Transporte público de São Paulo terá esquema especial para a Fórmula Indy

segunda-feira, 8 de março de 2010


A Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo divulgou nesta segunda-feira (8) a operação especial que será implantada no próximo final de semana para a realização do GP de Fórmula Indy, na região do Anhembi.

Os órgãos responsáveis pela fluidez do tráfego na cidade recomendam expressamente que o torcedor deixe o carro em casa e vá para a corrida fazendo uso do transporte público - metrô, trem ou ônibus - ou táxi, para evitar transtornos e excesso de veículos nas imediações do Anhembi, na Zona Norte.

Para o atendimento ao público, a Secretaria Municipal de Transportes, por meio da SPTrans, disponibilizará quatro linhas expressas de ônibus partindo de miniterminais temporários implantados em locais como o aeroporto de Congonhas, shopping Expo Center Norte e terminais do metrô Tietê e Barra Funda. As linhas seguirão direto ao local onde será realizada a corrida, sem paradas no percurso. Os ônibus partirão em intervalos entre cinco e dez minutos.

A prova será realizada no circuito de rua na região do parque Anhembi e as ações programadas pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) incluem o bloqueio de vias como a avenida Olavo Fontoura e um trecho da pista local da marginal Tietê no sentido Castello Branco - e que serão usadas como parte do traçado que abrigará a corrida.

READ MORE - Transporte público de São Paulo terá esquema especial para a Fórmula Indy

Começaram os estudos para implantação dos corredores de ônibus em Blumenau


Começou a avaliação das pistas que serão destinadas aos corredores de ônibus. Esta é a primeira etapa para a implantação do sistema que pretende agilizar o transporte urbano da cidade.
Uma empresa especializada está realizando o estudo com a ajuda deste equipamento. Ele tem a função de medir a elasticidade do asfalto. A leitura é feita a cada vinte metros e um caminhão é usado para passar pelo aparelho.

O estudo é necessário, pois irá dizer se a via tem condições de receber outra camada asfáltica. Os motoristas devem ficar atentos. como a equipe fica parada sobre a pista, alguns congestionamentos acabam acontecendo. É o caso da rua martin luther, onde a empresa teve de suspender o estudo devido ao grande acúmulo de veículos.
Depois do estudo, as vias destinadas aos corredores serão asfaltadas e sinalizadas. o prazo para que sejam inauguradas, segundo o engenheiro, é para outubro. O estudo das vias serão realizadas nas ruas sete de setembro, beira rio, Martin Luther, São Paulo, e Engenheiro Paul Werner locais onde serão implantados os corredores.

Fonte: TV Galega
READ MORE - Começaram os estudos para implantação dos corredores de ônibus em Blumenau

20 novos ônibus do TCA já atendem à população de Araras

Dos 25 novos ônibus adquiridos pela Prefeitura, através do TCA - Serviço Municipal de Transporte Coletivo de Araras, 20 já atendem à população. Todos os 25 novos carros já foram entregues e estarão nas ruas até esta terça-feira (9), o que garante um serviço de maior qualidade aos usuários do transporte público.
Os novos veículos já servem todas as regiões da cidade.
Dos 20 veículos que já estão em uso, dois atendem às linhas 660 e 670, do bairro José Ometto. Outros dois carros estão sendo utilizados no Parque Tiradentes. Trata-se das linhas 690 e 750. O Jardim Cândida está sendo atendido pela linha 680. As linhas 650 e 700 servem aos moradores do Jardim Fátima e Vila Lobos. As 710 e 840 atendem aos usuários do Jardim Ouro Verde, Jardim das Nações e Jardim Abolição.
Os moradores do Jardim Sobradinho e do Jardim Nova Olinda têm a linha 720 à disposição. Já a linha 730 está atendendo aos moradores do Parque das Árvores. A 770 e 830 servem o Jardim dos Ypês, Jardim Copacabana, Bosque de Versalhes e Jardim Bela Vista. As linhas 780 e 800 atendem aos usuários do Jardim Alvorada e Pedras Preciosas. As 740 e 790 estão sendo usadas no Jardim São João. Já as linhas 760 e 810 servem o bairro Narciso Gomes e a 870 os moradores do Parque das Árvores.
Outras três linhas ganharão as ruas a partir desta terça-feira (9), completando todos os itinerários. Trata-se das linhas 820, do Jardim Sobradinho; 850, do Parque Tiradentes e 860, do Jardim Cândida. Vale frisar que, dos 25 veículos, dois serão utilizados como carros reservas, para atender os locais que, por ventura, tiverem problemas nos ônibus de rotina.
Fonte: Prefeitura de Araras-SP
READ MORE - 20 novos ônibus do TCA já atendem à população de Araras

