Cidade de Campinas recebe 27 novos ônibus acessíveis

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

O prefeito Jonas Donizette deu início ao processo de renovação e melhoria da frota do transporte público coletivo municipal. Campinas recebe 27 novos ônibus acessíveis. E, até meados de março, mais 20 entram em operação.

A apresentação dos novos ônibus aconteceu no último sábado, dia 2 de fevereiro, no Terminal Ouro Verde. Ficaram expostos no terminal 25 veículos, que já começam a operar na segunda-feira, 4. Os outros dois novos ônibus circulam no decorrer da semana.

“O transporte público é necessário para o trabalho, estudo e lazer. É uma prestação de serviço à população; além de ajudar na fluidez do trânsito”, destacou Jonas Donizette. “Essa renovação de parte da frota marca o compromisso da Administração com as pessoas que vivem em Campinas, de serem tratadas como gente. Vamos, juntos, construir uma cidade verdadeiramente digna e honrada”, afirmou o prefeito durante a cerimônia.

Na apresentação dos novos ônibus também estavam secretários municipais, vereadores, empresários do setor de transportes, representantes sindicais, motoristas, cobradores e usuários do terminal. A secretária do Direito das Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Emmanuele Garrido Alkmin, salientou a acessibilidade dos veículos. “Eles garante autonomia para as pessoas com deficiência, garantem o direito de ir e vir e mostram que a acessibilidade não é somente física; mas, sim, um conceito. Esse ato demonstra o compromisso do prefeito com a construção de um novo tempo para Campinas”.

Para o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC), Sérgio Benassi, a entrega dos novos ônibus “reafirma o importante compromisso da Prefeitura em garantir um transporte público coletivo acessível, moderno, seguro e de qualidade”. Benassi ainda destacou que “a renovação da frota de ônibus é importante, porque atrai mais usuários para o sistema”.

Nova frota
Os 27 novos ônibus foram adquiridos pela empresa VB Transportes e Turismo, responsável pela operação da Área 1 (Azul Claro) do Sistema InterCamp, que atende as regiões do Ouro Verde, da Vila União e Corredor Amoreiras, entre outras. Os veículos irão operar nas linhas 1.25 – Terminal Ouro Verde / Shopping Iguatemi (12 ônibus); 1.34 – Terminal Barão Geraldo (7 ônibus); 1.42 – Jardim Santa Terezinha (3 ônibus); e 1.62 – Jardim Paulicéia (5 ônibus). Essas quatro linhas transportam, diariamente, cerca de 15 mil passageiros do transporte público municipal.

Os investimentos com a nova frota foram da ordem de R$ 6,2 milhões. Os veículos são do tipo convencional, com capacidade para 76 passageiros. Eles são dotados com elevador para acesso de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida; balaústres emborrachados para direcionamento ao botão de parada; botão de parada com indicação em braile; espaço para cadeirantes; bancos preferenciais para idosos, obesos e gestantes, além de encostos dos bancos mais altos, oferecendo maior conforto e comodidade aos usuários.

Luiz Gustavo Merlo, 37 anos, é cadeirante e experimentou, pela primeira vez, o elevador de um dos ônibus expostos no terminal. “É um sistema prático, rápido e seguro. O espaço para cadeirantes, dentro do veículo, também oferece segurança, por conta do cinto e do apoio para os braços”, contou.

InterCamp
Com esses novos veículos, o Sistema InterCamp (sistema de transporte público coletivo municipal) possui 1.271 ônibus. São 1.023 veículos de empresas concessionárias e 248 do serviço complementar (alternativo).

Do total de veículos, 562 são acessíveis, sendo 493 das empresas e 69 do complementar. Os veículos acessíveis representam 45% da frota. A idade média do InterCamp é de 4,7 anos.

Dados do Terminal Ouro Verde
O Terminal Ouro Verde foi inaugurado em 1988; e recebe 28 linhas do InterCamp. Por dia, circulam 65 mil pessoas pelo local.

O Ouro Verde fica na Rua Armando Frederico Renganeschi, no Jardim Cristina.

Linhas no Terminal Ouro Verde: 1.01; 1.02; 1.03; 1.04; 1.05; 1.06; 1.07; 1.08; 1.09; 1.10; 1.11; 1.12; 1.13; 1.16; 1.18; 1.19; 1.20; 1.21; 1.22; 1.23; 1.25; 1.28; 1.32; 1.34; 1.96; 1.98; 2.05; e 2.39.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960