Recife terá esquema especial de ônibus para o ENEM

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Neste fim de semana serão realizadas as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em todo o Brasil. Para auxiliar os estudantes da Região Metropolitana do Recife (RMR) a chegarem aos locais de prova, o Grande Recife Consórcio de Transporte organizou um esquema especial de ônibus com reforço de linhas para este sábado (8) e domingo (9).

Ao todo, 60 linhas que operam nos finais de semana serão reforçadas e outras quatro (2469- TI Camaragibe/ CDU, 116- Circular(Príncipe), 431- Cidade Universitária e 1979- TI Pelópidas (Dantas Barreto)), que circulam apenas durante a semana, estarão nas ruas para garantir a mobilidade dos estudantes. 

Durante os dois dias de prova, 3.279 veículos estarão circulando na RMR para atender aos locais dos testes, sendo 125 ônibus a mais que nos fins de semanas normais. Juntos, esses veículos realizarão 38 mil viagens, sendo 1.193 a mais que o usual.

Confira as 60 linhas que serão reforçadas:

Reativadas:

2469- TI Camaragibe/ CDU
116-Circular(Príncipe) – Esta linha será reativada apenas no domingo (9/11)
431-Cidade Universitária  - Esta linha será reativada apenas no sábado (8/11) das 13h às 17h40
1979-TI Pelópidas (Av. Dantas Barreto)

Reforçadas:

2410 – Parque Capibaribe/TI TIP
2467 – Chã de Cruz/TI Camaragibe
2469 – TI Camaragibe/CDU
2920 – Rio Doce/ CDU (Caxangá)
1968 – Ilha de Itamaracá / TI Igarassu
1973 – Casa Caiada
1979 – TI Pelópidas (Dantas Barreto)
1987 – Rio Doce (Príncipe)
1994 – Conjunto Beira Mar
520 – Macaxeira/Parnamirim
522 – Dois Irmãos (Rui Barbosa)
532 – Casa Amarela (Cabugá)
206 – Barro/Prazeres
216 – Barro/Prazeres (BR-101)
103 – UR-11/Barro
151 – Jardim Jordão
152 – Jordão Baixo
153 – Jordão Alto/ TI Aeroporto
115- TI Afogados / TI Aeroporto 
950-Eng.Maranguape/Varadouro 
524-Sitio Dos Pintos (Dois Irmãos) 
532-Casa Amarela Cruz Cabugá 
122-Vila Do Ipsep 
302-Curado II / TI Caxangá  
977-Paulista (Conde Da Boa Vista) 
973-Casa Caiada 
955-Eng.Maranguape/Paulista
155-Jordão Baixo/Boa Viagem 
060-TI Tancredo Neves/TI Macaxeira 
964-TI Igarassu/TI Macaxeira 
121-Vila Da Sudene 
163 – Circular (Cajueiro Seco)
040 – CDU/Boa Viagem/Caxangá
431 – Cidade Universitária
640 – Guabiraba/Derby
710 – Beberibe/Derby
914 – TI PE-15/ TI Afogados
020 – Candeias / TI Tancredo Neves
026 – TI Aeroporto/ TI Joana Bezerra
032 – Setúbal (Conde da Boa Vista)
061 – Piedade
346 – TI TIP (Conde da Boa Vista)
370 – TI TIP/ TI Aeroporto
1905 – TI Igarassu/ TI Pelópidas Silveira
1913 – TI PE-15 / TI Joana Bezerra
1915 – TI PE-15 (Dantas Barreto)
1944 – Loteamento Conceição / TI Pelópidas
1955 – Engenho Maranguape/ TI Pelópidas
1960 – Maria Farinha / Casa Caiada
718 – Córrego do Euclides/ Derby
731 – Beberibe/ Espinheiro
820 – TI Xambá/ Cabugá
860 – TI Xambá/ Príncipe
882 – TI Xambá/ Rio Doce (C.L. Cavalcanti)
116 – Circular (Príncipe)
117 – Circular (Prefeitura/Cabugá)
243 – Vila Dois Carneiros
200 – TI Jaboatão (Parador)
412 – San Martin (Largo da Paz)
181 – Cabo (Cohab)/TI Cajueiro Seco

Em caso de dúvidas, o Consórcio disponibiliza a Central de Atendimento ao Cliente, no 0800.081.0158.