Motoristas de ônibus fazem operação tartaruga no centro de Juiz de Fora

Os usuários de transporte coletivo estão desde 6h de hoje enfrentando os ônibus circuilando mais lentos, já que os motoristas como prometido, desencadearam a chamada Operação Tartaruga. Segundo a categoria, os ônibus vão trafegar a 20 quilômetros por hora, em fila e sem ultrapassagens, nos dois principais corredores de circulação da cidade: as avenidas Rio Branco e Getúlio Vargas.
O movimento, que será realizado até as 18h, é uma forma de protesto contra a falta de acordo nas negociações salariais, que acontecem desde dezembro. A categoria reivindica aumento de 14,16%. Já o sindicato patronal oferece 5,45%.
Fonte: Solar FM
READ MORE - Motoristas de ônibus fazem operação tartaruga no centro de Juiz de Fora

Em Curitiba, Cai número de ônibus depredados em Partida de Futebol


O reforço na segurança para o clássico Atle-Tiba mostrou resultados, pelo menos no número de ônibus depredados em Curitiba, ao longo do último domingo. De acordo com dados da Urbanização de Curitiba S/A (Urbs), empresa que administra o setor, sete veículos sofreram pequenas avarias, contra 28 no último clássico, no ano passado.

A redução do número de ônibus avariados pode ser explicada pelo reforço no policiamento dos terminais de ônibus da capital e região metropolitana. A Urbs vinha acumulando prejuízos em dia de grandes jogos em Curitiba. Em dezembro, após o rebaixamento do Coritiba para a segunda divisão, 34 coletivos foram depredados.

Fonte: UOL Esportes
READ MORE - Em Curitiba, Cai número de ônibus depredados em Partida de Futebol

São Paulo: Expresso Tiradentes completa três anos com rapidez, conforto e segurança


