Novos trens da Trensurb comecarão a chegar em maio de 2014

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

O primeiro dos 15 novos trens encomendados pela Trensurb deverá estar em Porto Alegre em maio de 2014, confirmou ontem o diretor de Administração e Finanças da estatal, Leonardo Hoff, a propósito de nota desta coluna relatando a adesão ao metrô de importantes executivos de empresas, moradores de Novo Hamburgo, que deixam o carro particular na estação Santo Afonso para vir a Porto Alegre. 

É o que faz também o diretor Hoff em seu deslocamento diário à Capital, onde fica a administração da empresa, trajeto de 35 minutos em que ele aproveita para conversar com funcionários, operadores, seguranças e com a comunidade usuária. 
Os novos trens, além de mais modernos, vêm equipados com ar-condicionado. Todos os 15 veículos deverão estar disponíveis até janeiro de 2015.  

Informações: Jornal do Comércio

READ MORE - Novos trens da Trensurb comecarão a chegar em maio de 2014

São Paulo ganha mais 19 km de faixas exclusivas para ônibus na segunda-feira

Começa a funcionar na segunda-feira, 16, o primeiro quilômetro de faixa exclusiva de ônibus circundando o centro de São Paulo, o projeto conhecido como Rótula Central. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o mecanismo funcionará em um 1 km da Avenida Ipiranga, de segunda a sexta-feira, entre 6h e 22h, e, aos sábados, das 6h às 14h. Neste dia, no total, serão abertos 19,8 km de faixas na cidade.

A faixa da Ipiranga estará presente em ambas as pistas da via, no trecho entre a Avenida São Luís e a a Praça Alfredo Issa.

Também neste dia, o corredor norte-sul ganha mais um trecho de faixa exclusiva para os ônibus. Com 300 metros, ele ficará no sentido bairro da Avenida Professor Ascendino Reis, entre a Avenida Ibirapuera e a Rua Ipê, na zona sul. O dispositivo será ativado de segunda a sexta-feira, entre 6h e 22h.

Na zona leste, as Avenidas Regente Feijó, Eduardo Cotching e João XXIII terão faixas das 6h às 9h no sentido centro e das 17h às 20h, no sentido bairro, sempre de segunda a sexta-feira. A Avenida Regente Feijó ganhará 500 metros de faixa entre a Rua Antônio Alves Barril e a Avenida Vereador Abel Ferreira, no sentido centro. Na direção oposta, o dispositivo estará ativado da Avenida Vereador Abel Ferreira à Montemagno.

Por sua vez, a Avenida Eduardo Cotching terá 1,8 km de faixa à direita entre a Avenida Montemagno e a altura da Rua Arapoca, nos dois sentidos. Outra avenida da região, a João XXIII ganhará 2,7 km de faixa à direita só para os ônibus, entre as Avenidas Renata e Rio das Pedras.

Outra importante avenida da zona leste, a Avenida Jacu-Pêssego, receberá 6,2 km de faixa de ônibus à direita na próxima segunda-feira, 16. Ela estará no trecho entre a Aveinda Ragueb Chohfi e a Rua São Francisco do Piauí, na altura da Estação Dom Bosco da Linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A faixa ali funcionará de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h, e das 17h às 20h.

Já a Avenida Sapopemba, uma das mais compridas da região, passará a ter 4,4 km de faixa só para ônibus entre a Praça Felisberto Fernandes da Silva (ao lado do Terminal São Mateus) e a Avenida Frederico Martins da Costa Carvalho. O mecanismo estará ativo nos dias de semana, das 6h às 9h no sentido centro e das 17h às 20h no rumo oposto.

A Vila Prudente também ganhará faixa exclusiva. Haverá 1,3 km do mecanismo na Rua Capitão Pacheco e Chaves e no viaduto homônimo. Ele funcionará de segunda a sexta-feira, no sentido centro, das 6h às 9h.

Ali perto, mas já na zona sul, no bairro do Ipiranga, a CET ativiará 1,3 km de faixa só para ônibus nas Ruas Tabor e do Manifesto, no sentido centro, entre 6h e 9h.

