Governo Federal deve pagar mais da metade do metrô de Curitiba

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

O Governo Federal deve pagar mais da metade do valor da construção do metrô de Curitiba. A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, afirmou que R$ 1,75 bilhão será investido nas obras. O anúncio oficial deve ser feito em Curitiba pela presidente da República, Dilma Roussef, no dia 13 de outubro, segundo a ministra. A assessoria da presidente não confirmou o evento e disse que Dilma, que está em viagem internacional, retorna ao Brasil apenas no sábado (8).

O custo total da construção do metrô é avaliado em R$ 2,2 bilhões. A primeira fase terá 14 km de extensão e irá do Terminal da Cidades Industrial de Curitiba (CIC), até uma estação que será construída na Rua das Flores, no Centro.

O sistema, que deverá ficar pronto em 2016, deverá atender a 400 mil passageiros por dia. A licitação para o início das obras deverá ser feita ainda em 2011.


Fonte: G1.com.br

Share |

1 comentários:

Anônimo disse...

SÉRIO MESMO? :o
A LINHA 4 DO METRÔ CUSTOU R$4 BILHÕES DE REAIS DOS COFRES ESTADUAIS E PRIVADOS E NENHUM CENTAVO DO GOVERNO FEDERAL... AGORA O METRÔ DE CURITIBA É MAIS BARATO E TEM 14 KM? NOSS NEM COMENTO!

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960