Neste dia 8 de março o Expresso Tiradentes comemora seu terceiro aniversário de operação com mais de 44 milhões de passageiros transportados, nos seus 1.091 dias. Corredor de última geração com pista exclusiva para o transporte coletivo de passageiros, opera com três linhas, 5105/10 Term. Sacomã - Term. Mercado; 5109/10 Term. Vila Prudente - Term. Mercado e 5109/51 São Mateus - Term. Mercado. Esta última foi criada no fim de dezembro, atendendo os usuários nos horários de pico da manhã e da tarde/noite.
A cada dia o sistema atrai um número maior de adeptos por causa da confiança na frequência e no conforto oferecido aos passageiros.
Na última pesquisa "Imagem dos Transportes na Região Metropolitana de São Paulo", divulgada pela Agência Nacional dos Transportes Públicos (ANTP), com apoio da São Paulo Transporte (SPTrans), apontou que a avaliação dos ônibus municipais da capital subiu 10 pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, o que corresponde a um aumento de 25%. Somando-se os que consideram o sistema municipal de ônibus excelente, bom e razoável, chega-se a 76% dos entrevistados, sendo que metade classificou o serviço como excelente/bom.
Na pesquisa 92% dos passageiros que utilizam o Expresso Tiradentes, aprovam o sistema considerando bom ou ótimo o serviço, com destaque para o conforto, confiança nos horários e na segurança.
Com 43 ônibus articulados e adaptados para pessoas com deficiência, a média diária de passageiros transportados em dias úteis no mês de março de 2010 é de 83 mil, com carros circulando com intervalos de 2 minutos nos horários de pico. Esta marca foi alcançada depois da inauguração da Estação Sacomã do Metrô, que trouxe aproximadamente 4 mil passageiros para o Expresso Tiradentes, que fazem a integração para chegarem ao centro da cidade em menor tempo e com a mesma qualidade do Metrô.
  • Evolução dos passageiros transportados
    Março 2007/março 2008 - 51.958 passageiros
    Março 2008/março 2009 - 70.091 passageiros
    Março 2009/março 2010 - 81.159 passageiros
    Os ônibus transitam sobre avenidas normalmente congestionadas, como a do Estado e Juntas Provisórias, onde o trajeto pode demorar 1 hora em horários de pico e no Expresso o mesmo trajeto é feito em 13 minutos.
  • Segurança - Acidente Zero
    Desde a sua inauguração, em 8 de março de 2007, o Expresso já passou por várias mudanças operacionais que aumentaram sua confiabilidade. A velocidade no corredor passou de 40 km/h para 50 km/h e o tempo do percurso caiu de 20 para 13 minutos entre o Terminal Sacomã e a Estação Mercado e de 15 minutos entre o Terminal Vila Prudente e o Mercado.
    Para manter o sistema operando com toda segurança a SPTrans disponibiliza 108 fiscais e seguranças, que ficam distribuídos nas seis estações e três terminais do Expresso. De uma central de monitoramento os técnicos acompanham as imagens de 32 câmeras distribuídas no trajeto para resolver, em tempo real, qualquer acontecimento que possa prejudicar a circulação dos veículos ou colocar em risco os usuários.
  • Próxima etapa: Monotrilho
    Uma parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura da capital vai possibilitar que o corredor Expresso Tiradentes chegue até o extremo da zona leste, diminuindo a distância entre a Cidade Tiradentes e a região central da cidade, através do Monotrilho. O Monotrilho é um tipo de metrô leve, que utiliza pneus em vez de rodas de ferro e trafega sobre um trilho único, metálico ou de concreto. Um monotrilho pode usar trens de quatro, seis ou oito vagões, de acordo com a demanda. Esses trens podem atingir a velocidade de até 80 km/h. Com o Expresso completo os usuários vão fazer a ligação entre o Terminal Mercado e a Cidade Tiradentes na metade do tempo gasto hoje no transporte, que é de duas horas.
    Este novo modelo tem o objetivo de ampliar a capacidade do sistema de transporte coletivo, garantindo segurança e conforto aos passageiros, sem sofrer interferências do trânsito. O novo meio de transporte é capaz de atender regiões com difícil relevo e alta densidade populacional, com implantação mais rápida do que o Metrô e com menor custo.
  • Informações importantes:
    Linhas do Expresso Tiradentes: 5105/10 Term. Sacomã - Term. Mercado; 5109/10 Term. Vila Prudente - Term. Mercado; 5109/51 São Mateus - Term. Mercado
    Horário de funcionamento: das 04:00 h às 00:05h
    Frota: 43 ônibus articulados adaptados para pessoas com deficiência.
    Terminais: 03 (Sacomã, Mercado e Vila Prudente)
    Passageiros transportados: 83.000 passageiros diários
    Total de Passageiros Transportados desde a inauguração: 44 milhões de passageiros.
    Dias de operação: 1.091 dias
    Tempo de percurso no Expresso Tiradentes: 15 minutos
    Acidentes em três anos de operação: ZERO
    Grau de satisfação do Usuário: 92% BOM (pesquisa realizada em fevereiro de 2010 pela ANTP).
Fonte: SPTrans
READ MORE - São Paulo: Expresso Tiradentes completa três anos com rapidez, conforto e segurança

