Licitação do transporte coletivo de Novo Hamburgo está parada há um ano

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Em maio do ano passado, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu o edital de licitação de transporte coletivo de Novo Hamburgo, por suspeitas de irregularidades que comprometeriam a legalidade, transparência e competitividade do processo. Mais de um ano depois a Prefeitura ainda aguarda uma nova manifestação por parte dos relatores do TCE. O assunto está sendo tratado pelo Jornal NH desde os primeiros dias em que o relator da medida, o conselheiro Iradir Pietroski, decidiu impedir a continuidade da concorrência pública e solicitou uma auditoria no processo.

O prefeito Tarcísio Zimmermann aguarda também pela resposta e alega que não pode fazer nada para agilizar o processo. “Sabemos que o TCE não acatou nosso critério de reajuste anual das tarifas dos ônibus, baseada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Mas estamos prontos para justificar que é esse tipo de correção anual é o mais correto para o realinhamento das tarifas”, afirmou Tarcísio. O Ministério Público de Contas (MPC) pediu a revisão do valor da concessão, os prazos de publicidade do edital, a qualificação técnica e a qualificação econômica. O TCE foi procurado pela reportagem, mas não se manifestou.

Fonte: jornalnh.com.br


Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960