No Rio, Cadastro do bilhete único começa em janeiro

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009


O cadastramento dos passageiros interessados em usar o sistema de bilhete único intermunicipal, cuja criação foi aprovada na terça-feira na Assembleia Legislativa do Estado, deve começar no dia 11 de janeiro. Segundo o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, a data deverá ser confirmada na próxima segunda-feira.

As inscrições poderão ser feitas nos mais de 800 pontos de venda do RioCard disponibilizados pela Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio (Fetranspor); em agências do Banco Itaú; e em pontos do metrô, das barcas e da SuperVia.
O tíquete vai operar com o sistema de bilhetagem eletrônica do RioCard. Por esse motivo, as vans municipais, que não têm o sistema, não poderão ser incluídas num primeiro momento. A Metrô Rio e a SuperVia trabalham com um modelo diferente do que é usado nos ônibus, mas ele aceitará o novo tíquete.
O bilhete único permitirá ao usuário pegar duas conduções num prazo de duas horas. A única condição é que um dos meios de transporte usado seja de uma linha intermunicipal. Cada trajeto de duas horas custará R$ 4,40. A previsão é de que, em 2010, o governo destinará pelo menos R$ 220 milhões ao bilhete único.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960