BNDES pode investir R$ 1 bi em obras em BH

sexta-feira, 25 de setembro de 2009


Segundo o prefeito Marcio Lacerda, a prioridade de investimento do Governo Federal são os corredores de ônibus

O BNDES pode financiar em até R$ 1 bilhão a implantação de corredores de ônibus em Belo Horizonte com vistas à Copa do Mundo de 2014. A informação é do prefeito Marcio Lacerda, que participou de uma reunião em 21 de setembro, em Brasília, com representantes de vários ministérios e do BNDES. "A prioridade do Governo Federal são os corredores de ônibus", disse Lacerda.

Nos próximos dias, na sede do BNDES, no Rio, haverá uma reunião com representantes da Secretaria de Fazenda de Minas para tratar da reforma do Mineirão. De acordo com o prefeito, o BNDES aceita financiar 75% da obra, desde que o valor não supere R$ 400 milhões. Segundo ele, o valor é suficiente para a reforma do estádio. Pelo cronograma apresentado pelo coordenador-executivo do Programa Estado para Resultados, Tadeu Barreto, que também esteve na reunião, a obra se inicia em fevereiro de 2010, com inauguração prevista para dezembro de 2012.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960