Atenciosamente,
Gerência de Imprensa

Informações: GRCT

READ MORE - Recife terá esquema especial de ônibus para o ENEM

SPTrans reforça frota de ônibus para prova do ENEM no domingo

Operação especial prevê mais veículos em 48 linhas que passam perto de locais em que haverá aplicação do exame em São Paulo

Com o objetivo de facilitar o acesso dos estudantes que se preparam para fazer em São Paulo a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014, marcada para este final de semana, dias 8 e 9 de novembro, a SPTrans determinou reforço da frota operacional em 48 linhas de ônibus em toda a cidade. 

Nas regiões em que houver locais de prova oficiais, haverá mais ônibus disponíveis. As empresas irão operar com 70% da frota total tanto no sábado quanto no domingo. Serão reforçadas 11 linhas nas zonas Norte e Noroeste, 16 linhas na Zona Leste, 16 linhas nas zonas Sul e Sudeste, e cinco linhas na Zona Oeste.

As demais linhas serão monitoradas pelas operadoras e, caso necessário, também receberão reforço de veículos. 

O exame será aplicado em escolas de diferentes bairros paulistanos. Confira abaixo as linhas que terão frota reforçada no domingo: 

Zona Noroeste
938L/10 - T.T.V.N. Cachoeirinha - Lapa
8100/10 - Terminal Pirituba - Terminal Lapa
917H/10 - Terminal Pirituba - Metrô Vila Mariana

Zona Norte
172R/10 - Jaçanã - Metrô Belém
106A/10 Metrô Santana - Itaim Bibi
118C/10 - Jardim Pery Alto - Metrô Santa Cecília
172N/10 - Shopping Center Norte - Metrô Belém
175P/10 Metrô Santana - Metrô Ana Rosa
175T/10 - Metrô Santana - Metrô Jabaquara
271F/10 - Shopping Center Norte - Metrô Belém
971X/10 - Terminal Cachoerinha - Metrô Santana

Zona Leste
273J/10 - Jardim Romano - Metrô Penha
3301/10 - Terminal São Miguel - Terminal Parque Dom Pedro II
352A/10 - Jardim Helena - Terminal São Mateus
354M/10 - Terminal São Miguel - Terminal São Mateus
4210/10 - Terminal Cidade Tiradentes - Terminal Parque Dom Pedro II
4310/10 - E. T. Itaquera - Terminal Parque Dom Pedro II
2730/10 Vila Jacuí - Metrô Artur Alvim
372/10 - Vila Santa Isabel - Metrô Tatuapé
2002/10 - Terminal Parque Dom Pedro II - Terminal Bandeira
2100/10 - Terminal Vila Carrão - Praça da Sé
3032/10 - Terminal Vila Carrão - Circular
3160/10 - Terminal Vila Prudente - Terminal Parque Dom Pedro II
4113/10 - Gentil de Moura - Praça da República
3539/10 - Cidade Tiradentes - Metrô Bresser
342N/10 - Cohab Presidente Juscelino Kubitscheck - A. E. Carvalho
372F/10 - Universidade São Judas - Metrô Bresses

Zona Sudeste
475R/10 - Jardim São Severino - Terminal Parque Dom Pedro II
478P/10 - Sacomã - Pompéia
5034/10 - Vila Liviero - Terminal Sacomã
5110/10 - Terminal São Mateus - Terminal Mercado

