechou um acordo com empresários do transporte público sobre o percentual de aumento, e os ônibus já começaram a circular normalmente, informou o secretário-geral do Sindicado dos Rodoviários do Distrito Federal, Cláudio Galvão.

Segundo Galvão, os empresários aceitaram os percentuais de 10% no salário e 11% no tíquete-alimentação, aprovados hoje (10) em assembleia dos rodoviários. Inicialmente, os rodoviários pediam reajuste salarial de 20% e acréscimos de 30% no tíquete e no plano de saúde. As empresas ofereciam 8,34%.

Galvão considerou positivo o movimento de greve iniciado segunda-feira (8). “Foi positivo para a categoria e para o fortalecimento dos trabalhadores”, disse ele. Segundo Galvão, um dos avanços do acordo foi conseguir que os rodoviários afastados por motivo de saúde tenham o plano mantido por dois meses após o início da licença.

Mais ced,o a audiência de conciliação entre rodoviários e empresários no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) terminou sem acordo. Uma nova audiência havia sido marcada para sexta-feira (12). 

Nos três dias de greve do transporte público, a população do Distrito Federal enfrentou dificuldades para sair de casa. A maioria teve de recorrer aos ônibus, micro-ônibus e vans piratas que circularam pelas diversas regiões da cidade.

Durante a paralisação, o metrô colocou o número máximo de trens em circulação nos horários de pico e o trânsito foi intenso nas vias do Distrito Federal.

Por Yara Aquino 
READ MORE - Rodoviários do Distrito Federal encerram greve de três dias

Em Salvador, Três estações do metrô serão fechadas para obras nos próximos sábados

Três estações de metrô em Salvador não irão funcionar nos três próximos sábados por conta das obras de ligação entre a Linha 1 e a Linha 2 do sistema de transporte. Os locais afetados são as estações Acesso Norte, Retiro e Bom Juá, que ficarão fechadas nos dias 13, 20 e 27 de junho.

Os três irão circular somente entre as estações Campo da Pólvora, Brotas e Lapa. O horário de funcionamento nestes dias será das 8h às 13h. O metrô funcionará normalmente em todas as estações de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h, com acesso gratuito.

Em caso de dúvidas, os usuários podem entrar em contato com a Central de Atendimento da CCR Metrô Bahia pelo 0800 071-8020 ou pelo faleconosco.metrobahia@grupoccr.com.br.

Informações: Correio 24Horas


READ MORE - Em Salvador, Três estações do metrô serão fechadas para obras nos próximos sábados

Funcionários do metrô do Recife reclamam da falta de segurança

Cansados dos recorrentes episódios de violência, os funcionários do metrô do Recife denunciam a falta de segurança nos trens e plataformas do sistema. Segundo os trabalhadores, que preferiram não se identificar, os responsáveis pelo metrô negam as informações, mas os casos são constantes. Eles denunciam ainda um arrastão ocorrido na manhã de ontem na Linha Centro.

Ainda conforme os funcionários, por volta das 10h50, ao menos três homens levaram dinheiro, celulares e outros pertences dos passageiros de um trem, entre as Estações Floriano e Cavaleiro. O número das vítimas não foi computado, mas, segundo fontes, elas foram encaminhadas para a delegacia de polícia de Jaboatão do Guararapes para prestar queixa.

Procurada, a assessoria da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) negou a ocorrência do arrastão. De acordo com a delegacia de Jaboatão dos Guararapes, o caso ainda não foi registrado.

Informações: NE10

READ MORE - Funcionários do metrô do Recife reclamam da falta de segurança

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960