Governo da Bahia antecipa a data de teste do metrô

segunda-feira, 17 de março de 2014

O secretário  da Casa Civil e pré-candidato do PT ao governo estadual, Rui Costa, informou nesta sexta-feira, 14, que a operação assistida do metrô de Salvador será iniciada no dia 11 de junho, e não 13, como  previsto anteriormente.

O anúncio foi feito durante oficialização do apoio do PTB à candidatura deCosta, no Hotel Matiz,  Costa Azul. O motivo de se fixar uma nova data não foi declarado, mas especula-se que talvez tenha sido para evitar o risco de azar da sexta-feira, 13 (data em que o sistema seria inaugurado).

Além de antecipar  o começo da fase de testes do metrô, o titular da Casa Civil lembrou o cronograma. A operação assistida irá até setembro, no trecho Lapa-Retiro. A partir daí, será iniciada a  comercial. Em janeiro de 2015, o modal irá da Lapa à Estação Pirajá, conforme o petista.

Obras
A máquina que faz a manutenção dos trilhos  do metrô de Salvador, no trecho da linha 1 (Lapa-Acesso Norte), começou a ser preparada na última quarta-feira. O trabalho de esmerilhamento  deve durar 50 dias.

No último dia 7, por conta da chegada do equipamento, foi necessário  deslocar os seis trens que estavam na estação Acesso Norte.

De acordo com  a concessionária CCR Metrô Bahia, responsável pelas intervenções, também estão sendo realizadas a conclusão da via permanente (Lapa/Retiro), com o posicionamento de lajes, dormentes e trilhos,  a construção da estação de Retiro, além da construção do Terminal de Integração no mesmo bairro, subestação de rebaixamento de energia, revitalização do trecho  Lapa- -Acesso Norte e dos trens.

Obras complementares como recuperação da rede elétrica do sistema e melhorias no sistema de drenagem das áreas das estações da Lapa e do Campo da Pólvora também estão em andamento.

Na Linha 2 (que ligará a  capital a Lauro de Freitas), são feitas sondagem do terreno, medição do tipo do solo e   resistência às  intervenções, além de medição topográfica da   área onde será construída a linha. Esta etapa só fica pronta no primeiro semestre de 2017, segundo a CCR.

O  contrato dos governos federal e da Bahia com o Grupo CCR para a construção do Sistema Metroviário foi assinado em outubro e as obras, orçadas em R$ 750 milhões,  tiveram  início em novembro.

Para viabilizar as obras, a Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador) autorizou, via portaria publicada na última segunda-feira, no  Diário Oficial do Município, a interdição de trechos da avenida Barros Reis. A mudança no trânsito  segue até o dia 27.

Por Priscila Machado
Informações: A Tarde Online


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960