Jaboatão adere ao Vale Eletrônico Metropolitano


O prefeito Elias Gomes e o secretário de Serviços Urbanos, Evandro Avelar, nesta sexta-feira, representaram o Governo Municipal na assinatura do convênio para operacionalização da bilhetagem eletrônica metropolitana no sistema de transporte por veículos de pequeno porte do Jaboatão. O Consórcio Grande Recife garante que assim que os permissionários adquirirem os equipamentos para leitura dos cartões homologados pela empresa será disponibilizado para eles o chip do VEM (Vale Eletrônico Metropolitano).
Serão beneficiados com essa medida mais de três milhões de usuários que utilizam as 20 linhas do sistema, além dos permissionários, motoristas e cobradores dos 400 veículos. Para o prefeito Elias Gomes, a assinatura do convênio é um momento importante no caminho das mudanças em Jaboatão: “Não é que não existam pressões. Dos pequenos que acham que lucram com a desordem aos grandes que querem o monopólio. Mas não ia a lugar nenhum deste Município sem ouvir das pessoas a pergunta ‘quando é que vamos poder usar o cartão do VEM nos veículos do Município?”.
O presidente do Consórcio Grande Recife, Dílson Peixoto, assegurou que após a assinatura do convênio será necessária a compra dos validadores pelos permissionários e que em, no máximo, três meses os jaboatanenses já vão poder utilizar seus cartões nas linhas do Município. Ele elogiou o trabalho comandado pelo prefeito Elias Gomes que, “além de outras alegrias, trouxe esse ponto positivo de termos o debate técnico efetivamente estruturado na área dos transportes”.
Ex-presidente da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, o secretário Evandro Avelar foi o principal responsável pela implantação do Sistema de Transporte Complementar Metropolitano e iniciou o processo que culminou na criação do Consórcio Grande Recife. Ele conta que 303 veículos de pequeno porte de Jaboatão já estão equipados com GPS, seguem um quadro de horários, os profissionais trabalham fardados e estão voltando a utilizar as linhas nas quais venceram a licitação.
O Conselho Municipal de Trânsito e Transporte de Jaboatão deve se reunir para analisar a possibilidade de igualar o valor das passagens com os do anel A. Essa foi uma das medidas solicitadas pelo Grande Recife para a implantação da bilhetagem eletrônica. A Prefeitura e o Governo do Estado também devem realizar uma pesquisa para análise das linhas e implantação de uma rede integrada, que irá incluir também linhas com destino às estações de integração com o metrô de Cajueiro Seco (em construção) e de Prazeres, que será iniciada nos próximos meses, segundo Dílson Peixoto.
Fonte: Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes
READ MORE - Jaboatão adere ao Vale Eletrônico Metropolitano

Empresa de Curitiba vai gerenciar transporte público em Mauá


Quase quatro anos travada judicialmente, a licitação para a contratação da empresa que irá explorar os transportes públicos de Mauá chegou ao fim ontem (5). A prefeitura publicou no Diário Oficial a vencedora do lote 2 do certame, que ficou nas mãos da Leblon Transporte de Passageiros Ltda., de Curitiba, no Paraná.
Os valores e o tempo de contrato não foram informados, pois as concorrentes derrotadas poderão entrar, dentro de cinco dias, com recurso contra a decisão. A administração chefiada pelo prefeito Oswaldo Dias informou que só vai se posicionar depois de completado o trâmite.
A definição do lote 1 gerou muitas críticas. Em um primeiro momento, a Comissão de Licitações do Paço desclassificou todas as pleiteantes alegando falta de documentos. Na reabertura da disputa, a administração pediu dados que nem todas as empresas conseguiriam rapidamente, ocasionando em retirada de grande parte das concorrentes. As eliminadas afirmaram que a manobra deixou apenas as companhias com acordo prévio com a prefeitura.
Mesmo com o imbróglio, a Viação Cidade de Mauá foi declarada vencedora do lote, que corresponde pelo maior número de ruas da cidade.
Mas foi o lote 2 que levou a licitação para a Justiça. Apesar de obter o maior número de pontos, a Leblon Transportes de Passageiros Ltda. foi eliminada pela comissão por não apresentar o quadro de marcha (definição de datas e horários que circularão os ônibus) conforme o edital. A empresa curitibana entrou com vários recursos, mas a prefeitura não acatou nenhum deles.
A companhia, que gerencia os transportes de Curitiba, entrou com um mandado de segurança para impedir a homologação do certame. Advogado da Leblon na época, Sacha Reck acusou a gestão de Leonel Damo de favorecer Baltazar novamente. Segundo ele, a Viação Cidade de Mauá pertence a um grupo de pessoas ligadas ao empresário, e que a administração mauaense queria fazer o mesmo com o lote 2.
Fonte: Clique ABC
READ MORE - Empresa de Curitiba vai gerenciar transporte público em Mauá

