Em Campo Grande, Avenida Getúlio Vargas vai ter faixa exclusiva para ônibus

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

As readequações no lado direito, no sentido Centro-Goiabeiras, da Avenida Getúlio Vargas, começam no próximo sábado (1º), para receber um corredor exclusivo de ônibus coletivo. 

A exemplo da Avenida Isaac Póvoas, que em setembro do ano passado recebeu a faixa exclusiva, nesta semana, as secretarias municipais de Trânsito e Transporte Urbano e de Obras estão fazendo visitas técnicas ao longo da via, que começa no entroncamento com a Avenida Tenente-Coronel Duarte (Prainha), no Centro, até a Praça 8 de Abril, no bairro Goiabeiras. 

Ao MidiaNews, a Secom informou que, durante a vistoria, é avaliada a necessidade de construção ou recuo de calçadas, poda de árvores e sinalização, por exemplo. 

Também como foi feito na Isaac Póvoas, os motoristas terão um período de adaptação. Após esse tempo, aqueles que trafegarem na faixa exclusiva ou estacionarem do lado direito poderão arcar com multa de R$ 52 e perder três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Caso não retire seu carro, os motoristas poderão ter os veículos guinchados e levado para o pátio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTU). 

Ainda que a previsão de iniciar as readequações seja no próximo sábado, a Prefeitura não soube informar quando o corredor começará oficialmente a valer. 

Esta é a terceira vez que o Município informa das mudanças na Getúlio Vargas. 

No ano passado, a Prefeitura afirmou, primeiramente, que seria em outubro e, depois, passou para novembro.

Por Isa Souza

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960