Zona Sul
5123/10 - Jardim Miriam - Hospital São Paulo
5701/10 - Metrô Conceição - Estação Berrini
6030/10 - Unisa - Campus 1 até Avenida São José -  Terminal Santo Amaro
675G/10 - Pq Res. Cocaia - Metrô Jabaquara
6000/10 - Terminal Parelheiros - Terminal Santo Amaro
5290/10 - Divisa Diadema - Praça João Mendes
875A/10 - Aeroporto - Perdizes (Via Aratãs)
5111/10 - Terminal Santo Amaro - Terminal Parque Dom Pedro II
6001/10 - Terminal Capelinha - Terminal Santo Amaro
737A/10 - Terminal Ângela - Terminal Santo Amaro
669A/10 - Terminal Santo Amaro - Terminal Princesa Isabel
6500/10 - Terminal Santo Amaro - Terminal Bandeira

Zona Oeste
765A/10 - Jardim Paulo VI - Terminal Santo Amaro
702U/10 - Butantã/USP - Terminal Parque Dom Pedro II
748R/10 - Jardim João XXIII - Metrô Barra Funda
775N/10 - Rio Pequeno - Metrô Vila Madalena
8700/10 - Terminal Campo Limpo - Praça Ramos de Azevedo 

Para mais informações sobre linhas e itinerários de ônibus é possível ligar para o telefone 156 ou acessar o site www.sptrans.com.br

Informações: SPTrans

Leia também sobre:
READ MORE - SPTrans reforça frota de ônibus para prova do ENEM no domingo

Tarifa de ônibus coletivo em Curitiba pode subir em novembro

A tarifa do transporte público deve voltar a subir em Curitiba. O prefeito Gustavo Fruet declarou nesta quarta-feira,5, que precisará adotar medidas de curto prazo para equilibrar o déficit no sistema de transporte coletivo. O prefeito se reuniu nesta tarde com o governador Beto Richa para negociar o valor do subsídio para o próximo ano. As medidas devem ser anunciadas até a semana que vem.

Desde as manifestações no ano passado a passagem, que era R$2,80, se mantém em R$2,70. Esse valor inclui a rede integrada com a região metropolitana. A manutenção dessa tarifa depende de um subsídio de R$7,5 milhões do governo estadual e mais R$4,5 milhões da prefeitura de Curitiba. Esses valores compensam a diferença entre a tarifa paga pelo usuário e a técnica exigida pelas empresas, de R$3,18.

Em fevereiro já estava previsto em contrato um reajuste do valor do transporte público. Na próxima semana, Fruet deverá anunciar se a tarifa aumenta já em novembro por causa do déficit. O prefeito estuda possibilidades para a redução da tarifa técnica e alternativas para evitar atrasos nos repasses de verba às empresas que atuam no sistema. Essas medidas seriam alternativas para tentar diminuir o aumento da tarifa para o usuário. 

Informações: Bem Paraná

READ MORE - Tarifa de ônibus coletivo em Curitiba pode subir em novembro

Palmas terá 50% da frota do transporte coletivo com ar-condicionado até julho de 2015

Palmas sai à frente das demais capitais brasileiras e até o final de julho de 2015 terá quase 50% da sua frota, que faz o transporte público urbano, com ar-condicionado e 100% com elevadores com acessibilidade para portadores de deficiência locomotiva. A frota existente em Palmas é de 217 ônibus, sendo 205 operantes e 12 reservas. Outro grande avanço foi a implantação de internet wi-fi nas estações de ônibus e do sistema de monitoramento em tempo real.

Em março deste ano, 40 novos ônibus com ar-condicionado e com elevadores, renovaram a frota. A previsão é que até o final deste ano, 31 novos ônibus com ar-condicionado e acessibilidade cheguem, e para o final de julho de 2015 outros 31 novos ônibus completem a frota, que terá 100% dos veículos adaptados para portadores de deficiência locomotiva.


Esta foi uma determinação do prefeito Carlos Amastha, que desde que assumiu a Prefeitura de Palmas exigiu que os novos ônibus fossem adquiridos com ar-condicionado e com dispositivos de acessibilidade. Durante reunião realizada no final de outubro, com o Conselho Municipal de Acessibilidade, Mobilidade e Transporte (CMAMT), o prefeito cobrou ao Seturb (Sindicato das Empresas do Transporte Coletivo Urbano) a aquisição de mais 62 novos veículos, e anunciou o prazo exigido pela Prefeitura para a chegada dos mesmos.