Caos no trânsito vai aumentar em Cuiába

O acesso ao Estádio José Fragelli, o Verdão, para a Copa de 2014, pode ser inviabilizado caso a Capital não invista pesado em obras de trânsito. O congestionamento, que já toma conta principalmente da Miguel Sutil, uma das principais avenidas de Cuiabá, poderá aumentar e a via se transformar em um corredor inviável. O alerta é feito pelo professor de Engenharia de Tráfego e Logística do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Eldemir Pereira de Oliveira, que afirma faltar um planejamento integrado de mobilidade urbana para os municípios de Cuiabá e Várzea Grande, o que contribui cada vez mais para o caos que se instala no tráfego entre os 2 municípios.
Em relação ao Estádio Verdão, existem pelo menos 3 pontos de conflitos já instalados hoje na Miguel Sutil. Um deles é no trevo de acesso ao bairro Santa Isabel, outro que leva a ponte Mário Andreaza e no Trevo da Ponte Nova. As avenidas Barão de Melgaço e a Agrícola Paes de Barros, principais corredores de acesso ao estádio, também não têm espaço para ampliação e já apresentam grande deficiência hoje para receber o fluxo da frota em horários de pico.
Oliveira é um dos professores-doutores que integra o Núcleo de Logística e Transporte da UFMT, criado em 2009 e que conta com outros 4 doutores. Mesmo não tendo sido consultado para os projetos de mobilidade urbana que devem ser implantados em decorrência da escolha da Capital como uma das cidades-sede da Copa do Mundo de Futebol, o Núcleo quer dar sua contribuição, se consultado.
A preocupação do especialista está na possibilidade da situação se tornar insustentável nos próximos anos, a ponto de haver um colapso em todo sistema de transporte na cidade. Segundo ele, o planejamento passa pela eficiência no sistema de sinalização, que hoje é precário e que interfere cada vez mais na segurança de motoristas e pedestres. Priorizar o transporte coletivo na ação e não somente no discurso também pode mudar o atual quadro.
Segundo ele, na atual conjuntura econômica de incentivo ao crédito, que implica naturalmente na tendência de aumento de frota de veículos, é preciso investir cada vez mais em um transporte coletivo de qualidade, rápido e seguro, que estimule o condutor a deixar o automóvel em casa.
O professor lamenta que Cuiabá nunca teve, ao longo dos últimos anos de crescimento, qualquer investimento de impacto na área de engenharia de trânsito, que fosse planejada dentro de um contesto macro, de mobilidade urbana voltada para a região metropolitana. Segundo ele, só são feitas obras pontuais, que enquanto resolvem problemas em algumas regiões, criam conflitos em outras.
Ele cita a grande obra da avenida das Torres, que "desemboca" em um dos pontos de maior conflito de trânsito hoje. "Todo o fluxo da via acaba na estreita avenida Dante de Oliveira (antiga Trabalhadores), que por sua vez é barrado em um dos 18 gargalos da avenida Miguel Sutil".

