Ponte sul da Ilha do Fundão será o novo cartão-postal do Rio

domingo, 28 de agosto de 2011

Um novo cartão-postal com jeito de pássaro já começa a ganhar asas e a transformar a paisagem de quem chega ao Rio pela Linha Vermelha e pelo Aeroproto Internacional Tom Jobim. Instalada sobre o Canal do Cunha, uma das áreas mais degradadas da cidade, a ponte sul da Ilha do Fundão será a primeira obra estaiada (suspensa por cabos de aço) do estado.

Com inauguração prevista para novembro, ela vai ligar a
Cidade Universitária, pela Av. Pedro Calmon, à Linha Vermelha, em direção ao Centro da cidade, em sentido único (duas pistas para saída de carros). A construção vai receber 25 mil veículos por dia, desafogando o trânsito intenso na saída da Ilha e beneficiando estudantes e funcionários da UFRJ, onde está o Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras.

A empresa financiou os R$ 292 milhões da construção, sendo R$ 80 milhões em multas que foram convertidos em recuperação ambiental. “A ponte está mudando a referência de sujeira em uma área despoluída, com tratamento de esgoto e manguezais recuperados”, disse o secretário estadual de Ambiente, Carlos Minc.

Para projetar a ponte com 933,5 m de extensão, o arquiteto Alexandre Cham imaginou o movimento de um pescador jogando a rede ao mar. “Depois de pronta, ficou mais parecida com uma ave marinha, que nos lembra o esforço feito pelo pássaro Biguá para se livrar do óleo que vazou sobre a baía”, disse Cham, lembrando o vazamento de 1,3 milhão de litros de óleo na Baía de Guanabara, em 2000, que causou danos a manguezais,
praias e pescadores.

Cariocas ganharão mais três pontes suspensas por cabos até 2014

Motoristas cariocas vão ganhar mais três pontes suspensas por cabos. Duas delas estão incluídas no BRT Transcarioca (corredor expresso de ônibus da Barra da Tijuca à Penha e ao Aeroporto Tom Jobim). A primeira terá 150 metros e ligará as avenidas Ayrton Senna e Abelardo Bueno. A obra será entregue no final de 2012. A segunda começará a ser erguida em novembro e deverá ser concluída no início de 2013, ligando as ilhas do Governador e do Fundão, com 350 m.

A terceira terá 275 metros sobre a Lagoa da Tijuca. O metrô da Linha 4 seguirá pela via até a estação Jardim Oceânico, na Barra, devendo ficar pronta até 2014. “O sistema estaiado é bom porque alia beleza e praticidade. Os cabos facilitam a construção progressiva das lajes e agilizam o trabalho”, explica Cham.



0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960