“Até o final deste ano teremos mais 31 novos ônibus, todos com ar-condicionado e com acessibilidade, e até julho do ano que vem outros 31 novos veículos completam a frota 100% adaptada à acessibilidade, então, teremos 50% da frota com ar-condicionado”, destacou o prefeito diante à garantia do presidente do Seturb, Antônio Silva Júnior, conhecido com Toninho da Miracema, que na ocasião confirmou a renovação da frota dentro prazo acordado.

Para o secretário municipal de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte (SMAMTT), Christian Zini, Palmas está à frente de muitas capitais brasileiras, até mesmo do Rio de Janeiro, que foi a primeira Capital do País a ter ônibus coletivos com ar-condicionado. “Temos melhorado o transporte público em Palmas, além da renovação da frota, implantamos o sistema wi-fi nas estações, para facilitar a vida dos usuários de ônibus e o BRT (Bus Rapid Transit) irá revolucionar o sistema de transporte em Palmas. Pois além da frota com ar-condicionado, teremos estações climatizadas”, destacou Zini.

Ar-condicionado
De acordo com a SMAMTT, a grande maioria dos ônibus que fazem a linha Eixão são com ar-condicionado. Na linha 54D, que percorre o Setor Taquari até a Estação Apinajé, foram colocados 13 veículos com ar-condicionado operam nos horários de pico, nos demais horários, apenas dois veículos fazem o percurso. A linha 56D opera com dois veículos com ar-condicionado, já a linha TO-2 opera com quatro veículos com sistema de ar refrigerado.

Sistema wi-fi
Desde maio desde ano, os 80 mil usuários, que utilizam o transporte coletivo diariamente em Palmas, contam com o serviço livre e gratuito de internet em todas as seis Estações de ônibus. Graça a um convênio firmado com a empresa Expnet, os usuários podem desfrutar de um momento de qualidade durante a espera do seu ônibus, usando a rede de computadores gratuitamente. O aplicativo gratuito, “Meu Busão”, criado por Luídne da Silva Mota, também veio facilitar a vida do usuário referente ao horário de chegada e saída dos ônibus e ao itinerário de cada linha. O sistema é alimentado mensalmente com informações repassadas pela SMAMT.

Monitoramento
Palmas também conta com alta tecnologia para o monitoramento e a fiscalização do transporte coletivo. Implantado pela atual gestão, o Centro de Controle Operacional de Transporte Público possibilita o acompanhamento instantâneo da movimentação de toda a frota. A fiscalização passa a ser mais precisa, uma vez que o sistema transmite em tempo real dados como localização, velocidade, sentido e próximas paradas dos veículos.

Os ônibus são equipados com GPS e é possível saber, também, se o motorista não efetuou a parada em determinado ponto e se há problemas com determinado veículo, e, o mais importante, se está cumprindo o horário exato das paradas. O sistema foi adquirido pelo Sindicato das Empresas de Transporte e cedido para a SMAMTT, através de um Termo de Cooperação, para uma fiscalização mútua.

Informações: O Girassol
READ MORE - Palmas terá 50% da frota do transporte coletivo com ar-condicionado até julho de 2015

Proposta de VLT em Uberlândia será apresentada em audiência pública

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) apresentará à sociedade a proposta de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) na cidade. O evento acontece em audiência pública no dia 2 de dezembro, das 18h30 às 22h, no Center Convention. O estudo econômico para viabilizar o projeto ficou pronto nesta semana e deve ser divulgado nas vésperas da audiência.

O VLT é uma tecnologia de transporte coletivo sob trilhos movida a energia elétrica com capacidade de passageiros superior aos ônibus e com mais flexibilidade em relação os metrôs, pois compartilha as vias com os carros, motos e pedestres circulando pelas mesmas avenidas.

Pelas características, os VLTs tornaram-se mais que um simples meio de transporte. Eles têm sido utilizados para desenvolver a mobilidade urbana sustentável, repensar as cidades, revitalizar áreas urbanas degradadas e valorizar o patrimônio arquitetônico.

