Uberlândia terá pela primeira vez as três novas empresas do Sistema Integrado de Transporte (SIT) operando simultâneamente.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Na véspera do aniversário da cidade, 30 de agosto, Uberlândia terá pela primeira vez as três novas empresas do Sistema Integrado de Transporte (SIT) operando simultâneamente. Após a assinatura, ontem, do contrato de dez anos com a empresa Turilessa, vencedora do lote 1, o prefeito Odelmo Leão afirmou que a vencedora da licitação para o lote 2, Transporte Urbano São Miguel de Resende, que enfrenta questionamentos na Justiça por parte de outra concorrente, também vai começar a operar no sistema de transporte urbano no dia 30.
Dependendo de decisão judicial, o acordo poderá ser emergencial (seis meses de vigência) ou por concessão do serviço público, com duração de 10 anos. “Dia 30 de agosto, as duas empresas vão começar a operar, já está determinado. Vou aguardar a decisão (da Justiça) até a próxima segunda-feira, e, se não houver a decisão, faremos um contrato emergencial com a empresa vencedora deste lote (São Miguel), para que possa também entrar em operação no dia 30”, afirmou o prefeito.
A primeira empresa a receber a concessão, por dez anos, foi a Sorriso de Minas, cujo contrato com a Prefeitura foi assinado em 9 de julho. O lote 3 abrange bairros das regiões Sul e Oeste. O contrato com a empresa Transcol, que opera no lote 2 (parte dos bairros das regiões Leste e Norte), termina dia 29 (sábado).

1 comentários:

Anônimo disse...

Turilessa de Uberlandia, que péssima empresa, uma empresa que desrespeita seu bem maior que é o colaboralador e sua família. Tem pessoas que estavam de cirurgia marcada e foram impedidos de entrar no centro cirugico, pessoas em meio de tratamento odontologico e o que a empresa faz? Cancela o convenio medico e odontologico se lixando pra isso. É com muito pesar que ainda tenho que andar nos onibus desta empresa sem opção nao me resta muito, infelizmente, porque senao nao iria colaborar para encher os cofres bancarios de uma empresa que nao tem o minimo de respeito com seus colaboradores, os trata sem o minimo de zelo possivel, nao estao pedindo nada só o que lhe és de direito. Os funcionarios estao indo trabalhar com sexta basica em atraso, sem acerto recisorio da "antiga empresa" e mesmo assim estao indo fazer suas obrigaçoes e o que esta empresa faz? Embrenham uma briga com seus colaboradores e com a comunidade, pois assim como eu há muitos inconformados com tamanha falta de consideração e desrespeito. Será que só pensam nos seus bolsos?? Que venha a G R E V E, pois desta vez estou à favor e td comunidade tambem, e vou alem mereciam igual foi em Curitiba depredação total nos onibus e instalçoes da empresa, é irracional, não é civilizado? Mas porque haveriam de ser, o que fazem por merecer respeito e civilização da comunidade??? Absurdo, 1000 x absurdo. . . E ainda tem contrato de 10 anos? Fala sério... uma empresa que nao tem respeito pelo seu colaborador vai ter para o seu cliente?? Nao acredito nao viu, Vamos pras ruasssssssssss

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960