Transporte coletivo de Pelotas reduz idade da frota de ônibus

sábado, 30 de junho de 2012


Atendendo determinação de decreto municipal, as empresas que fazem o transporte coletivo em Pelotas acabam de comunicar à Prefeitura a renovação em 26% da frota constituída de 213 veículos. Com os novos ônibus integrados às diversas linhas da cidade, caiu de doze para oito anos a idade média da frota, devendo chegar a sete até o final do ano, revelou Flávio Gastaud, titular da Secretaria de Segurança, Transportes e Trânsito (SSTT). Ele comentou que, no Brasil, a idade média da frota no transporte coletivo é de catorze anos. Portanto, Pelotas está perto da média 7, considerada como a ideal. Ele anunciou, também, que as empresas locais estão colocando em serviço mais 25 ônibus dotados com degrau retrátil, elevando para 47 o número de veículos que oferecem melhores condições de acesso a pessoas portadoras de alguma dificuldade física. 

Vale transporte com passagem integrada

Dentro de 45 dias, revelou o secretário Gastaud, o trabalhador pelotense poderá apresentar o “vale transporte com passagem integrada” para dois ônibus, facilitando o deslocamento de quem utiliza linhas diferentes para chegar ao local de trabalho. Estas ações, comentou o secretário Gastaud, fazem parte da Política Municipal de Gestão do Transporte Coletivo de Pelotas. 

A Secretaria de Segurança, Transportes e Trânsito (SSTT) e o Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Pelotas estão informando aos usuários, especialmente os beneficiados com gratuidade - pessoas de 60 a 65 anos -, e que ainda não possuem cartão magnético, para fazerem o cadastro entre os dias 9 de julho e 15 de agosto, data em que começará a funcionar o novo sistema. O atendimento para cadastro, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30, será feito na Av. Bento Gonçalves, 3.372(Shopping Lobão), mediante a apresentação de documento de identidade. Informações poderão ser obtidas através do telefone 3222.5577. 

O diretor de trânsito da SSTT, Jesus David, acrescentou que os usuários do transporte coletivo, com 65 anos ou mais, de posse do cartão magnético, poderão ultrapassar a catraca, ocupando outros espaços no veículo. 

Fonte: Prefeitura de Pelotas

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960