Em Porto Alegre, Integração somou 35 milhões de viagens gratuitas de ônibus

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Um ano após implantação no sistema de ônibus, a gratuidade 100% na integração já resultou em 35 milhões de viagens em Porto Alegre. Desde 1º de julho de 2011, quando implantada a medida pela prefeitura, por intermédio da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), houve um acréscimo de mais de 90 mil usuários cadastrados no Vale-Transporte e Passe Antecipado, e de mais 96 mil de usuários da Passagem Escolar, que passaram a usufruir do benefício da integração. Atualmente, são 712 mil usuários do TRI (VT, PA e Estudantes) aptos a usufruir da integração 100% gratuita. O número de passageiros subiu de 1 milhão para 1,2 milhão/dia. Em 11 meses, com a integração 100%, a economia para os usuários foi de cerca de R$ 42 milhões.

O diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, afirma que a medida representou um ganho para a população. “A ação da Prefeitura possibilitou aos passageiros a liberdade de escolha dos melhores pontos de integração, além de um ganho importante no bolso dos trabalhadores, estudantes e dos usuários em geral do sistema de ônibus. Vamos continuar trabalhando pela qualificação do sistema de ônibus.” A frota, lembra Cappellari, já atingiu uma idade média de 3,8 anos, sendo uma das mais novas do país, com mais de 50% dos veículos adaptados para deficientes físicos. Além disso, salienta, o sistema BRT (Bus Rapid Transit) será um novo passo, importante, neste processo de qualificação do sistema de ônibus.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960