Segundo o técnico do projeto, o doutorando em geografia Edson Pistori, a realização de audiência pública é etapa final do estudo de viabilidade, sendo exigência legal para projetos dessa natureza prevista pelo Estatuto das Cidades e pela Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei Federal nº 12.587/2012). Com a conclusão do estudo, caberá a Prefeitura Municipal e a Câmara de Vereadores a decisão de implantar o empreendimento. A audiência é aberta ao público e os interessados em participar devem se inscrever pelo site.

Segundo Edson Pistori, a audiência é um momento onde as pessoas podem opinar se estão de acordo com o projeto, acrescentar algum dado e ajudar a definir sobre as estações e tempo de implementação do projeto. “Para participar do encontro, temos um limite de vagas de 500 pessoas devido ao espaço. Representantes da Prefeitura e Câmara participarão do evento. Já a Aciub, OAB e Ministério Público também foram convidados”, concluiu.

Estudo
Há dois anos, uma Comissão Interdisciplinar composta por professores e pesquisadores dos cursos de Geografia, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Economia recebeu a incumbência de avaliar a viabilidade da implantação dessa modalidade de transporte em Uberlândia.
O estudo de viabilidade realizado pela UFU definiu duas linhas de circulação para o VLT. A Linha Lilás ligará o Bairro Fundinho, passando pelo Centro e indo até o Bairro Umuarama 2 com percurso de 6,92 quilômetros, 23 estações e capacidade para transportar 65.000 passageiros ao dia. Na Linha Lilás, os trens circularão ocupando uma faixa da Avenida Afonso Pena e outra faixa da Avenida Floriano Peixoto.

Já a Linha Verde, o VLT partirá do bairro Daniel Fonseca, iniciando na altura da Ponte do Val passando pelas margens do Rio Uberabinha, seguindo pelas Avenidas Rondon Pacheco e Anselmo Alves dos Santos com parada final no Aeroporto de Uberlândia.  Essa linha terá 17,5 quilômetros e 19 estações com previsão para atender uma demanda diária de 15.400 passageiros.
"Durante a audiência, os participantes poderão ajudar na definição de qual o melhor trecho a ser feito pela Linha Lilás. Temos três opções viáveis e podem ser votados", disse o técnico do projeto, o doutorando em geografia Edson Pistori.

Passo importante
Em matéria divulgada em setembro deste ano pelo G1, o arquiteto Francisco Nogueira disse acreditar que o VLT poderia ser um passo importante para desafogar o transporte público da cidade, principalmente nos horários de pico. “Nosso transporte é um caos, passar pelo trecho da Praça Tubal Vilela em horário de pico, por exemplo, é muito complicado”, opinou.

Ainda na opinião do uberlandense, o VLT poderia levar mudanças à rotina da população que talvez passaria a deixar mais os carros em casa para começar a usar um transporte público de qualidade.

A cidade compartilha de uma frota que gira em torno de 380 mil veículos e frota flutuante de 450 mil. Na opinião do analista de sistemas, Blayton Portela, 29 anos, trazer melhorias ao trânsito de Uberlândia sem dúvidas seria um dos principais benefícios do metrô de superfície considerando o aumento contínuo da frota de veículos.

Informações: G1 Triângulo Mineiro

READ MORE - Proposta de VLT em Uberlândia será apresentada em audiência pública

No Rio, Av. Rio Branco tem novas interdições a partir do dia 15

As novas interdições na Avenida Rio Branco, Centro do Rio, começarão no dia 15 de novembro. No entanto, segundo o prefeito Eduardo Paes nesta terça-feira (4), a mudança que causará mais impacto no trânsito deve ocorrer no dia 29 deste mês, quando três faixas da Avenida Rio Branco ficarão fechadas no sentido Candelária, entre as avenidas Presidente Vargas e Beira Mar. O trânsito terá sentido único para o Aterro do Flamengo.
Avenida Rio Branco, no Centro, antes das restrições aos automóveis (Foto: Gabriel Barreira/G1)
De acordo com a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), parte dos ônibus que circulam na via serão desviados para a Avenida Presidente Antônio Carlos e para a Rua Primeiro de Março. Ainda segundo a prefeitura, no sentido oposto, em direção ao Aterro do Flamengo, será interditada a faixa central, que atualmente é utilizada por taxis, e as duas faixas reservadas à circulação dos ônibus serão mantidas.

