Metrô de Salvador terá mais 13 milhões para Obras

terça-feira, 18 de maio de 2010


O prefeito João Henrique e o secretário municipal dos Transportes Urbanos e Infraestrutura, Euvaldo Jorge assinaram aditivo de R$ 13 milhões para a construção do Pátio de Assistência de Manobras (PAM) e das vias em solo mole. De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, o aditivo foi autorizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

O recurso foi solicitado pelo Metrosal (consórcio que executa as obras do metrô) há seis meses para a construção do PAM, na área logo após a estação do Acesso Norte. O pátio é um espaço para realização de manobras e de manutenção dos veículos metroviários.

O prefeito João Henrique explicou que, no projeto inicial do metrô, o PAM estava previsto para ser construído após todo o percurso do sistema (12 quilômetros). Como o governo federal dividiu a obra em duas etapas, foi necessário fazer novo pedido à mesma instância para a construção da área após os primeiros seis quilômetros.

Com a construção do PAM e das vias em solo mole, a prefeitura conclui os 2% restantes das obras civis do metrô. Finalizados as obras civis e o processo de energização até o final de setembro, começam as fases de revisão dos trens, conforme previsto no contrato com a fabricante, montagem interna no comando de equipamentos, testes operacionais e capacitação dos profissionais. Há ainda estudos referentes à avaliação comercial e redimensionamento da frota de ônibus.

“É uma obra complexa, que envolve todo um mecanismo operacional. Salvador nunca teve metrô e não tem mão-de-obra suficiente para sua operacionalização”, disse o prefeito.

Fonte: Política Hoje

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960