Passagem de ônibus em Criciúma não vai ser reajustada

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

O usuário do transporte coletivo de Criciúma deve continuar um bom tempo pagando a mesma tarifa no transporte coletivo. É o que avalia o professor Celito Cardoso, integrante do Comitê Gestor da Prefeitura e que faz o acompanhamento permanente das planilhas de custo do setor.

"Existe grande chance de passarmos em branco em 2012, sem reajuste", confirma Cardoso. Atualmente a tarifa é de R$ 2,80 para quem paga a passagem na catraca e R$ 2,54 no Cartão Cidadão.

"Neste último ano a variação dos preços que influenciam nos custos foi muito baixa. Itens como combustível, pneus, peças de reposição, manutenção e mão de obra variaram muito pouco, e não valeria a pena reajustar a tarifa", informa.

A decisão será tomada entre os meses de julho e agosto. A passagem só aumentará em 2012 se houver uma alteração radical no cenário nos próximos meses. Um fator que às vezes contribui com o aumento dos custos é a mão de obra, com a revisão salarial de motoristas e cobradores em maio. "Mas não será o caso agora, o reajuste deles não forçará necessidade de aumento na tarifa".

No entendimento de Cardoso, a tarifa atual praticada em Criciúma tem um valor justo. "Pelo nível do serviço prestado na cidade em comparação ao que acontece em outros municípios, nosso custo é acessível para a população".

Por Denis Luciano




0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960