Transporte público SP adota esquema horário de verão

segunda-feira, 19 de outubro de 2009


Por conta do início do Horário de Verão, o Metrô e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) adotarão esquema especial de operação neste sábado, 17. Às 24 horas de sábado, a circulação de trens continuará normal, de acordo com o horário antigo. Os relógios das duas empresas somente serão alterados após o encerramento do expediente, às 2h da manhã no novo horário.
Assim, a operação de sábado, que normalmente vai até à 1 hora no Metrô e na CPTM, funcionará sem mudanças. Ou seja, o usuário que embarcar até às 2 horas da manhã do horário de verão terá a viagem garantida. A circulação dos trens será retomada no domingo,18, às 4 horas na CPTM e às 4h40 no Metrô, já no novo horário.
Na EMTU/SP, as 600 linhas de ônibus intermunicipais irão operar normalmente, com o mesmo número de viagens previstas; porém, as partidas programadas para a meia noite serão feitas à 1 hora do Horário de Verão. O mesmo ocorrerá nas 13 linhas que atendem o Corredor Metropolitano ABD (São Mateus – Jabaquara).
O Horário de Verão é adotado todos os anos por decreto federal. Neste ano, terá início à meia-noite do sábado, 17, e término na mesma hora do dia 21 de fevereiro de 2010.
Acerto dos relógios
O início do Horário de Verão mobilizará cerca de 28 funcionários e técnicos do Metrô e da CPTM. O grupo vai ajustar 1.475 relógios nas 55 estações do Metrô e 89 estações da CPTM. Estarão também envolvidos na operação o Centro de Controle Operacional (CCO), pátios e oficinas das duas empresas.
No Metrô, são 565 relógios, todos digitais, ainda que alguns apresentem ponteiros. Inicialmente, dez técnicos desligarão, por trechos, todos os relógios. Depois, dentro de sua área, cada um voltará a ligá-los.
Nas estações da CPTM, 18 técnicos farão o ajuste de 910 relógios. A mudança será feita na central horária de cada estação. Assim, todos os relógios são acertados ao mesmo tempo; mas, ao término, todos são inspecionados.
Nos terminais da EMTU/SP do Corredor Metropolitano ABD e no Terminal Metropolitano de Cotia, um técnico ajustará 72 relógios digitais.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960