Em Curitiba, Estação-tubo Comendador Fontana é reaberta

domingo, 7 de julho de 2019

A estação-tubo Comendador Fontana, que fica na Avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico, passou pela revitalização da placa de concreto que suporta os ônibus durante as paradas no ponto. E, desde a última terça-feira (2/7), foi reaberto aos usuários do sistema de transporte coletivo de Curitiba.

As obras duraram pouco mais de 20 dias e, no período, os passageiros das seis linhas que param na estação-tubo Comendador Fontana utilizaram a estação-tubo Prefeitura, a poucos metros do local, no sentido Praça Nossa Senhora de Salete.

A revitalização da placa de concreto garante mais segurança e conforto para motoristas e passageiros das linhas 210 CIC-Cabral, sentido Terminal CIC (opera somente aos domingos); 256 Barreirinha-Guadalupe, sentido Terminal Guadalupe; 505 Boqueirão-Centro Cívico, sentido Terminal Boqueirão; 607 Colombo-CIC, sentido Terminal CIC (não opera aos domingos); 700 Pinheirinho-Cabral, sentido Terminal Pinheirinho; e X35 Pinheirinho-Prefeitura, sentido Terminal Pinheirinho (não opera aos sábados e domingos).

Informações: URBS


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Em Curitiba, Estação-tubo Comendador Fontana é reaberta

Governo de SP desiste de monotrilho e linha 18-Bronze do ABC paulista será BRT

Após meses de expectativa sobre a chegada do monotrilho ao ABC paulista, o governador João Doria anunciou, nesta quarta-feira (3), que a linha 18-Bronze será BRT (singla em inglês para transporte rápido por ônibus). O modal fará a integração entre a região e a capital paulista.

O prazo para conclusão das obras do BRT será de 18 meses, segundo o secretário de Transportes Metropolitanos Alexandre Baldy. O custo é estimado em R$ 680 milhões para implantação do novo modal. O monotrilho era avaliado em cerca de R$ 6 bilhões.

Desde março, o governador e o secretário vêm questionando a viabilidade da construção do monotrilho por causa dos altos custos da obra. Também foram considerados os impactos financeiros gerados pelas desapropriações, que, segundo o governo estadual, custariam de R$ 600 milhões.

O anúncio foi feito no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual, e contou com a presença dos prefeitos de Santo André, Paulo Serra; São Bernardo do Campo, Orlando Morando; e São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior.

E O METRÔ?
Uma das maiores promessas para o transporte do ABC paulista é o metrô. Prevendo críticas à alteração do projeto inicial da linha 18-Bronze, o governo anunciou a aprovação de estudos para a linha 20-Rosa, que ligaria o bairro Rudge Ramos, em São Bernardo, à Lapa, passando por Pinheiros e pelo Ibirapuera.


Além disso, a série 2100 de trens da linha 10-Turquesa será totalmente substituída por equipamentos mais novos.

Informações: MetroJornal


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Governo de SP desiste de monotrilho e linha 18-Bronze do ABC paulista será BRT

Metrô de São Paulo abre licitação para sistema de reconhecimento facial

O metrô de São Paulo (SP) iniciou um processo de licitação para implementar um sistema de monitoramento eletrônico que, entre outras tecnologias, vai usar reconhecimento facial e inteligência artificial. O sistema deve funcionar nas linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha, as principais da malha metroviária da capital paulista e sob a administração do governo do estado.

A tecnologia vai funcionar não apenas na análise dos rostos dos usuários do metrô, mas também para identificar objetos e detecção de invasão de áreas não+autorizadas para o público. Câmeras serão responsáveis pelo trabalho, enquanto uma inteligência artificial indicará situações de interesse e potenciais riscos para que os agentes e guardas possam tomar as atitudes devidas.

Além das estações em si, o sistema também deve contemplar os Centros de Controle Operacionais, vias e pátios de manutenção e guarda de trens, como os disponíveis em Itaquera, Belém, Tamanduateí e Jabaquara. Hoje, afirma a administração do metrô, a segurança é feita por uma combinação de câmeras analógicas e digitais, com nem todas ligadas às centrais. O novo sistema deve mudar isso.

No edital, é proposto um orçamento referencial de R$ 69,5 milhões, sendo que R$ 49,3 milhões seriam investidos apenas em equipamentos, softwares e outros elementos necessários para a instalação dos sistemas nas estações. Os interessados têm até o dia 20 de agosto para apresentarem suas propostas, com a expectativa de que o valor aceito seja menor que o indicado pela administração.

Informações: CanalTech


Colabore com o Blog Clicando nos anúncios da página
READ MORE - Metrô de São Paulo abre licitação para sistema de reconhecimento facial

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960