A Rua Paes Leme, em Pinheiros, na zona oeste, também receberá 300 metros de faixa exclusiva à direita para os ônibus. Ali, o dispositivo beneficiará o transporte público das 6h às 20h, de segunda a sexta-feira, e das 6h às 14h aos sábados. O mecanismo ficará entre as Ruas Amaro Cavalheiro e Padre Carvalho. Nesses horários, o trecho da Paes Leme entre a Marginal do Pinheiros e a Rua Eugênio de Medeiros terá o sentido invertido.

Fiscalização. A CET não divulgou quando começa a aplicar multas para os motoristas que não respeitarem as faixas exclusivas dos ônibus nesses locais. A infração, considerada leve pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), custa R$ 53,20 e rende três pontos na carteira de habilitação. As multas, segundo a reportagem apurou, devem se iniciar até o fim de setembro.

Com todas essas faixas, a cidade passará a contar com 169,8 km de vias à direita exclusivas para os ônibus. A promessa da gestão Fernando Haddad (PT) era chegar a 150 km até o fim de 2016. Para especialistas, as medidas para melhorar a circulação de ônibus não devem parar nas faixas exclusivas à direita, que estão sujeitas a interferências como ruas laterais e entradas de garagens. Eles sustentam que corredores à esquerda da pista, no canteiro central, são muito mais eficientes.

por Caio do Valle
Informações: Estadão


Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP
READ MORE - São Paulo ganha mais 19 km de faixas exclusivas para ônibus na segunda-feira

Grande Recife: Linha 860 – TI Xambá (Príncipe) passa a atender à Av. Dantas Barreto

Para beneficiar os usuários que desejam seguir do TI Xambá em direção ao Centro do Recife, o Grande Recife estenderá o itinerário da linha 860 – TI Xambá (Príncipe). A mudança acontece a partir desse sábado (14). 

Os veículos que atualmente seguem da Praça da República, para a Rua do Imperador e Rua Primeiro de Março, passam a circular da Praça da República para a Av. Dantas Barreto, Av. Nossa Senhora do Carmo, Av. Martins de Barros, retornando ao seu itinerário normal pela Rua Primeiro de Março. 

O objetivo da alteração é permitir que os usuários do Terminal Integrado Xambá tenham acesso às áreas próximas ao Cais de Santa Rita. Com as mudanças a linha deixará de atender à parada nº180448 (localizada no lado oposto da Praça da República, em frente à Caixa Econômica Federal) e passará a atender às paradas nº 180211 (na Av. Dantas Barreto) e nº 180230 (na Av. Nossa Sra. do Carmo) 

Em caso de dúvidas, o Grande Recife disponibiliza a Central de Atendimento ao Cliente, no 0800.081.0158.  

Informações: GRCT

READ MORE - Grande Recife: Linha 860 – TI Xambá (Príncipe) passa a atender à Av. Dantas Barreto

São Bernardo irá licitar 03 faixas de ônibus em outubro

Os três primeiros corredores de ônibus que serão construídos em São Bernardo deverão ter a licitação iniciada no mês que vem. As primeiras vias que terão espaço exclusivo para o transporte público serão as avenidas Senador Vergueiro, João Firmino e a Estrada dos Alvarenga. A previsão é de que as obras demorem 18 meses para serem concluídas.

Quando o projeto foi anunciado, em abril de 2012, a previsão era de que o processo licitatório fosse realizado no mesmo ano, o que não ocorreu, devido a trâmites burocráticos. A verba para todos os corredores será repassada por meio de financiamento de US$ 250 milhões (cerca de R$ 570 milhões) com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Para que o empréstimo seja viabilizado, a proposta tem de passar por aprovação do Senado e do governo federal, o que já foi feito.


Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP

“Agora, o BID está analisando os projetos executivos e depois nos devolverão para que a licitação seja liberada”, explica o secretário de Transportes e Vias Públicas, Oscar Silveira Campos. Posteriormente, serão iniciadas as obras dos outros oito corredores: Faria Lima, Jurubatuba, Montanhão, Ferrazópolis, Rotary, Capitão Casa, Castelo Branco e Galvão Bueno, além dos terminais Alves Dias, Batistini, Vila São Pedro e Rudge Ramos.