Fonte: Gazeta Digital



READ MORE - Caos no trânsito vai aumentar em Cuiába

Em São Luis, Tarifa social aumenta movimento nos terminais da integração aos domingos


O segundo domingo de vigência da tarifa social ou “domingueira”,instituída pelo prefeito de São Luís, João Castelo, por meio dedecreto, no transporte coletivo urbano da capital, registrou ummovimento maior de usuários nos terminais da integração. A medida daPrefeitura reduziu em 50%, ou seja, pela metade, o valor das passagensnos coletivos.
Em vigor desde o domingo passado (28 de fevereiro), o usuário dotransporte coletivo paga apenas R$ 0,65 (65 centavos) no nível 1, R$0,85 (85 centavos) no nível 2 e R$ 1,05 (um real e cinco centavos) nonível 3.
Segundo o gerente administrativo do Terminal de integração do SãoCristóvão, Reginaldo Fernandes, as linhas de ônibus com destino àspraias foram as que registraram a maior movimentação de passageiros.
“O itinerário do Olho D’água foi um dos mais procurados por quempassou pelo terminal”, disse ele ao informar que o fluxo depassageiros registrado neste domingo (07) cresceu em relação aodomingo passado, primeiro dia de vigência da tarifa social.
O gerente garantiu que o movimento aumentou depois da redução do valorda passagem com a tarifa social ou domingueira. Os dados numéricosserão divulgados ainda pela Secretaria Municipal de Trânsito eTransportes (SMTT).
No Terminal de Integração da Praia Grande também não foi diferente.Conforme o gerente administrativo, Walder Henrique Assunção, a linhaCalhau/Litorânea, que, em seu trajeto faz o percurso das praias daPonta d´Areia e Litorânea, foi uma das mais procuradas.
O profissional autônomo Valeriano Licar, 51 anos, que foi à praia daPonta d´Areia com oito pessoas da família aproveitar o domingo, estavabastante entusiasmado em poder sair junto com todos eles para umprograma familiar. “Foi excelente para o povo a iniciativa do prefeitoJoão Castelo de implementar a passagem pela metade aos domingos“,destacou.
Para Valeriano, que estava arcando com os custos das passagens de todoo grupo, a iniciativa é muito boa na medida em que dá oportunidade àfamília ludovicense de ter uma diversão fora de casa. “O melhor detudo é que sobra um dinheiro a mais para podermos nos distrair porlá”, complementou.
O turista Adilton da Costa Lessa, que veio do Rio de Janeiroacompanhado da mulher e dos três filhos para passar um mês de fériasem São Luís, disse ter ficado surpreso quando chegou ao posto de vendade passagens do Terminal de Integração da Praia Grande e encontrou ovalor da passagem reduzido pela metade.
“São poucos os lugares do Brasil em que existe esse benefício; dessemodo, quem só tem a agradecer somos nós visitantes que podemosconhecer as belezas e os pontos turísticos e culturais da cidade a umcusto reduzido”, relatou o turista depois de voltar de um passeiopelas belezas do Centro Histórico.
Fonte: Jornal o Pequeno
READ MORE - Em São Luis, Tarifa social aumenta movimento nos terminais da integração aos domingos

