Transporte adaptado para deficientes físicos chega a Sinop

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010


Os veículos, com espaço para transportar 38 passageiros, possuem elevador e espaços reservados para cadeirante, deficientes visuais acompanhados por cão-guia e cadeiras especiais adaptadas para pessoas obesas.
“Os motoristas da Rosa estão passando por treinamentos para saber como manusear o elevador”, afirmou o diretor municipal da Secretaria de Trânsito e Transportes Urbanos, Edinaldo Pereira Lima.
Os novos ônibus vão integrar aos poucos as linhas da empresa Rosa. “Serão atendidos, primeiramente, os eixos de maior movimentação, que compreendem as regiões do Camping Clube e Alto da Glória”, adianta Pereira.

Segundo o diretor a medida foi tomada em cumprimento à Lei Federal de Acessibilidade 10.098/2000. Ele acrescenta que a previsão é de que até o final deste ano pelo menos cinco veículos estejam circulando.
Pela Lei, as empresas concessionárias do Serviço de Transporte Coletivo Municipal devem implantar a acessibilidade em sua frota a partir de abril deste ano. O documento também estabelece que, no primeiro ano de vigência, os ônibus adaptados correspondam a 20% dos veículos em circulação.
De acordo com o artigo 38 do Decreto 5.296/2004, que regulamenta a Lei de Acessibilidade, o prazo para a adaptação das frotas de ônibus urbanos em todo o país termina em 2014.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960