Silveira Campos participou de evento na noite de ontem para apresentação de detalhes do projeto da Linha 18-Bronze do Metrô, que ligará a Capital a São Bernardo por meio de monotrilho, passando também por São Caetano e Santo André. A previsão é de que o edital seja lançado no mês que vem e as obras comecem em abril. O investimento total será de R$ 3,5 bilhões, sendo a maior parte injetada pelo setor privado.

Por Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC
READ MORE - São Bernardo irá licitar 03 faixas de ônibus em outubro

Rodoviária disponibiliza 500 ônibus extras durante Rock in Rio

Cerca de 500 ônibus extras foram disponibilizados pelas empresas de ônibus que operam na Rodoviária Novo Rio durante os dias de Rock in Rio.

Segundo informou o consórcio Novo Rio nesta sexta-feira (13), a maioria das pessoas que chegam à cidade para o evento vem de São Paulo e de Minas Gerais. Ao todo, a rodoviária deve movimentar mais de 120 mil passageiros ao longo dos seis dias de festival, um número 40% maior se comparado aos fins de semana normais.


Um total de 30 mil pessoas é esperado para esta sexta. Para sábado (14), a expectativa é de cerca de 29 mil turistas. No domingo (15), 45 mil passageiros devem passar pela rodoviária.

De acordo com a administração do terminal rodoviário, o esquema de segurança foi reforçado internamente com 18 agentes. A segurança conta com o monitoramento de todos os pontos do terminal por 55 câmeras durante 24 horas.

Nesta sexta e na sexta-feira (20), das 11h às 14h e das 17h às 20h, quem chega ao Rio de ônibus encontra atividades de recreação gratuita, como um campeonato de videogame, à disposição do público no setor de embarque do piso superior da Rodoviária. Há telões que exibem imagens das bandas de Rock que se apresentam nos palcos do Rock in Rio.

Informações: G1 Rio
READ MORE - Rodoviária disponibiliza 500 ônibus extras durante Rock in Rio

São Paulo e Rio de Janeiro concentram 90% de metrôs no Brasil

São Paulo e Rio de Janeiro concentram 90% do transporte de metrô e trens urbanos do país, o que indica a necessidade urgente de expansão desses sistemas para outras regiões, avaliaram nesta quinta-feira analistas que participam até amanhã em São Paulo de um evento do setor. "Essa realidade interfere no desenvolvimento das políticas integradas de transporte", disse à Agência Efe José Geraldo Baião, presidente da Associação de Engenheiros e Arquitetos do Metrô (Aeamesp), que participa da 19ª Semana de Tecnologia Metroferroviária, no centro de convenções Frei Caneca. 

Os sistemas de metrô e trens urbanos devem ser vistos no Brasil vinculados à "mobilidade" e não como uma questão de infraestrutura. "O governo estimula muito o transporte individual através de incentivos à indústria automotiva, por exemplo, e não cumpre com o discurso de prioridade do transporte público", indicou Baião. 


Depois dos escândalos de corrupção nas licitações das obras do metrô em São Paulo, o atual debate preocupa o setor porque mais de 7,5 milhões de pessoas se movimentam diariamente em São Paulo por esse meio de transporte. Estabelecer e cumprir um "plano diretor" para cada linha do metrô é um dos principais desafios do sistema de metrô e trens em São Paulo até 2015, quando as cidades brasileiras devem se adequar a Lei de Mobilidade Urbana, apontaram os especialistas. 

A ideia de um novo sistema de transporte para um maior número de passageiros, operando em longas distâncias, é outras das necessidades brasileiras, e já está em estudo a construção de uma linha de alta velocidade que ligue São Paulo e Rio de Janeiro. "Infelizmente, o transporte no Brasil não é visto como eixo das políticas públicas, mas como fonte de lucro na gestão pública", criticou o professor e analista de políticas públicas de transporte, Sergio Gadini. 

O especialista citou como exemplos os projetos de menor custo e com impacto ambiental mais reduzido existentes em outros países, como o monotrilho e os veículo leve sobre trilhos. EFE ic/cd

"Copyright Efe - Todos os direitos de reprodução e representação são reservados para a Agência Efe."
READ MORE - São Paulo e Rio de Janeiro concentram 90% de metrôs no Brasil

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960