Anunciada nova tarifa para transporte coletivo em Chapecó


Em dezembro de 2009 o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Oeste (Sintroeste), protocolou junto a Prefeitura Municipal, um pedido de reajuste de preço das tarifas cobradas no transporte coletivo urbano em Chapecó. Depois de 03 meses de análise criteriosa, levando-se em consideração as conseqüências que a majoração significaria ao usuário, o Prefeito João Rodrigues, amparado pelo decreto nº 21.816, assinado em 04 de março de 2010, negou o aumento das passagens pagas antecipadamente.
Diante da imprensa e dos proprietários das duas empresas que operam o transporte coletivo na cidade, o Prefeito anunciou nesta sexta-feira (05), que o preço da tarifa para estudantes continua o mesmo, R$ 1,00 e as passagens adquiridas nos postos de venda e nas concessionárias através do cartão permanecem R$ 2,03.
Em virtude das alegações apontadas pelas empresas como aumentos consecutivos no preço de pneus e de combustíveis no último ano e o acréscimo de gastos funcionais, devido à contratação de novos trabalhadores, a Administração decidiu conceder a majoração apenas para a passagem vendida diretamente nos veículos, passando de R$ 2,10 para R$ 2,30. “Mesmo assim, o valor fica longe dos R$ 2,50 solicitado pelo Sindicato”, explica o Prefeito. Com a medida pretende-se aumentar a segurança, conscientizando o usuário para a compra do passe antecipada e, por conseqüência, diminuindo a circulação de moeda corrente nos ônibus e a possibilidade de assaltos.
Com esta decisão, o Prefeito afirma que Chapecó ainda possui uma das tarifas mais baratas de todo o Estado de Santa Catarina e garante que não haverá prejuízo para as cerca de um milhão de pessoas que utilizam o serviço por mês na cidade. Segundo dados emitidos por relatórios do sistema de bilhetagem eletrônica concedidos pelas empresas, 74% dos usuários do transporte coletivo urbano em Chapecó adquirem passagens antecipadamente. “Mesmo majorando o valor na catraca, nossa comunidade não terá mais despesas. Aumentamos o preço somente para quem utiliza o transporte eventualmente, e por isso, não possui o seu cartão”, destaca o Prefeito.
Fonte: Rádiochapecó
READ MORE - Anunciada nova tarifa para transporte coletivo em Chapecó

Em Maceió, Motoristas ignoram faixa para ônibus na Fernandes Lima

Os motoristas que passam pela Avenida Fernandes Lima, principal corredor viário da capital, perceberam nas últimas duas semanas uma faixa, à direita, com a inscrição “ônibus” pintada sobre o asfalto. Não é preciso saber quantos pedais tem um carro para deduzir que se trata da faixa exclusiva para os coletivos, o que não tem acontecido na prática.
“Colocar uma faixa exclusiva para os ônibus significa retirar uma dos carros. Mas eles continuam lá”, explica Rostand Lanverly, professor de Planejamento de Transportes dos cursos de Engenharia Civil e de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).
Para o também professor do Centro de Tecnologia (Ctec) da Ufal, José Antônio Facchinetti, a saída é melhorar o transporte coletivo.Especialista sugere cautelaProfessor dos cursos de Engenharia Civil e de Engenharia de Agrimensura da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), onde ministra as disciplinas de Pavimentação, de Estradas e de Infraestrutura e Drenagem de Estradas, José Antônio Facchinetti se diz contrário à proposta de redução do canteiro central da Fernandes Lima como forma de melhorar o fluxo de veículos na via.
“Minha posição se baseia em questões ambientais, mas, avalio também do ponto de vista técnico: é algo que não vai resolver. Então teríamos um dano ambiental muito grande com uma medida que, de fato, não resolveria o problema”, avalia.
Fonte: Gazeta.web
READ MORE - Em Maceió, Motoristas ignoram faixa para ônibus na Fernandes Lima

Novos ônibus serão entregues em Santa Maria

A frota de Santa Maria receberá 55 novos ônibus hoje. Os veículos contam com elevador para acesso de pessoas com necessidades especiais, maior espaçamento entre os bancos e assentos reservados, instalados antes da roleta.Os novos veículos ainda trazem corrimão com ranhuras e campainha com sinais em braile, para uso por pessoas com deficiência visual.
Segundo a prefeitura, com a chegada dos novos veículos, 40% da frota garantirá a acessibilidade a pessoas com necessidades especiais. Antes, somente 10% dos ônibus municipais contavam com elevadores.Será realizado um evento para a entrega dos veículos, às 15h, com uma carreata que partirá da Avenida Rio Branco e percorrerá as ruas da cidade. Às 19h30min, um coquetel na Sede Campestre do Clube Recreativo Dores, finalizará as comemorações.
Fonte: intelog.net
READ MORE - Novos ônibus serão entregues em Santa Maria

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960