Com essa mudança, a Rio Branco passará a funcionar exclusivamente para ônibus, com duas faixas em direção ao Aterro do Flamengo. Próximo aos cruzamentos, segundo nota da Prefeitura do Rio, haverá mais uma faixa com o intuito de garantir o contorno dos motoristas para a entrada na Rio Branco.

Mudanças do dia 15
Ainda segundo Eduardo Paes, as mudanças no trânsito do Centro foram adiadas do próximo sábado (8) para uma semana depois, no dia 15 de novembro. O adiamento ocorreu, segundo Paes, por conta da realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na cidade.

De acordo com a SMTR, o trecho interditado na Rio Branco, entre Presidente Vargas e Visconde de Inhaúma, manterá livre para os veículos três faixas de rolamento, em dinâmica similiar ao padrão de interdições do último dia 10, quando as interdições ocorreram entre as Rua Visconde de Inhaúma e a Praça Mauá. 

Segundo a Prefeitura, nesta área não há pontos de ônibus, finais ou intermediários. O sentido viário da Avenida Rio Branco não será alterado, operando na direção da Praça Mauá.

Reordenamento de ônibus
O plano de reordenamento de intinerários das linhas de ônibus entram em operação também entram em operação no sábado (15). Ao todo, segundo a secretaria, 62 linhas intermunicipais e 27 municipais serão divididas em pontos finais na Avenida Presidente Vargas, na Rua Acre e na Rua Camerino. Na mesma ocasião, linhas que param atualmente na Avenida Rio Branco, entre a Avenida Presidente Vargas e a Rua Visconde de Inhaúma, terão ponto final transferido para a Visconde de Inhaúma, entre as ruas Candelária e da Quitanda.

Fechamento de terminal
Ainda segundo a SMTR, o terminal da Misericórdia, que fica perto da Praça Quinze, será fechado no dia 23 de novembro para as obras de revitalização da Zona Portuária. Vinte e sete linhas que param no local serão deslocadas para três pontos: Avenida Churchill (10 linhas); Rua Santa Luzia e Praça Marechal Âncora (duas linhas).

Obras do VLT
Os fechamentos programados serão feitos para as obras do Porto Maravilha e também para a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que terá 28 km de extensão e ligará a Rodoviária Novo Rio ao Aeroporto Santos Dumont, no Centro. O novo meio de transporte terá integração entre metrô, trem, barcas e aeroporto.

O prefeito Eduardo Paes disse que os impactos não serão fáceis para o deslocamento dos motoristas e fez um apelo para a população. "São obras definitivas para ter uma mobilidade digna em 2016. Essas mudanças vão exigir compreensão. É essencial se utilizar de transporte público", disse.

De acordo com o cronograma, o primeiro veículo chegará ao Rio em junho de 2015. A conclusão das obras, no entanto, está prevista para ocorrer no segundo semestre e as operações devem ser iniciadas nos primeiros seis meses de 2016.

O VLT deve conectar outros modais por meio de seis linhas e 42 estações. A secretaria informou que por meio do novo transporte, os passageiros poderão fazer conexão com outras modalidades de transporte nas interligações com a Rodoviária Novo Rio, Central do Brasil, (trens e metrô), barcas, o Aeroporto Santos Dumont, além de BRT's, linhas de ônibus convencionais e o Teleférico do Morro da Providência.

A prefeitura informou que cada veículo do VLT transportará 420 passageiros e que, com todas as linhas em operação, o sistema transportará até 285 mil passageiros por dia.

Por Guilherme Brito
Do G1 Rio

READ MORE - No Rio, Av. Rio Branco tem novas interdições a partir do dia 15

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960